Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics X Knicks – Análises e Palpites

Confira os palpites e o que pensa cada um de nossos colunistas a respeito dos confrontos entre Boston Celtics e New York Knicks, pela primeira rodada dos playoffs da conferência leste.

Yuri Andreoli

Palpite: Celtics 4 x 3 Knicks

Análise: Durante a temporada regular as equipes se enfrentaram quatro vezes, três vitórias do time de Nova York e apenas uma vitória do Celtics. Durante uma delas os ânimos se exaltaram além do normal, principalmente entre Carmelo Anthony e Kevin Garnett, portanto, a chance de confusões durante as partidas é grande. Acredito que a série irá para sete jogos e o Celtics vai levar!

O Celtics precisa tomar cuidados especiais com os arremessos de três pontos do Knicks, o time de NY é a franquia que mais converte bolas de três na Liga, isso resulta no terceiro melhor ataque da NBA (com média de 108.6 pontos a cada 100 posses de bola). Para levar a série, o Celtics dependerá muito de sua defesa, esperamos que Bradley e CIA consigam parar o time de NY.

Além de tudo isso, o desfalque de Rajon Rondo é importante para o time de Boston. Mais do que nunca, Pierce e Garnett precisarão liderar a equipe durante mais um ano de playoffs. Jeff Green vem tendo grandes atuações, e se tiver em uma noite inspirada, a vida do Knicks não será nada fácil. Portanto, teremos grandes jogos pela frente… Vamos torcer e vibrar com o Celtics rumo ao 18º banner!


Théo Oliveira

Palpite: Celtics 4 x 3 Knicks

Análise: Primeira rodada dos playoffs, Celtics com uma temporada muito difícil montando um time depois da saída do Ray Allen, varias lesões durante a temporada (Rondo, Sullinger, Leandrinho fora dos planos). Jason Terry não teve o impacto que se esperava dele, Lee vem quebrando o galho de armador, ainda não temos um pivô. Mesmo com tudo isso jogando contra nos ainda temos Jeff Green que cresceu na hora certa, Paul Pierce que chama a responsabilidade nos Playoffs e Kevin Garnett um leão em quadra.

Vamos precisar desses três jogadores jogando o fino do basquete contra um Knicks que teve um começo de temporada arrasador, considerado favorito ao titulo logo nos primeiros jogos. Conseguiram montar um excelente time com Amar’e Stoudemire e J R Smith no banco. Carmelo cestinha da nba, decidindo partidas e chamando a responsabilidade, contando com uma movimentação muito boa do Jason Kidd, Pablo Prigioni e Raymond Felton. E no pivô eles ainda tem o Tyson Chandler que leva uma vantagem muito grande em cima do Brandon Bass.

Podem esperar 7 jogos emocionantes com atuações de gala dos dois lados. Knicks tem um time com mais peças do que o Celtics mas na hora da Partida o Celtics tem outros fatores que ajudam o time a vencer. Mesmo com o Knicks favorito eu acredito na vitória! A torcida, os jogadores, a cidade muda na hora dos playoffs e aquelas partidas preguiçosas do Celtics durante a temporada não vão se repetir agora.


Igo Gois

Palpite: Celtics 4 x 2 Knicks

Análise: Vou ser breve, acho que o Celtics irá passar pela franquia de Nova Iorque, até com certa facilidade, mesmo com o histórico da regular season negativo para o lado celta (3×1 para o Knicks) acredito que o Celtics tem potencial de impor seu estilo de jogo defensivo,  que irá ser o grande fator decisivo para a sua vitória.

Reforçando esse estilo, temos um jogador que ao voltar a atuar foi importantíssimo, o Avery Bradley, um dado para mostrar sua função é que desde sua estreia os adversários do Celtics foram os que menos pontuaram de três pontos, e esses lances de três pontos são um dos recursos ofensivos da equipe do Knicks, claro só utilizado quando o Carmelo (cestinha da regular season, chutando até sua mãe) jogadas de 3 pontos ( com Kidd, Kovak..) ou então recorre ao sexto homem da NBA – JR Smith.

Se o Celtics atuar fortemente na defesa e impedir um bom aproveitamento de lances do Carmelo, e atacar em transição, não tenho dúvidas da classificação Celta para semi-finais da conferência leste, ainda mais que vamos ter o The Truth (o grande carrasco do Knicks) somando a isso o crescimento de um dos melhores sextos homens da NBA, o Jeff Green. O Boston Celtics tem grandes chances de passar e, digo mais, sem grande sufoco.


Gustavo Arruda

Palpite: Celtics 4 x 2 Knicks

Análise: Como franquia mais vencedora da história da NBA, com uma camisa tradicional, uma cidade incrível, uma torcida fantástica e um time poderoso, o nosso Celtics garantiu, mais uma vez, o passaporte para os playoffs da liga. A verdade é que, depois das duas últimas derrotas em pós-temporada para o Heat, virou obsessão da torcida e do próprio time voltar e brigar com todos pelo título, especialmente contra o novo rival de South Beach. Talvez por isso, aliada as lesões de Rondo, Sullinger e mesmo o já trocado Leandrinho Barbosa, ligamos a tecla do dane-se para a temporada regular. Afinal de contas, o importante mesmo era apenas se garantir lá e depois voltar, em sua totalidade, os pensamentos para os duelos decisivos.

Entretanto, essa despreocupação nos rendeu uma campanha mediana, literalmente (tivemos quase 50% de aproveitamento na temporada regular), e antes mesmo do que se pensava, vamos pegar um adversário forte e, porque não, candidato ao título da liga: o New York Knicks. Os Knickerbockers, esse ano, avançaram demais em relação à última temporada, quando quase foram varridos pelo campeão Heat. De um time desacreditado e ainda buscando evolução, o NYK passou a mostrar força e crescer absurdamente de produção, praticamente um MIP (Most Improved Player) entre os times.

De fato, o Knicks evoluiu, e isso é mérito de seu ótimo elenco. Carmelo Anthony, o craque e fominha, cresceu ainda mais de produção e passou a pontuar ainda mais, sendo o melhor da NBA no quesito; J.R.Smith, candidatíssimo ao prêmio de sexto homem da liga, uma arma fortíssima vinda do banco; Prigioni e Kidd fazem um excelente revezamento na armação; Tyson Chandler, melhor defensor na última temporada, mantém a regularidade e é auxiliado no banco por Kenyon Martin, que quase parou no Celtics; fora o ótimo Raymond Felton e os reservas Steve Novak, especialista em três pontos, e o calouro Chris Copeland.

Claro, não dá pra esquecer também do ótimo trabalho de Mike Woodson, que assumiu a franquia após a saída de Mike D’Antoni (hoje no rival Lakers), aproveitou a temporada completa pela primeira vez em 2012/2013 e fez um excelente papel, se tornando até candidato ao prêmio de técnico do ano. Enfim, o Knicks se tornou forte graças a ele, não é vice-campeão do Leste a toa.

E nós? Bom, meio que aos trancos e barrancos, encontramos uma espécie de base para os playoffs. Com Green endiabrado no banco de reservas (quem diria, hein?), não restou alternativa a Doc Rivers: o camisa 8 virou titular na ala, junto com Pierce. E acredito que, com a entrada do Green, o time ganha em força defensiva. Com um jogador mais forte que o Lee (antigo titular da 2), acredito que dá para brecar Anthony, que força muito as jogadas no garrafão. Lee, mais rápido, pode ajudar bastante vindo do banco e neutralizando as forças ofensivas do banco, tais como Novak e J.R.Smith. No garrafão, Garnett me parece com fome de bola depois das lesões que o tiraram da reta final da regular e pode fazer um belo duelo com Chandler. Bradley, por sua vez, será incansável com Kidd / Prigioni. Fora Terry, Wilcox ou mesmo Terry, que pode despertar das cinzas nesses playoffs.

Por essas e outras, acredito que, apesar das campanhas bem diferentes na temporada, Celtics e Knicks se equivalem. Forças no time titular, boas habilidades nos quintetos reservas, variedade de jogadas e de estilos. São muitos os trunfos das duas equipes. Creio que será um duelo equilibrado, que será decidido nos mínimos detalhes, na força dos craques (Anthony e Pierce serão fundamentais para as duas equipes).

Enfim, o meu palpite sobre essa série lembra muito a aposta em relação ao confronto contra o Heat, nas finais do ano passado: como estamos na desvantagem dos mandos e com um adversário que vem em um momento melhor, temos que prevalecer em dois aspectos: sermos soberanos nos confrontos em casa e, principalmente, quebrar o mando de campo. Por isso tudo, creio que os primeiros dois confrontos, que serão no Madison Square Garden, serão a chance perfeita para isso. Ir para Boston com, no mínimo, 1 a 1 na série, já seria um grande passo para a classificação. Se isso ocorrer, a chance de matar a série no jogo 6, em Boston, será gigantesca. Mas, para isso, o time e o caldeirão que é o TD Garden precisam funcionar e bem. E sinceramente? Confio nos dois.


Daniel Emiliano

Palpite: Celtics 4 x 3 Knicks

Análise: Tenho dito ao longo das ultimas semanas que ao contrário dos últimos anos, em que o Knicks raramente ofereceu um real perigo ao time celta, este ano eles é que são os favoritos. Cheguei até a torcer por um confronto contra o próprio Heat e vou explicar o porquê (Se preparem, pois vai ser um texto enorme).

No basquete, muitas vezes, mesmo que você tenha um time superior ao adversário, você pode acabar tendo sérios problemas devido aos matchups. Matchup pra quem não sabe é o confronto individual, jogador por jogador de casa posição.

As vezes um time é inferior em muitas coisas, mas acaba tendo como ponto forte justamente alguma coisa que é o ponto fraco da outra equipe, e isso pode igualar ou até desbalancear um confronto.

Já vimos isso essa temporada, sendo dominados pelo fraco Detroit Pistons. Já vimos recentemente os últimos super times do Celtics terem enorme dificuldade contra o até então fraco Golden State Warriors, e por aí vai.

O caso de time mais fraco ou time mais forte, não se aplica a essa série, que na minha opinião é a mais equilibrada da conferencia. Acho as duas equipes muito parelhas, e é aí que a história do matchup me preocupa, pois vejo alguns problemas sérios que teremos que enfrentar nessa série.

1) Com as lesões de Rondo, Barbosa e Sullinger, o Celtics está nos playoffs basicamente por um motivo. Defesa. pra ser mais exato, DEFESA DE PERÍMETRO.

Com Bradley marcando sufocantemente o condutor da bola adversária, e Lee marcando a linha de passe e questionando arremessos, passamos a ter uma das melhores, se não a melhor defesa de perímetro da NBA. Porém o Knicks é uma equipe que tem em Kidd, Felton, Smith e Prigioni, 4 competentes condutores de bola.

Se o Knicks movimentar a bola de forma rápida, deixando para o homem que não está sendo marcado por Bradley, conduzir a jogada, a defesa de Bradley perderá uma enorme parte de sua eficiência e com suas atuações abaixo da média ultimamente na parte ofensiva, Bradley pode acabar se tornando quase que um peso morto em quadra.

2) O Knicks nos últimos anos, sempre concentrou sua força ofensiva em Carmelo, independente do desenrolar da partida. Hoje isso ainda não deixa de ser verdade, ainda mais que o Ala está fazendo uma temporada de MVP, mas temos que lembrar que hoje o Knicks possui um dos armadores mais competente e inteligente da historia da liga, Jason Kidd.

Todos sabemos da fragilidade defensiva de nosso garrafão e Kidd com certeza também sabe. Sendo assim, não se surpreendam se Kidd começar a municiar mais do que o normal seus parceiros no garrafão e isso pode nos causar muitos problemas, já que lá eles têm Carmelo, o cestinha da temporada e Chandler o segundo melhor FG da temporada.

3) Como já dito, grande parte do jogo ofensivo do Knicks é concentrado em Carmelo, e ele é simplesmente o cestinha da temporada com quase 29 pontos por jogo.

Pra nossa infelicidade Carmelo atua entre as posições 3 e 4, justamente onde está o maior buraco na marcação celta que conta com um Pierce veterano e sem a velocidade de antes, e com Bass e sua habitual incapacidade de defender qualquer jogador que seja. Ou seja, é como se o Knicks tivesse uma arma apontada para um local onde o Celtics tem um buraco na armadura.

Resumindo. Como viram, temos alguns duros e claros matchups desfavoráveis para enfrentarmos nessa série. Isso me faz realmente temer por esse confronto. No entanto algumas das situações acima podem não ocorrer quando a bola rolar o Celtics pode surpreender o Knicks de várias formas também. Uma delas seria aplicando defesa em zona em vários momentos da partida para confundir o adversário e impedir infiltrações de Carmelo e JR Smith.

Outro expediente importante de ser utilizado, é buscar constantemente infiltrações com Pierce e Green, explorando a falha que o Knicks tem nessa situação e buscar pendurar Carmelo e Chandler em faltas.

Como sou torcedor celta, calejado e sei que o Celtics sempre cresce MUITO em playoff (mesmo não tendo Rondo Super Sayajin), vou apostar novamente em nossa equipe. Mas não me engano, não vai ser fácil, pelo contrário, creio que vai ser uma das séries mais difíceis desde que o big 3 foi formado.

Author avatar
Daniel Emiliano
https://danielemiliano.com.br
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics.Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

13 comentários

  1. Sérgio Soares

    Sobre os machups do Chandler, não podemos esquecer que ele é um jogador basicamente defensivo, que acaba pontuando mais em pontes aéreas ou quando está livre no garrafão. Então ele só é acionado caso tenha espaço pra isso. Aí é com o Garnett!
    Quem deve marcar o Melo é o Green. Acho que ele dá conta em jogadas próximas ao garrafão, porém no perímetro talvez não se saia tão bem. Mas se Green e Carmelo estiverem jogando de PF, esse machup é muito bom pro Green ofensivamente. O Shumpert deve ficar de olho no Paul Pierce a maior parte do tempo.

  2. Sérgio Soares

    Resumindo, concordo com nossos colunistas.
    Celtics 4×2 Knicks
    As duas vitórias deles serão no dia que caírem todas as bolas de três e no dia que o Carmelo estiver imparável.
    Nossas vitórias serão daquelas com o placar tipo NBB.

  3. Edson

    Tudo indica que perderemos: as contusões de nossos atletas, a campanha sensacinal do Knicks, a campanha humilde do celtics, Carmelo Anthony voando, etc.

    Mas não sei porque estou confiante em uma vitória surpreendente nesta série…. xD

    Celtics 4 x 3 Knicks

    Com show de P. Pierce

  4. William de Oliveira

    Apesar deles serem favoritos acredito muito num Celtics 4 X 3 Knicks.

    E outra espero que o Pierce e o Garnett principalmente estejão iluminados nesses jogos e caras como Bass, Terry, Wilcox ajudem o time por que vamos precisar dele mais como eu sou um celta vou acredita nesse time sempre!!

  5. Alan

    Caras, eu acredito no Celtics!
    Parece difícil, mas a força verde nos playoffs é impressionante.
    Portanto cuidado knicks porque se vcs cochilarem, os GREENS te esmagam!

    GO CELTICS!

  6. Carlos T.

    Dá uma olhada na quantidade de pontos por posses de bola que o Green permite defendendo no post up. E depois quero ver o Carmelo defender o Jeff Green!

    Green defendendo o Carmelo é um matchup perfeitamente possível de ser benéfico a nós!

  7. Gabriel

    Carmelo fdp!!!!!!!!!!

  8. Reni Augusto Ravaneli

    #EUACREDITO #GOCELTICS

  9. Fernando

    Penso que o confronto Bass vs qualquer um da linha titular adversária é péssima para nós. Assim, menos mal se Bass pegar o Chandler. Não sei se passamos, sei que vamos dar trabalho e que eu vou torcer muito.

  10. Teobaldo

    Infelizmente, para nós, a realidade falou mais alto. Mas torcer é acreditar sempre.

  11. Negro

    Foi impressão minha ou Rasheed Wallace apareceu no caminho pro vestiário celta?

  12. Fernando

    Não há.outra alternativa. Só nos resta torcer. O Knicks é muito, muito centrado no Carmelo. Seria uma alternativa uma marcação especial sobre ele? Claro que Jr, Kidd e Felton pontuariam mais. No entanto, pode ser que na proporção tenhamos vantagem. Quem o marcaria? Green?

  13. Rubens Junior

    Knicks = Fregues histórico

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.