Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (10-8) x Sacramento Kings (7-11)

Depois de perder em casa para o Detroit Pistons, o Boston Celtics tenta, na noite desta sexta-feira (2), a sua recuperação na temporada 2016/2017 da NBA. Mais uma vez ao lado de sua torcida, no TD Garden, o maior campeão da história da liga inicia mais um back-to-back na competição e recebe o Sacramento Kings, 11º colocado da Conferência Oeste. O duelo entre o Alviverde de Massachusetts e a franquia californiana começa às 22h30 (horário de Brasília).

Nos últimos jogos, o Boston Celtics apresentou evolução nos dois lados da quadra, conquistou vitórias importantes e se consolidou na zona de classificação para os playoffs da Conferência Leste, mas o tropeço diante do Detroit Pistons ligou o sinal de alerta na franquia de Massachusetts. Com 10 triunfos em 18 jogos, a equipe celta precisa de uma vitória sobre o Sacramento Kings, não só para se recuperar na tabela, mas também para impedir a aproximação de outros rivais.

Diante do Sacramento Kings, o técnico Brad Stevens deve manter o quinteto titular que atuou nas últimas partidas, mas espera pela melhora no desempenho do ala-armador Avery Bradley, que não fez um bom papel no jogo contra o Pistons, e em um melhor aproveitamento do pivô Al Horford, que retornou na última partida, mas foi pouco acionado na quadra de ataque. O armador Demetrius Jackson, que está servindo o Maine Red Claws na Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League), não será relacionado.

Sem disputar os playoffs há 10 anos, o Sacramento Kings ainda luta para organizar a casa e montar um time competitivo para o seu astro DeMarcus Cousins, e a aposta da vez é o treinador David Joerger, que fez um bom trabalho no Memphis Grizzlies. Porém, mesmo com um novo comando, o Kings venceu apenas sete dos 18 jogos que disputou. A partida contra o Celtics é fundamental para a franquia de Sacramento, que precisa de uma série de bons resultados para encostar no G-8 da Conferência Oeste.

Para o jogo contra o Celtics, Dave Joerger não poderá contar com os jovens Skal Labissiere, Georgios Papagiannis e Malachi Richardson, que estão no Reno Bighorns, da D-League. O principal trunfo do Sacramento para o duelo em Boston é a questão física: como o jogo contra o Philadelphia 76ers, que seria disputado no Wells Fargo Center, foi adiado, o Kings teve três dias de descanso e preparação para o compromisso no TD Garden.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 22h30

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens

SACRAMENTO KINGS: Darren Collison, Arron Afflalo, Rudy Gay, DeMarcus Cousins e Kosta Koufos. T: Dave Joerger

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

20 comentários

  1. Hoje a derrota nem pode ser cogitada, temos que voltar a subir na tabela !

  2. Marcelo S. Matheus

    Celtics 105 x 95 Kings

  3. PHABIO PASSOS

    BEM, TENHO UMA PERGUNTA A FAZER PRA VCS?
    SERA BRAD É BOM TREINADOR/? ELE TREINA BEM A EQUIPE?SERA QUE ESSE TREINADOR TODO?PQ/?
    PQ DAVID LEE ESTA JOGANDO BEM MELHOR NOS SPURS DE POPOVICH?
    PQ TURNER ESTA JOGANDO MELHOR NO PORTLAND?
    SERA QUE GOSTA DE QUEIMAR JOGADOR?? TIPO GREE?P BRAW?E OUTROS?
    ESSE E MINHA PERGUNTA???

    • drakes

      David Lee jogou bem contra nós, e depois contra Magic e Wiz não fez nada.

      Aqui teve vários problemas o pace do time era alto, ele estava mal fisicamente, só ver a quantidade de bandejas sozinho que ele errava, ele é um cara de bons números, mas péssimos em termos de qualidade, isso quase toda a carreira, tanto que saiu por nada do GSW. O Lee sempre foi criticado pelos analytics.

      Turner já é outro caso, veio queimado, ele mesmo diz isso e aprendeu muito aqui, o problema dele é diferente é ter um seguimento, além disso querendo ou não ele tinha mais responsabilidades já que os jogadores da segunda unidade que funcionavam eram muitos jovens, todos ainda em contrato de calouro. E ele saiu para ganhar 17 milhões, para quem veio com um contrato de 4 milhões é uma baita valorização.

      O que dá para ver se o técnico é bom ou não, é ao final da temporada ver a evolução do conjunto, se um jogador considera que o jogo está correto já que sempre foi assim e se satisfaz como Lee, eu não crítico, mas ele terá que ir para um time que se jogo de certo, por isso saiu do GSW, Celtics e Dallas e nenhum deles ganhou nada com isso e foi para spurs para receber $1,551,659 que é o mínimo para um veterano com tantas temporadas.

    • Renato

      Phabio ele não é bom, e excelente. Tira o melhor da equipe. Lee foi mal em Boston pq era muita correria e ele não se adaptou. Quando o Ainge lhe der mais um scores e um center defensivo você verá o seu potencial por completo.

    • Phabio, quando ele veio, há algumas temporadas, tinha o mesmo receio.
      Pior, achava que nenhum jogador o ia respeitar por ser um cara novo e que não parecia ser de muita personalidade do lado da quadra, tipo o Doc.

      Mas as outras temporadas mostraram que ele é um bom técnico.
      Conseguiu o respeito do Thomas e do Crowder que são os caras que mandam no vestiário.
      Não é excelentíssimo e está bem longe do Popovich (essa comparação é mt absurda) mas está em um bom nível, assim como os treinadores novos do OKC e (caso não tenham reparado) do B. Nets.

      O problema é o roster.
      Desfigurado, cheio de trocas (Rondo, Bass, etc.), jogadores gordos/fora de forma (Sully, Smart na metade da passado), tronchos (KO e Turner são tudo menos o que podemos esperar de atletas no sentido estrito da palavra) e, principalmente, a maioria de jogadores que pode treinar era incapaz de REBOTEAR e INFILTRAR (duas coisas chaves nesse jogo).

      O que me chamou a atenção no Stevens foi que ele monta um esquema de jogo a partir do adversário. Se o adversário é muito forte fisicamente, apela pro ataque de 3 e tenta usar defesa apertada com dobra. Se o time dá espaço (tipo o GSW) joga na velocidade e tenta aproveitar o p-roll. Como disse, o roster não ajuda, mas ele conseguiu ir aos offs 2 vezes.

      Duvida? É só reparar que quem dita o placar do jogo é o adversário, não é o Celtics.

      No futuro ele deve ter mais uma cara de R. Carlisle do Dallas que do Pop. Personalidade é muito diferente.

      Agora, falta o Ainge ajudar e trazer alguém em forma com mais de 2.06.
      Falta o Brad começar a interferir nas escolhas do draft para pararmos de draftar guards medianos.
      Tinha fé nisso, mas pelo visto o Ainge não deve ter dado esse espaço.

      []s verdes

  4. Renato

    Celtics 114 X 98 kings

  5. Jefferson Pires

    Kings 103 x 114 Celtics

  6. Fernando C Silva

    Celtics 113 x Kings 98

  7. PHABIO PASSOS

    CELTICS 115 X 100 KINGS,

  8. Lucas Oliveira

    Mãos ao alto, isto é um assalto. De novo… Em casa, de novo…

  9. tomas parolin

    7 do segundo quarto, e um jogo que começou bem ja complicou por causa de zeller, j. brown e os outros da segunda unidade. Se contra o pistons podemos dar méritos a eles,que estavam realmente numa boa noite, sofrer com a SEGUNDA unidade do KINGS já é incompetência demais nossa … Danny A. salva noisssssssss

  10. tomas parolin

    a parte boa é : AL H. jogando muito !!

  11. tomas parolin

    Fim de jogo. Sufoco , mas vencemos.
    destaques, pra mim, alem do horford(26/8/3/2/6) que decidiu a partida, foram j. Crowder, que fez sua parte com umas 3’s importantes e ROZIER, brilhou defensivamente em momento chave do jogo. grata surpresa.
    decepção foi smart, muito mal, e o bradley quase entregou tudo no fim fazendo uma falta boba na linha de 3 no cousins. Preocupado tambem com J. brown, parece nervoso, afobado, principalmente com o pouco tempo de quadra.
    uma vitória amanha cai muito bem pra nós!!!

  12. drakes

    Difícil falar aqui de outros jogos, mas pelo visto o Pistons empolgou, massacrou o Hawks,

    Do Celtcis grande jogo defensivo e ofensivo do Horford, melhor dele até aqui,

    • Maurício Green

      Tinha visto parte de Pintons x Hornetes, e eles jogaram pacas.. Depois Contra nos e agora contra Atlanta…. Se acertaram e ainda falta o Jekson. Para ficar de olho, p mim potencial 4 força do Leste.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.