Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Jared Sullinger um ano após a cirurgia nas costas

O primeiro ano de Jared Sullinger na NBA não foi fácil.

Previsto para ser selecionado na loteria do Draft de 2012 o calouro vindo da universidade de Ohio viu seu nome despencar na noite do Draft devido a uma notícia de que ele teria uma suposta lesão nas costas e isso poderia encurtar sua carreira. Foi graças a isso que Sullinger caiu no colo do Boston Celtics na 21ª escolha daquele draft.

Sullinger pareceu ser um bom novato no Celtics, com médias de 6 pontos e 5,9 rebotes em menos de 20 minutos numa equipe que dirigia-se para os playoffs. Na noite do dia 22 de janeiro de 2013 voltando para seu estado natal para enfrentar o Cleveland Cavaliers, Sullinger conseguiu 12 pontos e 10 rebotes em apenas 26 minutos de jogo.

Dores nas costas o forçaram a deixara equipe com apenas quatro minutos de jogo na vitória diante do Sacramento Kings e dois dias após o ocorrido o Celtics anunciou que Sullinger seria submetido a uma cirurgia nas costas e ficaria de fora do restante da temporada.

“Nós sabíamos que isso poderia acontecer. Sabíamos um mês antes do Draft que isso poderia acontecer e em algum momento ele provavelmente aconteceria”, disse Doc Rivers então técnico na época.

“Esperávamos que isso acontecesse ao final da temporada, mas aconteceu agora. Ele estava jogando bem e a boa notícia é que sabemos que ele pode jogar. Sabemos que ele vai ser um jogador muito bom e, a longo prazo, isso acontecerá se ele se manter saudável.” Disse Rivers.

O Celtics espera que com essa cirurgia ter encontrado uma solução para o problema nas costas de Sullinger, que algumas equipes consideram como sendo crônica no Draft de 2012.

Há pouco mais de um ano desde que a cirurgia foi feita, Sullinger participará do Rising Stars Challenge, desafio dos novatos e jogadores no segundo ano de NBA, do All-Star Weekend em Nova Orleans. Enquanto ele reconheceu ter tido dúvidas sobre seu futuro no basquete, Sullinger permaneceu firme durante a sua longa reabilitação.

“Na época, há sempre dúvidas”, disse Sullinger. “Quando eu estou sentado na minha cama, sentado no sofá assistindo filmes, porque não sou capaz de viajar com a equipe. É definitivamente difícil, mas ao mesmo tempo eu acho que mentalmente eu era forte o suficiente para entender que estaria de volta.”

A ausência de Sullinger na segunda metade da temporada passada, foi agravado pelo fato de que o Celtics também perdeu Rajon Rondo e o brasileiro Leandro Barbosa pelo restante da temporada. Com isso o Celtics não resistiu e foi eliminado na primeira rodada dos playoffs pelo New York Knicks.

“Quando você está sentado na cama e realmente não pode fazer nada, não pode treinar, não pode fazer absolutamente nada, não pode viver uma vida normal é muito difícil”, admitiu Sullinger. Especialmente quando sua equipe vai para os playoffs e você sabe que não há nada que você possa fazer sobre isso.”

Perder 37 jogos durante a sua temporada de estreia não é algo alguém planeje, mas Sullinger parece ser muito melhor após a cirurgia. Ele tem uma média de 13,4 pontos e 8,3 rebotes em 27,4 minutos nesta temporada de reconstrução da equipe Celta.

“Se estou me sentindo novo? Sim, quero dizer que estou me sentindo bem”, disse o ala-pivô. “Eu posso fazer tudo. Eu estava jogando basicamente com apenas uma perna (na temporada passada), eu não diria que posso saltar mais alto, mas posso me mover melhor”.

Sullinger começou 38 de seus 51 jogos nesta temporada como titular da equipe, além de lidar com problemas na mão, no punho e tornozelo. Sua média em 36 números certamente o levaria para a seleção All-Star da conferencia leste, são 17.6 pontos e 10.8 rebotes.

“Tenho muito trabalho a fazer”, acrescentou. “Não estou e nunca ficarei satisfeito. Tenho muito mais trabalho a fazer.”

Fonte: RealGM

Author avatar
Thiago Vinícius Matos
Paulistano de 27 anos, Líder de Operações numa empresa logística, residente em Guarulhos/SP. Torcedor do Boston Celtics desde 2009, quando comecei acompanhar a NBA. Minhas maiores referências atualmente são KG com sua garra sobre humana e Rajon Rondo com suas assistências desconcertantes. Sou muito frustrado por não ter visto o grande Larry Bird em ação. #Marcus_Smart_Is_The_Future!

37 comentários

  1. Sully era uma escolha TOP5 do draft antes da noticia de sua lesao nas costas espalhar-se, graças a Deus por isso ele caiu no colo do Celtics!
    Tenho certeza que ele será um All-Star já na proxima temporada.

  2. RICARDO RJ

    Esse cara com tipo 2,10/11 de altura seria dominante no garrafão, mesmo assim tem evoluido muito jogo a jogo, aprendeu muitor com KG e tem a cara do Boston já e importante e será mais ainda nessa reconstrução.

    Agora e torcer para ele ficar bem sem problemas.

    • Luiz

      Concordo..se tivesse uns 5 cm’s a mais seria dominante

      • rafael taborda

        Eu acho que 2,06 é o suficiente… o que ele tem que fazer é emagrecer um pouco e com isso aumentar sua impulsão… e melhorar o seu posicionamento tanto na defesa quanto no ataque… é o que eu penso para ele ser um Big Man dominante Top 10 da liga…

  3. Renato

    Realmente é esse tipo de escolha que me faz admirar o Ainge, ele não tem medo de correr riscos em pró de algo melhor para equipe.

    Sullinger já é um jogador muito útil a qualquer equipe, mas ainda pode evoluir alguns pontos do seu jogo, como o chute de média e longa distância e sua defesa 1×1.

    Sua maior qualidade no meu entendimento, é sua capacidade de conquistar rebotes e se impor dentro do garrafão, mesmo não tendo a altura ideal para posição 4 ou 5.

    Ele tem a vibração dos grandes jogadores e o talento necessário para ser um futuro All Star.

  4. Renato

    Rafael,

    A nível de NBA 2,06 é pouco para jogar na posição 4, onde os melhores jogadores em regra tem em torno de 2,11/2,12

    Em relação ao seu peso existem 2 aspectos que devem ser considerados:

    A) Perda de Peso (positivo) – Irá Ganhar em mobilidade e impulsão

    B) Perda de Peso (negativo) – Irá perder força para conter jogadores maiores de garrafão, principalmente quando for colocado na posição 5.

    No meu entender acho que ele deve manter seu mesmo peso, apenas tentando ao máximo trocar gordura por massa muscular.

  5. Renato

    Um GM de outra equipe que não autorizou ser identificado, “sugeriu” que o plano de Ainge é ter 10 first picks nos próximos 5 anos e que até o fechamento da trade deve negociar Bass, Humpries ou os 2 jogadores ao mesmo tempo.

    Fonte: http://hoopshype.com/rumors.htm

    Entendo que se for Bass + Humpries provavelmente será trade por Okafor + First Pick Indiana, usando algum ajuste de salário.

  6. Renato

    Tem 2 equipes que se encaixam perfeitamente em uma trade com o Celtics:

    1)
    Suns – Recebe Bass + Humpries

    Celtics – Recebe Okafor + First Pick Pacers 2014

    2)
    Bobcats – Recebe Bass + Humpries

    Celtics – Recebe Gordon + Jeff Adrien + First Pick Detroit

    A primeira opção acho que tem grande chance de acontecer.

    A segunda opção pode esbarrar na escolha draft do Detroit que promete ser uma escolha boa.

    No caso do Suns e do Bobcats eles ficam mais fortes na Posição 4 e 5, passando a ter 2 bons jogadores suplentes. Além do fato que Humpries é expirante e Bass terá seu último ano de contrato na próxima temporada, logo não geram impacto financeiro de longo prazo.

    No caso do Celtics se a trade for com o Suns ganha um contrato expirante que nos ajudará a perder jogos, descarrega salário e consegue uma primeira escolha.

    No caso do Celtics se a trade for com o Bobcats, descarrega salário, consegue uma primeira escolha e ainda pode recuperar um jogador jovem e talentoso que podemos re assinar por um valor na caso dos 7/8 milhores e usar o contrato do Bradley em outro negócio. O único problema é que provavelmente ele nos dará vitórias, que irão atrapalhar o Tank

  7. Henrique Carter

    So eu que percebi que essa foto do Sully e montagem? kkkk

    Espero que Ainge mita nos FA, e consiga bons drafts pra agente começar temporada voando, e Rondo& Sully temporada que vem promete pro celtics

  8. victor hugo

    ai Henrique carte como vc teve o parke
    wiggins vc editou alguém sabe me dizer

  9. Henrique Carter

    Cara Waiter e muito Bom, tem otimo chute dribla bem, tem chute bom dos 3 e pelo que percebi ele da mais assistencia do que pegar rebotes..

    Bradley eu troquei ele pelo Danny Green

    Meu time reserva é

    PG Austin Rivers
    SG Danny Green
    SF Chase Budinger
    PF Brandon Bass
    C Kelly Olynyk

  10. Henrique Carter

    Fico nada so tem 2 caras que não ta sastifeito com banco, Danny Green e Brandon Bass kk.. eu jogo no PS3

  11. Henrique Carter

    Eu mexi um pouco sim, tava tudo 50 deixei com 46 e aumentei mto nos rebotes deixei 100 ofensivo e defensivo, porque maquina sempre cata mais rebotes do que eu kk… msm assim eu apanho nos rebotes, mais nessa temporada meu time é quarto melhor em rebotes

    • rafael taborda

      que legal hein… eu deixava no simulation onde abaixam a maioria dos sliders… mas tava pesando em editar também… timaço o seu rsrsrsr