Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

A cidade de Boston não atrai grandes jogadores?

Durante os últimos anos, o Celtics tem encontrado imensas dificuldades para atrair os principais free agents a trazerem seus talentos para Boston.

A culpa é de quem? Do clima frio da cidade? Da vida noturna pouco chamativa? Da alta taxa de impostos no estado de Massachusetts? Balela.

A NBA está se revelando como a liga da camaradagem, na qual os principais jogadores buscam jogar um com o outro, e não um contra o outro.

A atual free agency machucou as esperanças de Celtics, Lakers e Knicks – 3 das mais tradicionais equipes da liga e alocadas em 3 das principais cidades americanas.

O New York Knicks era tido como um dos principais alvos para quase todo grande jogador disponível. Ao término do segundo dia da free agency, a equipe nova-iorquina só conseguiu angariar Arron Affalo e Robin Lopez.

O Los Angeles Lakers, por sua vez, viu-se envolvido em mil rumores, mas sabe quantos jogadores conseguiu até agora? Isso mesmo, nenhum.

LaMarcus Aldridge cancelou sua entrevista com o Knicks e saiu extremamente desapontado de seu primeiro encontro com o Lakers.

Para completar, Greg Monroe, altamente desejado por essas duas equipes supracitadas, deu as costas para as 2 principais cidades americanas, e resolveu ir para a pacata e gelada Milwaukee.

Então, a culpa é, realmente, das condições climáticas ou tributárias de Boston? Eu não acredito.

A NBA vive a era dos 3 pontos, mas também vive, inegavelmente, a era dos salários astronômicos e das ”panelas”, na qual os grandes, ou até mesmo medianos, jogadores buscam ir para as equipes mais fortes.

Portanto, não há alternativa para o Celtics: é preciso desenvolver nossos atletas, na esperança que tornem-se mais atrativos para os grandes nomes da liga.

As estrelas da NBA querem jogar com os melhores jogadores, e convencer aqueles que estes estão em Boston, é mentir para eles e para nós mesmos.

Portanto, qual a solução?

O primeiro passo é reconhecer que o atual elenco do Celtics possui diversos jogadores bons, mas nenhum excelente. O Milwaukee Bucks possui 4 potenciais futuros all-stars em Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo, Jabari Parker e Greg Monroe. Quantos potenciais membros do jogo das estrelas, o Celtics possui? Talvez Marcus Smart.

Desse modo, como atrair um grande talento para Boston?

A resposta tradicional, dada pela história da NBA, é o draft. Se adotarmos esse pensamento, o 2016 NBA Draft nos enche de esperanças, já que podemos vir a ter 3 escolhas de loteria (top-14), visto que detemos as picks de Dallas Mavericks, Brooklyn Nets e a nossa própria. A equipe texana perdeu 3 de seus titulares (Rajon Rondo, Monta Ellis e Tyson Chandler), além do importante reserva Al-Farouq Aminu, logo, possui boas chances de ficar fora dos Playoffs, no sempre hostil Oeste. O Nets decai a cada temporada e o Celtics, se não piorou, pouco progrediu.

Assim, no melhor dos cenários, o Celtics possuiria 3 das 14 primeiras escolhas no próximo Draft. Seria um cenário muito animador.

Uma resposta alternativa seria apostar em um jovem talento, por meio de realização de trocas. O Houston Rockets apostou alto em James Harden, ainda em 2012. À época, Harden não passava de um sexto homem em Oklahoma City, e ninguém sabia como ele lidaria com o papel de titular e líder de uma franquia. O ala-armador não decepcionou e seu alto rendimento, em 2012/2013, permitiu que Dwight Howard fosse convencido a levar seus talentos para Houston, já no ano seguinte.

O importante é o Celtics conseguir sua primeira estrela, seja via Draft ou troca. Enquanto o Celtics manter essa ingênua ilusão de que apenas espaço na folha salarial atrairá seu primeiro grande jogador, estaremos fadados a decepções na free agency. Quando conseguirmos a primeira, as demais virão com maior facilidade, pois é assim que a NBA funciona atualmente. Ninguém mais deseja ir para uma franquia e ser o astro solitário, mas sim ser um dos astros.

E essa foi a lição da atual offseason. Não basta ter espaço salarial ou estar alocado em uma grande metrópole, como Los Angeles ou New York. O mercado da NBA se modernizou e os principais free agents buscam dinheiro e elencos fortes.

Celtics, Knicks e Lakers preocuparam-se apenas com o primeiro fator e, por isso, estão perdendo jogadores para pequenos mercados como Milwaukee.

E vocês, a que conclusão chegaram após as primeiras 48 horas da offseason?

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

51 comentários

  1. contera

    por isso falavamos na epoca da troca do rondo, ainge deveria ter feito de tudo para mantelo. mas ainda pode vir algo de bom para boston acredito que boston esta em um estagio que deve fazer apostas afinal piorar nao vai mesmo. nao sei o que o pessoal do pensa mas talvez uma trade com nuggets com lawson faried eu particularmente gosto muito do faried so que ele nao se encaixa muito no estilo do stevens um dos dois teria que se adaptar. talvez arriscar no Bynum de pivo ele disse que quer voltar nao talvez um contrato so com um ano mesmo segundo ao garantido vai saber pode ser um steal afinal se ele nao corresponder e so colocar no banco e continuar o tank. seila cara em um time com lawson faried bynum. So nao entendi pra que trazer o Amir johson mesmo que o segundo ano nao garantido nao acho que ele va evoluir muito ainda e vai tirar minutos de olynyk sully quem ficar.

    • Mauricio Green

      Também achava a época que o Rondo deviamter sido mantido. Mas o cara queria o máximo ou pular fora. Todos sabemos agora que ele não vale o máximo. Fora o comportamento.

    • Danilo

      Eu gostava d+ do Rondo, mas claramente ele n queria mais ficar no nosso Celtão! Fiquei triste com sua saída, mas meio q aliviado.
      Prefiro muito mais um Jae Crowder que joga com raça e dá gosto de ver do que um Rondo jogando sem vontade.

  2. rfcarv

    A conclusão é que a coisa é complexa. São muitos fatores envolvidos e a maior parte destes nós não temos nem noção de quais são. Vejo certos comentários falando que o gm é burro, incopetente etc…como torcedores nossa função é essa mesmo. Já que não há jogos pra torcer, acompanhamos o draft, free agency, trades, summer league…etc…ate que a ação comece efetivamente com o início da temporada. Mas eu queria ver algum de nós aqui no lugar deles..falar é fácil. O fato é que a NBA tem feito um bom trabalho em manter as pessoas entretidas e consumindo o ano todo, mas no fundo, nossas opiniões torcida nao interferem em nada. Se decepcionar ou se emocionar com um jogador recem draftado por exemplo, faz parte da emoção que o esporte nos traz…esperamos que nossas decepções sejam momentâneas e boas surpresas apareçam.

  3. Vinicius Simões Bravo

    A cidade atrai.
    O que não atrai é um GM que dá um contrato de 12 Milhões pro Amir Johnson.
    O problema é Danny Ainge!
    Só teremos progresso de novo quando ele sair. E a última temporada não pode ser parâmetro porque o projeto era o Tank.
    Ir aos Playoffs não adiantou de nada, porque ninguém veio.

  4. The Real Jay

    Essa história de cidade atrai é balelaaaaaaaaa! Jogador quer receber bem e estar bem, simples assim! A NBA tá vivendo um momento bizarro l, um cara como Robin Lopez ganhar 13milhoes é surreal. É melhor o celtics ficar do jeito q tá, pq no momento uma sombra negra paira a NBA.

  5. MR11

    Nosso foco tem que ser o Draft, ano que vem ha muitos prospectos promissores: Ben Simmons, Skal Labissieri(acho que assim o seu nome), Jaylen Brown, Malik Newman, Brandon Ingram. Aii entra um dilema, nosso time é ruim para os offs e bom demais para Tank, deixo com GM que ganha bem para isso. Quem sabe podemos ter um elenco quase todo via draft. Smart-Bradley-Young-Simmons-Skal com Rozier-RJ-Crowder-Sully-Zeller, seria um bom elenco e claro um pouco de sorte na loteria com a pick dos Nets e a nossa. Não sou de comentar mas acho que seria mt interessante esse caminho, pelo menos por uma temporada

    • contera

      respeito tua opiniao mas nao concordo. um elenco inteiro via draft nao compensa porque teriamos que tankar este ano draftar no fim do ano e esperar no minimo 3 a 4 anos pra este time começar a render alguma coisa e se der errado o que e bem provavel (ex caso do smart vamos ser realistas ele nunca chegara a ser grande coisa no ataque ja comentamos isso aqui) teremos que começar denovo a tankar pra draftar outros jogadores

  6. Marcelo RS

    Tinha que ter ido para o ‘tank”.
    Agora já era.

  7. Jota

    Eu vou repetir um comentário que fiz no Jumper:

    A cidade de Boston tem o maior polo esportivo de todo os EUA (Quiça do mundo) com New England Patriots (futebol americano – NFL), Boston Bruins (Hóquei no gelo – NHL), Boston Celtics (Basquetebol – NBA), New England Revolution (Futebol – MLS) e Boston Red Sox (Baseball – MLB). Todos, tirando o time de futebol, multicampeões. E são esportes coletivos, que sempre chegaram com força, a maioria são times fundadores de suas ligas. Não existe essa história que, na NBA, o Boston Celtics não atrairá ninguém. Isso não faz NENHUM sentido.

    Em contrapartida, nós temos o New York Knicks, que fica em uma das melhores cidades do mundo em termos de atrativo, mas tem o New York Knicks, que está com Carmelo Anthony, Allstar, há quase 10 anos e não consegue atrair ninguém. Magic e Heat são de cidades extremamente turistas, quentes e praianas, e também não atrai ninguém. Clippers, vive em Los Angeles desde 84 e passaram mais de 20 anos sem atrair ninguém. EM LOS ANGELES. Kings e Warriors também estão na Califórnia e nunca atraíram ninguém. Ou seja, esse papo de cidade é batido demais.

    Agora, como o texto relata, o que tem chamado a atenção dos agentes livres e estrelas são times bem estruturados, com chances de playoffs e com um allstar (Ou com potencial a ser allstar). Essa offseason nos ensinou que é o que precisamos para atrair outros jogadores. Rondo não era esse cara, já que ele queria sair.

    Eu acredito no draft, embora seja difícil, mas acredito que possamos dar sorte. O que não dará pra fazer é piorar o time, de novo, para brigarmos pelas primeiras posições no draft. Acho que isso não é possível conseguirmos. Muito embora, também, alguns times se modificaram e brigarão por coisas melhores; Wolves, Knicks, Jazz, Magic, Bucks e Kings. Acho que esses times não vão brigar pela loteria, não. A loteria ficará entre: Lakers, Celtics, Pistons, Nuggets, Hornets, Blazers e 76ers. Sendo todos esses times, com exceção dos Hornets, extremamente inferiores ao Celtics e com chances reais de TOP 5, o que nos obrigaria piorar muito, trocar todo mundo por expirantes para brigar lá em cima.

    Não sei se devemos chamar essa temporada de tank novamente, mas a conferência Leste será dominada pelos Cavaliers pelos próximos 2~3 anos, então o inteligente é usar esse tempo para evoluir jogadores e criar as próprias estrelas, já que não vamos conseguir pousar ninguém. O draft é e sempre foi a saída para times fracos ficarem fortes. Mas é preciso mostrar também o mínimo de evolução. Wolves deu sorte com todas as escolhas. Mas o 76ers não deu a mesma sorte e mesmo lutando todos esses anos por top 3, ainda estão LONGE de ter um time competitivo.

  8. Lucas Acerbi

    Fala rapaziada, primeiro post ????

    Seguinte, assim como a maioria, fiquei na expectativa de conseguirmos algum all star futuro via draft pôs o Ainge colocou grande expectativa e trabalhou pra que isso acontecesse ( a proposta pro hornets foi surreal) mas não deu… No entanto:

    – rozier tem uma excelente infiltração, um arremesso decente e uma defesa razoável… Logo se torna uma possível peça ofensiva que hoje não temos. Um cara que pode criar seu arremesso e abrir a defesa revezando isso com o Isaiah.

    – hunter: um 3 pts shooter. Outra coisa que não tínhamos no elenco e que dará muita opção de variações de jogadas. Gostei

    – mickey: um ala de força que defende bem demais, ótimo reboleiro e líder de tocos da NCAA . Também não temos essa opção no elenco.
    Então acho que a galera tá se rasgando a toa. O time está melhor com caras mais altos e físicos do que ano passado.
    Se pintar alguma troca acho que conseguimos bater de frente com qualquer um do leste.

    Abraços

  9. Matthews52

    eu vi no meu face , que ja é quase certa a troca de gerrald wallace pelo david lee.
    alguem mais viu isso?

  10. Barry

    Bucks tem futuros all stars, blz.
    Agora me diz ai, se tivéssemos tankado da maneira certa nesses 2 anos, teríamos Parker e Towns.
    Agora estamos nessa de time bom d+ pra tankar e ruim d+ pra 2° rodada.
    E tudo isso graças a esses 2 ultimos anos que não acrecentaram em nada na história do Celtics.
    Ja falei e vou repitir, não se faz time campeão com picks top15.

    • Augusto Lima

      Só 2nd round.

      Paul Milsap – 47º em 2006
      Monta Ellis – 40º em 2005
      Manu Ginobili – 57º em 1999
      Chandler Parsons – 38º em 2011
      Goran Dragic – 45º em 2005
      Marc Gasol – 48º em 2007
      Marcin Gortat – 57º em 2005

      Será?

      • Sander

        Esqueceu do DAndre Jordan e Draymon Green.

      • Tu citou 7 jogadores que foram draftados na 2 rodada e surpreenderam,ok, agora se analisarmos os tops 5 tem muita disparidades ai, dar a sorte de achar um desses caras que tu citou é pequena.

        Escolhas Top 5 são e sempre serão melhores opções, até por isso os times tankam, se fosse assim nenhum time iria tankar. Concordo com o Barry, tankar não é feio, feio é ficar mais 20 anos sem ganhar nada.

  11. Christian

    Acho que o pessoal tá se precipitando se pegarmos a temporada após o all-star weekend a campanha nos colocaria perto da quarta colocação. Smart vai evoluir mais este ano, o Young vai aparecer, o time vai estar mais entrosado. O Amir Jonshon é um excelente defensor. Melhores que nós no leste só o Atlanta, o Clevand, o Bulls, e agora o Milwakee, no resto disputaremos a 5 posição com Toronto, Nets, Heat, Pacers.
    O time pode evoluir e ser com elenco com muita gente que pode jogar e bem melhorar temporada a temporada.
    Desistam quem achar que a equipe vai tankar se quiserem é melhor torcer para Nets e o Mavericks ir mal.

  12. Renato

    Foi decepcionante a FA e o Draft sem duvidas, mas isso nao e o fim, pq temos muita flexibilidade para se adaptar ao mercado.

    Ainge como sempre usou de prudencia, se arriscou no draft para trazer o Winslow, foi com vontade na FA, mas viu que as equipes surtaram com aumento do CAP e resolveu nao participar disso.

    A tendencia sao 2 escolhas de loteria (Celtics e Nets) ou talvez 3 (Mavs) ja que o Oeste tera Kings, OKC, Suns e Jazz mais fortes.

    Equipes melhores no Leste…

    Cavs, Heat, Hawks, Raptors, Pacers, Bucks, Bulls, Knicks

    Equipes iguais no leste…

    Nets, Wizards, Hornets, Pistons

    Equipes piores no leste…

    Sixers, Magic

    Nao acredito que sera direcionado um TANK, mas nao temos time para brigar por algo maior, ja que o leste esta mais forte esse ano.

    • drakes

      Renato, muita coisa pode ocorrer ainda, mas pelos elencos da divisão atlântico

      O Knicks entra naquela cota do ano passado minha, não boto menor fé, mesmo se vier o Lopez.
      Nets é aquilo, a maioria ali só pensa no contrato, o outro Lopez agora com novo salário vai se esforçar?

      Raptor vai perder muito com a saída do Amir por que ele cobria as falhas do Valanciunas, além de ser o especialista do time no P&R, DeMarre Carroll ajuda, melhora em relação ao Terrence Ross, perde ainda com a saída do Vasquez. No saldo final, acho que eles perderam.

      Sixers é o sixers, já entra no campeonato pensando no top draft, se o time começa a melhorar faz uma troca para piorar.

      Sobre Pacers, bem Ellis é um jogador legal de fantasy e computador, mas desde o GSW todos times que passou tiveram problemas de elenco, vai entrar em time que seu pivo já tá chateado com a situação e perdeu West que foi muito bem na arrancada do time ano passado que quase foi para playoffs.

  13. Fernando C S

    Não queria ser radical, mas para descontrair tenho uma ideia de negociação. KO por um pote de amendoim, sem amendoim.

  14. sebas

    Acho que a temporada 2015-2016 pode reservar uma agradável surpresa pra torcia celta.

    O elenco é melhor. Ganhamos 2 shooters no draft que não tínhamos antes e ainda ganhamos mais 2 boas peças defensivas no garrafão, além de manter o surpreendente Jae Crowder por um valor bastante justo.

    É um time muito jovem e com um grande upside, treinados por um excelente técnico que tira o melhor deles. Já são dois anos de trabalho do Stevens e sempre foi possível ver que mesmo com muitas mudanças no elenco pra tirar os maiores talentos da equipe nesse período, ele conseguiu implantar suas ideias e um estilo de jogo organizado. Se a equipe tiver uma estabilidade, ou seja, não mudar de mais ao longo da temporada e tiver liberdade o ano inteiro pra competir, essa equipe pode surpreender.

    Na temporada passada a partir do mês de fevereiro, com a chegada do IT e a equipe competindo 100% eles tiveram a 2ª melhor campanha do leste, atrás apenas dos Cavs.

    Com esse time de hoje, mesmo com desequilíbrio entre a armação e o garrafão, dá pra fazer uma campanha melhor desde o início. E claro, certamente vai pintar uma troca já que a equipe tem atualmente 18 jogadores sob contrato.

    • Fernando C S

      Sebas, assino embaixo. Nosso time é trabalhador, evidente. Mas não é desprovido de talento. É certo afirmar que não somos contender, mas no esquema do Stevens podemos avançar sem um jogador tão impactante, com base em trabalho firme e organização. Acredito em uma colocação top 6 no leste. Sobre o post, concordo que a lógica dos atletas é obter o melhor salário possível na melhor equipe possível. E não estão errados. Quem se difere desta maneira de pensar é o atleta identificado com a equipe seja por te-lo draftado, seja por passar muito tempo por lá, seja pela cidade. De alguma maneira alguns atletas parecem criar uma relação de gratidão com uma franquia e dificilmente as deixam. Foi o PP, até o KG no nosso caso. Claramente não foi o Rondo nem o Ray. As vezes percebo um pouco disso no IT. PARECE que ele considera que demos a chance para ele verdadeiramente se destacar na liga. Se melhorarmos um pouco a equipe, como o DA tem feito em doses homeopáticas, acredito que o IT vai continuar exercendo este papel.

  15. Danilo Jeolás

    Colocações muito pertinentes do Rômulo. Mas não tenham dúvidas de que a questão tributária tem influência. Um contrato de US$ 15 MI anuais gera cerca de US$ 7.6 MI de tributação em Massachussets.

    Este mesmo contrato seria taxado em US$ 6.85 MI no Wisconsin. São US$ 750 mil dólares limpos a menos na conta final, quase 2 milhões e meio de reais líquidos, isso apenas em uma temporada. Na Florida então, a diferença seria ainda maior.

    Não é o fator principal, mas não pode ser descartado por completo.

    Sei que grande parte aqui se dói bastante quando criticamos o Ainge, mas o trabalho na FA é decepcionante. Me dá a impressão que realmente queria o tank na temporada passada e o time “não correspondeu”.

    Por fim, espero que esses rumores de troca do Smart sejam infundados. Um movimento desse seria a maior imbecilidade possível para o momento.

  16. contera

    alguem pode me esclarecer uma coisa que perguntei no jumper e ninguem responde. como o anthony davis renovou por por 145/5 anos saindo do contrato de calouro se o maximo para t harris monroe e outros era 90/5. porque esse maximo do davis nao é apenas para contrato de veterano com mais 8 anos de liga se nao me engano? porque esse salario do davis e o mesmo que o kobe recebia antes desse contrato

    • Danilo Jeolás

      Provavelmente por ter sido pick1.

    • Rômulo Portugal

      Fala, Contera.

      Davis recebeu um salário maior, porque, diferentemente de Harris e Monroe, já foi eleito para time ideal de temporada e foi convocado para o All-Star.

      Quando um jogador consegue tais feitos, o seu teto salarial é maior.

      Além disso, o Davis fez uso da “Derrick Rose Rule”, na qual 1 único jogador pode ocupar 30% do cap de uma equipe.

      É isso! Abs.

      • contera

        entendi. valeu pelo esclarecimento. nossa esse monocelha vai ser muito rico com esse teto salarial indo para as nuvens ele vai angariar uns 500 milhoes so em salarios ate se aposentar

  17. Douglas Carvalho

    Harris renovou com Magic por 64/4

  18. Rodrigo

    O Patriots atrai. Não é Boston que não atrai, é o Celtics. Time fraco, afasta os All Stars.

  19. Bruno Ferronato

    O que eu sempre gostei foi se não dá pra ter os melhores jogadores ter ao menos um time redondinho, tendo pelo menos 2 jogadores pra casa posição.
    Então minha queixa com o Ainge é essa, ficar investindo muito na mesma posição. Se conseguir trocas beleza, mas se não consegue já tem que ficar improvisando jogador, aí vira uma droga.
    E outra, é um sério problema o time ficar estagnado no meio da tabela, figurando tanto em playoff como em draft. Nesse ponto a vinda do Amir piora ainda mais as coisas. Já que não dá pra trazer ninguém top que dê espaço pros jovens se desenvolverem a vontade e vá melhor no draft. O meio da tabela é o pior que pode acontecer pra um time da NBA, e no momento vejo o Celtics com grandes chances de ficar nessa posição.
    Só resta torcer pros mais jovens se desenvolverem bem e o Nets fazer uma campanha pífia pra usufruirmos da pick deles.

  20. Scal

    Eu fui contra o tank na temporada passada e fiquei muito orgulhoso desse time pela campanha. Hj eu me considero arrependido por isso, o tank infelizmente era o melhor caminho. É duro de admitir, não gosto de tal artifício e acho q a NBA deveria dar um jeito de inibir isso.

    Acho q das picks q nós temos, a q tem mais chance de ser a mais valiosa é a nossa. Se der pra ficar com uma top 5 e ainda negociar as do mavs e do nets (no máximo 1 delas deve ser de loteria) para subir no draft pode ser o melhor caminho para nós, com duas picks top 10.

    Temos q criar um cenário interessante em Boston para depois atrair bons FA ou trades. Nenhum all-star vai querer jogar em um time composto por um bando de jogadores medianos. Tem q ser minimamente promissor.

  21. Ranieri André

    Galera o tank realmente não é algo que gostamos mas é algo necessário, porem Boston já havia feito a dois anos atrás tudo bem que ainda havia necessidades na temporada passada porém era hora de dar um passo a frente, a final nunca estaremos satisfeitos pq se faz o tank reclamamos por o time perder e se não faz reclamamos por não ter conseguido draftar alguém “melhor”, mas ao meu ver vendo o draft desse ano as coisas estão um pouco diferente doq pensávamos anteriormente, acho que todos concordamos que o time tem duas carências: garrafão e um franchise player, provavelmente um ala, pelas conversas após o draft todas as conversas giravam em torno do celtics querer o Winslow e não um homem de garrafão q tanto falávamos anteriormente, a não ser numa troca com os sixers, pulando pra época da FA o numero de pivôs eram poucos porém não vimos conversas de Boston chegar com força em nenhum deles, talvez no love mas ja sabíamos que não iria rolar, vimos DA chegar em cima do T. Harris mas não ao ponto de oferecer um contrato max, se tivesse sido feito isso antes do Paul Millsap recusar orlando e renovar com atlanta talvez teriamos conseguido pois orlando não igualaria a proposta,
    conclusão
    1. Danny pretende conseguir C através de trocas, ao meu ver ou com sacramento ou com o Sixers, tendo em vista Roy Hibbert foi para o lakers, então menos um numa possível troca por Couusins
    2. Danny queria muito um ala, um possível alllstar e jovem, fosse Winslow ou T. Harris mas o fato de ele não ter feito loucuras pra isso mostra que ele confia em um outro jovem e possível futuro allstar: James Young que terá bem mais minutos essa temporada
    3. E por ultimo o fato de Danny ter juntado picks de draft, contrato não garantidos e expirantes e hj ter mais de 15 jogadores com contrato garantido no elenco mostra que boston tem meios de ser o time mais ativo por meios de trocas da liga, então ainda há esperança na atual temporada e ter um time competitivo

    então vamos ter um pouco mais de paciência e acima de tudo torcer, sabemos que não é fácil montar um time campeão mas ainda confio estar no caminho certo!!

  22. Bruno Ferronato

    Lakers pega Hibbert por duas escolhas de segunda rodada.
    Isso Celtics tinha também pra oferecer, mas não poderia devido a não ter cap disponível.
    E porque não tinha cap? Pq Ainge trouxe a “estrela” Amir Johnson, o qual já temos ao menos 2 jogadores que jogam na mesma posição.
    Sinceramente, pra mim está ficando difícil defender o Ainge.

  23. drakes

    Uma coisa eu tenho que dizer do Ainge e do Celtics, mesmo um negócio na época que achei horrível, eles provaram que foi um bom negócio, pensando no Bucks, o que atraiu o Monroe foi ter um time com o grego e Middleton que venceu e bem até a troca…bucks diferente do Celtics ano passado desde o primeiro jogo foi para ir para playoffs, ninguém queria ir para lá até mesmo quando teve Ray Allen ou Glen Robinson.

    Um jogador excepcional não aparece todo ano, usando um indice como “Wins Produced” só para citar um. A diferença das quatro primeiras temporadas entre Lebron e Carmelo é espantosa, 65 x 18 vitórias.

    Derek Thompson fez um artigo sobre isso que ” apesar do consenso as equipes medíocres não necessariamente ficam medíocres. Dentro de dois anos, eles são três vezes mais propensas a se tornar elite (ganhar pelo menos dois terços de seus jogos) do que os esquadrões da ruins que trancadas as top picks”.

    “Desenvolver e implantar efetivamente jogadores atuais, fazer negócios inteligentes e criteriosamente assinar agentes livres, encontrar bons jogadores no final do projeto-destes pacientes, por vezes movimentos incrementais parecem funcionar melhor do que rasgar as coisas para tentar pousar um super-herói sensacional no projeto”.

    Hibbert pelo visto irá sair por nada, apenas cap…um jogador que a duas temporadas foi top defesa da liga…são esse tipo de barganha ou um segundo round pick como Middleton que realmente faz diferença ao meu ver entre times.

    Mesmo alguém colocando que o Amir poderia ser mais interessante em quadra, Hibbert é um jogador com mais nome na liga, isso ajuda a atrair…aí está a minha única crítica ao plano atual, mas claro que esse negócio poderia não estar na mesa naquele momento.

  24. Renato

    Dia 01 – Summer League

    A) Winslow – 15 pontos 2 Roubos 3 assistencias, maior pontuador do Heat na partida.

    B) Turner – 20 pontos 8 rebotes 3 Blocks, maior pontuador da equipe.

    C) Stanley Jhonson – 13 pontos 4 rebotes 3 assistencias e 1 roubo de bola.

    D) Hezonja – 12 pontos 2 rebotes 2 roubadas de bola, game winner.

    E) Kaminsky – 19 pontos 12 rebotes 2 roubadas de bola, maior pontuador da equipe

    Todos jogadores que o Ainge poderia trazer pelo draft, mas ACHOU MUITO…, o Turner e sensacional esse moleque foi um steal do Pacers.

  25. Renato

    Gosto muito do trabalho do Ainge, acho ele um cara ideal para exercer a funçao de executivo, justamente pq tem muito sangue frio e nao faz loucuras.

    Agora, na vida as vezes se faz necessario os riscos e acho que nesse draft ele deixou a desejar, talvez ate pq tenha em mente negocios via trade, mas tinham bons prospectos em posiçao aceitavel de escolha e fica dificil imaginar que nenhuma equipe estava disposta a negociar pelo preço razoavel.

    Vendo que Lakers e Knicks nao tiveram grande sucesso na FA, me da ainda mais raiva, ja que podiamos ter feito mais impacto.

    Ainda vejo como o mais sensato para amenizar essa pos temporada, uma troca com o Sixers por um dos centers deles, e o sonho uma troca com o Cavs pelo Love visto que James quer o maximo para o Tristan Thompson e nao a CAP que aguente isso.

    Em relaçao a trazer o Hilbert ou Amir Jhonson concordo com o Ainge, Jhonson e mais atletico e se encaixa melhor no esquema do Stevens por ter arremesso de fora, e na posiçao 4 estavamos muito vulneraveis defensivamente.

    Acredito que o Hunter tambem nos trara um up grade, por ser um jogador alto para posiçao 2 e ter um QI elevado de basquete e Mickey pode ser um bom back up para posição 4, mas ainda prefiro o Sullinger mesmo gordo.

    As 2 grandes incognitas sao Rozier e Young, na verdade Rozier nao me empolgou tanto de inicio, mas estou impressionado com seus treinos, muito intenso dando calor no Smart acreditem se quiser, Smart ta saindo da quadra exauto rsrsrs e Young ta mais forte e atletico e sua habilidade e absurda, existe talento All Star nele.

    Como todos esperam, acredito que o Ainge envie 2 ou 3 jogadores para fora via trade e recuse os contratos do Pressey, Babb e a escolha 45.

    Vou chutar Smart + Olynyk + escolha de segundo round por Noel

  26. Danilo Jeolás

    Considero um erro grave se desfazer do Smart. Melhor abrir mão em conjunto do Sullinger e do Olynyk.

    Ainge até aqui tem sido decepcionante. Mas entendo que muitos aqui o veneram por 2008, faz parte.

    Está indo para um caminho perigoso na Liga, que é montar um time apenas de roles, ainda que bons roles.

  27. The Real Jay

    Acho q Ainge já deu oq tinha q dar.

  28. Lucas Braga

    Brandon Bass foi pro Lakers!

  29. drakes

    Barganhas para mim foram:
    Kosta Koufos – 33 milhões em 4 anos com Kings,
    Bismack Biyombo por 6 milhões em duas temporadas pelo Raptors e ele foi oitavo pick.

  30. Danilo Jeolás

    Hornets é bizarro… Biyombo e Vonleh foram picks top 10.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.