Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics envia Lester Hudson para a D-League

O Boston Celtics anunciou ontem, 15/12, que o ala-armador novato Lester Hudson, selecionado pelo time Green na 58° posição no último draft, foi enviado ao Maine Red Claws, equipe da D-League filiada ao Boston Celtics em 2009/10.

Hudson é o sengudo jogador Celta a ser enviado para a D-League nesta temporada. O primeiro foi o ala de 22 anos, Bill Walker.

O ala-armador atuou por 13 partidas pelo Boston Celtics em 2009/10, e conseguiu um recorde pessoal de seis pontos e três assistências na NBA contra o Philadelphia 76ers, em 3 de novembro.

Vale lembrar que, dois anos atrás, Lester Hudson foi o primeiro na história da liga universitária a marcar um Quadruplo-Duplo (dois digitos em quatro fundamentos), com 25 pontos, 12 rebotes, 10 assistências e 10 roubos na vitória por 116 X 74 sobre a Universidade Central Baptist.

Confira abaxo dois vídeos de Lester Hudson.

 Melhores momentos no colegial e na faculdade:

http://www.youtube.com/watch?v=-rf9quo6q0Y

Melhores momentos na pré-temporada de 2009/10:

http://www.youtube.com/watch?v=-KhwaO7RSvE

Por: Caio Christoff.

Author avatar
Redação Celtics Brasil

6 comentários

  1. Allen Iverson

    Parece ter futuro, tomara que dê certo.

    Abraços, excelente site.

  2. RFORNER

    Quadruplo-Duplo ??? Sensacional hein ?!?! Sensacional !!

  3. gahhh

    Ele é um grande jogador!!!!!!!!!!!!

  4. boa… =).. Vamo ve.. como disseram o cara parece ter futuro..

  5. Vinícius Dellano Freitas

    Vi os dois jogos dele na D-league, e ele foi muito bom pro time. Média de 21 pontos por partida, pra quem quiser ver os jogos, é só entrar no site da D-League em dia de jogo, e digo mais, acho que esse time eh Campeão!

  6. Lester teve uma carreira universitária brilhante, mas jogou sempre em ligas menores e mais fracas.

    Por este motivo foi muito preterido no Draft deste ano, e acabou caindo nas nossas mãos.

    Ele já mostrou um potencial enorme, mas contra adversários de qualidade duvidosa.

    Agora na D-League ele vai pegar pela frente adversários que vão exigir um pouco mais dele, e é aí que vamos ver o real potencial dele e o que podemos esperar para o futuro.

    No momento pra mim ele ainda é uma incógnita.
    Vamos ver como ele vai se sair, lá.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.