Como mudou o papel dos novatos em Boston

Veja como mudou a situação dos novatos em Boston e o que esperar do calouro Bill Walker.

Primeiro, devo fazer um desabafo, como é bom analisar um novato da forma que estou fazendo este ano. Isso prova que um time está em um rumo certo. Explico.
Como antigo torcedor dos Celtics, nesses anos de vacas magras após a aposentadoria de Larry Bird e as mortes de Len Bias e Raggie Lewis, os torcedores dos Celtics sempre tiveram que apostar tudo em bolinhas de draft e novatos.
Sobre a loteria do Draft, já “chorei” muito no ano de Tim Duncan e no ano de Greg Oden, se bem que agradeço à má-sorte neste draft até hoje.
Sobre os novatos, apesar de escolhas infelizes em alguns anos (vide Eric Montross antes Eddie Jones), queimamos muita gente boa por não dar tempo para o desenvolvimento dos calouros, como Joe Jonhson e Chaucey Billups que foram draftados pelo Boston e trocados após meia temporada.
Agora, podemos escolher um jovem universitário e esperar ele amadurecer, podemos dar tempo ao tempo, ele chega para somar, não para resolver – e isso é muito muito bom mesmo.

Isto posto, falemos um pouquinho sobre Bill Walker.
A ficha dele está no final, mas eu queria destacar sua personalidade e potencial.
O garoto é abusado. No bom e no mal sentido. Ele já brigou com Kevin Garnett em treino devido a um corta-luz. Brigou com Tracy McGrady em um jogo de pré-temporada. Porém, isso mostra uma garra, uma auto-confiança fundamentais em bons jogadores. E não se preocupem, Garnett adorou a atitude do novato, para mim, acho que ele até deve ter testado o moleque.
Quanto ao seu potencial, seu apelido já diz tudo: Bill “Sky” Walker. Tirando o plágio do apelido do antigo campeão de enterradas Kenny Walker, seu nickname revela sua habilidade no ar. Para comprovar veja o que ele fez com Theo Ratliff em um jogo da pré-temporada:

Além disso, é bom esclarecer que Bill Walker foi, ao lado de OJ Maio, o prospecto mais espetacular dos Estados Unidos em um passado recente. Só que uma operação no joelho colocou dúvidas sobre seu futuro.

Porém, retomemos o início do artigo, agora o Boston Celtics pode se dar o luxo de apostar com os novatos.

Ficha técnica:
Nome: William H. Walker ou Bill Walker
Nascimento: 09/10/1987
Naturalidade : Cincinnati, OH
Altura: 6 foot 6 / 1,98
Peso : 220 lbs./ 99,8 kg
High School : North College Hill HS
Universidade : Kansas State Wildcats
Posição: Forward/Ala
Years Pro: R

Por: Alexandre

5 Comments

  1. Matheus Porto disse:

    Pow queria ver esse guri jogar…
    Acho q nao ele jogar ainda :S

    0

    0
  2. Bill Walker joga muito.
    Daqui uns dois, três anos eu coloco muita fé nele !

    0

    0
  3. Diego disse:

    Tem q ser ter mt cuidado ao falar de calouros…pois eles podem não render o esperado.

    0

    0
  4. Com certeza, mas eu ja acompanhei jogos dele antes de vir pro Celtics.
    Acompanhei todos os jogos da pré temporada e 3 jogos da liga de desenvolvimento.
    Boto fé nele !

    0

    0
  5. Guilherme disse:

    Gostei muito da matéria, é muito bom mesmo poder preservar um calouro com um grande potencial e nao perder a força da equipe. Assim podemos guarda-lo até o momento oportuno e lança-lo de vez para nao sair mais do time, mesmo que nao seja para ser titular, mas para ajudar muito vindo do banco..

    0

    0

Deixe um comentário