Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Depois de 44 anos, lenda celta Bill Russell aceita anel de Hall da Fama

O maior campeão da história da NBA, Bill Russell, que é dono de 11 títulos da NBA em sua carreira sendo todos eles pelo Boston Celtics, finalmente aceitou ingressar ao Hall da Fama do basquete.

Em 1975, o astro não participou da cerimônia de posse que lhe daria a joia naquele momento. E se explicou no Twitter dizendo que outros antes dele deveriam ter essa honra. Referindo-se ao fato de que não era o primeiro jogador negro a merecer o prêmio naquela época, e por isso não concordava com a premiação. Ele menciona Chuck Cooper, o primeiro jogador afro-americano a atuar em uma equipe pela NBA, sendo draftado em 1950.

Na cerimônia, Bill Russell contou com a presença de sua esposa e de seus amigos próximos, Bill Walton, Ann Meyers e Alonzo Mourning.

Vale lembrar que Chuck Cooper demorou até setembro deste ano para ser homenageado e reconhecido como membro do Hall da Fama. E por isso, após a entrada de Cooper, Bill Russell provavelmente deve ter se sentido mais confortável para finalmente aceitar seu anel e integrar o quadro dos melhores da história no basquete.

Tal fato, inclusive, pode ser um lembrete das raízes da cultura americana naquele momento, mais precisamente na metade do século 20. Russell chegou a ser ignorado por recrutadores de faculdades devido à sua cor/raça, e após ser finalmente recrutado, viu no basquete naquele momento a sua única chance de escapar da pobreza e também do racismo. Provavelmente por isso, chegou a ser considerado em sua época de NBA um dos jogadores mais ativistas da liga, se não o maior.

Author avatar
Junior Santos
Paulista, 24 anos, Administrador e Analista Financeiro. Apaixonado por futebol e basquete, principalmente por dois times que usam as cores verde e branco: Palmeiras e Boston Celtics. Encontrou na escrita um hobby e busca contribuir com o entretenimento esportivo.

4 comentários

  1. Teobaldo

    “Nunca despreze o coração de um Campeão”. A frase não é minha, mas serve para ressaltar a importância do gesto de Bill Russell. Ele não querer o Hall da Fama apenas por achar que outros mereciam antes dele, é surreal. Lição de humildade para toda essa geração de garotos mimados e, principalmente, mascarados, que infestam todos os esportes.

  2. PHABIO PASSOS

    bem, teobaldo, concordo com vc e tudo que falou diz e verdade, mas, nao precisa escreve e dizer sobre BILL RUSSELL, ele nosso mito, e DEUS CELTICS, tudo que fazer por ele e pouco,,,,BILL RUSSEL É BOSTON CELTICS. so temos nos temos esses mito e idolos…..nao equipes de midias…

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.