Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (0-1) x Toronto Raptors (1-0)

Depois de estrear na temporada 2019/2020 da NBA com derrota fora de casa para o Philadelphia 76ers, o Boston Celtics disputará, na noite desta sexta-feira (25), a sua primeira partida como mandante nesta edição da liga. Contando com o apoio da fanática torcida verde e branca, que deve preencher os 18.624 assentos do TD Garden, a franquia de Massachusetts encara o Toronto Raptors, atual campeão da NBA, que busca a segunda vitória consecutiva na competição. O duelo entre Celtics e Raptors começa às 20h (horário de Brasília) e será transmitido pelo NBA League Pass.

Em seu retorno ao lar, o Boston Celtics procura uma identidade para começar a ser competitivo na temporada. Apostando suas fichas no armador Kemba Walker e nos jovens alas Jaylen Brown e Jayson Tatum, o time verde e branco de Massachusetts até teve uns momentos de brilho contra o Philadelphia 76ers, mas a falta de entrosamento ficou evidente e atrapalhou os planos de iniciar a competição com vitória. Agora, contando com o apoio da torcida, o Celtics quer encerrar a invencibilidade do atual campeão Raptors e ganhar moral para os próximos compromissos.

Para o primeiro jogo no TD Garden nesta temporada, o técnico Brad Stevens terá que fazer uma mudança no quinteto titular do Boston Celtics. Com dores no joelho esquerdo, o pivô turco Enes Kanter foi vetado pelo Departamento Médico e será substituído pelo ala-pivô alemão Daniel Theis. Na rotação, o Alviverde terá outras duas baixas: enquanto o ala-armador Romeo Langford se recupera de uma lesão no joelho direito, o pivô Tacko Fall continua no protocolo de concussão da liga.

Ainda em clima de euforia pelo inédito título da NBA em 2018/2019, o Toronto Raptors trabalha para se manter competitivo e defender sua conquista, mesmo sem contar com o ala Kawhi Leonard, que acertou transferência para o Los Angeles Clippers. Apostando na manutenção da base vencedora e do técnico Nick Nurse, a franquia canadense quer aproveitar o momento para abrir vantagem na classificação da Conferência Leste, e o duelo contra um Celtics ainda em formação é fundamental para os planos da equipe.

Em Boston, Nick Nurse não deve fazer mudanças no quinteto titular do Toronto Raptors, que conta com o talento de Kyle Lowry na armação e um garrafão sólido, formado por Pascal Siakam e Marc Gasol. As únicas baixas de Toronto estão na rotação: o ala-armador Patrick McCaw está com dores no joelho esquerdo, e o ala Rondae Hollis-Jefferson se recupera de uma lesão na virilha.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 20h

Transmissão: NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Jaylen Brown, Gordon Hayward, Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens

TORONTO RAPTORS: Kyle Lowry, Fred VanVleet, OG Anunoby, Pascal Siakam e Marc Gasol. Treinador: Nick Nurse

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

11 comentários

  1. Fernando Silva

    Espero mais minutos para Rob Willy

  2. PHABIO PASSOS

    o time esta jogando bem,,,, estamos dando azar tem bolas nossa nao caiem….e as bolas de 3 deles nos esta matando… vamos celtics…

  3. PHABIO PASSOS

    esse brad continua o mesmo….ele coloca as porcarias wana e semi,… sera nao dar chance a green no time…..devia testa cara no jogo desse,,,,

  4. Jardel Severiano

    GANHAMOS!!!!

  5. Marcos

    A minutagem do Hayward é algo de patológica. Equivale a -1 na defesa e um refugao no ataque.

    O R. Williams vai ter que chutar 86557 bolas de 3 para ter alguma chance, já que é proibido dar toco nesse esquema tático.

    Grande jogo do Williams calouro. Tem bom posicionamento, apesar da altura reduzida.

    Abs verdes,
    Walker-Smart-Brown-Tatum-Williams deveriam começar o próximo.

  6. Senhores: Hayward está de volta!
    Ele nos ajudará!
    Hj o time todo se esforçou!
    Mas nossas bolas não estão caindo. Acho que o Tatum e o Walker estão errando muitas bolas.
    Se esse time mantiver consistência, acho que Deadline pegamos um bom pivô defensivo e fechamos o time. Da pra sonhar!

  7. Fernando Silva

    Ainda é muito cedo.

    Mas alguns pontos estão claros comparando a season anterior: 1. Nosso jogo é mais coletivo, 2. Brown e Tatum bem mais fortes fisicamente, 3. Visualmente não notei a mesma evolução em GH, porém ele está MUITO mais a vontade, 4. Ambiente mais leve, 5. O time é mais agradável, divertido de ver jogar.

    Olhando para a equipe: eu manteria Rob Willy na formação inicial, mas ao mesmo tempo tentaria organizar a defesa para receber Kanter.

    Talvez com Smart, Brown, Tatum e Theis, Kanter consiga receber mais minutos. Ele é importante no ataque, mas precisamos pensar como a defesa pode ser eficiente com ele. Zona?

    • Fernando Henrique

      Uma defesa por zona ia aliviar pro Kanter. Acho que essa formação que você citou é a ideal pra receber ele, eu só trocaria o Tatum pelo Hayward. Primeiro porque o Hayward joga muito bem com o Theis, e assim poderia ser a primeira opção ofensiva do time. Segundo porque ele ajuda na armação se necessário, coisa que o Smart precisa

      Também notei que o Hayward está mais confortável, tomara que venha pra uma temporada de 20+ ppg

    • Zona pode funcionar contra Hawks ou times que só arremessam de fora.
      A Liga é cheia de grandes atletas de potencial físico (Giannis, Leonard, James, etc – Esses caras jantam qualquer defesa zona).
      Montar time para offs é uma coisa, brigar por caneco é outra.

      Acho impossível construir uma defesa que cubra Walker Hayward E Kanter ao mesmo tempo (só 5 entram em quadra ao mesmo tempo).
      Eu defendo que o Smart venha de titular no lugar no Gordon para deixar Brown, Tatum e Kemba mais soltos.

      O Timelord intimida na área pintada, falta só ritmo de jogo.
      O Kanter vindo do banco e entrando na rotação com o Theis pode ser uma baita ajuda. Idem para Hayward.

      []s verdes

  8. Eric

    Tem jeitão de preguiçoso, mas esse rob wilians e habilidoso

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.