Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics tem semelhanças divinas em relação à 2008

Esse ano se parece um pouco com 2008. Dwyane Wade perdeu o arremesso de 3 pontos no estouro do relógio na noite de domingo e o Celtics venceu o Jogo 4 das Finais da Conferência Leste contra o Miami Heat na prorrogação.

O arremesso acertou duas vezes o aro, antes de ir pra fora. O erro do Heat deixou o Celtics com a vitória, 93-91.

“Red [Auerbach] não ia deixar entrar,” disse o técnico Doc Rivers. “Você sabe que não. Não no Boston Garden.”

Foi nesse mesmo lugar, no dia 18 de Maio de 2008, que Paul Pierce contou com ajuda parecida do lendário patriarca do Boston Celtics, Red Auerbach. Era Jogo 7 das semifinais da Conferência Leste, e o Boston Celtics liderava o placar, 95-92 contra o Cleveland Cavaliers com sete segundos restantes no quarto período. Pierce foi para linha de lance livre, bufou, e arremessou a bola, ela bateu no aro e subiu, para cair inacreditavelmente na rede. Pierce creditou a cesta à intervenção divina.

“O espírito de Red estava olhando sobre nós,” Pierce falou depois do jogo. “Eu acho que ele deu um tapinha para jogar a bola na direção certa. Foi uma forma de colocar um sorriso no meu rosto.”

Os torcedores do Celtics têm muitos motivos para sorrir depois do jogo de ontem. Nosso time venceu o Heat, e estava empenhado no jogo sabíamos que não poderíamos perder três jogos seguidos contra e equipe de Miami. Depois de perder por 2-0, parece claro que Doc Rivers conseguiu ajustar a equipe para vencer o Heat. O Celtics vem sendo colocado de lado nessa pós-temporada, mas mais uma vez, está provando que os céticos em relação à equipe não estão certos.

Há similaridades e diferenças em relação a 2008. As citações em relação à Auerbach são porque aquele Jogo 7 também tinha Pierce e LeBron James em ótima fase. Pierce marcou 41 pontos no jogo e Lebron 45, trazendo de volta à memória dos torcedores outra famosa disputa de semifinais de Conferência leste: Larry Bird contra Dominique Wilkins.

Pierce (23 pontos) e LeBron (29 pontos) foram menos espetaculares no jogo de domingo, mas eles novamente entraram pra história. Ambos saíram de quadra na prorrogação pela sexta falta, deixando seus respectivos times sem seus maiores poderios ofensivos no final, nos momentos cruciais do jogo. Assim, os minutos finais desse Jogo 4 não tinham muita semelhança com o Jogo 7 de cinco anos atrás.

“Nós estávamos realmente desorganizados.” disse Doc. “Na prorrogação eu não cansava de dizer: nós estamos na prorrogação, uma cesta de cada vez.” O Heat continuava arremessando, e converteram apenas um dos oito arremessos que tentaram na prorrogação, incluíndo o arremesso errado de Wade que foi crucial para a vitória Celta. É ai que Red Auerbach pode, ou não, ter entrado em quadra. LeBron James saiu de quadra por excesso de faltas pela primeira vez na sua história em playoffs. E se você estava procurando por evidências da intervenção divina de Red, elas provavelmente começam aqui.

Mas é claro que o Celtics não podia depender apenas da “magia” de Red. A 9:46 do fim do terceiro quarto, Pierce acabou parando nas arquibancadas depois de tentar bloquear Mario Chalmers. Com o jogo já no final, Kevin Garnett se virou e puxou Paul Pierce das arquibancadas com uma mão, em um gesto similar ao que o Celtics mostrou nos playoffs de 2008.

“Nem sempre as palavras podem descrever o mesmo tipo de jogo,” disse Pierce, “É um jogo engraçado, eu sei, o jeito que a bola quica, como as coisas acontecem.”

Mais uma vez, Marquis Daniels (14 minutos) e Keyon Dooling (10 pontos em 16 minutos) deram ao Celtics grandes minutos de jogo. Depois de não apostar em Daniels e quase nada em Dooling durante esses playoffs, parece que o técnico Doc Rivers conseguiu achar o “toque mágico” pra equipe.

“É um pouco similar a 2008,” disse Rajon Rondo, que conseguiu 15 pontos e 15 assistências. “Não são as estrelas que devem ganhar reconhecimento. Bem, não todo o reconhecimento, mas sim os caras como P.J. Brown e James Posey. Isso é parecido com o que estamos fazendo este ano.”

E quem teria pensado nisso antes?

Via: www.boston.com

Vote no Celtics Brasil no torneio Peixe Grande, a maior premiação de sites da internet brasileira. Seu voto é muito gratificante para toda equipe do site! É muito rápido,  só cadastrar o e-mail e confirmar o voto.

Author avatar
Redação Celtics Brasil

4 comentários

  1. ailson

    Espero conseguirmos o titulo como em 2008!

  2. Victor Hugo

    A diferença é que nós temos o Rondo em excelente fase!

  3. Pra mim lembra mais 2010, um time que chegou aos playoffs com pouca gente apostando, que bateu Cavs e Magic totalmente favoritos.

  4. José Roberto

    Bateu o Miami também na primeira Rodada por 4 x 1, acontece que eles tinham apenas o Wade .

    GO CELTICS 2012 É NOIS

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.