Prévia – Milwaukee Bucks (43-14) x Boston Celtics (37-21)

Depois de oito dias de descanso e treinamento, proporcionados pela realização da All-Star Weekend, o Boston Celtics volta a jogar pela temporada 2018/2019 da NBA na noite desta quinta-feira (21), em um compromisso fundamental para os planos da franquia verde e branca nesta edição da liga. Quarto colocado da Conferência Leste, o Celtics enfrenta o Milwaukee Bucks, equipe de melhor campanha da temporada, em partida que começa às 22h (horário de Brasília) e será disputada no Fiserv Forum, nova casa da franquia de Wisconsin. Será o terceiro duelo entre Bucks e Celtics na competição: nos dois encontros anteriores, em Boston, cada equipe conquistou uma vitória.

Cotado como um dos favoritos ao título da Conferência Leste, mas sofrendo com um desempenho irregular na temporada, o Boston Celtics teve um bom desempenho no último mês, conquistando 12 vitórias em 15 jogos, e voltou a sonhar com as primeiras posições, mesmo atrapalhado pelos tropeços como mandante contra Los Angeles Lakers e Los Angeles Clippers. Renovado pela pausa para a All-Star Weekend, o Celtics quer aproveitar o jogo contra o líder Milwaukee Bucks para permanecer na disputa pela liderança do Leste e mostrar que está no caminho certo para um grande desempenho nos playoffs.

Na decisão contra o Milwaukee Bucks, o Boston Celtics terá o retorno do armador Kyrie Irving, recuperado de uma torção no joelho direito. Além disso, o armador Terry Rozier e o pivô Robert Williams, desfalques em duelos recentes, também foram liberados pelo Departamento Médico celta. Por outro lado, o técnico Brad Stevens não poderá contar com o pivô Aron Baynes, que se recupera de uma contusão no pé esquerdo. O ala Gordon Hayward, com uma torção no tornozelo direito, só terá presença confirmada minutos antes do confronto em Milwaukee.

O Milwaukee Bucks, por sua vez, vive um momento iluminado na temporada 2018/2019 da NBA. Com 14 vitórias nos últimos 16 jogos e aproveitamento superior a 75% na competição, a franquia de Wisconsin registra a sua melhor campanha na NBA em 47 anos. Líder isolado do Leste, com uma artilharia avassaladora e contando com o apoio de seu torcedor no novíssimo Fiserv Forum, o Bucks precisa da vitória contra o Celtics para manter o astral elevado e sua posição de destaque nesta edição da liga.

Para o jogo diante do Boston Celtics, o técnico Mike Budenholzer não deve fazer mudanças no quinteto titular do Milwaukee Bucks, que conta com dois All-Star: os alas Khris Middleton e Giannis Antetokounmpo, que está na briga pelo prêmio de melhor jogador da temporada (MVP). Principal contratação do Bucks na Trade Deadline, o ala-pivô Nikola Mirotic se recuperou de uma lesão na panturrilha e deve fazer a sua estreia pela nova franquia.

FICHA TÉCNICA

Local: Fiserv Forum (Milwaukee, WI)

Horário (de Brasília): 22h

Transmissão: NBA League Pass

MILWAUKEE BUCKS: Eric Bledsoe, Malcolm Brogdon, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo e Brook Lopez. Treinador: Mike Budenholzer

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Marcus Smart, Jayson Tatum, Marcus Morris e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

11 Comentários

  1. Publicidade

  2. Fernando Silva disse:

    Na minha opinião eis o adversário a ser batido no leste.

    3

    1
  3. R2 disse:

    Uma vitória sobre os bucks traria uma moral enorme para a equipe, mas com Irving e Hayward meia bombas, precisaremos torcer muito!

    6

    0
    • Rodrigo Ribeiro disse:

      Será? Na maioria dos jogos sem “jargões” parece que nos concentramos mais, cada jogador fica realmente ciente do seu papel, e o desempenha em um nível que nos supriendemos, gosto bastando e sou defensor em alguns momento do iIrving, o Howard mais ainda, mais quando se compara personalidades acho o Howard superior ao Irving, e inclusive crítico neste post o cara que disse em público no TD Garden que iria renovar e após cerca de 50 jogos desta temporada vem com outra conversa que em Julho ele terá a resposta, que se f***, pois somos hegemonia e seremos para sempre.

      Outro papo reto: A.D não virá “ que se f**a” ótimo jogador, mais assim como os demais é cheio de frescuras, formaremos nossa base em J.Tatum, torço para isto etc…

      Somos para sempre Celtics, até sangrar… pelos Verdes Tudo…

      11

      1
  4. Erondi Nunes disse:

    O Bucks tem 2 jogadas.

    1- Infiltração do grego (so faz isso aliás), Brad tem q “fechar” o garrafão pra ele, amenizando o estrago.

    2- Bolas de fora do perímetro, quando Antetokoupo vai pra cima (sempre) todos do adversário vão em cima dele deixando vários jogadores do Bucks livres pra chutar de 3.

    Temos q fazer uma boa marcação individual no Antetokoupo no máximo uma dobra, temos q mantê-lo longe da cesta, força–lo a chutar.

    Ao mesmo tempo precisamos marcar o perímetro, o q eles fazem é catch and shoot (com Mirotic mais ainda agora), se estiverem bem marcados quando receberem a bola dificilmente vão se quer arriscar o chute.

    Middleton é o mais perigoso deles.

    8

    0
  5. Edivaldo disse:

    Vamos perder. A equipe está muito instável e o poder defensivo caiu muito nessa temporada.

    1

    8
  6. Tom disse:

    Kirye primeiro tempo horrível.1/10 nos FG
    Bola de 3 matando mais uma vez. Defesa do Bucks Muito forte.
    Gosto do ojeleye

    6

    0
  7. Fernando Silva disse:

    Jogo ainda parelho. Precisamos melhorar neste Q4.

    1

    0
  8. jose disse:

    rapaz, achei falta no K.Irving nesse último lance, só pude acompanhar o final, arbitragem roubou descaradamente agora!

    1

    1
  9. Erondi Nunes disse:

    Se há algo q esse jogo deixou claro, é q em melhor de 7 ganhamos, com ou sem Kyrie.

    Hayward vai precisar vim com uns 15 pontos de média nos playoffs.

    Pra mim antes e agora continua sendo o Toronto o nosso adversário.

    8

    1
    • Marcos disse:

      Não tenho tanta certeza não, viu.
      Aquele lance do mando de quadra faz mt diferença.
      Vide que, no final, perdemos.

      Apesar de um pouco de esfomeagem o Irving trouxe o time para o jogo 2 vezes.

      Três detalhes:
      – Baynes faz falta na defesa
      – Toco cantado do grego no Tatum (toco no fastbreak me mata de raiva)
      – Jaylen Brown e Ojeleye (somados 17p,8r,4a), quando podem jogar, são muito mais úteis que o Hayward

      Abs verdes

      2

      7
    • Marcos Pastich disse:

      Cara… Respeito a sua opinião mas ainda acho que o Bucks é o adversário a ser batido no leste. Gostei do jogo independente do resultado vejo uma evolução no time. A nossa defesa está se encaixando e melhorando a cada “Clássico” contra os Bucks. Acho que vamos chegar nos Playoffs no auge do nosso basquete. O fator mando de quadra é o que me preocupa tanto contra Toronto quanto contra o milwaukee… Enfim… Estou mais esperançoso do que estava há 15 dias atrás…

      8

      0

Deixe um comentário