Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Pela segunda temporada consecutiva, Marcus Smart é eleito para o primeiro time de defesa da NBA

Âncora defensiva do Boston Celtics e ídolo da torcida verde e branca, o combo guard Marcus Smart teve seu esforço reconhecido pela NBA nesta terça-feira (8). Depois de ficar em sétimo lugar na votação de melhor defensor (DPOY), Smart teve seu nome incluído na seleção de defesa da temporada 2019/2020 da NBA. De acordo com a votação divulgada pela liga, Smart recebeu 57 indicações para o primeiro time de defesa e 38 para o segundo time, somando 152 pontos.

É a segunda vez seguida que Marcus Smart é eleito para a seleção de defesa da NBA. O camisa 36 é o primeiro celta a aparecer consecutivamente na equipe defensiva ideal desde o ala-pivô Kevin Garnett, que foi escolhido em 2007/2008 e 2008/2009.

Marcus Smart não foi o único jogador do Boston Celtics a receber votos na eleição para a seleção de defesa da temporada. O ala Jayson Tatum teve 20 votos para a segunda seleção de defesa, e o ala-armador Jaylen Brown também contou com dois votos para o segundo time.

Animado com mais uma eleição para a seleção defensiva da NBA, Marcus Smart estará em quadra pelo Boston Celtics na noite desta quarta-feira (9), às 19h30 (horário de Brasília), no Walt Disney World, no sexto jogo das semifinais da Conferência Leste contra o Toronto Raptors. Em vantagem de 3 a 2, o Celtics precisa de mais uma vitória para avançar à final diante do Miami Heat.

Confira as seleções de defesa da temporada 2019/2020 da NBA:

Primeiro Time de Defesa
Marcus Smart (Boston Celtics)
Ben Simmons (Philadelphia 76ers)
Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks)
Anthony Davis (Los Angeles Lakers)
Rudy Gobert (Utah Jazz)

Segundo Time de Defesa
Eric Bledsoe (Milwaukee Bucks)
Patrick Beverley (Los Angeles Clippers)
Kawhi Leonard (Los Angeles Clippers)
Bam Adebayo (Miami Heat)
Brook Lopez (Milwaukee Bucks)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

14 comentários

  1. Marchall

    Todos estão ansiosos com a partida contra Toronto, mas eu estou ansioso com o dia 16 de outubro.

    Esse time nosso não vai vencer a NBA. Falta banco e garrafão. Mas vejo um lado muito positivo de que chegamos longe novamente e falta pouco pro caneco.

    Aleksej
    Aaron Nesmith
    Saddiq Bey

    Se Brad Stevens selecionar um desses três e fortalecer o banco com algum jogador experiente, eu passo a acreditar fielmente no título da NBA 2021.

    Caso contrário largo mão e vou reconhecer que ele tem algum problema psicológico.

  2. Marcelo Gouveia

    Estamos 6-3 contra os Raptors, nesta temporada. Nurse não parece ter algo realmente diferente pra um décimo confronto contra Stevens. Vai cuidar do psicológico dos caras, que é o mais urgente pra eles. Lowry deu entrevistas dizendo que ainda acredita no time, e tal.

    Então, é cuidar de minar o psicológico deles também. E jogar, óbvio.

  3. R2

    Li que talvez o Grego saia do bucks… imagina um cara desse no boston no lugar do GH

    • Marco Antônio de Paula

      Sem chances. ele deu a entender que fica no Bucks na entrevista de ontem. Mas os Favoritos são Raptors e Heat. Podendo até ter um GSW nessa lista. Hayward hoje não está com essa bola toda na liga. Se machuca demais.

      • r2

        Não pensei em troca, até porque seria irreal, pensei em “recrutamento” mesmo e é claro, apenas um sonho! Mas se ele não topa a extensão, até poderíamos dar um all win e mandar GH, uns garotos e um pick para o bucks e ter o Grego por um ano já na próxima temporada, o time subiria, astronomicamente de produção com ele na 4

        • Marco Antônio de Paula

          O grande problema é que eu acho que os Bucks iriam querem Tatum ou Brown +Smart + Pick nessa troca. Ainge está montando a franquia em cima da Dupla JJ e acho que não vai aceitar se desfazer de nenhum dos dois. Eu concordo com vc, prefiro segurar nossa dupla e tentar se livrar desse contrato do Hayward, mas acho difícil alguem querer segurar esse contrato, ainda mais que o Hayward não está no nivel quando ele atuava no Jazz.
          Outro problema é que ultimamente estamos draftando muito mal. Nosso ultimos Garotos são limitados. OJeleye, Langford, Waters, Edwards, Grant, não são caras cobiçados por ninguém.
          E nossa pick nesse Draft atual nem é tão vantajosa assim.

          • R2

            Eu gosto do Hayward (talvez seja um dos poucos celtas que curto o jogo dele), mas já que provavelmente iremos perdê-lo, pois teremos que usar a grana para manter o Tatum, então vale a pena pensar em uma troca.
            Concordo com você, nossos últimos draftados não amadureceram (ainda tenho esperança em Langford e Grant), mas temos 3 picks de primeira rodada, arriscaria tentar uma troca. Acho que pelicans, atlanta e detroit teriam interesse tanto no GH, quanto nas picks, mas sinceramente acho pouquíssimo provável aige abrir mão desse ultimo ano dele.

            Ainda tenho a esperança que GH, se não sair, aceite um novo contrato com salário parecido com o Smart, afinal sonhar é gratis!

  4. Eu acho legal pensar em Giannis, mas o time vai ter o jogo da vida no ano logo mais.

    Foco tem que ser no presente, quando terminar a temporada pensamos nas trocas.

    Heat espera o vencedor e do lado de lá temos que considerar que nosso inimigo mortal pode sair vivo das fronteiras do Oeste.
    Não podemos dar mole.

    Abs verdes!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *