Jogo 5 – Bucks 116 x 91 Celtics

Cotado como um dos favoritos ao título da Conferência Leste, o Boston Celtics encerrou a sua participação nos playoffs da temporada 2018/2019 da NBA de forma melancólica na noite de quarta-feira (8). No quinto jogo das semifinais do Leste, disputado no Fiserv Forum, o time verde e branco de Massachusetts teve mais uma atuação desastrosa e foi presa fácil para o Milwaukee Bucks, que conquistou a quarta vitória consecutiva na série, desta vez por 116 a 91, fechou o confronto em 4 a 1 e avançou à sua primeira decisão de Conferência desde 2001.

Com Aron Baynes de volta ao quinteto titular e Marcus Morris como principal peça na rotação, o Boston Celtics até empolgou os torcedores mais otimistas no primeiro quarto, quando chegou a liderar o placar em 19 a 18, mas o Milwaukee Bucks, em grande fase e contando com o apoio da torcida, virou o jogo e abriu 13 pontos de vantagem antes do intervalo. No terceiro quarto, Boston ainda cortou o prejuízo para a casa dos nove pontos, entretanto, esse esforço foi insuficiente para pressionar o embalado Bucks, que abriu 20 pontos no início do Q4 e transformou os minutos finais de confronto em mera formalidade no Fiserv Forum.

Símbolo do péssimo desempenho do Boston Celtics na semifinal da Conferência Leste, o armador Kyrie Irving foi o cestinha verde e branco no Jogo 5 em Milwaukee, com 15 pontos, mas acertou apenas seis dos 21 arremessos que tentou. O ala Jayson Tatum, por sua vez, contribuiu com 14 pontos, enquanto o ala-pivô Marcus Morris saiu do banco de reservas para anotar um duplo-duplo: 14 pontos e 11 rebotes.

Pelo lado do Milwaukee Bucks, os destaques foram o ala Giannis Antetokounmpo e o ala-armador Khris Middleton. Enquanto Antetokounmpo foi o cestinha da franquia de Wisconsin, com 20 pontos, e ainda flertar com um triplo-duplo, após pegar oito rebotes e distribuir oito assistências, Middleton anotou 19 pontos. O armador Eric Bledsoe também fez uma boa partida, com 18 pontos, e o ala-pivô Nikola Mirotic fez um duplo-duplo, após marcar 10 pontos e pegar 11 rebotes.

Classificado e dono da melhor campanha do Leste, o Milwaukee Bucks aguarda a definição da outra semifinal, entre Toronto Raptors e Philadelphia 76ers, para saber quando inicia a decisão de Conferência. A franquia de Wisconsin luta agora pela primeira presença em uma final da NBA desde 1974. O Boston Celtics, por sua vez, adia mais uma vez o sonho do 18º título da liga e não terá atividades até setembro, quando os treinos preparatórios para a temporada 2019/2010 devem começar.

Destaques do Bucks

Giannis Antetokounmpo (20 pontos, oito rebotes e oito assistências)

Khris Middleton (19 pontos e oito rebotes)

Nikola Mirotic (10 pontos e 11 rebotes / duplo-duplo)

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (15 pontos)

Marcus Morris (14 pontos e 11 rebotes / duplo-duplo)

Jayson Tatum (14 pontos e seis rebotes)

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 Comentários

  1. Publicidade

  2. samucarj disse:

    Enfim acabou!

    Respeito a opinião de todos mas a culpa ela péssima temporada não é só do KI, ele é um grande jogador e decidiu vários jogos e foi importante ao longo da temporada.

    O grande culpado na minha opinião é o Brad, é triste dizer mas ele não conseguiu definir um time, dar um padrão, insistiu em GH em vários jogos que perdemos…. ele precisa entender que não estamos na NCAA.

    Até quando BRAD vai insistir nessas formações com anões, precisamos de um PIVÔ urgente pra defender nosso garrafão.

    DA e os proprietários precisam analisar e entenderem que a reconstrução foi bem feita, mas não conseguiram montar um grande time a ponto de sonharmos com uma final.

    D. COUSINS – Não deve ficar no GSW pela teto salarial deles que vai estourar com as renovações de KD e KT.

    A. Davis – Por uma troca justa vale a pena por uma temporada

    K. Leonard – Jogador gosta de dinheiro e time bom, sem esse papo que ele quer jogar aqui ou ali. KG não queria jogar em Boston, pois na época não tínhamos um bom time, mais apresentamos um projeto e um caminhão de dinheiro e o final vocês já sabem né…

    Temos muitas escolhas no DRAFT e podemos montar um grande time.

    5

    3
  3. Marco Antônio de Paula disse:

    Acho que precisamos repensar a próxima temporada. Primeiro precisamos de um MVP de verdade. Kyrie não é esse cara. Ele precisa jogar ao lado de um cara dominante. Celtics precisa resolver o problema de garrafão. Estamos a anos sem um cara dominante nesse setor. Não me venha achar que Baynes e Theis vão resolver esse problema. Preciamos de um cara mais decisivo fora do perímetro também. Sixers conseguiu o Buttler, Raptors apostaram no Leonard, e nós apostamos em Brown e Tatum. Não acho que eles evoluriam nesse temporada para levar o time nas costas. Tatum tem um problema sério de defesa e muitas vezes não aperece muito no jogo. Brown é um cara que tem uma defesa melhor, mas nunca será um cara extre série. Achie o trabalho do Stevens nessa temporada fraco. Mas também o Ainge não ajudou, não conseguiu fortalecer esse time. Pra proxima temporada. Acho que Horford vai sair (Não queria) , vai querer ganhar mais grana. Morris por mim teria um contrato médio, se não quiser, rua. Kyrie mesma coisa, sem aumento. Se não quiser. Rua. Theis, Rozier, Yabubaleia, podem dar linha na pipa. Não vejo atualmente nenhum jogador do Celtics inegociável. Próxima Temporada eu gostaria de ter aqui Kemba + Durant. Davis se vier será um puta reforço, mas acho que a briga por ele será pesada. Se mantiver essa base atual, é certeza de mais um ano de fracasso e desculpas. Não estou gostando do Stevens, mas acho que ele merece uma segunda chance com um time melhor montado. Acho que as vezes confiamos demais nele, e queremos milagres. Ele é apenas um técnico comum.

    0

    0
  4. Erondi Nunes disse:

    Tínhamos sim um time pra brigar pelo título, por isso é tão frustrante.

    TODOS tiveram parcela de culpa, mas o PRINCIPAL foi o Kyrie.

    Destruiu o vestiário algumas vezes, fez sua pior série da carreira contra o Bucks, quanto mais errava mais chutava, sem falar o ego.

    Nunca vi esse Irving em Cleveland.

    Cousins no Celtics, de jeito nenhum, já temos o Hayward bichado mais o Cousins….

    Os principais alvos tem q ser o Davis e o Kemba, e o Brad montar mais um time universitário pra auxiliar esses caras.

    Não seremos os “favoritaços” como fomos esse ano, mais com certeza seremos competitivos.

    0

    5
  5. Kelson Almeida disse:

    Criticar após derrotas é muito fácil, mas é o que nos resta.

    1º TIME: foi consistente em apenas um momento da temporada, 4 jogos contra o Indiana (sem seu melhor jogador)
    2º TÉCNICO: Qual o problema o Brad Stevens tem em pedir tempo? os 2 jogos contra os Bucks em Boston, ele foi o maior culpado pela derrota, ele achou que algum poder divino ia fazer as bolas arremessadas de qualquer jeito e qualquer lugar ia começar a cair? PEDE TEMPO PORRA!
    3º HAYWARD: pra mim foi uma contratação excelente, jogador novo, completo e no auge físico e técnico. Todos sabem o que aconteceu, ele não ia voltar a ser 50% do que era antes da lesão NESTA TEMPORADA, o erro pra mim foi já de cara coloca-lo de titular, jogador sem confiança, isso acabou com a temporada dele.
    4º KYRIE: vejo muita gente criticando a temporada dele COM RAZÃO, mas nos momentos decisivos ele não se escondeu, teve aproveito horrível SIM, mas não fugiu, espero que ele fique, Tatum e Brown estão em evolução.

    Assim como todos os torcedores eu também esperava mais, os 5 primeiros jogos dos playoffs foi muito animador, problema foi quando a gente se sentiu pressionado, mesmos erros que deveriam ter ficado na temporada regular voltaram, time não soube reagir.

    3

    1

Deixe um comentário