Prévia – Cleveland Cavaliers (19-55) x Boston Celtics (43-31)

Pressionado por quatro derrotas consecutivas na temporada 2018/2019 da NBA, o Boston Celtics tem uma grande chance de voltar ao caminho das vitórias e se manter na briga pelo mando de quadra no primeiro round dos playoffs da Conferência Leste. Afinal de contas, o rival celta na noite desta terça-feira (26) será o Cleveland Cavaliers, que conta com o apoio da torcida na Quicken Loans Arena, mas tem a terceira pior campanha desta edição da liga, não tem mais chances de classificação para os playoffs e já foi derrotado três vezes pelo Alviverde na competição. O duelo entre Cavaliers e Celtics começa às 20h (horário de Brasília) e será transmitido pelo NBA League Pass.

Restando duas semanas para o encerramento da temporada regular, o Boston Celtics está tendo que lidar com mais um momento de crise. Os quatro tropeços na última semana deixaram o Alviverde distante do Philadelphia 76ers, dono da terceira posição do Leste, e ligaram o alerta na briga contra o quarto colocado Indiana Pacers: a distância está em dois jogos, e as franquias ainda se enfrentarão em duas oportunidades, com o próximo encontro marcado para sexta-feira (29), em Boston. Para não se atrapalhar na disputa e ganhar fôlego para o “jogo de seis pontos”, o Celtics terá que se impor fora de casa e vencer o Cavaliers.

Para o jogo em Cleveland, o técnico Brad Stevens terá que fazer alguns ajustes no quinteto titular e na rotação do Boston Celtics. Cestinha do Alviverde, o armador Kyrie Irving será poupado da partida contra o Cavaliers, dando lugar a Terry Rozier, enquanto o ala Jayson Tatum (lesão nas costas) e o pivô Al Horford (dores no joelho) só terão presenças confirmadas minutos antes do confronto. Se Tatum não jogar, a tendência é que Gordon Hayward permaneça no quinteto titular, enquanto Aron Baynes é o substituto imediato de Horford no garrafão. Entre os reservas, a única dúvida é o pivô calouro Robert Williams, que ainda se recupera de uma lesão nas costas, sofrida em uma queda no duelo diante do Charlotte Hornets.

Atual tetracampeão da Conferência Leste, o Cleveland Cavaliers vive um difícil processo de reconstrução após a saída do ídolo LeBron James e acumula números desastrosos na temporada: com apenas 19 triunfos em 74 partidas, a franquia de Ohio ocupa a vice-lanterna do Leste. Sem muita motivação e com a cabeça no 2019 NBA Draft, a tendência é que o Cavaliers não dificulte a vida do Boston Celtics, mas o técnico Larry Drew enfatizou, nos últimos dias, a importância de vencer pelo “orgulho”, deixando claro que Cleveland vai fazer o que estiver ao alcance para ser competitivo na reta final da competição.

Contra o Boston Celtics, Larry Drew terá dois problemas na montagem da rotação do Cleveland Cavaliers: o armador Matthew Dellavedova, incluído no protocolo de concussão, e o pivô John Henson, submetido a uma cirurgia no pulso esquerdo, não estarão disponíveis para o duelo. Além disso, o ala-armador J. R. Smith continua afastado pela franquia. Remanescente do time campeão da NBA em 2015/2016, o ala-pivô Kevin Love é o destaque do Cavaliers, ao lado do armador calouro Collin Sexton.

FICHA TÉCNICA

Local: Quicken Loans Arena (Cleveland, OH)

Horário (de Brasília): 20h

Transmissão: NBA League Pass

CLEVELAND CAVALIERS: Collin Sexton, Brandon Knight, Cedi Osman, Larry Nance Jr e Kevin Love. Treinador: Larry Drew

BOSTON CELTICS: Terry Rozier, Marcus Smart, Jayson Tatum (Gordon Hayward), Marcus Morris e Al Horford (Aron Baynes). Treinador: Brad Stevens

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

6 Comentários

  1. Publicidade

  2. Mauricio Macedo disse:

    Venceremos 101 x 92

    2

    2
  3. Erondi Nunes disse:

    Deixa o Tatum e Horford de fora, a regular season já acabou mesmo.

    Tentar chegar com todos saudáveis nos offs.

    3

    1
  4. Marco Antônio de Paula disse:

    Finalmente uma vitória. Não foi um bom jogo, mas é sempre bom, acabar com o jejum de vitórias. Smart jogou bem, tem que parar de forçar. Horford, bem como sempre. O time dos Cavs é muito fraco. O que mais me incomoda é nosso garrafão com Theis, Yabubaleia e Baynes. Theis, muito mal. Yabubaleia é piada, e Baynes tem que parar de ficar cavando faltas. Tem que jogar em pé. Horford fora de quadra faz muita falta. Agora é entrar focado e com vontade para bater os Pacers em casa.

    2

    0
  5. Fernando Silva disse:

    Nenhuma maravilha mas vencemos

    1

    0
  6. Gustavo Rangel disse:

    Celtics está 11-2 sem o Irving. Isso pode ser tudo, menos uma coincidência.
    []s Verdes!!

    4

    1
  7. Chiovato disse:

    Batemos os caras todos os jogos anteriores, logo vencemos de novo… pra mim valeu pela vitória e só, nada à mais perto do que vinham atuando e obrigação de vencer este Cavs… bola pra frente e próximo jogo.

    3

    0

Deixe um comentário