Jogo 4 – Celtics 101 x 113 Bucks

Na noite de segunda (6) o Boston Celtics recebeu o Milwaukee Bucks no TD Garden para o jogo 4 das semifinais. E novamente o time foi derrotado com um terceiro período muito ruim, onde o time deixou muito a desejar, com um basquete fraco, sem empenho coletivo e muitos erros. Agora a equipe que está perdendo por 3 a 1, se vê próxima da eliminação.

O primeiro período do Celtics foi para empolgar o torcedor. Com boas escolhas ofensivas e muita dedicação na defesa, a equipe da casa começou muito bem o jogo. A equipe do Bucks tinha dificuldade no ataque, e a agressividade de Irving nesse inicio de jogo impulsionava nosso ataque. A equipe chegou a abrir onze pontos de vantagem, mas uma cesta de três ao fim do período levou a equipe para o segundo quarto com oito pontos de vantagem. Placar do período 30 x 22.

No segundo período de jogo a equipe do Bucks voltou mais ligada, e começou a acertar mais arremessos. Kyrie Irving começou a forçar alguns arremessos e consequentemente a errar mais no ataque. Com o rendimento de nosso ataque caindo e o da equipe do Bucks melhorando, a equipe visitante acabou virando o jogo abrindo uma vantagem de quatro pontos(47 a 43). Como vem acontecendo ao longo da série e da temporada, a equipe celta seguiu fazendo escolhas muito ruins nos arremessos e caindo de produção. Marcus Morris conseguiu salvar o final do período com uma cesta de três e algumas boas jogadas que proporcionaram ao Celtics a liderança ao fim do período. Placar do intervalo 49 x 47.

O terceiro período começou equilibrado, a equipe do Bucks começou melhor, mas logo a equipe celta equilibrou mantendo o placar próximo. Com Giannis indo para o banco, o Celtics teria uma boa oportunidade de tomar o controle da partida, porém comandados por Bledsoe e Hill os Bucks continuaram bem na partida e terminaram o período na frente do placar. Ao contrário da equipe celta que cometeu muitos erros ofensivos e mais uma vez teve um terceiro período muito fraco. Placar do período 72 x 80.

No quarto período a equipe do Celtics chegou a melhorar no jogo em alguns momentos. Mas o Bucks sempre tinha uma resposta rápida para retomar o controle do jogo. A defesa celta não tinha resposta para o ataque liderado por Giannis, situação que seguiu até o fim do jogo. Placar final 101 x 113.

Agora a equipe do Celtics fica atrás por dois jogos, perdendo a série por 3 a 1. Ainda com a próxima partida sendo fora de casa no Fiserv Forum. As esperanças do torcedor celta se esvaem após um péssimo resultado, com uma atuação muito fraca da equipe, que nem mesmo com o TD Garden lotado teve força para se recuperar no jogo. Resultado que já nos leva a pensar na próxima temporada, o que é preciso mudar para que um time que era tão promissor ao início da temporada, realmente apresente bons resultados? São muitos erros… Se a eliminação for concretizada, outra dúvida que vem em mente é a permanência de Kyrie Irving, será que o armador irá ficar em Boston? E se ficar, será que é o melhor para a equipe?

Apesar de uma atuação fraca, Kyrie Irving foi nosso cestinha com vinte e três pontos, Al Horford anotou mais vinte pontos, e Morris mais dezoito. Apesar dos dígitos duplos nas pontuações de vários jogadores, nosso coletivo falhou nos momentos decisivos da partida, o que nos coloca em um buraco muito fundo e deixa o Bucks em uma situação muito confortável.

Pelo lado do Bucks, Giannis brilhou com trinta e nove pontos, Bledsoe ajudou com mais treze pontos e Hill com quinze pontos. Com essa vitória a equipe do Bucks fica com a faca e o queijo na mão e ainda vai poder decidir a classificação em seus domínios. O próximo jogo ocorre quarta(8) às 21h de Brasília no Fiserv Forum.

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (23 pontos, 6 rebotes e 10 assistências / duplo-duplo)

Al Horford (20 pontos, seis rebotes e cinco assistências)

Marcus Morris (18 pontos e 14 rebotes / duplo-duplo)

Jayson Tatum (17 pontos, 10 rebotes e quatro assistências / duplo-duplo)

Jaylen Brown (16 pontos e sete rebotes)

Destaques do Bucks

Giannis Antetokounmpo (39 pontos e 16 rebotes / duplo-duplo)

George Hill (15 pontos e cinco assistências)

Khris Middleton (13 pontos e sete assistências)

Eric Bledsoe (13 pontos)

Melhores momentos

Publicidade

Henrique Correia
Henrique Correia
Paulista, morador de Bauru no interior do estado de São Paulo, analista de suporte e corredor de rua nas horas vagas. Apaixonado por basquete, descobriu no jornalismo um hobby e quem sabe futuramente pode encontrar uma profissão. Acompanha a NBA desde 2010, torcedor fiel do Celtics, aguarda ansiosamente pra ver seu primeiro titulo.

16 Comentários

  1. Publicidade

  2. Marcio Varella disse:

    Feliz 2020

    1

    0
  3. Marcos Vinícius Witzke disse:

    Aaaaaaa como eu queria aquela troca pelo Kawhy…..

    0

    0
  4. Marco Antônio de Paula disse:

    O sofrimento acaba hoje. Que venha a nova temporada. De preferência com o Mastigador de Chicletes voltando para a TV.

    0

    1
  5. Diego Gondim disse:

    Vamos vencer hoje… para decepção de alguns celtas.

    PS.Nunca achei que diria isso.

    0

    0
  6. Marchall disse:

    Vou dar o papo aqui, analisando um pensamento de um diretor estratégico:

    1) Kyrie Irving. Não sinto ele feliz no Celtics, acho que não rolou uma conexão em Boston. Seria interessante trocá-lo pelo Anthony Davis, abaixo vou explicar o porquê!

    2)Kemba Walker. Acredito que o jogador pode ser o substituto ideal para a saída do Irving. Seria interessante para ele sair de uma franquia fraca.

    3)Gordon Hayward e Jaylen Brown. O primeiro não deu certo aqui também, muito aquém do esperado diante do alto salário, trocá-lo abriria um espaço grande na nossa folha salarial. O segundo (Jaylen Brown), tem as mesmas características que o Jayson Tatum. Bem melhor segurar a nossa verdadeira joia!

    4)Como ficaria o time?

    Marcus Morris – Jayson Tatum – Kemba Walker – Al Horford e Anthony Davis

    2

    6
  7. GPP disse:

    Não vamos nem ter a possibilidade de querer trocar o Kyrie pelo Davis, o Kyrie vai sair, apostaria que para um dos times de LA ou Knicks. A culpa não é toda dele, mas que em nenhuma das 3 derrotas pro Bucks ele foi a estrela que proclamou querer ser quando saiu do Cavs, acho que não da pra negar. Principalmente no jogo 4, na nossa casa, chutando 7/22, e cometendo faltas bobas no Giannis, de dar pancada no braço dele quando era óbvio que virariam 2 pontos e a falta em momentos cruciais, de maneira até um pouco displicente.

    Não acredito que o Jaylen Brown não seja nossa “verdadeira joia” também, não é só o Tatum, nós temos duas. O JB foi superior ao JT nesses playoffs, e não foi só na defesa. É torcer pra evolução dos dois continuar..

    Torcer por um milagre hoje no jogo 5, quem sabe. E vai Bruins! Boston confia em você, porque nosso Celtics tá complicado.

    0

    0
  8. O time perdeu todo o senso coletivo da temporada passada. Kyrie Irving é o principal jogador e o maior problema também. Os Celtics viraram, guardadas as devidas proporções, um OKC, com um jogo extremamente forçado no Irving.
    Para a próxima temporada, Irving, Horford e Marcus Morris serão free agents, além disso, os Celtics terão direito a até 5 escolhas e tem um bom núcleo jovem. Isso dá espaço em CAP e ótimos ativos para trocas. Sendo assim, Danny Ainge terá condições de formar um time novo, com novos astros e ideias novas.
    Por exemplo, uma troca com o New Orleans Pelicans por Gordon Hayward, Jaylen Brown e uma escolha de primeiro round por Anthony Davis, com a adição do free agent DeMarcus Cousins e um dos armadores free agents, que pode ser Goran Dragic, Ricky Rubio ou Jeff Teague, daria o melhor garrafão da liga para os celtas e um time mais cadenciado na armação, sem perder a juventude e explosão de Tatum, Smart e Rozier.
    Acho que esse seria um bom caminho para a redenção.

    0

    0
  9. Fernando Silva disse:

    Hoje eu tentaria GH, Brown, Tatum, Morris e AH.

    GH você tem que conseguir marcar o Bledsoe ou Hill. Eles estão com pontuação alta, principalmente o segundo.

    Usaria KI, Rozier, Smart, Semi e Baynes ALTERNADAMENTE. Nunca 3 destes em quadra ao mesmo tempo.

    Defesa pesada e física.

    Nada temos a perder.

    2

    0
  10. Bruno Ferronato disse:

    Alguma coisa de errado tem no time, não falam abertamente mas é nítido, e não acho que Brad Stevens desaprendeu treinar. Ele conseguiu uma final de conferência com um time sem 2 de seus principais jogadores, vendendo caro a derrota por 4 x 3, fora as campanhas anteriores que foram muito boas e com elenco limitado.
    Sei que as estrelas são muito importantes pra vencer na NBA, mas não vejo mais clima pro Irving continuar. E acredito que devido às declarações dele os outros jogadores também não o suportam mais. Se perde a culpa é de todos, mas se vencem os créditos vão pra ele. O que ele não pensa, é que depois dessa temporada regular e playoffs surgiu um grande asterisco em sua cabeça. Ele vai conseguir um contrato máximo devido à fama que já vez, mas duvido muito que tenham total certeza agora dele ser um jogador pra liderar um time ao título. Novo Carmelo? Talvez.
    Hayward acho difícil alguém querer trocar por ele, visto o péssimo custo benefício no momento, então é recuperar o jogador ou esperar o contrato acabar.
    Enfim, muito triste que tudo isso tenha acontecido, pois as expectativas eram muito altas. Hoje é jogar pela honra e tentar alongar a série o máximo que der, mas como dizia Larry Bird, quando estou vencendo por 3 x 1 sei que acabou.

    4

    0
  11. Marchall disse:

    Precisamos de um ex jogador renomado como técnico. Muitos jogos os jogadores estão acomodados ou desligados.

    Precisamos de um cara tipo o Felipão do Palmeiras. Que dê carcada e coloque COMANDO no time.

    Com pelo menos 2 jogadores decisivos e mantendo uma espinha dorsal, com um técnico cascudo da pra ganhar.

    “A basquete não é futebol não” E dai? Jogador baixa cabeça pra técnico cascudo. Não importa o esporte.

    0

    3
  12. Sandro disse:

    Alguém sabe dizer até quando vai o contrato do GH?
    Li em alguns comentários alguém pedindo ele na 1…acho que seria válido, geralmente ele tem mais assistências que pontos.
    Lets Go Celtics!!!

    0

    0
  13. Fernando Silva disse:

    Por enquanto, no jogo 5, mais do mesmo.

    0

    0
  14. Fernando Silva disse:

    Desculpem: um pouco pior na verdade.

    0

    0
  15. Fernando Silva disse:

    A boa notícia é: difícil ficar pior.

    Quem sabe jogamos bem nos quartos finais, o que não conseguimos faz 4 jogos.

    0

    0
  16. Fernando Silva disse:

    Cansei:

    1. Das declarações do KI.

    2. De ver KI ver uma marcação dupla (ou tripla) contra os Bucks, e não passar a bola.

    3. De perder a luta nos rebotes.

    4. De ver, as vezes, simultaneamente, 3 armadores em quadra.

    5. De mesmo tendo 3 armadores, cometer tantos turns.

    6. De ver rotações sem propósito.

    7. De tomar runs e mais runs sem que o responsável saiba o que fazer.

    1

    0

Deixe um comentário