Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Jaylen Brown recusa convite para o Slam Dunk Contest

O ala Jaylen Brown, terceira escolha celta no último draft, foi convidado pela NBA para participar do Slam Dunk Contest, o famoso campeonato de enterradas do All Star Week, mas recusou o convite.

Mesmo com o incentivo de Gerald Green (ex campeão do torneio) e de Isaiah Thomas, que queriam treinar e ver o atleta no torneio, Brown se mostrava incerto com a aceitação do convite e resolveu em nota, acabar com a esperança de quem gostaria de ver o atleta na disputa.

Brown agradeceu e disse se sentir honrado com o convite da NBA mas disse que prefere focar seus esforços nos próximos dias em evoluir e ajudar sua equipe no campeonato.

A recusa pegou de surpresa a maioria dos torcedores, que após a homenagem prestada por Brown em uma sessão de fotos, imitando Dee Brown (ex vencedor do torneio), esperavam pela participação do ala, e se possível, repetindo a enterrada do antigo atleta celta.

Jaylen Brown

Os pontos positivos da decisão

Como bem dito pelo próprio Brown, sem participar do torneio, ele pode dedicar mais tempo a equipe.

Caso tivesse aceitado, teria que gastar algumas horas de treino bolando manobras boas o suficiente pra tentar concorrer e não passar vergonha contra caras como Zach LaVine e Aaron Gordon.

Junte isso ao risco de uma lesão ocorrer no meio de tentativas de manobras aéreas tão plasticas como vemos nesses torneios e a decisão de Brown em evitar o torneio ganha um sentido maior.

Por fim, Brown ganha mais uma “moral” com o grupo e torcedores da franquia, ao demonstrar que está mais focado no ganho coletivo do que no brilho individual.

 

Os pontos negativos

Tirando os riscos de uma lesão (que podem muito bem ocorrer em qualquer treino normal da equipe), e o fato de gastar mais algumas horas de treino, Brown só teria a ganhar com sua participação no evento.

Com minutos limitados em quadra, Brown teria finalmente a chance de ter os holofotes da NBA voltado para sí.

Zach LaVine e Aaron Gordon que foram citados acima, eram jogadores com muito pouco espaço em suas franquias e após o torneio do ano passado começaram ambos a ganhar destaque e mais minutos de quadra.

Caso Brown brilhasse no torneio e adquirisse maior visibilidade na NBA, o Celtics também ganharia com isso, afinal de contas, a equipe está sempre na eminencia de realizar trocas para reforçar o elenco e uma possível valorização de Jaylen seria muito bem vista pela gerencia.

Author avatar
Daniel Emiliano
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics. Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

5 comentários

  1. Paulo Sérgio

    Por essa eu não esperava

  2. Lucas Oliveira

    Realmente não esperava por essa, mas porque os boatos foram muitos e me fizeram acreditar que ele queria isso.

    Mas foi uma surpresa boa. O All Star Weekend é a única oportunidade para um jogador se desenvolver em treinamento durante a temporada.
    Um bom (e recente) comparativo é o Rozier, que antes do All Star Weekend mal havia entrado em uma partida, Hunter tinha tido mais oportunidades, mas isso mudou logo após. Ele começou a entrar e mostrar evolução.

    Se ele se dedicar e buscar um treino especial durante este tempo, é possível que ele tenha uma melhora ainda nesta temporada.

  3. Fernando C Silva

    Eu gostaria de te-lo visto no torneio. Seria importante como experiência.

  4. Marcelo

    Ele tem que jogar e treinar mais … acho ele mto inseguro nos arremessos do perímetro.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *