Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Pistons 89 x 109 Celtics

O Boston Celtics conquistou na noite de sábado(27), a segunda vitória consecutiva na temporada. Mesmo fora de casa e enfrentando o até então invicto Detroit Pistons. Com uma forte defesa e uma ataque que parecia fluir com naturalidade, o Boston Celtics não teve problema em derrotar o Detroit Pistons  e segurar o cestinha  Blake Griffin a apenas 7 pontos.

No início da partida os times começaram com estilos de jogo diferentes. Os Pistons começaram com seus tradicionais gigantes no garrafão(Drummond e Griffin), e o Celtics com um time mais baixo. Drummond até começou causando impacto na partida com rebotes e pontos, mas logo de início cometeu duas faltas ao marcar jogadores menores e mais rápidos, o que foi bom para o time do Celtics.

Ao contrário do jogo contra o Thunder, o ataque parecia muito melhor e mais assertivo, com mais movimentação e bons arremessos. Brown que está dificuldades no início dessa temporada encontrou seu ritmo no jogo e pontuou de todos os lados da quadra, acabando como cestinha da partida com 19 pontos.

Vale salientar  ótimo trabalho defensivo da equipe do Celtics, que segurou o time de Detroit a 36% de acerto nos arremessos de quadra e a 0 rebotes ofensivos no primeiro tempo. Um dos motivos da grande vantagem que o time abriu no primeiro tempo, 63 a 41. O time verde controlou o primeiro tempo.

No segundo tempo o Celtics voltou com Hayward no quinteto, e para mostrar que a decisão de Brad Stevens foi correta, Hayward marcou rapidamente 5 pontos no período, exibindo que está pegando ritmo novamente. Mesmo quando o ataque do Boston Celtics começou a cometer alguns erros no jogo, o Detroit Pistons não foi capaz de aproveitar. Os Pistons chegaram a cortar a vantagem para 15 pontos no final do terceiro período, mas não foram capazes de realmente iniciar uma reação, com seu principal astro, Blake Griffin, tendo dificuldades em pontuar na forte defesa celta. Logo o Celtics ampliou a vantagem no placar e no inicio do quarto período com essa grande vantagem, o Celtics apenas seguiu controlando o jogo até o final. O Calouro Robert Williams teve uma boa aparição ao fim da partida com uma bela dunk originada de um passe de Marcus Smart. Nosso banco teve uma ótima participação na partida principalmente Marcus Morris, Daniel Theis e Rozier, os três ficaram próximos de um duplo-duplo, mostrando mais uma vez que nosso maior destaque é o coletivo. Pelo lado dos Pistons os destaques foram Andre Drummond, que flertou com um duplo-duplo, 18 pontos e 8 rebotes e Stanley Johnson com 16 pontos e 3 rebotes.

O Celtics terminou com 45% de aproveitamento nos arremessos de quadra e 41% de aproveitamento nos arremessos de 3 pontos. Os Pistons ficaram com apenas 37% de aproveitamento nos arremessos de quadra e 18% nos arremessos de 3 pontos.

Boston Celtics e Detroit Pistons voltam a se enfrentar, terça(30) às 20h30min no TD Garden.

 

Destaques do Pistons

Stanley Johnson (16 pontos e 3 rebotes)

Andre Drummond (18 pontos e 8 rebotes)

 

Destaques dos Celtics

Gordon Hayward (15 pontos e 5 rebotes)

Jaylen Brown (19 pontos e 2 rebotes)

Marcus Morris (18 pontos e 8 rebotes)

Daniel Theis (17 pontos e 8 rebotes)

Terry Rozier (14 pontos e 8 rebotes)

 

Melhores momentos

Author avatar
Henrique Correia
Paulista, morador de Bauru no interior do estado de São Paulo, analista de suporte e corredor de rua nas horas vagas. Apaixonado por basquete, descobriu no jornalismo um hobby e quem sabe futuramente pode encontrar uma profissão. Acompanha a NBA desde 2010, torcedor fiel do Celtics, aguarda ansiosamente pra ver seu primeiro titulo.

3 comentários

  1. Gostei muito da equipe como um todo, acho que ninguém jogou ruim, defesa funcionou muito bem, feliz pelo bom jogo do J. Brow, melhor dele nesta temporada até aqui, uma boa surpresa tbm foi Daniel Theis, jogou tão bem que Brad Stevens o manteve em quadra um bom tempo.
    Go Celtics

  2. Erondi Nunes

    Excelente e surpreendente (pelo jeito que veio) vitória, Tatum, Horford e o Kyrie maus no ataque e mesmo assim o time amassou um bom adversário em ótima fase na casa deles. Jaylen deu resposta mas espero que mantenha consistentencia, Hayward pegando no breu e o Theis refinando forma física. Como não acredita nesse time?

  3. Daniel Monteiro

    Robert Williams deu 3 blocks nos últimos 3min de jogo. Porteiraço do ENEM

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.