Jogo 7 – Celtics 115 x 105 Wizards

Nos últimos três dias, o armador Isaiah Thomas enfatizou uma frase em suas entrevistas, quase como se fosse um mantra: “as lendas do basquete nascem nos Jogos 7”. Na semifinal da Conferência Leste da NBA, entre Boston Celtics e Washington Wizards, esse ditado fez muito sentido, mas quis o destino que a série de playoffs mais brigada, dramática e equilibrada que o Alviverde participou nos últimos anos fosse resolvida por uma “lenda” improvável. Chamado várias vezes de desengonçado, péssimo jogador, defensor desastroso e atleta mais sujo da NBA, por torcedores celtas e de outras franquias, Kelly Olynyk fez a partida de sua vida na noite desta segunda-feira (15), no TD Garden, e foi decisivo na vitória de Boston por 115 a 105, que valeu a vaga para a grande decisão do Leste.

Jogador de rotação, mas em ação por 28 minutos, Kelly Olynyk teve um aproveitamento de 71,4% em 14 arremessos, foi decisivo no último quarto e encerrou o jogo com 26 pontos. Com essa atuação, o camisa 41 se tornou o primeiro reserva celta a marcar mais de 25 pontos nos playoffs desde Eddie House, que anotou 31 pontos contra o Orlando Magic, em 2009. Destaque do Alviverde, o armador Isaiah Thomas sofreu mais uma vez com a implacável marcação do Washington Wizards, mas foi o cestinha celta, com 29 pontos, e ainda encerrou o jogo com 12 assistências, sua melhor marca em playoffs. Outros destaques foram o pivô Al Horford, autor de 15 pontos, seis rebotes e cinco assistências, o ala Jae Crowder, que contribuiu com 14 pontos, e o armador Marcus Smart, responsável por 13 pontos.

No Washington Wizards, que fez uma grande série e valorizou muito a classificação do Boston Celtics, o destaque no Jogo 7 foi o ala-armador Bradley Beal, que fez 28 pontos e pegou quatro rebotes. O principal auxiliar de Beal foi o ala Otto Porter Jr, autor de um duplo-duplo com 20 pontos e 10 rebotes. Principal atleta da franquia da capital dos Estados Unidos e herói no Jogo 6, o armador John Wall também fez um duplo-duplo, com 18 pontos e 11 assistências, mas deixou uma péssima impressão pela noite pouco inspirada nos arremessos, principalmente no último quarto.

Com a série diante do Washington Wizards encerrada em 4 a 3, o Boston Celtics agora terá uma pedreira ainda maior pela frente na final da Conferência. Afinal de contas, do outro lado da quadra estará o Cleveland Cavaliers, atual campeão da NBA e bicampeão do Leste. Como teve a melhor campanha na temporada regular, o Celtics terá o mando de quadra na melhor de sete, e o primeiro jogo será nesta quarta-feira (17), às 21h30 (horário de Brasília), no TD Garden.

O jogo

Como era esperado, o Jogo 7 começou nervoso, mas o Boston Celtics, com o apoio da torcida, abriu oito pontos de vantagem em menos de quatro minutos. Depois de um tempo solicitado pelo técnico Scott Brooks, o Washington Wizards reagiu e conseguiu a virada ainda no primeiro quarto, porém, o Celtics estava bem ajustado e recuperou a liderança no placar, graças a boas jogadas de Isaiah Thomas, Avery Bradley e Jaylen Brown. No período seguinte, enquanto Boston rodou um pouco o time, o Wizards manteve seus destaques, virou o jogo e foi para o intervalo vencendo por dois pontos.

Com um pequeno prejuízo, mas sabendo que Jogo 7 não admite tropeços, o Boston Celtics tentou aumentar o ritmo no terceiro quarto, intensificando as jogadas com Thomas e Horford. Entretanto, o Wizards, liderado por Bradley Beal, sempre mantinha um passo à frente. Quando a vantagem de Washington parecia certa, o Celtics fez nove pontos seguidos em arremessos de longa distância, com Isaiah Thomas e Marcus Smart, e virou a partida.

Embalado pela reação no final do terceiro período, o Celtics veio com tudo para o último quarto. Com um arremesso de Isaiah Thomas, a 10 minutos do fim, o Alviverde abriu 13 pontos de diferença. Quando o insistente Washington Wizards esboçou uma nova reação e cortou o prejuízo para quatro pontos, Kelly Olynyk chamou a responsabilidade e garantiu a classificação celta.

Destaques do Celtics:

Isaiah Thomas (29 pontos e 12 assistências / duplo-duplo)

Kelly Olynyk (26 pontos e cinco rebotes)

Al Horford (15 pontos, seis rebotes e cinco assistências)

Destaques do Wizards:

Bradley Beal (38 pontos e quatro rebotes)

Otto Porter Jr (20 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

John Wall (18 pontos e 11 assistências / duplo-duplo)

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda

Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando “Let’s go, Celtics!”, e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

28 Comentários

  1. Teobaldo disse:

    Sem mais, Kelly Olynyk, MVP. Além disso eu nunca vi, nesse blog, nenhum torcedor Celta criticando esse cara (Assinado: Ray Charles)! Go, Celtics, go!!!!

    0

    0
  2. Jairo disse:

    Olha. Leio esse site a anos, desde quando ainda era blog. Abro praticamente todo dia. Não comento nada porque sei que a galera entende muito mais de basquete que eu.
    Mas, hoje tenho que comentar.
    Deu orgulho ver a vitória do time ontem. Jogo apertado. Emocionante. Thomas, Olynyk e Horford jogando muito.
    No início na temporada, não esperava uma classificação para final de conferência. De jeito nenhum.
    Imagino que contra o Cleveland, não temos chance. Mas, deu orgulho chegar até onde chegamos.
    Dá orgulho ver a raça do time.
    Expectativa ainda maior para o ano que vem, porque o time ainda vai estar mais reforçado.
    Let’s go Celtics.

    0

    0
  3. Patrick disse:

    Qual será o horário do sorteio das posições de escolhas do draft? Será hoje que sacramentamos pela 1º vez na história a pick 1 para Boston.

    0

    0
    • JailtonSV disse:

      21 horas.

      Vou nem criar expectativas, tenho minhas desconfianças a respeito da credibilidade do sorteio.

      Estou pensando também na escolha dos Lakers, se é preferível que eles percam ou não. Fico imaginando o Philadelphia com o Fultz correspondendo na NBA, tende a ser um concorrente de peso no futuro.

      0

      0
  4. Christiano Costa Novo disse:

    Lets Go Celtics. Missão dada é missão cumprida. Valeu, obrigado, e hoje ainda tem a loteria do draft, não custa nada ficarmos na torcida para pegar o pick#1 que somados a evolução natural do nosso jovem time nos tornará muito mais forte e mais consistentes na próxima temporada regular.

    0

    0
  5. GENERIO JUNIOR disse:

    Caros amigos, deu orgulho ver o jogo 7, isso vem a afirmar nosso técnico entre os 3 melhores da liga, nós como torcedores precisávamos assistir e sofrer ….e vencer. Foi demais.
    Contra os Cavs acho que temos bala na agulha para bater de frente, mas agora oque vier é muito lucro.
    Abraços,

    0

    0
  6. Paulo Sérgio disse:

    Que time meus amigos.
    Mas uma vez falo. Nossa reconstrução já acabou. Somos sim um dos melhores times da liga. Só que ainda temos espaço pra melhorar.

    Sobre o jogo, Brad Stevens mais uma vez se mostrou um dos melhores técnicos da liga. Enquanto os jogadores do Wizards estouraram com 44 minutos, Thomas só jogou 40, e tava voando no fim do jogo. Nosso banco foi o fator diferencial, e essa é pra quem diz que o Smart não é importante. Aquela bola de 3 dele foi muito importante no terceiro período. Essa é pra quem disse que o Rozier não tem valor. O que ele jogou na série foi brincadeira. Defendendo muito bem e fazendo o jogo fluir. E o que falar do Brown? Eu fiquei puto quando o Ainge draftou ele, mas esse cara vai ser All Star. Muita força física e técnica. Aquele Rebote que ele parecia um goleiro. Ali sabia que o Celtics ia ganhar. E o Kelly Key Olynik? De jogador mais sujo (Ou seria o Zaza) a MVP. Sabíamos que ele poderia nos ajudar muito ofensivamente e ele o fez. Até mais defesa brigou bem. Crowder, sempre constante, a cada cesta, chamava o time e a torcida. Bradley em mais um roubo de bola que matou o jogo. Defensivamente cansou o Wall, e isso foi fundamental no último quarto. Horford é meu pastor. Ataca, defende, da assistência, bloqueia. E é um líder muito grande. Engoliu o Gortat e mostrou que vale cada cents desse contrato. E o Thomas? Esse é ídolo. Tem um sentimento que acho muito importante que é a resiliência. E o Thomas foi resiliente demais. Depois da temporada fantástica, ele poderia forçar a barra que a gente nem ia ligar. Depois do falecimento da irmã ele poderia não querer jogar que a gente ia apoiar. Quando o Wizards acertou a marcação nele, ele poderia continuar com a bola na mão e a gente nem ia ligar. Mas o que ele faz? Muda sua forma de jogar, e de forma espetacular leva a gente pra final. Essa é pra você Thomas.

    Agora imagina pra nós celtas. Dormimos na segunda classificados pra final. E podemos dormir terça com a pick 1. É muita felicidade.

    Sabemos que agora vamos enfrentar a panela do LeBron. E que vai ser muito difícil. Eles estão descansados, treinados e tem o melhor jogador do planeta que nos playoffs é mais apelão ainda.

    Mas eu não duvido não. Temos um técnico melhor, bons defensores, um banco que pode auxiliar nos dois lados da quadra, um pivô que pode ser o diferencial e um FP que gosta de jogos assim. Se não ganharmos, não fiquemos tão tristes. Ontem foi só o começo de uma nova era verde.

    🍀

    0

    0
    • Gustavo Miglioretti disse:

      Perfeito. E ainda era pra ter fechado em 6, bobeamos demais naquele final de jogo.

      Stevens amadureceu bastante nesses offs desde o jogo 3 contra o Bulls. E nessa semi em especial deu um baile no Scott Brooks, ele conseguiu mudar o estilo de jogo do Celtics dps dos 2 jogos em D.C, mudou ontem novamente, e o tecnico do Wizards nao soube responder

      Ganhamos no banco, Olynyk, Smart e Jaylen jogaram demais, foi o melhor jogo dos 3 nesses playoffs, bem num jogo 7. Isaiah no seu primeiro jogo 7 da carreira faz 29/12 com apenas 2 TO. Crowder foi consistente, AB faltou só aparecer no ataque. Horford tá fazendo o seu melhor playoff da carreira logo agora com 30 anos, Boston é um lugar muito especial mesmo!

      Outra coisa, Wall fez 0/11 nos ultimos 19 minutos do jogo, enquanto nosso MVP seguiu doutrinando. Wall sumiu na OT daquele jogo 2 enquanto o nosso MVP seguiu doutrinando. É o melhor PG do leste, eu nao sei mais o que o Isaiah precisa mostrar pra ser mais reconhecido. Líder, clutch, FP, playmaker…. e ninguém coloca na conversa pra MVP.

      0

      0
    • R Green disse:

      Sensacional P. Sergio!
      Ótimas e verdadeiras palavras!
      Lets Go Celtics

      0

      0
    • R Green disse:

      Eu tbm vou de 4 x 3 Celtics
      Cada um roubando um mando de quadra e o Celtics finalizando em casa!

      Eu acredito pq isso é BOSTON!

      0

      0
  7. Marcos disse:

    Baixada a animação, claro que foi a partida da vida do KO (ontem, Larry Olynyk) com probabilidades mínimas de acontecer novamente.

    Agora é dar guerra aos Cavs como os Spurs estão fazendo contra os Warriors.
    Impressionante como duas forças similares (Celtics-Spurs) multicampeãs nunca se enfrentaram em uma final.
    Seria épico.

    Hoje tem a loteria do draft, onde podemos ficar com a 1st escolha e os Fakers SEM escolha.
    Seria épico, também.

    []s verdes

    0

    0
  8. Celso Cachali Jr disse:

    Cara fizemos nossa parte, o que vier a partir de agora e lucro, nem vou achar ruim uma varrida, ate por que nosso futuro so esta começando, obrigado Nets, Ainge e Stevens. Vamos ser Contender por muitos anos.

    O Jogo.

    Olynyk, Mitou de mais, acredito eu que ele tem que sair jogando no lugar do Amir.
    Não pode tirar o Moleque agora tem que elevar a moral dele e apostar ja que sabemos que este nao é o nosso ano, ele pode ainda se mostrar muito mais util do que esperamos.

    Al e Thomas.
    Se é louco o que o AL faz neste time é brincadeira como alguem criticou ele ainda? ele para min era ja um dos meus jogadores favoritos antes em atlanta, agora então. muito inteligente faz de tudo.
    Thomas é um guerreiro nunca desiste, foi premiado junto com estas finais depois de tudo que passou.

    Bradley
    Fez o jogo 5 e 6 monstruoso, sua defesa é sufocante gosto de mais do seu estilo de jogo, so que precisa ser um pouco mais consistente precisamos contra os cavs da sua pontuação.

    Crowder
    Regular, seus 10 pontos, mas foi para minha percepção o pior jogador desta serie. gosto da energia dele mas tem que ser muito mais consistente, para começar reclamar da torcida querendo outro Ala.

    Banco.
    Brown, Smart e Rozier

    São pontos fortes da equipes quando entram bagunça, Smart briga em todas as bolas este sangra verde. Meu jogador preferido.
    Brown foi a escolha certo para nos, acredito que vai evoluir muito ainda e vai se torner um otimo jogador, proximo a um ALl Star. Rozier mostrou nestes Playoffs que pode ser muito mais que um reserva a equipe em sua mão nao cai tanto de rendimento quando o thomas sai.

    Orgulhoso demais pelo que fizemos, que venha ja o outro ano… com mais chance ainda.

    Aposto em 4×2 Cavs.

    0

    0
    • Ranieri disse:

      Olá Celso

      Concordo com vc em algumas das suas opiniões, discordo um pouco do KO sair de titular, pelo seguinte, os cavs jogam com Love e Thompson de titulares que são duas bests pegando rebotes, o Thompson pega muitos ofensivos, e tendo em vista que o Horford não pega tantos rebotes nem o Kelly seria uma desvantagem muito grande, fora que ele jogando contra o reserva dos cavs que é o Channing Frye ele tem até boas chances de ate fazer um ouro jogo como ele fez onte, o Frye pra ticamente não joga no garrafão, só espaça então talvez seja mais fácil pra o Kelly marca-lo, mais pra isso alguem tem que cobriir o Kelly pq geralmente ele protege o aro quando ta em quadra, e ofensivamente o Kelly talvez tenha a vinda facilitada tbm pq o Frye não defende muito bem até tendo aquele “nojinho”.

      Quanto ao Al Horford concordo com vc joga muito dos dois lados da quadra e faz por merecer o contrato, embora eu acredite que nos playoffs ele ta jogando bem mais que na temporada regular, mas acho normal pela contusão que ele teve no começo e tbm o tempo pra se adaptar, entender o sistema

      0

      0
  9. silvio freitas disse:

    Partida com sangue nos dentes. Típico de Celtics em decisão.
    Todos excelentes . Olynyk que é um jogador que critico demais, fez o jogo da sua vida, até na marcação . Se tivéssemos um pivô forte na defesa dava para enfrentar a turma do Lebron..
    É muito difícil . Chance mínima Mas o time precisa se reforçar para que no próximo ano tenhamos chances de título. Principalmente com pivôs de defesa .
    Silvio Freitas

    0

    0
  10. Barros disse:

    Alguém sabe a hora do sorteio das picks?

    0

    0
  11. Vítor disse:

    Olynyk ou Bird? Não vejo diferença.

    0

    0
  12. drakes disse:

    Celtics primeiro do leste na regular, finalista da conferência, tem um pequeno favoritismo segundo o 538 (52%), sendo que a era stevens tem melhoras todos os anos.

    Como sempre farei as previsões encima das estatísticas do 538, irei discordar de todos, celtics 4×3, mas qualquer que seja o resultado o time está acima do que eu acreditava em termos de resultado para temporada.

    0

    0
    • drakes disse:

      Foi uma série muito pegada contra o Wizards, sendo os dois últimos jogos emocionantes, ao final prevaleceu o melhor conjunto que tinha o mando de casa.

      0

      0
  13. Bruno Ferronato disse:

    Vitória maravilhosa! No começo do último quarto com o time jogando com garra e abrindo aquela vantagem mesmo que não tão grande e a torcida apoiando de forma sensacional como sempre já me deu a certeza que iríamos vencer!
    E nada mais justo que o Olynyk ter jogado tão bem. Foi taxado de jogador sujo e respondeu a todos na bola.
    Agora é evidente que como torcedor irei torcer pra eliminarmos o Cavs, mas reconheço que o buraco é mais embaixo. Ganhando 1 ou 2 jogos já me dou por contente. O mais importante é que cada vez esse time prova mais que terá um futuro brilhante pela frente.

    0

    0
  14. Alex Shima disse:

    Tudo o que mais almejamos para esta temporada acabou ontem. O que vier de agora em diante é lucro. Contra os Cavaliers a missão é quase impossível… se vier ao menos uma vitória, será muito comemorada. VAMOS CURTIR O MOMENTO AMIGOS CELTAS! Torçamos hoje para que, pela primeira vez na história, consigamos a pick número 01 do draft. Vamos torcer, verdes!

    0

    0
  15. Joao disse:

    Orgulho celta!!!
    Lebron, quando entrares no TDGarden olha para o teto!
    17 bandeiras de sangue,suor e lagrimas.
    Muitos querem mas so um tem.
    Abraco caloroso de Portugal para os celtas brasileiros.

    0

    0
  16. Rafael Paiva disse:

    Para ficar legal Olynyk podia tirar o Love da série…Rsrs…#avanteceltics

    0

    0

Deixe um comentário