Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (35-15) x Atlanta Hawks (14-38)

Embalado por oito vitórias nos últimos nove jogos que disputou pela temporada 2019/2020 da NBA, sendo cinco delas de forma consecutiva, o Boston Celtics enfrenta o Atlanta Hawks na noite desta sexta-feira (7), no TD Garden, no terceiro e último duelo entre as duas equipes nesta edição da liga. Vencedor nas duas primeiras partidas contra o Hawks, o time celta quer manter o bom momento e permanecer na briga pela vice-liderança da Conferência Leste, enquanto Atlanta, penúltimo colocado, quer encerrar o jejum diante do Alviverde. O confronto entre Celtics e Hawks começa às 21h30 (horário de Brasília) e terá transmissão do NBA League Pass.

O Boston Celtics volta a enfrentar o Atlanta Hawks com a confiança em alta. Mesmo com vários desfalques a cada partida, o time verde e branco de Massachusetts não deixa o ritmo diminuir e já está em sua segunda maior série invicta nesta temporada. Concentrada na missão de recuperar o segundo lugar da Conferência Leste, a equipe celta encara como obrigação a terceira vitória diante do Hawks nesta edição da liga, não só por jogar em casa diante de um adversário frágil, mas também pensando no futuro: seis dos próximos sete jogos do Celtics serão como visitante, o que aumenta a responsabilidade de conquistar vitórias nos duelos em casa.

Mais uma vez, o Boston Celtics terá que lidar com várias baixas para escalar o quinteto titular e montar a rotação. Desta vez, o técnico Brad Stevens não poderá contar com o ala-armador Jaylen Brown, o ala Gordon Hayward, o ala-pivô Daniel Theis e o pivô Robert Williams, todos entregues ao Departamento Médico, além do pivô Tacko Fall, a serviço do Maine Red Claws na Liga de Desenvolvimento da NBA (G-League). Por outro lado, Boston terá os retornos do armador Kemba Walker e do combo guard Marcus Smart.

Fora da briga por uma vaga nos playoffs da Conferência Leste, o Atlanta Hawks teve dias agitados desde a derrota no último jogo contra o Boston Celtics. Além de conquistar uma vitória fora de casa sobre o Minnesota Timberwolves, a franquia da Geórgia teve uma Trade Deadline intensa, com destaque para a contratação do pivô Clint Capela, que estava no Houston Rockets. Nitidamente, o Atlanta Hawks está com a cabeça nas próximas temporadas, mas esse lado “franco-atirador” pode impor dificuldades a Boston.

Diante do Boston Celtics, o técnico Lloyd Pierce só deve confirmar o quinteto titular do Atlanta Hawks minutos antes da partida, já que vários jogadores apresentaram pequenas lesões e os atletas contratados na Trade Deadline ainda não estão disponíveis. Mais uma vez, a tendência é que o Hawks concentre boa parte de suas jogadas no habilidoso e preciso armador Trae Young, com o suporte do ala-pivô John Collins no garrafão.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 21h30

Transmissão: NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Marcus Smart, Jayson Tatum, Grant Williams e Enes Kanter. Treinador: Brad Stevens

ATLANTA HAWKS: Trae Young, Kevin Huerter, De’Andre Hunter, John Collins e Damian Jones. Treinador: Lloyd Pierce

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

14 comentários

  1. Fernando Silva

    Que surra no Q3.

    Atlanta pombinhos.

  2. Marco Antônio de Paula

    Vencemos, mas voltamos a jogar mal, contr ao Fraco time do Hawks sem seu principal jogador , Trae Young. Defesa deu umas vaciladas. Mais uma excelente partida do tatum. Hoje eu gostei do Garoto Langford, Mostrou mais Personalidade. Smart a raça de sempre, mas hoje estava tijolando muito, forçando demais. Kemba razoável. Quando a bola dele não cai é complicado, pois a defesa dele é deficiente. Kanter voltou a jogar melhor. De resto é recuperar os jogadores para o jogo contra o OKC que será muito mais complicado. Tem que melhorar esse nível de atuação.

    • Marcos

      Trae Young fora é reforço.
      All Star fake – estilo do Leste.

      Talvez no futuro mude de opinião, mas agora ele é o maior buraco defensivo da Liga.

      Já o Collins é muito bom jogador.
      Abs verdes

  3. Paulo Jr

    Jogaram o suficiente para vencer. Também há de Se destacar a ausência de 3 titulares, além de um Kemba claramente fora de ritmo. Tatum carregando o time nas costas. Boa atuação do Langford e Ojeleye. Agora é se preparar para OKC e Rockets, espero que volte pelo menos dois dos três ausentes para os duelos.

  4. Fernando Silva

    O time foi protocolar. Jogamos firmes no Q3 e foi suficiente.

  5. Fernando Silva

    Vince ainda tem gravetos a queimar?

    Lenha é demais. Uns gravetos estão guardados.

  6. Eric

    Esse langford é bom jogador

  7. Fernando Silva

    Torço para enfrentar os Nets na primeira rodada e ver o bico de KI com as derrotas.

    Celtics em 2°, Nets em 7°.

    4×1 ou 4×0 Celtics

  8. PHABIO PASSOS

    Bem tem time fazer dispensa nos elenco, bem tem dois jogadores que ser util para THOPSON (CAVS) E BENDER(BUCKS)…,, que acham dos dois, e sera cai bem no time/???

  9. Lucas Soares Jardim

    Minha preocupação é enfrentar o 76ers no primeiro round, acho que todo mundo quer fugir dessa. Como o Pacers está em queda livre e não acho que o 76ers tem potencial de terminar a regular entre os 4 primeiros, garantir o segundo ou o terceiro lugar é ideal e ai deixar Heat e 76ers se matarem no primeiro round do offs.

    Minha projeção é Bucks, Raptors, Celtics, Heat, 76ers, Pacers, Nets e Magic nessa ordem mesmo. Enfrentaríamos o Pacers que é um bom time e não ia ser um confronto fácil, mas ainda acredito que passaríamos em um 4 a 2 ou 4 a 3.

  10. Fernando Silva

    Acredito que terminamos na posição 2.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.