Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (41-30) x Toronto Raptors (48-21)

De astral renovado na temporada 2015/2016 da NBA, depois de vitórias sobre Philadelphia 76ers e Orlando Magic, o Boston Celtics volta a atuar em seu TD Garden na noite desta quarta-feira (23), desta vez contra um oponente mais poderoso: dono da melhor campanha da Divisão do Atlântico e vice-líder da Conferência Leste, o Toronto Raptors está invicto há quatro jogos e venceu todos os três duelos que disputou contra o Alviverde de Massachusetts nesta edição da liga. O confronto entre a equipe celta e o time canadense começa às 20h30 (horário de Brasília).

Recuperado das quatro derrotas consecutivas que sofreu na última semana, o Boston Celtics está focado em quebrar o jejum diante do Toronto Raptors e conquistar uma vitória em casa, que será fundamental em vários aspectos: além de manter suas chances na briga pelo G-4 da Conferência Leste, um triunfo sobre um adversário forte aumentará a moral do elenco celta para a série de cinco jogos que fará como visitante contra equipes da Conferência Oeste.

Para o duelo contra o Toronto Raptors, o técnico Brad Stevens segue com um desfalque no quinteto titular: o ala Jae Crowder, com uma entorse no tornozelo direito, só deve voltar ao time verde e branco na “Marcha para o Oeste”. Por outro lado, com o retorno do sueco Jonas Jerebko, o treinador celta deve manter uma rotação enxuta, que talvez conte com a presença do jovem armador Terry Rozier. Entre os titulares, destaque para o ala Evan Turner, substituto de Crowder, e para o ala-pivô Amir Johnson, que fez boas partidas contra 76ers e Magic.

Com nove vitórias nos 11 jogos que disputou em março, o Toronto Raptors vive um grande momento e ainda sonha com a liderança da Conferência Leste, já que o Cleveland Cavaliers segue tropeçando e pode deixar escapar um título certo. Contra o Celtics, a franquia canadense está de olho em duas marcas: em caso de vitória, a franquia canadense iguala a sua melhor campanha na história da liga e ainda pode confirmar matematicamente a presença nos playoffs.

Contra o Boston Celtics, o Toronto Raptors terá apenas um desfalque certo: o ala DeMarre Carroll, que ainda se recupera de uma grave lesão no joelho direito. Além disso, o ala James Johnson, o ala-pivô Patrick Patterson e o pivô lituano Jonas Valanciunas ainda aparecem como dúvidas para o duelo na capital de Massachusetts. Para o lugar de Carroll, o técnico Dwane Casey deve manter Norman Powell, enquanto Bismack Biyombo assume a titularidade no garrafão, caso Valanciunas siga sem condições de jogo.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 20h30

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Evan Turner, Amir Johnson e Jared Sullinger. T: Brad Stevens

TORONTO RAPTORS: Kyle Lowry, DeMar DeRozan, Norman Powell, Luis Scola e Bismack Biyombo. T: Dwane Casey

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

15 comentários

  1. Nathan Henrique

    Celtics 104 x 102 Raptors

  2. Daniel Di Domenico

    Celtics 108 X 103 Raptors

  3. Jonas Capponi

    Celtics 107 x 101 Raptors

  4. Patrick

    Celtics 101 x 109 Raptors
    Patrick Tavares Gomes

  5. LucasOliveira

    Vamos torcer para que o Amir siga em uma crescente, DeRozan é uma grande pedra no sapato, mas quem fez a diferença nos dois últimos jogos contra o Raptors foi o Scola, que começou os jogos avassalador. Ficar perseguindo o resultado depois contra jogadores que se adaptam rápido as mudanças defensivas como o Lowry e o DeRozan é sentença de morte.

  6. Carlos Eduardo

    Celtics 103 x 94 dinossauros

  7. drakes

    Celtics 109 X 105 Raptors

    marcelo conceicao

  8. Gustavo Arruda

    Celtics 111 x 106 Raptors

  9. Lucas Da Ros

    Celtics 114 x 112 Raptors

  10. Christian Evandro Bays

    Celtics 105 X 103 Raptors

  11. Fernando CS

    Celtics 103 x Raptors 102

  12. Fernando CS

    Fernando C Silva

  13. Rodney Oliveira

    Celtics 105 x 104 Raptors

  14. Fernando CS

    Prezados, uma observação que julgo importante: nosso time é muito coletivo. Temos como fundamento, mais do que estrelas, uma maneira de jogar.

    Resultado: se recordam do início da season, quando a equipe tinha uma forma de jogo o Smart se machucou. Tivemos algumas partidas até que o Stevens acomodasse o Bradley com o Thomas.

    Com a lesão do JC, ocorreu o mesmo. Agora o Turner está correspondendo.

    Sinceramente, não sei como fica com a volta do JC.

    Creio que ainda seja titular.

  15. drakes

    faltam apenas 10 jogos agora, celtics fica na zona de 3 a 6 da conferência leste, tem uma sequência e 5 jogos fora sem o crowder provavelmente contra times da conferência oeste e nos três finais são contra times que ele briga agora:
    Hawks, Heat, Hornets.

    Vai ser duro conseguir chegar em terceiro, mas é possível.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.