Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Giro pela NBA – 08/03 – 14/03

Saiba o que de melhor aconteceu na NBA nesta última semana.

Ryan Gomes, ala do Minnessota Timberwolves teve uma ótima semana, média de  23.6 pontos e 5 rebotes pra ele, por partida, nesses últimos 7 dias. E vem tendo as suas melhores médias na carreira.

O Atlanta Hawks, time “estraga prazer”, a equipe do estado da Georgia conseguiu acabar com uma invecibilidade de 6 jogos do Detroit Pistons, no dia 07/03, quando o Hwaks venceu em Atlanta, por 87 x 83. Até ai tudo bem, mas depois ainda acabou com uma série de 7 jogos invictos do New Orleans Hornets, dia 09/03, onde o Hwaks venceu atuando em seus domínios, por 89 X 79, mas, não para por aí não, depois disso, no dia 11/03, bateu o Utah Jazz no Philips Arena em Atlanta. E acabou com a série de 12 vitórias consecutivas do time de Salt Lake City. O placar final foi 100 a 93 para o Hawks.

A liga perdeu um nome muito importante, na última sexta-feira (13/03) faleceu o dono do Detroit Pistons, Bill Davidson, que havia comprado o Pistons nos anos 1970, com ele no comando o time de Detroit venceu 3 títulos da NBA. Essa é mais uma grande perda para liga, há menos de um mês o dono do Utah Jazz, Larry Miller, morria.

Os recordes só existem para serem quebrados 6

Paul Pierce chegou aos 18.248 pontos com o Celtics, e se tornou o 3º  maior cestinha da história Celta. Atrás apenas de John Havlicek (26.395) e Larry Bird (21.791). Parabéns Paul Pierce!!!

O pivô veterano do Phoenix Suns, Shaquille O´Neal bateu mais um recorde na liga. Shaq marcou 21 pontos na derrota de sua equipe para o Dallas Mavericks em Phoenix, na última terça-feira (10/03) por 122 X 117. Com esses 21 pontos marcados O´Neal altrapassou Elvin Hayes (27.313) e tornou-se o 6° maior cestinha da história da NBA. O´Neal agora possui 27.372 pontos na carreira e está atrás apenas de, Kareem Abdul-Jabbar (38.387), Karl Malone (36.928), Michael Jordan (32.292), Wilton Chamberlain (31.419) e Moses Malone (27.409).

Subindo:

Cleveland Cavaliers, não tem mais pra onde subir, é o líder do Leste. LeBron James vem comandando o time de Ohio, mas a equipe ainda conta com ótimas atuações de Mo Willians, Ilgauskas, Varejão e Delonte West. Cavs tem 53 vitórias em 66 jogos. E vem de 5 vitórias consecutivas.

Atlanta Hawks, como já falamos nesse giro, o time subiu muito de produção com Mike Bibby, após a troca que fizeram com o Kings na temporada passada. Mike trouxe esperiência a equipe (coisa que o time precisava, já que conta com muitos garotos). O Hawks aparece na quarta posição do Leste, com 39 vitórias e 28 derrotas. 5 vitórias consecutivas para o Hawks também.

Descendo:

LA. Clippers, com certeza é uma das decepções da temporada, juntamente com o Toronto Raptors. Tinha um elenco forte no começo da temporada, Baron Davis, Kaman, Camby. Depois veio Zach Randolph do NY Knicks. Clippers  é o penúltimo do Oeste, com 15 vitórias em 65 jogos.

Utah Jazz, vinha de 12 jogos sem perder, até que eu coloquei no giro da semana passada, e o que aconteceu ?? Jazz perdeu para o Atlanta Hawks, e como se isso fosse pouco, também foi derrotado em mais 2 partidas seguidas e caiu de 3º para 7º na conferência oeste.  Utah Jazz tem 41 vitórias e 26 derrotas.

Player of the Week

O melhor jogador dessa última semana não poderia ser outro, senão o ala do Cleveland Cavaliers, LeBron James, que teve grandes atuações nesses últimos 7 dais. James anotou três Triplos-Duplos consecutivos, o primeiro no dia 07/03, quando ajudou sua equipe a bater o Miami Heat em Cleveland, por 99 X 89, James contribuiu com 14 pontos, 10 rebotes e 12 assistências. No dia 10/03 o Cavs viajou ateh Los Angeles para enfrentar e vencer o Clippers por 87 X 83 e LeBron James voltou a jogar bem, ele terminou a partida com 32 pontos, 13 rebotes e 11 assistências, mas, o melhor ainda estava por vir. Na última quinta-feira (12/03) o incrível aconteceu, James anotou seu terceiro Triple-Double consecutivo, na vitória do Cavaliers contra o Suns em Phoenix, por 119 x 111. James marcou 34 pontos, pegou 10 rebotes e distribuiu 13 assistências. No confronto seguinte do Cavs, contra o Kings em Sacramento, LeBron James fez mais uma apresentação de gala, na vitória de sua equipe, depois de uma prorrogação, por 126 X 123. LeBron contribuiu para a vitória do Cleveland Cavaliers, com 51 pontos, 4 rebotes e 9 assistências.

As médias de LeBron James nessa última semana são fantásticas. James marcou 39 pontos, pegou 9 rebotes e distribuiu 11 assistências por partida (3) na semana.

Game of the Week

No melhor jogo desses últimos 7 dias tivemos um duelo entre duas equipes que disputam uma melhor colocação para avançar para a pós-temporada e ter o direito de decidir a série melhor de 7 partidas,  jogando em seus domínios. O Utah Jazz viajou até Miami para enfrentar o Heat, no último sábado (14/03) e o jogo precisou de três prorrogações para ter um vencedor.

O time visitante começou melhor a partida e venceu o 1° quarto por 29 X 19. No segundo o Miami Heat conseguiu encostar no placar, o Heat venceu o 2° período por 32 X 26 e foi para o intervalo perdendo por 55 X 51. Quem atuou muito bem nos 2 primeiros quartos foi o ala-armador do time de Miami, Dwyane Wade, que marcou 19 pontos no período.

Na volta dos vestiários a equipe mandante continuou melhor e conseguiu virar a partida, o Heat venceu o 3° quarto por 32 x 25 e foi para o último e decisivo ganhando por 83 X 80, apenas três pontos de vantagem. Nos 12 minutos finais a partida seguiu equilibrada, com os 2 times próximos no placar, mas, restando apenas 2:23 para o fim do último período o Utah Jazz vencia o jogo por 107 x 100, porém o Heat teve uma reação incrível e conseguiu empatar a partida nos segundos finais, com 2 arremessos de lance-livre, convertidos por James Jones. Nos 2 minutos finais o Heat converteu 7 pontos, enquanto o Jazz permaneceu zerado, com isso a partida terminou empatada em 107 pontos, sendo assim necessária a realização de uma prorrogação. Dwyane Wade manteve seu bom desempenho ofensivo e marcou mais 14 pontos nos 2 últimos quartos. Wade anotou um total de 33 pontos nos 4 períodos de partida.

No tempo extra quem começou melhor foi o Utah Jazz, que logo converteu 2 arremessos de 3 pontos, um de Mehmet Okur e outro de Kyle Korver, que logo em seguida acertou uma cesta de 2 pontos, assim o Jazz vencia a partida por 115 X 107, com 2:46 para o término da prorrogação, mas, o Heat conseguiu outra reação espetacular e empatou novamente a partida, nos segundos finais e mais uma vez o time de Salt Lake City não teve uma grande atuação nos minutos finais, o primeiro tempo extra terminou empatado em 8 pontos e a partida em 115 x 115, sendo assim necessária a realização de mais uma prorrogação.

O segundo tempo extra foi equilibrado do início ao fim e nenhum time conseguiu se distanciar no marcador, a segunda prorrogação acabou empatada em 10 pontos e o jogo em 125 X 125. No terceiro extra time o Heat foi melhor, com 2:15 para o fim da terceira prorrogação o time de Mami vencia por 131 X 127 e na jogada seguinte Kyle Korver errou um passe, o que possibilitou um contra atque do Heat, que converteu a cesta e passou a vencer por 133 x 127, com 1:49 restantes. Nos segundos seguntes Kurver errou um arremesso de 3 pontos e Mehmet Okur perdeu a boal em um turnover. No minuto final só restou ao Jazz cometer faltas para parar a partida e assim tentar converter arremessos, mas, o Heat acertou os lances livres que teve direito e não deu chances de reação para o Utah Jazz, o Miami Heat venceu o 3° tempo extra por 15 X 4 e a partida por 140 x 129.

Miami Heat – Números

Dwyane Wade – 50 pontos, 10 rebotes e 9 assistências.
Jermaine O´Neal – 28 pontos, 8 rebotes e 1 assistência.
Mario Chalmers – 23 pontos, 2 rebotes e 4 assistências.
Udonis Haslem – 12 pontos, 12 rebotes e 2 assistências.

Utah Jazz – Números

Deron Williams – 30 pontos, 5 rebotes e 13 assistências.
Kyle Korver – 25 pontos, 7 rebotes e 6 assistências.
Carlos Boozer – 20 pontos, 13 rebotes e 4 assistências.

Por: Flávio Di Donato Catandi e Gustavo Miglioretti.

Author avatar
Flávio Catandi
Jornalista e Radialista apaixonado por basquete. Participa do Celtics Brasil desde 2008. Já foi redator, colunista e hoje é editor do site. Nas horas vagas gosta de escrever roteiros e gravar curtas e documentários. Pode ser encontrado na cidade de São Paulo com uma camiseta Celta.

4 comentários

  1. BrennoBisetto

    Wade MVP = FATO

  2. DDefilippo

    Interessante a coluna da semana da NBA. Mas achou que faltou falar do Bulls, já que conseguimos vencer Hornets e Celtics como também falar das atuações de Simmons e Rose.
    Parabéns pela coluna
    Att

  3. DDefilippo

    Putz! Agora que vi a Data da coluna … rs … mas fica como dica para essa semana … abs

  4. Gustavo Miglioretti

    vlw ai “DDefilippo’ na próxima falaremos do Bulls ! 😀

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *