Jo Jo White é eleito para o Hall da Fama do Basquete

Em anúncio realizado na última segunda-feira, 6 de abril, o Naismith Memorial Basketball Hall of Fame (Hall da Fama do Basquete em homenagem à James Naismith, o inventor do esporte) anunciou os 11 membros que compõem a classe de 2015 da honraria. A Cerimônia de Consagração destes que deram muito ao esporte, será realizada entre os dias 10 e 12 de Setembro deste ano na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts, onde fica sediado o grande memorial de tributo à história do basquete.

Além do lendário armador do Boston Celtics Jo Jo White, também fazem parte desta classe os notáveis Dikembe Mutombo, a máquina de tocos que esteve presente oito vezes no jogo das estrelas da NBA, Dick Bavetta, árbitro da NBA durante 39 anos, John Calipari, eleito por 3 vezes o melhor treinador do basquete universitário, Spencer Haywood, 4 vezes all-star da NBA, e Lisa Leslie, 3 vezes eleita MVP da WNBA.

Os 11 eleitos desta classe se juntam aos outros 5 membros indicados diretamente para o cerimonial deste ano, anunciados durante o último fim de semana das estrelas, em Fevereiro, por conta de suas ilustres contribuições na preservação de todas áreas do jogo de basquete. Entre estes membros, encontra-se o lendário jogador e técnico do Boston Celtics, Tom Heinsohn. Heinsohn foi eleito diretamente pelo Comitê de Veteranos e recebe o reconhecimento pelos serviços prestados como treinador. Veja mais detalhes sobre a honraria dedicada a Heinsohn no artigo publicado em fevereiro, à época do anúncio.

Jo Jo White foi um dos maiores símbolos da era pós-Russell. O lendário pivô do Boston Celtics, Bill Russell, que conquistou 11 títulos em suas 13 temporadas na liga, aposentou-se ao fim da temporada 1968-69. Coincidentemente, Jo Jo White foi selecionado no draft do ano de 1969 e estreou na equipe na temporada seguinte à retirada de Russell. White continuou no Boston Celtics até a temporada 1978-1979, dois anos antes de se aposentar pela equipe do Kansas City Kings.

White já era um jogador notável antes mesmo de profissionalizar-se. Seus 4 anos na universidade de Kansas foram muito destacáveis. Em seus dois últimos anos de faculdade, 1968 e 1969, foi eleito para o segundo time do basquete universitário americano. Além disso, fez parte dos elencos americanos medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg em 1967 e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Cidade do México em 1968. Desta forma, chegou ao Boston Celtics pela 9ª escolha geral do draft de 1969 e com a responsabilidade de substituir Bill Russell e continuar com a dinastia da equipe de Boston na NBA.

E White não decepcionou. O grande armador camisa 10 foi campeão da NBA duas vezes, nos anos de 1974 e 1976, dirigido pelo grande técnico supracitado, Tom Heinsohn, e tendo como companheiros os também membros do Hall da Fama do Basquete o ala John Havlicek e o pivô Dave Cowens. White foi ainda eleito o MVP das finais do título de 1976.

White foi também eleito para o primeiro time dos calouros da NBA na temporada de 1969-70 e escolhido durante 7 vezes para o jogo das estrelas da NBA (todos os jogos entre as temporadas 1970-71 e 1978-79). Por conta de todo esse legado deixado na cidade de Boston, White teve a sua camisa número 10 retirada pelo Boston Celtics em cerimônia realizada no dia 9 de abril de 1982.

Por conta disso tudo e com um grande atraso, Jo Jo White foi incluído na classe de 2015 do Hall da Fama do Basquete e finalmente terá seu nome eternizado no maior memorial do esporte. Parabéns Jo Jo, és grande merecedor desta honraria!

Fábio Malet
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e analista de sistemas. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby, e, pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Green Bay Packers, e por conta da afinidade com Boston, tornou-se fã de Bruins e Red Sox.

2 Comentários

  1. Jairo_Celtic disse:

    Já vi alguns jogos dele no sports + e jogava muito mesmo.

  2. Barry disse:

    Segundo melhor armador da história do Celtics, atrás apenas do Cousy.

Deixe um comentário