Recuperado de lesão, Jaylen Brown fala sobre provável reserva no Boston Celtics

Desfalque do Boston Celtics nas últimas três partidas pela temporada 2018/2019 da NBA, por causa de dores na região lombar, o ala-armador Jaylen Brown participou normalmente dos últimos dois treinamentos do time verde e branco de Massachusetts e deve retornar às quadras nesta quinta-feira (6), na partida contra o New York Knicks. O camisa 7, entretanto, terá que lidar com uma situação inédita nesta edição da liga: com Marcus Smart na posição 2, o Celtics engatou três vitórias consecutivas, e o técnico Brad Stevens sinaliza a manutenção do quinteto titular que consolidou a reação celta na competição.

Em entrevista coletiva após o treinamento desta quarta-feira (5), Jaylen Brown disse que é a favor da manutenção do quinteto titular dos últimos jogos do Boston Celtics e se colocou à disposição para ajudar a equipe da melhor maneira possível. O ala-armador afirmou ainda que não sabe se terá restrição de minutos na partida contra o New York Knicks.

“Eu espero que continue como está. Smart e Morris estão jogando muito bem, nossa equipe está completamente diferente. Para jogar da maneira certa e continuar ganhando, eu sou 100% a favor disso”, destacou Brown. “No final do dia, é basquete. Acredito na minha habilidade, a comissão técnica também. Começar do banco é algo que as pessoas fazem algo maior do que realmente é. Outro dia, Hayward saiu do banco e fez 30 pontos. Isso é uma coisa de mentalidade, é uma escolha”.

Com Jaylen Brown na rotação, o Boston Celtics encara o New York Knicks na noite desta quinta-feira (6), às 23h (horário de Brasília), no TD Garden. No momento, o time verde e branco de Massachusetts ocupa a sexta colocação da Conferência Leste, com 13 vitórias em 23 partidas e 56,5% de aproveitamento.

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 Comentários

  1. Publicidade

  2. Sander disse:

    Amadurecimento!!

    Ele é melhor e tem um teto maior do que o do Smart. Mas o momento é do Smart e, o Brown foi inteligente em reconhecer isso.
    No fundo ele deu a entender que no final das contas o Boston Celtics é maior do que qualquer um.

    21

    0
  3. Erondi Nunes disse:

    Pelo menos ele tem a cabeça boa, acredito q a partir de hj ele começa a retomar seu jogo, botar os pes no chão é bom sempre (ele disse antes de começar a season q tinha certeza q iríamos a final). Torcedor pode sonhar jogador não

    4

    0
  4. Fernando Silva disse:

    Concordo com tudo que os colegas escreveram.

    A atitude deste time é diferente.

    JB logo retoma o prumo.

    Mentalidade sensacional, do reserva do reserva ao coach. Lets go Celtics.

    2

    0
  5. Celso Cachali Jr disse:

    Se é louco o mlk tem muita maturidade…. Carmelo se arrastando nao queria aceitar a reserva…. o mlk deu banho de compromisso com a franquia em todos os jogadores que se acham estrelinhas.
    Tem mais ainda meu respeito. Não pode sair dos Celtics e aposentar a 7

    2

    0

Deixe um comentário