Prévia – Boston Celtics (36-15) x New York Knicks (23-28)

New York Knicks

A longa sequência de quatro jogos fora de casa encerrou-se com uma vitória apertada do Boston Celtics sobre o Denver Nuggets. Desta vez, a equipe de Massachusetts volta para a sua casa, o TD Garden, e recebe na noite desta quarta-feira (31) o New York Knicks, um dos seus mais antigos rivais da Divisão do Atlântico. A partida, que terá início às 23h (horário de Brasília) e que será transmitida pela ESPN, é extremamente importante para o alviverde de Boston, ainda líder da Conferência Leste na temporada 2017/2018 da NBA, já que as derrotas recentes possibilitaram ao segundo colocado, o Toronto Raptors, a encostar na tabela, ficando somente a um jogo de diferença.

O longo período de jogos fora de casa cobrou o seu preço. Nas últimas sete partidas, o Boston Celtics venceu somente dois jogos, tendo perdido os três primeiros jogos desta sequência negativa diante de sua torcida. A boa vantagem adquirida na liderança da Conferência Leste foi reduzida. No entanto, a recente sequência irregular do Toronto Raptors favoreceu ao maior campeão da NBA, assim como a crise vivida pelo Cleveland Cavaliers. Mesmo diante dos problemas, alguns sinais positivos puderam ser sentidos, como a impecável sequência de partidas de Kyrie Irving, incluindo uma atuação incrível contra o Golden State Warriors, assim como o crescimento de produção do ala-pivô alemão Daniel Theis, que finalmente tem começado a ganhar o devido reconhecimento como sendo um dos melhores role players da liga. Jayson Tatum, que viu seu rendimento cair no último mês, foi importantíssimo na última partida, enchendo sua linha de estatísticas em todos os fundamentos possíveis e sem cometer turnovers.

Para o jogo de hoje, Brad Stevens terá alguns problemas para encontrar a melhor escalação. Além do ala Gordon Hayward, que se recupera da grave fratura no tornozelo sofrida no início da temporada, o técnico celta não poderá contar com Marcus Smart, afastado por duas semanas após sofrer um corte na mão, bem como o armador Shane Larkin, que sofre com dores no joelho e ainda é dúvida. O francês Guerschon Yabusele também é dúvida, pois ainda sente dores após a torção sofrida no tornozelo esquerdo. O astro Kyrie Irving, maior pontuador da equipe e um dos líderes do elenco, também será desfalque para o clássico. Irving recentemente sofreu uma pancada no quadríceps e, por isso, será poupado. Com tantas ausências na posição de armador, Terry Rozier fará a sua estréia como titular do Boston Celtics. Pela primeira vez em sua carreira na NBA, o camisa nº 12 iniciará uma partida sendo a principal referência na condução da bola.

O New York Knicks vive uma temporada abaixo de suas expectativas. Apesar das ótimas temporadas de Kristaps Porzingis e Enes Kanter (que fez 20 pontos e 20 rebotes na última partida), a equipe de Nova Iorque, que é forte jogando no Madison Square Garden, é uma das piores equipes da da liga quando atua fora de seus domínios. Para ilustrar o que foi dito, a série entre as duas equipes na temporada regular está empatada em um a um, sendo que o o Boston Celtics saiu vitorioso do confronto no TD Garden e derrotado em Nova Iorque, numa partida excepcional do ala Michael Beasley. O time ainda tem esperanças de ir aos playoffs, já que é o décimo colocado na Conferência Leste, estando a apenas três jogos do Philadelphia 76ers, último time da zona de classificação.

O técnico Jeff Hornacek não poderá contar com o reserva Ron Baker, lesionado no ombro. Além dele, o pivô Joakim Noah não viajou com a equipe para Boston, sendo que foi noticiado pelo jornalista Shams Charania, do Yahoo! Sports, que Noah e Hornacek teriam discutido de forma calorosa durante um treino e que o New York Knicks estaria explorando maneiras de encerar o vínculo com o veterano pivô.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 23h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Terry Rozier, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

NEW YORK KNICKS: Jarrett Jack, Courtney Lee, Tim Hardaway Jr., Kristaps Porzingis, Enes Kanter. Treinador: Jeff Hornacek

Publicidade

Eduardo Quirino
Eduardo Quirino
Eduardo, 31 anos, nascido em Niterói/RJ mas é Resendense de coração. Bacharel em Direito, estudante de Administração e flamenguista, é apaixonado por esportes e envolvido com o basquete desde os 14 anos. Ex-pilar do Volta Redonda Rugby, ex-capitão do Resende Rugby e atual ala-pivô do Basquete Resende, tem como espelho a lenda Kevin Garnett, razão pela qual começou a torcer para o Boston Celtics em 2008. KG se foi, mas o amor pelo Celtics é pra sempre! Sou um dos calouros do Celtics Brasil e espero vê-los muitas vezes por aqui!

2 Comentários

  1. Publicidade

  2. MDS!!! Sem Kyrie!!!! Tomara que Tatum esteja inspirado!!

    1

    0
  3. Marcelo SM disse:

    Os caras olharam o vídeo e NÃO MARCARAM A FALTA (flagrante!)!!!!
    E ainda deram técnica no Stevens!
    Que palhaçada!!1

    5

    1

Deixe um comentário