Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (31-15) x Golden State Warriors (10-38)

Nesta quinta-feira (30) o Boston Celtics prepara o TD Garden para receber o Golden State Warriors, às 22h horário de Brasília. A equipe celta vem de vitória por 109 a 101 contra o Miami Heat, mantendo-se em 4º lugar na Conferência Leste. Os Warriors, por sua vez, vêm de uma sequência de 4 derrotas seguidas e busca recuperação. As duas equipes já se enfrentaram nesta temporada, com vitória celta por 105 a 100.

Para este jogo, os Celtics podem contar com o retorno do ala Jayson Tatum, que vem se recuperando de uma lesão sofrida no jogo contra o Memphis Grizzlies e recebeu o status de Questionável. Contudo, os pivôs Robert Williams e Enes Kanter permanecem fora. Logo, Theis permanece na titularidade e, na rotação, Grant Williams pode receber mais oportunidades no garrafão, uma vez que Vincent Poirier não vem tendo boas atuações nos poucos minutos recebidos.

O destaque da franquia de Boston vem sendo o armador Kemba Walker. Nos últimos 3 jogos (todos sem Jayson Tatum e um deles sem Jaylen Brown) manteve médias de 29.3 pontos e 6 assistências, liderando o time nos confrontos contra Magic, Pelicans e Heat. Além dele, Gordon Hayward, no mesmo cenário, teve médias de 24.7 pontos e 9.7 rebotes, se destacando tanto na distribuição de jogadas quanto na força de suas infiltrações.

O Golden State, acostumado a grandes vitórias nos últimos anos, vem enfrentando uma temporada de reformulação. Último da Conferência Oeste, com 10 vitórias e 38 derrotas, a franquia que mudou de casa nesta temporada tem como destaque o armador D’Angelo Russell, que vem mantendo 24 pontos e 6.3 assistências de média. A tendência é a manutenção da equipe que enfrentou o 76ers na última terça-feira. Há ainda a possibilidade de retorno do jovem pivô Kevon Looney, que não joga desde 23 de Dezembro.

FICHA TÉCNICA
Local:
TD Garden (Boston, MA)
Horário (de Brasília): 22h
Transmissão: NBA League Pass
BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Marcus Smart, Jaylen Brown, Gordon Hayward e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens
GOLDEN STATE WARRIORS: D’Angelo Russell, Damion Lee, Draymond Green, Glenn Robinson e Marquese Chriss. Treinador: Steve Kerr

Author avatar
Vinicius Schaarschmidt
Sou gaúcho de Porto Alegre, Gerente de Produtos de profissão trabalhando na área de Tecnologia da Informação há quase 15 anos. Apaixonado por esportes, especialmente Futebol e Basquete, torço para o Internacional e para o Boston Celtics. O Jornalismo é uma paixão antiga e tenho aqui a oportunidade de trazer um pouco das minhas opiniões sobre o maior campeão da história da NBA!

9 comentários

  1. Gabriel

    Celtics Brasil: a

    Comentários: ZE CHICLETEEE, AINGE BURRO, TRADE HAYWARD, PIVOOO, DRUMMOND MELHOR CENTER DA NBA, ZE CHICLETEEE

  2. Fernando Silva

    Até o momento, jogo tranquilo.

    Se continuar assim teremos 25 min de Oje e 20 de Wana.

  3. Marco Antônio de Paula

    Jogo tranquilo. Vitória tranquila. Time do GSW é muito fraco. Jogamos em ritmo de treino. Hayward voltou a jogar bem, pontuando. Tatum voltou bem, apesar queo jogo não requeria grande esforço. Smart bem, acertando umas bolas espíritas. Theis não jogou bem, mas tambem o jogo nem preciava tanto. Kemba discreto, se poupou e fez muito bem. Brown tem que ficar mais concentrado, muitos TOs. Agora é ajustar o time para pegar os Sixers, que vem jogando mal nessa fase da temporada. Mas já nos venceu nos últimos duelos.

  4. meikilu

    Time quando vence é pq o adversario era fraco. Quando perde e todos comentarios que o gabriel escreveu kkk

  5. O que aconteceu com o Green? O cara era uma máquina nos ultimos anos! Todo mundo considerava o cara o motor do time, que sem ele a equipe não funcionava e tal, agora que era pra ele ser a estrela, o cara sumiu, nem se ouve falar dele…
    Está provando que é apenas um jogador mediano, que precisa de um esquema tático especifico pra ele e caras excepcionais ao seu redor.

  6. Fernando Silva

    Na minha opinião, em jogos como o de ontem, o melhor seria entrar duro nos Q1 e 2, enfiar uns 30 pts e deixar o banco jogar da metade do Q3 até o final.

    Mas, ficamos naquele lenga lenga.

    • Fernando Henrique

      Tirando o Hayward e o Kemba, nenhum jogador bateu a marca de 30 minutos. E o terceiro jogador que mais jogou foi o Ojeleye, esse pode cansar a vontade

      De qualquer jeito não foi um jogo desgastante pra ninguém, da pra descansar hoje e pegar o 76ers amanhã. Uma pena que parece que o Kanter ainda não volta nesse jogo

      • Fernando Silva

        Tem toda a razão.

        O que me incomoda é que vez ou outra perdemos jogos por falta de intensidade.

        Ficamos jogando no banho maria e o adversário nos surpreende.

        Não muda minha opinião sobre o status do time.

        Mas é óbvio que me chateia perdemos jogos considerados mais fáceis.

        Se entrassemos para resolver logo, feita uma vantagem de 25 ou 30 pts, deixe o Oje 25 min em quadra, mais 20 de Wana. Sem problema.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.