Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

2014/2015: a temporada de afirmação para Jared Sullinger

Com 12 jogadores mantidos, até o presente momento, do elenco de 2013/2014, é certo que, pelo menos, 1 ou 2, dos remanescentes, serão responsáveis por manchetes mais animadoras que às que tivemos na last season.

Há muitas expectativas em variados jogadores, mas é certo que o big man Jared Sullinger é o cara que desperta maiores atenções, em Boston, para a próxima temporada.

Kelly Olynyk também disputa os holofotes para atleta que mais desenvolveu seu jogo, mas é necessário lembrar que o Celtics apostou alto no canadense, ao fazer uma troca com o Dallas Mavericks, para conseguir ficar com o atleta oriundo da Universidade de Gonzaga, no 2013 NBA Draft.

Kelly Olynyk foi um jogador recrutado com escolha de loteria (top-14), e seu desenvolvimento não é só aguardado como planejado. Em contrapartida, Sullinger (que também era esperado para ser uma escolha de loteria no 2012 NBA Draft), foi deixado de lado em seu recrutamento, até ser acolhido pelo Celtics, com a 21ª escolha geral.

2 temporadas depois, vemos que o camisa 7 do Celtics, se comparado com os jogadores do seu Draft, assume o posto de um dos melhores big men de seu recrutamento, mesmo levando em conta que perdeu uma grande quantidade de jogos em sua temporada de calouro.

Após 2 anos como profissional, Sullinger apresenta as médias de 10.5 pontos e 7.3 rebotes, por jogo.

Apenas 3 alas-pivôs ou pivôs, do 2012 NBA Draft (Anthony Davis, Andre Drummond e Terrence Jones), apresentam uma maior média de pontos. Quanto à média de rebotes, os 7.3 rebotes, por jogo, de Sullinger só são superados por Anthony Davis (9.1 rebotes por jogo) e Andre Drummond (10.8 rebotes por jogo).

Válido lembrar que o camisa 7 do Celtics foi submetido a uma cirurgia, nas costas, em 2013. Essa cirurgia diminuiu as dores, de Sullinger, nessa região, possibilitando o aumento do seu rendimento. Contudo, o ala-pivô admitiu que, no início, tinha receio de voltar a lesionar suas costas, assim que pisasse em quadra, em 2013/2014:

”Eu acredito que, no início da última pré-temporada, eu estava com medo de voltar a lesionar minhas costas e, por isso, evitei alguns contatos nos coletivos”, disse Sullinger. ”Eu temia ao imaginar como estaria meu corpo no meio da temporada. Entretanto, agora vejo o que sou capaz de fazer em quadra. Agora, estou confiante que minhas costas aguentarão o jogo físico do garrafão. E o melhor disso tudo, é que entro para a minha terceira temporada com plena confiança que estarei apto a mostrar, mais uma vez, do que Jared Sullinger é capaz”.

E, como os torcedores celtas já sabem, o novo Jared Sullinger está bem diferente do que vimos na última temporada. Isso se deve ao intenso treino físico e à dieta que o camisa 7 se submeteu ao longo das férias, que fizeram com que perdesse muitos quilos, se comparado à última temporada. Confira como Sullinger está mais magro, no vídeo a seguir:

http://www.youtube.com/watch?v=x-gpNzIbibo

Todavia, a perda de peso de Sullinger não o fez perder sua força física. Pelo contrário, o seu jogo próximo à cesta, continua sendo sua melhor arma ofensiva. E isso é um bom sinal.

Uma das maiores qualidades de Sullinger é o fato de saber utilizar seu grande corpo para criar espaço próximo à cesta, permitindo com que pontue, com consistência, no garrafão, e que consiga boas posições para lutar pelo rebote.

Para um jogador de garrafão, cuja altura está abaixo da média da NBA, como é o caso do camisa 7 do Celtics, o seu jogo debaixo da cesta precisa ser efetivo para que o atleta possa render, em alto nível, na NBA.

E foi essa a fórmula que Sullinger utilizou para superar a adversidade da altura, tanto no ensino médio quanto na faculdade.

Sendo assim, Sullinger permaneceu apostando nessa fórmula, para ser efetivo na NBA, e, até agora, tem obtido retorno.

http://www.youtube.com/watch?v=qt-x-kbcHYg

Com isso, o fato de estar em melhores condições físicas, aliado ao dado de não abrir mão das qualidades e do estilo de jogo que o fizeram chegar até a melhor liga de basquete do mundo, só faz com que as expectativas para um promissor futuro, tanto para Sullinger quanto para o Celtics, aumentem. Que venha a temporada 2014/2015!

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

8 comentários

  1. RL

    Sem dúvida será uma temporada importante pra ele!

    Se for bem, pode ser peça importante para formação de um time para brigar por títulos na próxima temporada.

    Let´s go Celtics!

  2. luiz eduardo

    Quem sabe teremosbum big three formado pelo draft ?! Com sully, smart e young seria fantástico

  3. PHABIO PASSOS

    bem , so faltou o olinyk, quanto a sully depende so dele pra ser titular, se tiver bem fisicamente pode ser uma grande temporada dele,ele e um bom jogador..

  4. Celso Cachali Jr

    Sully… é monstro e será um dos melhores alas pivos da liga… se mantiver saudavel!!! ele e Smart serão o futuro brilhante do Celtão o YOung ainda leva algum tempo!!

  5. Marcos

    Sully é um grande jogador que qualquer franquia queria e recebendo salário de rookie.

    Mas, pelo amor de Deus, ponham um cadeado na geladeira dele lá em Boston!!!

    []s verdes

  6. Fernando C S

    É isso mesmo Marcus! A julgar pela aparência na entrevista, o Sully resolveu que gosta mais de basquete do que da lasanha da mamãe. Tomara que deixe de lado o canelone, a pizza…

  7. […] A temporada 2014/2015 representará o 3º ano de Jared Sullinger como atleta profissional e como um jogador do Boston Celtics. Suas 2 temporadas anteriores foram sólidas, fazendo com o que o maior campeão da NBA exercesse a opção de estender seu contrato para a temporada porvir. Não obstante, a expectativa geral, em Boston, é que o camisa 7 melhore, ainda mais, seu rendimento… […]

  8. […] e se estiver saudável, pode tornar-se o grande jogador que muitos esperam que vá ser. O texto “2014/2015: a temporada de afirmação para Jared Sullinger” aprofunda mais esta necessidade de afirmação do […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.