Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (32-18) x Los Angeles Clippers (31-19)

Invicto há seis partidas na temporada 2016/2017, o Boston Celtics encerra, na tarde deste domingo (5), contra o Los Angeles Clippers, uma série de quatro jogos consecutivos no TD Garden. Além de defender a sua série invicta, o Alviverde e sua torcida viverão um momento único e muito especial neste duelo contra a franquia da Califórnia: eterno ídolo celta e agora jogador do Clippers, o ala Paul Pierce fará o seu último jogo na capital de Massachusetts e aumentou o clima nostálgico com posts no Instagram, onde reverencia Boston e toda a sua cultura esportiva. A partida, que começa às 17h (horário de Brasília), terá transmissão da ESPN para todo o Brasil.

#thebostongarden??????

Uma foto publicada por The Truth (@paulpierce) em

O Boston Celtics chega ao duelo contra o Los Angeles Clippers com a confiança nas alturas, e não é para menos, já que vem de uma vitória no clássico diante do Los Angeles Lakers, está no meio de sua maior série invicta na temporada, ocupa a vice-liderança da Conferência Leste, ampliou a vantagem para o terceiro colocado Toronto Raptors e já está na cola do líder Cleveland Cavaliers. Para manter a boa fase e garantir uma gordura antes da série de quatro jogos seguidos como visitante que terá nos próximos dias, o time verde e branco precisa derrotar o Clippers, em um confronto que promete fortes emoções, dentro e fora de quadra.

#Fenway park

Uma foto publicada por The Truth (@paulpierce) em

Diante do Los Angeles Clippers, o técnico Brad Stevens tem apenas uma dúvida no quinteto titular. O ala-armador Avery Bradley, com uma lesão no tendão de Aquiles, está praticamente recuperado e pode reaparecer na equipe, mas a tendência é que o calouro Jaylen Brown permaneça na posição 2. Destaque celta na temporada, o armador Isaiah Thomas está confirmado.

Chillz ?

Um vídeo publicado por The Truth (@paulpierce) em

Dono de campanhas de destaque na Conferência Oeste em suas participações mais recentes da NBA, o Los Angeles Clippers faz uma bom papel na temporada 2016/2017, mas está encontrando dificuldades nos últimos dias. Com apenas duas vitórias nos últimos sete jogos, a franquia da Califórnia perdeu fôlego na briga pelas primeiras posições e já vê a aproximação de pelo menos três rivais na classificação. Para permanecer no G4 do Oeste e evitar maiores dramas, o Clippers precisa de bons resultados na sequência de cinco partidas que terá fora de casa, e uma vitória sobre o embalado Celtics é fundamental para os planos da equipe de Los Angeles.

Campeão da NBA com o Boston Celtics em 2008, Doc Rivers terá uma baixa importante na partida contra a sua ex-equipe. O armador Chris Paul passou por uma cirurgia no ligamento do dedão da mão esquerda e desfalcará o Clippers por alguns jogos. Para o lugar de Paul, Rivers deve escalar o veterano Raymond Felton. No quinteto titular, os destaques são o ala-armador J. J. Redick, especialista em arremessos de longa distância, e o ala-pivô Blake Griffin.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 17h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Jaylen Brown (Avery Bradley), Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens

LOS ANGELES CLIPPERS: Raymond Felton, J. J. Redick, Austin Rivers, Blake Griffin e DeAndre Jordan. T: Doc Rivers

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

14 comentários

  1. Sander

    Só o que me preocupar no time deles é o D. Jordan e os rebotes.

  2. Gustavo Rangel

    Esse jogo é super interessante. Vamos ver o melhor garrafão da NBA (na minha opinião) contra o nosso, que, pasmem, vem sendo muito deficiente nessa temporada.

  3. Lucas Oliveira

    Ufa é as 15h… Já tava preocupado de dividir o Celtics com o Superbowl

  4. Diego Gondim

    Celtics 110 x 103 Clippers

  5. Lucas Oliveira

    Um ou outro apagão, mas o jogo esteve sob controle todo tempo. Grande jogo contra um dos times de melhor garrafão dá NBA.
    Bradley faz muita falta, mas me arrisco a dizer que essa contusão foi ótima para o time, Brown cresce a cada jogo nesta série como titular, quando o Bradley voltar teremos um jogador diferente no banco do que aquele antes dá contusão.

    Amir fez uma ótima partida defensiva!

    Mas nada sobre esse jogo foi maior do que a despedida do Pierce e o show dá torcida com os gritos de “We want Paul!”, para um Paul Pierce que foi às lágrimas depois da homenagem no primeiro intervalo de partida.
    E para dizer a verdade quase vou eu as lágrimas quando vi ele agachando para beijar o escudo no centro da quadra.

  6. Renato Green

    Não gostaria de ser ingrato com AB mas já fico mais tranquilo se de repente ele for envolvido em alguma troca! Faz muita falta, mas é tbm um bom atrativo para trocas! Estou muito contente e surpreso pela nossa campanha, gostaria que o time fizesse um bom offs pra ganhar confiança pra vir definitivamente na próxima temporada sendo um dos fortes candidatos ao título!

  7. Paulo Jr

    Tive olhando o nosso Calendário e neste mês temos mais 9 confrontos. Dentre eles apenas uns 3 jogos mais complicados. Seria bom aproveitar o embalo para conseguir o máximo de vitórias possíveis pois no mês de março tem jogos mais chatos pela frente para tentar manter a boa colocação que estamos.

  8. Sander

    Foi mais fácil do que eu esperava. Mas temos que engrandecer o nosso garrafão com o Amor defendendo bem e principalmente o Horford pegando muitos rebotes.

  9. Willian Stanley

    O jogo pra mim foi o de menos, a homenagem ao Pierce foi sem palavras. Vou sentir muito falta desse cara, principalmente no Clutch time( se bem que temos o IT agora). Tomara que ele assine mesmo o contrato de 1 dia pra encerrar em Boston. The Truth

  10. Obrigado Paul Pierce! Obrigado Paul Pierce! Obrigado Paul Pierce!
    Muito bonita a homenagem ao 34.

    Fica cada vez maior a sensação que estamos um pivô max-contract away e um reserva pontuador de sermos rivais do Cavaliers.
    Para facilitar imagine que o D.A. Jordan e o J. Crowford jogassem nos Celtics ao invés dos Clippers.

    E, com a licença poética dos amigos do blog:
    T. Brady goat! T. Brady goat! T. Brady goat!

    Se existir o campeonato norte-americano de par ou ímpar pode apostar que o “Boston Scissors” será campeão e fará uma dinastia, competitividade nata dos bostonians.

    []s verdes

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.