Prévia – Washington Wizards (32-49) x Boston Celtics (48-33)

Após mais de 80 jogos em quase seis meses, o Boston Celtics disputa, na noite desta terça-feira (9), o seu último compromisso pela temporada regular 2018/2019 da NBA. Classificado para os playoffs com a quarta melhor campanha da Conferência Leste, o time verde e branco de Massachusetts encara o Washington Wizards, em partida que será disputada a partir das 20h (horário de Brasília), na Capital One Arena. Será o terceiro jogo entre Celtics e Wizards nesta edição da liga, sendo que o Alviverde levou a melhor nos dois encontros anteriores.

Cotado como um dos favoritos ao título da Conferência Leste antes da temporada, o Boston Celtics chega ao 82º jogo com uma ótima campanha, mas abaixo das expectativas. Tendo que lidar com vários momentos de irregularidade na competição e com 12 vitórias a menos que o líder Milwaukee Bucks, o time verde e branco de Massachusetts teve que se contentar com a quarta colocação do Leste, que lhe garante mando de quadra no primeiro round dos playoffs. Com posição definida, o Celtics encara o jogo contra o Washington Wizards como mera formalidade, já que a cabeça, obviamente, está no Indiana Pacers, primeiro rival no mata-mata.

Como o jogo contra o Washington Wizards não muda a situação na tabela, o Boston Celtics poupará sete jogadores da viagem para a capital dos Estados Unidos: os armadores Kyrie Irving e Marcus Smart, os alas Jayson Tatum e Gordon Hayward, o ala-pivô Marcus Morris, e os pivôs Aron Baynes e Al Horford. Além disso, o ala-armador Jaylen Brown e os alas-pivôs Guerschon Yabusele e Daniel Theis sofrem com pequenas lesões e só devem ter presença confirmada minutos antes do jogo diante do Wizards. Sem metade do elenco, o técnico Brad Stevens deve promover a entrada do pivô calouro Robert Williams ao quinteto titular e dar minutos aos alas-armadores P. J. Dozier e R. J. Hunter, que estão em contratos de mão dupla com o Celtics.

Fora da briga por uma vaga nos playoffs há semanas, o Washington Wizards vive um clima de fim de festa: com oito derrotas nos últimos 10 jogos, a franquia da capital dos Estados Unidos faz a sua pior temporada desde 2013. Desfalcado do armador John Wall e do pivô Dwight Howard durante a maior parte da competição, o Wizards passou longe de ser competitivo e já cogita uma reconstrução para os próximos anos. Antes disso, entretanto, Washington quer aproveitar os vários desfalques do Celtics para conquistar uma vitória e dar um alento ao seu torcedor no último jogo em casa.

Além de John Wall e Dwight Howard, o Washington Wizards não poderá contar com o ala-armador Jordan McRae, que se recupera de dores no calcanhar de Aquiles, o ala Trevor Ariza, com uma tensão na virilha esquerda, e o ala-pivô Jabari Parker, em recuperação de uma entorse no joelho esquerdo. Cestinha do Wizards na temporada, o ala-armador Bradley Beal deve atuar normalmente contra o Celtics, assim como o ala-pivô Bobby Portis, um dos raros destaques da franquia da capital nesta reta final de competição.

FICHA TÉCNICA

Local: Capital One Arena (Washington, D. C.)

Horário (de Brasília): 20h

Transmissão: NBA League Pass

WASHINGTON WIZARDS: Tomas Satoransky, Bradley Beal, Troy Brown Jr, Bobby Portis e Thomas Bryant. Treinador: Scott Brooks

BOSTON CELTICS: Terry Rozier, Jaylen Brown (Brad Wanamaker), Semi Ojeleye, Daniel Theis (Guerschon Yabusele) e Robert Williams. Treinador: Brad Stevens

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

10 Comments

  1. Teobaldo disse:

    Prezados amigos do blog, por acaso o pivô Tacko Fall (UCF) estará no DRAFT/2019? Em caso positivo há alguma chance do Celtics selecioná-lo? Seria uma boa pra nós?

    0

    1
    • Lucas Soares disse:

      É bem provável que a gnt pegue o Bol Bol, filho do Manute Bol e que é muito mais jogador que o Tacko Fall. O Tacko impressionou no march madness, mas a verdade é que ele é bem limitado, a única caracteristica predominante dele mesmo é o tamanho. O Bol Bol se lesionou no começo da temporada mas vinha fazendo jogos que o colocavam num provável top 10 do draft. É uma ótima aposta pro celtics, e ainda é um pivô que tem um jogo fora do garrafão bom, diferente do Tacko.

      4

      1
      • Teobaldo disse:

        A dúvida pintou, Lucas Soares, porque vi 3 jogos da UCF, e em dois deles o Fall chamou minha atenção mais pela altura do que por qualquer outra qualidade técnica ou física. Já contra Duke, ele foi dominante e se não tivesse sido ejetado, fatalmente ali teria ocorrido uma das maiores zebras da NCAA, uma vez que Zion Williansom e sua turma só viraram o jogo quando faltavam 6 segundos, assim mesmo depois de Fall ter sido ejetado. Abraços!

        4

        2
    • Fernando Henrique disse:

      Ele deve sair no final da segunda rodada, onde não temos picks. Isso se sair, pode acabar não sendo draftado. Mas de qualquer jeito não acho que ele teria impacto na liga

      Com as nossas picks o melhor jogador de garrafão que podemos pegar ao meu ver é o Gafford. E em seguida tem o Bol Bol, que pode ser interessante

      1

      1
  2. Erondi Nunes disse:

    Teobaldo seria uma ótima para nós, mais acho difícil pois sabemos q Anthony Davis esta a caminho.

    Viram como regular season não vale nada, por se “matarem” pra chegar em 3 agora temos 2 importantes baixas, sem Tatum e Smart vencemos o Pacers porém com muito mais dificuldade.

    Sem falar q terão q recuperar o ritmo em meio ao offs, se Hayward não se manter nesse nível a coisa vai ficar feia.

    0

    1
  3. Fernando Silva disse:

    O Celtics coma escalação citada… seria interessante de ver.

    0

    1
  4. Marchall disse:

    Olha que engraçado,

    PJ Dozier jogou muito bem
    Wannamaker jogou muito bem
    Hunter jogou bem

    Três jogadores encostados que não tem chances com o poderoso virgem Steven. Sabe o que eu acho? Que vocês chupam demais um técnico boçal que tem um jaguar na mão e não sabe brincar!

    Custava ter dado chances durante a temporada?

    BAD STEVENS não vai levar o Celtics a lugar nenhum meus amigos. Teve um lapso bom na temporada passada e só!

    1

    11
    • VINICIUS disse:

      Discordo, acho o Brad um baita técnico, mas que apesar de já ter alguns anos na NBA, falta experiência. Beleza que esses caras jogaram bem, mas playoffs a rotação são entre 8 e 10 caras num jogo, e já temos esses caras. Só achei erro não terem entrado com o reserva já na penúltima rodada.

      1

      0
    • Lucas disse:

      Jogaram contra um time sem motivacao e de nivel beeeem ruim

      2

      1
  5. eric diegues disse:

    ontem foi pelada

    2

    1

Deixe um comentário