Hawks 109 x 105 Celtics

Definitivamente, a temporada ganhou ares de desespero para os torcedores do Boston Celtics. Se ainda existia alguma dúvida sobre a situação da franquia com mais títulos na história da NBA, ela foi dissipada na noite desta terça-feira (2), na Philips Arena. Mesmo depois de um primeiro período avassalador e de um forte domínio em boa parte da partida, que resultou em uma diferença de 25 pontos no marcador, o Alviverde foi atropelado nos minutos finais e acabou sendo batido pelo Atlanta Hawks, em uma virada espetacular, que terminou com o placar de 109 a 105 para os donos da casa.

O experiente ala-armador Kyle Korver foi o grande líder da reação da franquia da Geórgia, anotando 24 pontos, sendo 18 deles através de arremessos de longa distância, que são a sua especialidade. Korver foi auxiliado pelo ala-pivô Paul Millsap (19 pontos), pelo armador reserva Dennis Schroder (15 pontos) e pelo titular Jeff Teague, que ficou a um ponto e a uma assistência de deixar a quadra com um duplo-duplo.

Já pelo Celtics, não é exagero falar que Rajon Rondo foi um verdadeiro termômetro da equipe. Enquanto esteve bem, o armador e capitão celta foi peça fundamental e colaborou com rebotes e assistências, mas acabou tropeçando junto com a equipe na reta final de jogo, com algumas perdas de bola e arremessos errados. De qualquer modo, o camisa 9 terminou com um duplo-duplo: 12 rebotes e 19 assistências. Jeff Green e Jared Sullinger, com 25 e 22 pontos, respectivamente, tiveram boas exibições pela franquia de Massachusetts.

A derrota em Atlanta não alterou a situação do Boston Celtics na classificação da Conferência Leste. Graças a tropeços seguidos das equipes que estão em situação mais delicada, o time verde e branco permanece na 11ª posição, com três vitórias a menos que o Brooklyn Nets, última equipe na zona de classificação para os playoffs. Em situação oposta, o Hawks somou a sua terceira vitória seguida, chegou a 62,5% de aproveitamento e segue na cola dos líderes Washington Wizards e Toronto Raptors.

Por coincidência, Boston Celtics e Atlanta Hawks terão back-to-backs para encarar. Já nesta quarta-feira (3), menos de 24 horas após o confronto na Geórgia, os celtas voltam ao TD Garden, onde enfrentarão o Detroit Pistons, que também vive em má fase. O Atlanta Hawks, por sua vez, enfrentará o Miami Heat, atual vice-campeão da NBA e dono do troféu do Leste, na American Airlines Arena.

Destaques do Hawks

Kyle Korver (24 pontos e seis rebotes)

Paul Millsap (19 pontos, sete assistências e seis rebotes)

Al Horford (16 pontos e seis rebotes)

Destaques do Celtics

Jeff Green (25 pontos e quatro rebotes)

Jared Sullinger (22 pontos e nove rebotes)

Rajon Rondo (dois pontos, 12 rebotes e 19 assistências / duplo-duplo)

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 25 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo, repórter esportivo do Imirante.com e colaborador do Futebol Maranhão. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 Comentários

  1. Eduardo Madeira disse:

    Só acho que o Celtics precisa se definir quanto ao que vai ser dessa temporada… Se vai realmente tankar a temporada, não vejo necessidade de perder os jogos dessa forma ridícula como a equipe vem perdendo (entregando os jogos no final)! Faz igual ao 76ers e tá tudo certo!

    Agora se esse não é o objetivo, o Ainge precisa “sentar com o pessoal” (incluindo o Stevens!) e dar uma puta de uma bronca em todo mundo, pois essas derrotas (na forma como estão acontecendo) são inaceitáveis! É inadmissível você liderar (e estar jogando bem) um jogo por 15, 20, 25 pontos no 1T, e simplesmente deixar de jogar no 2T, errar tudo e perder o jogo! E isso não aconteceu apenas no jogo de ontem… Já vem acontecendo com muita frequência na temporada!

    Celtão precisa se decidir para o torcedor não ficar com cara de palhaço e puto da vida, como foi ontem!

    0

    0
  2. Fernando C S disse:

    Minha opinião: nosso time joga até o 3T. Nosso técnico faz as observações e sabe até onde vai o time pelos 3 quartos. No 4/4 é tank.

    0

    0
  3. RFORNER disse:

    Será preparo físico ?

    Estamos apanhando sempre no fim dos jogos

    Ou é só juventude mesmo ? Falta de saber desacelerar o jogo no fim ?

    Ou será ambos ?

    0

    0

Deixe um comentário