14

março

2017

12

Comentários

Tabela, caldeirão e elenco: as armas do Boston Celtics na briga pelo topo do Leste

Dono da vice-liderança da Conferência Leste, com 42 vitórias em 67 partidas e 62,7% de aproveitamento, o Boston Celtics ainda tem mais 15 jogos na fase de classificação da temporada 2016/2017 da NBA. Como a confirmação da vaga para os playoffs é questão de tempo, o Alviverde se concentra agora em uma dupla disputa: além de tentar alcançar o líder Cleveland Cavaliers, que tem uma vitória a mais e dois jogos a menos, a franquia de Boston tenta se defender dos avanços de Washington Wizards e Toronto Raptors, que estão firmes na briga pela segunda posição. Para encerrar bem a temporada regular, o Celtics tem uma série de trunfos em relações aos rivais, e o Celtics Brasil analisa todos eles.

Departamento Médico vazio

Uma das equipes que mais sofreu com lesões de atletas importantes na temporada, o Boston Celtics está contando com todas as suas peças depois de muito tempo. O ala-armador Avery Bradley já está atuando normalmente, depois de uma lesão no tendão de Aquiles, e o pivô Al Horford não demorou a se recuperar de um problema no cotovelo. Seus rivais, por outro lado, sofrem com perdas: enquanto o Cleveland Cavaliers não conta com o ala-pivô Kevin Love, o Toronto Raptors tenta lidar com a ausência do armador Kyle Lowry.

O “caldeirão” do TD Garden

O Boston Celtics disputará 10 dos últimos 15 jogos da temporada regular diante de sua torcida, no TD Garden, onde tem aproveitamento de 70,9% em 31 partidas. Dos times que estão na zona de classificação para os playoffs da Conferência Leste, apenas o Toronto Raptors tem mais partidas em casa do que fora. O Washington Wizards, que está na terceira colocação, vai disputar 11 dos seus últimos 17 compromissos fora de casa.

Viagens curtas

Nesta reta final de temporada regular, o Boston Celtics fará apenas cinco partidas como visitante, todas contra equipes da Conferência Leste. Ou seja, serão viagens curtas, sem mudança de fuso horário e de desgaste reduzido. O Celtics viajará cerca de 3.000 milhas até os playoffs, enquanto os rivais terão, em média, um percurso três vezes maior.

Tabela mais tranquila

Além de jogar mais vezes em casa do que seus rivais, a equipe do Boston Celtics só enfrentará quatro times com campanha superior a 50%: Cleveland Cavaliers, Washington Wizards, Atlanta Hawks e Indiana Pacers. Somados, os últimos oponentes do Celtics têm um aproveitamento médio de 43,5% na competição.

Confrontos diretos

Os quatro times que estão na briga pela primeira posição da Conferência Leste terão compromissos muito difíceis no meio do caminho, mas apenas o Boston Celtics jogará essas partidas em casa: no dia 20 de março, o Alviverde recebe o Washington Wizards, enquanto o Cleveland Cavaliers será o oponente no dia 5 de abril. O Wizards, além de visitar o Celtics, terá que enfrentar Golden State Warriors, Los Angeles Clippers e Cleveland Cavaliers longe de seus domínios, o Cavaliers ainda tem que visitar o San Antonio Spurs, e o Raptors terá um duelo contra a franquia de Cleveland na Quicken Loans Arena.

Para conferir a tabela completa do Boston Celtics na temporada 2016/2017, é só clicar aqui. E o que você acha, torcedor? O Alviverde vai aproveitar essas vantagens e conquistar a primeira posição da Conferência Leste? Deixe o seu comentário!