Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 113 x 100 Pelicans

O Boston Celtics completou a segunda das duas partidas a serem realizadas na temporada contra o New Orleans Pelicans na temporada, dessa vez no TD Garden, nessa segunda (10). Mais uma vez, o confronto acabou com vitória celta, dessa vez por 113 x 100. Com isso, a franquia de Massachussets chegou à sexta vitória consecutiva, a maior sequência invicta atual de um time na NBA neste momento, algo que marca, enfim, um sinal de estabilidade em um time que passou por muitos altos e baixos, que o fizeram estar apenas na 5ª colocação da Conferência Leste.

Para esse jogo em casa, os Celtics vieram muito desfalcados. Os All-Stars Kyrie Irving, Gordon Hayward e Al Horford se ausentaram do confronto, além do ala francês Guerschon Yabusele e do pivô australiano Aron Baynes. Por isso, o ala Jayson Tatum apareceu como principal referência ofensiva da equipe, e o pivô alemão Daniel Theis pintou como titular na partida.

O principal destaque positivo do jogo foi o ala Marcus Morris, com 31 pontos, 4 rebotes e 4 assistências. Jayson Tatum também fez um bom jogo, com 21 pontos e 6 rebotes. O ala-armador Jaylen Brown (19p 7r 3a), o ala-pivô Semi Ojeleye (11p 6r) e o armador Terry Rozier (10p 7r 6a) também tiveram atuações consideráveis.

Outro jogador a ser destacado é o pivô Robert Williams III. O rookie ganhou uma boa quantidade de minutos nesse jogo, devido à ausência de Horford e Baynes, terminando com 7 pontos e 11 rebotes. Vale destacar que, em alguns momentos do jogo, em meio às substituições, quando o nome de Rob Williams era ouvido pelo ginásio, os torcedores ovacionavam o camisa 44 celta. Uma prova de que, mesmo com a quantidade de minutos reduzida, o pivô recebeu uma rápida aprovação dos torcedores celtas, sendo hoje um dos xodós da torcida.

Pelo lado dos Pelicans, o destaque ficou por conta do cestinha da partida, o pivô Anthony Davis, que anotou 41 pontos e 7 rebotes. Outra atuação considerável foi a do ala-pivô Julius Randle, com 20 pontos e 11 rebotes.

O próximo confronto do Boston Celtics será na próxima quarta-feira (12), contra o Washington Wizards, fora de casa. Já o Pelicans enfrenta, também no dia 12, o Oklahoma City Thunder, dentro de seus domínios.

Author avatar
Eduardo Marangoni
Uberabense, 19 anos, atualmente vive em São Paulo/SP. Estudante de Ciência e Tecnologia da UFABC e são-paulino sofredor, sempre adorou esportes, e principalmente, torcer. Acompanha o Boston Celtics fielmente desde 2016, apesar de se considerar um celta desde aquele triste jogo 7 em 2010.

4 comentários

  1. Teobaldo

    Anthony Davis… taí o cara!

  2. Celso Cachali jr

    Se o Yabusele jogar de novo tirando a garbage do Williams eu digo que o Stevens é um ridiculo.
    E falo mais Williamns nao é nem para jogar na garbage e sim jogar para hoje naa rotação da equipe.

    Ele tem vontade de mais em dar toco. A energia dele é contagiante.

  3. Erondi Nunes

    Willians é muito talentoso e tem futuro, mas ainda não tá pronto pra ser destaque, ele jogou bem contra o pelicans mais tem q melhora muito ainda. Calma com o garoto, Brad sabe o q faz.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.