Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (1-2) x Toronto Raptors (3-1)

De volta pra casa 

O Boston Celtics retorna ao TD Garden depois de dois jogos na estrada para enfrentar seu rival da divisão Atlântico, Toronto Raptors, e tentar reencontrar o caminho das vitórias. Eu sei, eu sei. Sei que são duas derrotas seguidas, e o momento do time não é dos mais excitantes em relação ao que nós, torcedores celtas estamos acostumado. Mas acredite: esse time atual vai ser divertido de assistir durante toda a temporada, e posso lhe dar motivos para acreditar nisso.

Expectativas 

O recorde de 2 derrotas e apenas uma vitória em 3 jogos não transparece o real desempenho do time em quadra durante os confrontos. Contra o Mavericks, o que vimos foi um daqueles jogos de basquete em que qualquer um dos lados poderia ter saído com a vitória, sendo esta definida apenas nos minutos finais, por maior eficiência de Dallas do que de Boston naquele momento. Porém, o que o placar nu e cru não consegue mostrar é que o time saiu de um buraco de 31 pontos de desvantagem para trazer momentos de tensão aos texanos presentes no American Airlines Center, muito por conta de uma defesa incansável que chegou a trazer o time para 3 pontos de desvantagem apenas. A imagem que tenho quando vejo a dupla Bradley e Smart juntos em quadra é a mesma que tenho quando passo em frente à casa do meu vizinho e vejo seus dois Rottweilers protegendo o portão.

Estatísticas que animam

Para os que gostam de números: o Celtics está rankeado como 3º melhor time ofensivo da liga (média de 108 pontos por jogo), 9º melhor time em % de rebotes defensivos e 4º melhor time em % de rebotes ofensivos. Para uma equipe que tinha grandes problemas em marcar pontos e segurar rebotes na temporada passada, nada mal até agora nesse início de 2014-2015. Além disso, Rajon Rondo está com médias muito próximas do triplo-duplo (três fundamentos com pelo menos dois dígitos de score): 8 pontos, 11.7 assistências e 8.7 rebotes. O armador celta lidera a temporada em número de assistências e é o primeiro jogador desde Magic Johnson a desempenhar no mínimo 35 assistências e 25 rebotes nos 3 primeiros jogos de uma temporada. Quão animador é isso?

Teste de fogo

Esperando que o armador conduza seu time à vitória esta noite, a equipe de Brad Stevens terá pela frente um adversário que vem de uma boa vitória contra a equipe de Oklahoma e atualmente defende o título de sua divisão. Os Raptors conquistaram 3 vitórias nos 4 primeiros jogos e serão mais um teste de fogo para Boston. Destaque para o duelo entre Rondo e Kyle Lowry, duas principais estrelas dos respectivos times. Outro fator que esquenta ainda mais o jogo de hoje é a expectativa de placar apertado, repetindo o que foi visto nos confrontos de pré-temporada entre as duas franquias com duas vitórias para o time canadense: 116 x 109 no primeiro jogo e 92×89 no segundo.

Que a história da pré-temporada não se repita e o TD Garden durma feliz na noite de 5 de novembro. E nas seguintes também, por quê não? GO CELTICS!

 

Ficha técnica

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Transmissão: @Celtics_Brasil

Boston Celtics: Rajon Rondo, Avery Bradley, Jeff Green, Jared Sullinger, Kelly Olynyk. T: Brad Stevens

Toronto Raptors: Kyle Lowry, DeMar DeRozan, Terrence Ross, Patrick Patterson, Jonas Valanciunas. T: Dwane Casey

Author avatar
Bruno Penna
Nascido e criado no Rio de Janeiro, é formado em Administração e apaixonado por esportes. Começou a se interessar por basquete em 2005 ao assistir um monstro chamado Kevin Garnett em quadra. Se apaixonou pela história do Boston Celtics e desde então dividiu o fanatismo que antes era ocupado só com o Botafogo.

21 comentários

  1. Danilo Jeolás

    Jogo direto se o objetivo for a pós-temporada. Me preocupa demais Valanciunas, atuando contra nosso garrafão extremamente suave.

    Podemos ganhar, mas é um jogo bem duro. Chuto vitória por 3 pontos.

  2. Renato

    Temos que colocar correria, já que o Raptors jogou ontêm.

    Outro fator importante é usar a formação de Rondo – Bradley – Smart – Green e Sullinger

    Essa formação criou grandes problemas para Dallas, o time fica baixo, mas ganha muito em termos de marcação e velocidade.

    O Olynyk tem vir do banco, por mais talento que tenha, não pode ser titular com defesa de pré-mirim, e deve jogar na posição 4, no lugar do Green.

    Aliás essa forma de jogar com o Green na posição 4 me agrada muito, porque ele fica mais ágil que seu oponente.

  3. Jota

    Celtics ganha apertado. Concordo com o Renato, tem que usar essa marcação pq no perímetro os caras só tem capeta de 3.

  4. Scal

    Nossa tabela de jogos para esse mês é muito ingrata.

  5. PHABIO PASSOS

    bem, temos que colocar o bass, hj como titular e o nosso banco vat ter que ser importante hj, vamos celtics….

  6. Jota

    O jogo é 22:30, n 21:30 como diz o site.

  7. Brites

    Onde posso assistir o jogo online, alguem sabe?

  8. Jota

    Galera, pq Brad não manda o Smart armar o jogo? Até pra ir ganhando mais experiência, to com um pé atrás com o Evan Turner, ele ta se atrapalhando todo, e não é de hoje, só esse quarto o cara teve mais de 3 TO.

  9. Willian Stanley

    Boston jogando muito bem até agora, só comentando muitos turnovers

  10. Carambola

    pqp, o jogo na mão e o smart entrega bisonhamente. tomara que sirva de aprendizado.
    é muito cedo ainda, mas não vejo como esse time possa ir aos offs sem um 5.

    • Marcos

      Acho que vamos ficar sem os offs…

      O Smart vacilou mesmo e o Lowry matou a pau… Mas depois o Olynyk fez uma falta burra para 2+1 que complicou o jogo…

      Deixasse só a cravada íamos ter ~10 de posse e só 2 de diferença…

      Essa flopagem do Smart tb preocupa…

      []s verdes

  11. Jonas

    Se contra o Dallas tivemos uma vitória moral, hoje foi uma derrota moral. Chegamos a estar 16 pontos na frente. Quantidade ridículas de turnovers. Turner estava lamentável.

    Mas como joga o Smart. Meteu bolas decisivas de três, chamou o jogo, foi pra cima. Perdeu uma bola fundamental no final, mas é normal, erro de calouro. O rapaz tem muito futuro.

  12. Willian Stanley

    Tudo bem que o Smart perdeu aquela bola.

    Mas e os últimos lances da arbitragem?
    Deram duas faltas que pelo amor de DEUS.
    Uma que o jogador do Raptors que estava em movimento claro, “tentou” parar acho que o Bradley com screen e a outra…(ainda não acredito) no lance que Smart estava no alto quando tinha acabado de arremessar uma bola de três e o jogador deles tentou o bloqueio igual um louco, derruba o Smart e o juiz FDP dá falta.

    Vários erros da arbitragem no jogo.

    Mais também 28 turnovers? O Celtics vai do céu ao inferno muito rápido. A explicação deve ser a juventude do time e o Evan Turner também. hahah

    O cara jogou menos de 13min e teve 5 turnovers.

    Era um jogo pra ganhar tranquilo sem esses tantos de erros, ainda mais com RR9 metendo um TD.

  13. Maurício Green

    27 Turnovers… assim é dificil!

    KO não é 5, no fim essa instencia vai ferrar o time mas vai ajuda-lo a se desenvolver.

    Também achei que o time cansou, o jogo de Dallas pesou hoje.

    Irrita um pouco o time não ter uma jogada de segurança, aquela p fazer 2 pontinhos e segurar uma reação ou garantir uma posse. Esta se apostando muito na jogada de 3.

    Green jogando muito e o Turner sumiu….

  14. Danilo Jeolás

    55 a 24 em rebotes e perdemos. Ao invés de aproveitar o desfalque do Valanciunas, Stevens continuou com a estratégia de chutar tudo de 3. Com 10/26 fica complicado.

    Para se jogar assim, capaz do Ainge contratar o Marcelinho Machado.

    Essa diretriz está bastante equivocada. Não temos mais um Ray Allen, aliás, nem um House ou um Pietrus.

    Desse jeito é mais um ano rezando por bolinha.

  15. sebas

    Apesar de tudo,achei bastante positiva a partida de ontem.

    O time parece muito mais afim de jogo do que no ano passado.Pelo menos até aqui não teve tank,mas é cedo para dizer.

    Perdemos 3 jogos seguidos,mas foram para duas forças do Oeste e na casa deles, e esse jogo agora com o Raptors,um dos melhores da nossa conferência e que perdemos nos detalhes,num jogo muito parelho.

    O aproveitamento nos arremessos de quadra foi bom,acima dos 50 %,as bolas de 3 tbm.Mais de 38 % em 3PT nunca que é um aproveitamento fraco.O Spurs liderou a NBA ano passado com 39,7 e o Mavs em seguida com 38,4 %.E é na minha opinião uma boa estratégia.Você espaça mais a quadra e se o adversário não vier marcar o perímetro,vamos ter muitas bolas fáceis de 3.Se subirem a marcação,o garrafão ficará aberto para infiltrações do Rondo,Smart,Green e Bradley,além do Sully que é uma máquina de rebotes de ataque.

    A equipe só vai ter que ser um pouco mais inteligente do que foi no sábado.Quando não tiver caindo,melhor dar uma parada,ao invés de arremessar ainda mais de 3.Outros pontos positivos foram os rebotes.Fazia tempo que não via o Celtics dominar a taboa como na noite de ontem!E claro,os FT’s da equipe também são destaque.Erramos só 1 em 18.

    O problema claro,foram os TO’s.Quase 30 erros é surreal,e tomara que seja apenas um jogo atípico e a equipe controle melhor a bola nos próximos jogos.E o erro do Smart foi emblemático.Na bola que poderíamos ter aberto uma vantagem a menos de 30 segundos do fim ele se enrola todo…Mas não vou crucificar o garoto,fez uma boa partida e não foi só ele que errou na noite de ontem e o time não perdeu só por causa desse lance.

    Mas como já cheguei a falar aqui,o time é jovem,sem experiência,apesar de ter qualidade e potencial.Vamos ter noites como a de sábado em que eles vão insistir de mais nos arremessos longos e as de ontem,quando tiveram dificuldade de controlar a bola e fechar o jogo no final.Todo mundo me parecia muito “empolgado”,querendo mostrar jogo mas faltou cabeça.

    O jeito é esperar essa garotada se desenvolver e aprender com esses vacilos.Mas até aqui,acho que o saldo é mais positivo do que negativo.O futuro deles é promissor.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.