Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Milwaukee Bucks (43-14) x Boston Celtics (37-21)

Depois de oito dias de descanso e treinamento, proporcionados pela realização da All-Star Weekend, o Boston Celtics volta a jogar pela temporada 2018/2019 da NBA na noite desta quinta-feira (21), em um compromisso fundamental para os planos da franquia verde e branca nesta edição da liga. Quarto colocado da Conferência Leste, o Celtics enfrenta o Milwaukee Bucks, equipe de melhor campanha da temporada, em partida que começa às 22h (horário de Brasília) e será disputada no Fiserv Forum, nova casa da franquia de Wisconsin. Será o terceiro duelo entre Bucks e Celtics na competição: nos dois encontros anteriores, em Boston, cada equipe conquistou uma vitória.

Cotado como um dos favoritos ao título da Conferência Leste, mas sofrendo com um desempenho irregular na temporada, o Boston Celtics teve um bom desempenho no último mês, conquistando 12 vitórias em 15 jogos, e voltou a sonhar com as primeiras posições, mesmo atrapalhado pelos tropeços como mandante contra Los Angeles Lakers e Los Angeles Clippers. Renovado pela pausa para a All-Star Weekend, o Celtics quer aproveitar o jogo contra o líder Milwaukee Bucks para permanecer na disputa pela liderança do Leste e mostrar que está no caminho certo para um grande desempenho nos playoffs.

Na decisão contra o Milwaukee Bucks, o Boston Celtics terá o retorno do armador Kyrie Irving, recuperado de uma torção no joelho direito. Além disso, o armador Terry Rozier e o pivô Robert Williams, desfalques em duelos recentes, também foram liberados pelo Departamento Médico celta. Por outro lado, o técnico Brad Stevens não poderá contar com o pivô Aron Baynes, que se recupera de uma contusão no pé esquerdo. O ala Gordon Hayward, com uma torção no tornozelo direito, só terá presença confirmada minutos antes do confronto em Milwaukee.

O Milwaukee Bucks, por sua vez, vive um momento iluminado na temporada 2018/2019 da NBA. Com 14 vitórias nos últimos 16 jogos e aproveitamento superior a 75% na competição, a franquia de Wisconsin registra a sua melhor campanha na NBA em 47 anos. Líder isolado do Leste, com uma artilharia avassaladora e contando com o apoio de seu torcedor no novíssimo Fiserv Forum, o Bucks precisa da vitória contra o Celtics para manter o astral elevado e sua posição de destaque nesta edição da liga.

Para o jogo diante do Boston Celtics, o técnico Mike Budenholzer não deve fazer mudanças no quinteto titular do Milwaukee Bucks, que conta com dois All-Star: os alas Khris Middleton e Giannis Antetokounmpo, que está na briga pelo prêmio de melhor jogador da temporada (MVP). Principal contratação do Bucks na Trade Deadline, o ala-pivô Nikola Mirotic se recuperou de uma lesão na panturrilha e deve fazer a sua estreia pela nova franquia.

FICHA TÉCNICA

Local: Fiserv Forum (Milwaukee, WI)

Horário (de Brasília): 22h

Transmissão: NBA League Pass

MILWAUKEE BUCKS: Eric Bledsoe, Malcolm Brogdon, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo e Brook Lopez. Treinador: Mike Budenholzer

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Marcus Smart, Jayson Tatum, Marcus Morris e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

11 comentários

  1. Fernando Silva

    Na minha opinião eis o adversário a ser batido no leste.

  2. R2

    Uma vitória sobre os bucks traria uma moral enorme para a equipe, mas com Irving e Hayward meia bombas, precisaremos torcer muito!

    • Rodrigo Ribeiro

      Será? Na maioria dos jogos sem “jargões” parece que nos concentramos mais, cada jogador fica realmente ciente do seu papel, e o desempenha em um nível que nos supriendemos, gosto bastando e sou defensor em alguns momento do iIrving, o Howard mais ainda, mais quando se compara personalidades acho o Howard superior ao Irving, e inclusive crítico neste post o cara que disse em público no TD Garden que iria renovar e após cerca de 50 jogos desta temporada vem com outra conversa que em Julho ele terá a resposta, que se f***, pois somos hegemonia e seremos para sempre.

      Outro papo reto: A.D não virá “ que se f**a” ótimo jogador, mais assim como os demais é cheio de frescuras, formaremos nossa base em J.Tatum, torço para isto etc…

      Somos para sempre Celtics, até sangrar… pelos Verdes Tudo…

  3. Erondi Nunes

    O Bucks tem 2 jogadas.

    1- Infiltração do grego (so faz isso aliás), Brad tem q “fechar” o garrafão pra ele, amenizando o estrago.

    2- Bolas de fora do perímetro, quando Antetokoupo vai pra cima (sempre) todos do adversário vão em cima dele deixando vários jogadores do Bucks livres pra chutar de 3.

    Temos q fazer uma boa marcação individual no Antetokoupo no máximo uma dobra, temos q mantê-lo longe da cesta, força–lo a chutar.

    Ao mesmo tempo precisamos marcar o perímetro, o q eles fazem é catch and shoot (com Mirotic mais ainda agora), se estiverem bem marcados quando receberem a bola dificilmente vão se quer arriscar o chute.

    Middleton é o mais perigoso deles.

  4. Edivaldo

    Vamos perder. A equipe está muito instável e o poder defensivo caiu muito nessa temporada.

  5. Tom

    Kirye primeiro tempo horrível.1/10 nos FG
    Bola de 3 matando mais uma vez. Defesa do Bucks Muito forte.
    Gosto do ojeleye

  6. Fernando Silva

    Jogo ainda parelho. Precisamos melhorar neste Q4.

  7. jose

    rapaz, achei falta no K.Irving nesse último lance, só pude acompanhar o final, arbitragem roubou descaradamente agora!

  8. Erondi Nunes

    Se há algo q esse jogo deixou claro, é q em melhor de 7 ganhamos, com ou sem Kyrie.

    Hayward vai precisar vim com uns 15 pontos de média nos playoffs.

    Pra mim antes e agora continua sendo o Toronto o nosso adversário.

    • Não tenho tanta certeza não, viu.
      Aquele lance do mando de quadra faz mt diferença.
      Vide que, no final, perdemos.

      Apesar de um pouco de esfomeagem o Irving trouxe o time para o jogo 2 vezes.

      Três detalhes:
      – Baynes faz falta na defesa
      – Toco cantado do grego no Tatum (toco no fastbreak me mata de raiva)
      – Jaylen Brown e Ojeleye (somados 17p,8r,4a), quando podem jogar, são muito mais úteis que o Hayward

      Abs verdes

    • Marcos Pastich

      Cara… Respeito a sua opinião mas ainda acho que o Bucks é o adversário a ser batido no leste. Gostei do jogo independente do resultado vejo uma evolução no time. A nossa defesa está se encaixando e melhorando a cada “Clássico” contra os Bucks. Acho que vamos chegar nos Playoffs no auge do nosso basquete. O fator mando de quadra é o que me preocupa tanto contra Toronto quanto contra o milwaukee… Enfim… Estou mais esperançoso do que estava há 15 dias atrás…

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.