Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Storm 79 X 77 Dream

Mesmo com boas atuações das brasileiras Érika (10 pontos e 9 rebotes) e Iziane (19 pontos), o Dream foi derrotado no primeiro jogo da final da WNBA. Mas o Storm só venceu a partida com uma cesta nos últimos segundos de Sue Bird. 

http://www.youtube.com/watch?v=Jo9LwlkWnrA

O Seattle Storm veio determinado a vencer o primeiro jogo da série em casa, para abrir uma importante vantagem numa disputa curta de apenas cinco jogos. No primeiro quarto tudo correu bem para a equipe da casa, que chegou a liderar o jogo por 11 pontos (20 a 9) restando 3m46s para o fim do primeiro período.

Mas o Dream mostrou a força que já havia demonstrado nos playoffs e aos poucos foi encostando no placar. A reação do Dream foi liderada por Angel McCoughtry e Iziane, que marcaram 8 e dez pontos respectivamente no primeiro tempo. O jogo foi para o intervalo empatado em 39 pontos.

O terceiro quarto foi todo de Lauren Jackson, que marcou incríveis 13 pontos (convertendo inclusive muitos arremessos de três pontos) em 12 minutos. Graças a excelente atuação da MVP da temporada regular, o time de Seattle chegou ao quarto decisivo vencendo por seis pontos: 59 X 53.

Quem assistiu ao último período do jogo pôde presenciar uma batalha épica, digna dos melhores jogos da história das finais da WNBA. O Dream tentava encostar, mas logo em seguida o Storm respondia. Até que com apenas 2 minutos para o fim do jogo o time de Seattle vencia pelos mesmos seis pontos do final do 3° quarto (75 X 69). Mas desta vez a reação do Dream não pôde ser contida.

Com cestas de McCoughtry e Iziane (cestinhas do Atlanta Dream na partida), a equipe de Atlanta empatou o jogo em 77 pontos com um minuto por jogar. No minuto final ocorreram algumas precipitações de ambas as equipes, até que novamente apareceu uma figura decisiva: Sue Bird. Bird havia convertido o arremesso decisivo da vitória do Storm sobre o Phoenix Mercury no segundo jogo da final do oeste. E mais uma vez a armadora apareceu para decidir o jogo, com uma linda cesta a apenas 2.6s do fim. Na última jogada McCoughtry tentou um arremesso de três pontos, mas errou por pouco.

Destaques da partida:

Seattle Storm

Lauren Jackson – 26 pontos (4-8 de três pontos), 8 rebotes, 2 bloqueios
Camille Little – 18 pontos, 11 rebotes, 2 assistências, 2 bloqueios
Sue Bird – 14 pontos, 8 assistências, 5 rebotes, 2 roubos
Swin Cash – 9 pontos, 6 rebotes, 2 bloqueios

Atlanta Dream

Iziane Castro Marques – 19 pontos, 2 rebotes, 2 assistências
Angel McCoughtry – 19 pontos, 4 rebotes
Sancho Lyttle – 10 pontos, 14 rebotes, 5 roubos, 2 assistências
Érika de Souza – 10 pontos, 9 rebotes, 2 assistências

Author avatar
Flávio Catandi
Jornalista e Radialista apaixonado por basquete. Participa do Celtics Brasil desde 2008. Já foi redator, colunista e hoje é editor do site. Nas horas vagas gosta de escrever roteiros e gravar curtas e documentários. Pode ser encontrado na cidade de São Paulo com uma camiseta Celta.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.