Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 88 x 94 Grizzlies – Summer League

Depois de uma primeira fase impecável, com quatro vitórias consecutivas, o Boston Celtics vivia a expectativa de ir longe na 2019 NBA Summer League e até mesmo beliscar o título inédito, mas o objetivo celta teve que ser adiado por mais uma temporada. Adversário derrotado pelo time verde e branco de Massachusetts na última quinta-feira (11), o Memphis Grizzlies teve a sua revanche na tarde deste sábado (13) e conquistou a vitória por 94 a 88, em duelo válido pelas quartas de final do torneio de pré-temporada e disputado no Thomas & Mack Center, em Las Vegas.

Embalado pela vitória por 26 pontos de diferença no duelo anterior contra o Memphis Grizzlies, o Boston Celtics teve um bom início de jogo em Las Vegas e venceu o primeiro quarto por 22 a 19. A franquia do Tennessee, entretanto, aproveitou o apagão celta no período seguinte, virou a partida e levou uma vantagem de 12 pontos para o intervalo. No segundo tempo, o Celtics concentrou suas jogadas ofensivas no armador Carson Edwards e esboçou uma reação, mas alguns erros nos minutos finais deixaram a vitória e a classificação nas mãos de Memphis.

Referência do Boston Celtics na quadra de ataque, o armador Carson Edwards foi o principal nome da equipe verde e branca na derrota para o Memphis Grizzlies. Mesmo começando o jogo no banco de reservas e tendo momentos de instabilidade, Edwards apareceu bem no último quarto e encerrou a partida com 25 pontos. Entre os titulares celtas, os destaques foram o ala-armador Javonte Green, que fez 17 pontos, e o armador Tremont Waters, com 16. O armador Tyler Harvey, com 20 pontos, foi o cestinha do Memphis Grizzlies.

Eliminado da 2019 NBA Summer League, o Boston Celtics fará agora os preparativos finais para a temporada 2019/2020 da NBA, que começa em outubro. O Memphis Grizzlies, por sua vez, enfrentará o New Orleans Pelicans neste domingo (14), no Thomas & Mack Center, pelas semifinais da Summer League.

Destaques do Celtics

Carsen Edwards (25 pontos e oito rebotes)

Javonte Green (17 pontos e seis rebotes)

Tremont Waters (16 pontos e três assistências)

Destaques do Grizzlies

Tyler Harvey (20 pontos e duas assistências)

Brandon Clarke (18 pontos e 12 rebotes / duplo-duplo)

Peyton Aldridge (13 pontos e cinco rebotes)

Melhores Momentos

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

27 comentários

  1. Bruno Correa

    Final do jogo parecia o time principal.. 0 rebotes kkk… 89×88, reação fantastica dos meninos, tirando uma dif de quase 20pts, pros caras errarem a cesta e pegarem DOIS REBOTES.

    Tecnico incorporou o stevens e só deixou anoes em quadra no ultimo ataque dos caras.. ao inves de lotar de reboteiro.

    E pra completar, no 91×88, nosso ataque erra a saida lateral (tremeram, coitados, normal).

    Todos esses garotos tem futuro.
    Abs verdes

  2. João Fernandes

    N entendi pq o tacko jogou menos. Perdemos por isso kkkkk

    • Marchall

      Não sei se eu li corretamente, meu inglês não é bom. Mas em um site americano, um jornalista deu como uma possível trade:

      Jaylen Brown + Romeo Langford + Hayward por McCollum

      Se for realmente isso, não entendi como ele seria encaixado no Celtics!

  3. Marcelo Paolielo

    Na verdade nada de absurdo. Mostrou que o time tem bons valores jovens e que vão oscilar como fez o Robert Williams que jogou muito na partida anterior e foi bem abaixo nesta última partida, o time vai sentir muito este ano a perda de jogadores mais experientes como ALL,kirie, BAINES, Rozier e Morris e pouca coisa foi acrescentanda além de kemba Walker, enfraquecemos bastante e vamos pagar por isso.

  4. Erondi Nunes

    Foram eliminados por um time q nem deveria ter classificado.

    Lembro Santos e São Paulo em 2002.

    Marcelo desses 4 só o Morris faz falta.

    • Marcelo Paolielo

      Erondi, eu discordo com relação a disponibilidade de plantel, enfraquecemos geral, segunda linha ,experiência isso vai fazer falta, time muito jovem, deveriam ter reforçado mais o garrafão e um ou dois veteranos para ajudar este grupo de garotos.

  5. Marcelo SM

    É muito irreal pensar em Gordon + Brown + R. Williams x Blake Griffin?

    Nosso elenco ficaria:

    PG – Walker e Wanamaker;
    G – Edwards e [veterano];
    SG – Smart, Langford;
    SF – Tatum, [veterano], Semi;
    PF – Griffin, Grant W. e Theis;
    C – Kanter, Poirier, Fall.

    Mão-dupla: Waters e ?

    O Blake tem contrato longo, nosso garrafão ficaria forte, o Detroit não sairia perdendo, Langford e Grant receberiam mais minutos…o único aspecto tuim é que a imagem do Ainge (em relação á trairagem com jogadores,por causa do Gordon) iria piorar mais ainda. 😛

    • Marcos

      Hayward vai aposentar em Boston. I relacionamento com a direção é mais do que basquete.
      Só resta torcer para ele não sangrar os minutos da garotada.

      Sobre o Blake, seria uma luva para esse elenco.
      Infelizmente, não vejo como fazer a trade por questão de salário.

      Abs verdes,

    • R2

      Sinceramente acredito que não teremos grandes mudanças até o início da temporada, imagino que iremos jogar com esse time até a trade deadline e dependendo do encaixe do time, partiremos para uma investida em algum jogador para as posições 4 e 5.
      Eu particularmente gosto muito de Blake, apesar das lesões o limitarem, preferia ir atrás do lamarcus do spurs, ou alguém menos badalado tipo Ibaka, collins, ou até thadeus young e randle que deixamos passar na FA.

  6. Marchall

    Griffin aqui seria perfeito! Mas pode esquecer.. Detroit tá com time bom essa temporada e quer surpreender nos playoffs.

    Fora que dificilmente alguém vai pegar a bomba do Gordon Hayward. Mas que seria perfeito seria!

    Smart – Tatum – Kemba – Griffin e Kanter

    Esse time teria plenas condições de dominar os playoffs do leste junto com os Bucks e Phila!

  7. Marcelo SM

    O que você acha que eles melhoraram tanto em relação à temporada passada? Pegaram uma aposta de 18 anos no draft (que irá demorar para se desenvolver) e o Snell e o Rose (que, por favor…). E eles têm já o Morris para PF – ficariam com Reggie/Luke/Rose/Galloway/Snell, Brown/Morris/Gordon/Leuer/Sekou e Drummond/Robert/Maker.
    Outra: o Gordon é uma bomba, mas é só mais dois anos…é uma aposta válida para quer quer realizar uma reconstrução (não sei bem se é o caso do Detroit)…e, para isso também, Brown (ag. rest.) e Robert são ótimas apostas!
    Acho bem equilibrada essa negociação (talvez alguma pick – não muito valiosa e/ou protegda) junto).

  8. Sander

    As vezes até desanima comentar. A galera vem com cada idéia absurda de trade, acham que é tão simples. Mas o que me resta é respeitar as opiniões né.

    • Marcos

      GMs do OKC, Clippers, Fakers, Nets, Houston, GSW mandaram lembranças =)

      Fazer trade é difícil para mercados não tão atrativos.
      Boston é meio termo e atrai caras meio termo: Horford, etc.

      Ultimamente tem virado futebol.
      O cara pede para sair (influenciado por agente e mídia, talvez) e GM aceita.
      Quero ver alguém pedir para sair para vir para Boston, isso que é difícil.

      Abs verdes,

      • Marcelo SM

        Salário do Blake = 34,2 milhas;
        Salários de Gordon/Robert + Brown = 34,7 + 6,5 milhas.

        Entrando o Galloway (7,3 milhões), por exemplo, só para equiparar os salário, gostaria de entender o que é “absurdo” nisso?

        • Marco Ferreira

          Marcelo, entendo sua vontade, é a minha tambem, mas vamos voltar a 2 anos atras…

          Free Agenci de 2017, Blake e Gordon disponiveis e nos fomos atras do Gordon e nem negociamos com o Blake. Em uma entrevista ele chegou a falar que o agente dele ligou para Boston para marcar uma data para conversarem, mas nem agendar a entrevista o Boston agendou.

          2 anos depois queremos trazer o cara, e ainda damos alem do Gordon mais dois jovens (uma joia Brown e um que pode evoluir muito Willians). Será que Blake vai ter a vontade de lutar por Boston depois do ocorrido? Sera que Stevens assume que errou na escolha a dois anos atras e troca o Gordon pelo Blake?

          Por isso que o pessoal está achando meio absurdo isso acontecer, não pelo fato do Blake que pra mim é um dos melhores jogadores da liga (apesar de ser de vidro).

          Let’s Go Celtics….

  9. Marchall

    Sério que você não acha que o Pistons melhorou?

    •Pegou Rose para armação com média de 18pts na última temporada. É o Rose, sabe decidir partidas.

    •Manteve Drummond e Griffin como estrelas do time.

    •Apostou no Sekou que é um jovem com muito potencial. Manteve Morris e outros potenciais como alternativas na rotação.

    A opinião é de cada um, mas dizer que Detroit não melhorou é brincadeira. Não vai ganhar conferência mas vai chegar com toda certeza nos playoffs!

  10. Lucas

    O problema do Griffin é o histórico absurdo de lesões. Sou fã dele, ele saudável é um dos melhores jogadores da liga mas o Blake não consegue ficar saudável de forma alguma e a tendencia é só piorar. (Se vocês se recordarem, esse offs mesmo, ele ficou de fora da série contra o Bucks).

  11. phabio passos

    Em falando em trade….quais PF sobrou de veteranos quer ser para nós. ..acho que faried seria ótimo para nos ou outro pivo puxando theis para PF….ou trazer jonas jerezko pq sabe o sistema de brad…..alguem tem outra sugestões

    • Fernando Henrique

      Os melhores agentes livres disponíveis que jogam no garrafão são o Faried, Noah e Nenê. Talvez o Mirotic volte pra NBA nos playoffs, quando a temporada na Europa acaba

  12. L.Gabriel

    Steven Adams é o unico que vejo como négocio viável, principalmente pelo fato de OKC ir pra rebuild, eles querem livrar salario, logo manda os contrato 1 year que temos, mais a montuera de picks, e pega o Adams que alias é novo… Mas não sei como fariamos o jgo dos salarios, pq o Adamns eh 25kk.
    Mas esse seria o UP que precisamos.

  13. Lucas

    Wannamaker tá comendo uma vaga no elenco totalmente desnecessária. Eu dispensaria ele facilmente pra abrir uma nova vaga e podermos assinar com DH, Faried, Noah, ou outro FA e daria o contrato pro Tacko Fall também.

  14. Bruno Reis

    Noah assinou com um time da australia, esquece esse porta…

  15. Marchall

    Mo Bamba e Fournier por Hayward eu não trocaria jamais. Fournier é comum, tem 200 dele na NBA. Bamba é uma incógnita, totalmente cru!

    Pra fazer essa trade é mais fácil ficar com a bomba do Hayward mesmo!

    • Marcelo Gouveia

      Concordo, Marchall

    • Marco Ferreira

      Na verdade essa troca seria apenas para o Celtics ter mais flexibilidade nos contratos…
      Bamba ainda seria aproveitado e o Fournier seria ou moeda de troca ou dispensado.

      Assim o nosso CAP não fica tão inchado com um jogador só que é o caso do Hayward.
      Em termos de time, troca completamente desnecessária.
      (Reservas por Reservas)

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.