Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Nuggets 101 x 121 Celtics

Pressionado pela derrota diante do Utah Jazz e pela aproximação do Miami Heat na classificação da Conferência Leste, o Boston Celtics deu uma grande resposta aos que duvidavam de sua capacidade de manter o ritmo diante das adversidades. Em partida disputada na noite deste domingo (21), no Pepsi Center, o Alviverde fez uma grande exibição nos dois primeiros períodos e não teve dificuldades para bater o Denver Nuggets por 121 a 101. Foi a segunda vitória celta sobre a franquia do Colorado na temporada 2015/2016.

Jogando em casa, o Denver Nuggets teve como destaque o pivô sérvio Nikola Jokic, que encerrou a partida com um duplo-duplo: 23 pontos e 13 rebotes. O armador calouro Emmanuel Mudiay também teve uma boa atuação, com 18 pontos e cinco rebotes, enquanto o ala italiano Danilo Gallinari fez 17 pontos. O armador D. J. Augustin, com 13 pontos, foi o maior pontuador entre os reservas.

Pelo lado do Boston Celtics, Isaiah Thomas mostrou que a partida contra o Jazz foi apenas um ponto fora da curva e conduziu o Alviverde a um importante triunfo, com 22 pontos e 12 assistências. O ala-armador Avery Bradley fez 20 pontos e o ala-pivô Jared Sullinger contribuiu com um duplo-duplo: 16 pontos e 11 rebotes. Na rotação, destaque para a grande atuação de Evan Turner, com 17 pontos e nove rebotes.

Com a vitória em Denver, o Boston Celtics chegou a 33 triunfos em 57 partidas na temporada e melhorou o seu aproveitamento para 57,9%. No momento, o Alviverde segue na terceira colocação da Conferência Leste. O Denver Nuggets, com 34 derrotas em 56 confrontos, ocupa a 12ª colocação da Conferência Oeste.

O Denver Nuggets tentará a sua recuperação na temporada em duelo que será disputado na noite desta terça-feira (23), contra o Sacramento Kings, no Pepsi Center. Antes disso, na segunda-feira (22), o Boston Celtics visita o Minnesota Timberwolves, na última das três partidas seguidas como visitante na Conferência Oeste.

Destaques do Nuggets

Nikola Jokic (23 pontos e 13 rebotes / duplo-duplo)

Emmanuel Mudiay (18 pontos e cinco rebotes)

Danilo Gallinari (17 pontos e três rebotes)

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (22 pontos e 12 assistências / duplo-duplo)

Avery Bradley (20 pontos e dois rebotes)

Evan Turner (17 pontos, nove rebotes e cinco assistências)

Jared Sullinger (16 pontos, 11 rebotes e cinco assistências / duplo-duplo)

https://youtu.be/QWz78pZrRaQ

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

8 comentários

  1. Renato

    Grande partida do Thomas e do Turner. Menção honrosa para o Sullinger e Smart

    • marcelo conceicao

      Do lado do Denver, Faried horroroso, errou posicionamento defensivo até sair de vez, nem dá para dizer que está fora de forma.

      Olhando as chances deles do draft e playoffs da conferência oeste, caso Houston e Blazers avancem no campeonato, o Denver ficará com 4 picks de primeira rodada, sendo uma de loteria (6 – hoje) e 15-16- 24, eles não me parecem que vão querer trocar jogadores por mais picks a não ser a primeira e segunda do projeto.

      Provavelmente irão no dia draft ir para trocas procurando um jogador para posição 2 ainda com Wilson Chandler como moeda de troca.

      Celtics hoje com a 4 (vai depender das bolinhas), 17 (pode melhorar XD), e 23.

      .

  2. Pedro Leôncio

    Vamos ver se nessa reta final o Sully acorda pra vida, pois milhões estão na mão dele, basta dedicar e parar de comer Big Mac, pois qualidade pra uns 50 milhões ele tem. Quanto ao jogo, após um período trabalhando fora pude acompanhar o celtao e tava com saudades. Thomas numa evolução incrível, nosso trio de guards passa muita segurança. Alem disso, temos o Turner, outro jogador que do início da temporada pra cá melhorou muito seu jogo. Apesar de não ter vindo ninguém nessa deadline aposto no C’s como semifinalista de conferência e um time com muito potencial e espaço no CAP.

  3. PHABIO SANTOS PASSOS

    BEM, QUE SABER O QUE VAMOS FAZER COM A VAGA DE DAVID LEE, SE VAMOS TRAZER ALGUEM QUE FOI DISPENSADO, OU USAR MICKEY SEMPRE,DEVEMOS TRAZER UM JOGADOR MAIS CASCUDO,CASO CLASSIFICAR PRA PLAYOOFS, PRA MIM DEVE CORTA YOUNG E REZIER, DEIXAR MICKEY NO ROSTER PRA ELE ACOSTAMAR COM PLAYOOFS….

  4. Lucas Oliveira

    Basicamente o jogo foi 18 pontos de diferença no primeiro período e o resto só administrando.
    Apesar do Nuggets ter se aproximado no placar em nenhum momento senti o time realmente ameaçado e com isso tivemos tempo até de colocar a “molecada” para jogar, Rozier, Hunter, Young e Mickey. Logico que gostaríamos de ver mais tempo, especialmente o Mickey, mas é bom que entrem com calma também…

  5. Lucas Oliveira

    Quanto a chamar outro jogador dispensado, eu honestamente acho má ideia.

    Eu não considero que o Celtics esteja pronto para o titulo (embora eu curta muito a equipe atual e vá torcer a cada jogo) e não vai ser a chegada de um jogador dispensado que vai mudar isso.

    Com isto em mente, vale muito mais a pena colocar os calouros para jogar e continuar melhorando equipe titular e jogadores como o Smart, Olynyk, Zeller e Turner (2º pick no draft de 2010) que em sua maioria também são jovens.

    OBS: Para quem esperava a vinda do Varejão ele já fechou Warriors.

  6. David Pessoa

    Não acho que o Celtics deveria contratar mais alguem nessa temporada,acho que o Stevens deve dar mais minutos ao Mickey, eu realmente queria muito que ele jogasse uns 10 minutos no jogo contra o timberwolves e quando Olynik voltar, Mickey poderia ainda jogar pelo menos uns 5 minutos por um tempo pra pegar o jeito.Mas acho que ainda na próxima temporada o Mickey talvez ja tenha gás o suficiente pra ser titular.

  7. drakes

    Para quem reclama do Ainge e acha fácil escolher no draft…tudo bem que é um dos piores projetos, mas o Ranking Juniors pelo potencial futuro

    Chad Ford.
    1 – Rudy Gobert
    2- Giannis Antetokounmpo
    3- McCollum
    4- Olynyk. ele é 5 para o Pelton.
    5 – Oladipo ,

    Sobre o Sullinger quando ele renovar fica mais claro o custo dele, mas hoje em dia é uma barbada, o que mais me assusta para os playoffs é o Amir Jonhson que vem mostrando um degaste de não suportar mais de 20 minutos por jogo.

    Com o salário baixo do Sullinger (entre outros) trouxeram o David Lee e AMir Jonhson, infelizmente o primeiro não deu certo, já o AJ dedos cruzados.

    E AJ mal, sobrecarrega o Sullinger, é uma bola de neve, Olynik está fora, sobra para Zeller e um smallball com o Jerebko. Talvez começar a dar uns 5 minutos para Mickey é uma necessidade para o time chegar inteiro nos playoffs.

    Quanto a contratar mais alguém, não vejo o nome nos buy out, mas entenderia se viesse um jogador, o time já é muito novo, média 24,1 anos hoje o jogador mais velho do time tem 28 anos e 11 temporadas (Amir Johnson).

    Um cara mais rodado é para pegar rápido o esquema sem “turnovers”, lançar os jovens aos poucos nessa temporada me parece essencial, o com mais potencial em uma área que o time precisa é o Mickey, por isso talvez o time não traga um big, mas pode ser para as alas até por que sempre bom ter 15 jogadores, a estratégia pode ser até falar bem do clima do time para outros atletas.

    Existem prós e contras, provavelmente não terá uma impacto significativo na regular assinar com um jogador.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.