Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Paul George confessa: “Eu tenho inveja do Celtics”

O Boston Celtics já se prepara para o jogo de logo mais, no qual receberá o Phoenix Suns, mas a última partida contra o Indiana Pacers ainda repercute em Massachusetts.

Nela, vimos o maior campeão da NBA sair do TD Garden com a vitória por 109 x 100, mas também vimos o melhor homem em quadra ser Paul George, astro da equipe rival e maior alvo de consumo do Celtics, na última Trade Deadline.

Disso tudo, você já sabe. O que você, talvez, não saiba, é que Paul George deixou Boston frustrado. E com inveja. Inveja do nosso time. Confira:

“Se você (repórter) olhar para o elenco deles, encontrará um plantel no qual todos os jogadores sabem o que esperar um do outro. Você pode até procurar, mas não vai achar aquele momento no qual um jogador olha para o outro, com cara de ‘Meu Deus, que arremesso foi esse que você tentou?’ ou ‘O que você está fazendo?’. Eles estão em um estágio avançado de entrosamento, são um time muito bem treinado. Eu invejo isso. Nós ainda estamos buscando atingir esse nível, no qual jogaremos confiantes uns nos outros, sabendo do que somos capazes de executar no lado ofensivo. Ainda temos muito a trabalhar”, disse o resignado camisa 13 de Indiana.

Não devemos reagir exageradamente a essas palavras, mas, ao levarmos em consideração que o ala foi fortemente especulado em Boston e que o próprio jogador admira nosso estilo de jogo, não podemos deixar de imaginar que novos rumores surgirão na offseason.

Paul George tem contrato com o Indiana Pacers até o fim da temporada 2017/2018. Muito se disse que o jogador gostaria de jogar pelo Los Angeles Lakers, mas, até a presente data, a única declaração dada pelo craque é que o mesmo quer vencer. E, indiscutivelmente, Boston oferece melhor oportunidade que Indiana e Los Angeles para isso.

Ainda na quarta-feira, em um treino realizado no TD Garden, o ala, de 26 anos e recrutado com a 10ª escolha no 2010 NBA Draft, concedeu entrevista, reconhecendo que a atual temporada tem sido desafiadora e frustrante.

Diante do ora exposto, não tenha dúvidas que Danny Ainge voltará a procurar seu amigo e lenda celta Larry Bird, na próxima offseason, a fim de realizar uma troca pelos talentos do jogador quatro vezes convocado para o All-Star Game.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

9 comentários

  1. Diego Gondim

    Bom, tenho que discordar rsrs… Smart e Olynyk vira e mexe têm jogadas bizarras. Em muitos jogos o Olynyk pega um rebote, sai carregando a bola e se empolga… O resultado é sempre o mesmo. Uma péssima seleção de arremesso ou turnover…

    Adoraria ver o PG13 como Celta.

    DA, manda o Rozier + Smart + AJ + Pick NETS 2018 + Pick Clipers 2019 + Second Pick Minnesota 2017… Grande negócio para um expirante, vide a troca do Cousins.

    • Olynyk pega rebote e sai carregando?
      Eu não to vendo o mesmo jogo que você não…rs
      O único big celta que conduz a bola em transição é o Horford, e ele faz isso muito bem.

      Olynyk, Amir, Zeller e cia, quando pegam um rebote, aguardam o armador se apresentar para dar a bola a eles.

      Smart e Rozier cometem alguns erros de decisões, mas isso é normal, não da pra 100% das jogadas serem perfeitas. Mas de um modo geral, o Celtics é tranquilamente uma das equipes mais organizadas e conscientes da liga.

    • Marco Ferreira

      O Smart está em evolução, acredito muito no jogo dele e tenho certeza que será um bom jogador na liga, esses tipos de erro são nervosismo e tentativa rápida de decisão, mas com a experiência vai ser um bom jogador.

      Olynyk também, mas sofreremos um pouco com ele ainda até que essa tranquilidade chegue, mas ele já esta sendo trabalhado para novas funções e jogadas.

      Ambos já “decidiram” jogos para o Celtic’s e acredito muito neles!

  2. Paulo

    Por mim, devemos manter o elenco principal, e nos desfazer de 3 peças, que são: JJ8, AJ90 e T44.

    Ir atrás do BL11 via Nets e trazê-lo. Além de ser um ótimo reforço, tiraríamos a principal peça da equipe dos Nets. Isso faria com que eles tivessem outra campanha desastrosa, e a nossa Pick18 tornaria valiosa!

    Enfraquecer uma equipe estrategicamente retirando sua principal peça, visando uma peça futura, e tendo um desenvolvimento imediato na equipe. Junto a isso, livrar-se de algumas peças consideradas inúteis, como: TR12, DJ9, JY13 e JM55.

    KO41 é um bom jogador. Não é excelente pois ainda não é confiável, mas acredito em sua evolução. Ele vem demonstrando isso.

  3. Mauricio Green

    A 2 anos é esse é o cara q querio ver em Boston. Com Brad e em um time certinho como o nosso ele iria voar mais alto ainda.

  4. JailtonSV

    George, você não precisa ter inveja meu caro, tem vaga pra você ano que vem, é só dar as garantias de continuidade.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.