Prévia – Charlotte Hornets (32-39) x Boston Celtics (43-29)

Charlotte Hornets

Quinto colocado da Conferência Leste na temporada 2018/2019 da NBA, o Boston Celtics inicia, na noite deste sábado (23), o seu penúltimo back-to-back nesta edição da liga. Precisando de uma arrancada na reta final da temporada regular para garantir o mando de quadra no primeiro round dos playoffs, o time verde e branco de Massachusetts encara o Charlotte Hornets a partir das 19h (horário de Brasília), no Spectrum Center. Será o quarto duelo entre Hornets e Celtics na competição, sendo que Boston conquistou duas vitórias nos três compromissos anteriores.

Depois de registrar um excelente desempenho em quatro jogos como visitante na Conferência Oeste, o Boston Celtics estava disposto a manter a boa fase e subir na classificação do Leste, mas os tropeços contra Denver Nuggets e Philadelphia 76ers praticamente tiraram o Alviverde da briga pelo terceiro lugar. Ainda com chances de atingir a quarta colocação, graças a sucessivos tropeços do Indiana Pacers, o Celtics quer sair desse jejum de vitórias e terá uma grande oportunidade de fazer isso diante do Charlotte Hornets, que não vive um momento favorável na competição.

Em Charlotte, o técnico Brad Stevens não terá problemas para escalar o quinteto titular do Boston Celtics. Expulso contra o Philadelphia 76ers, o ala-armador Marcus Smart não foi suspenso e poderá atuar normalmente diante do Hornets. Na rotação, por outro lado, o Alviverde acumula dúvidas: além de não contar com o pivô Aron Baynes, em recuperação de uma torção no tornozelo esquerdo, a equipe celta ainda aguarda por uma definição sobre o ala Gordon Hayward, que está no protocolo de concussão da NBA. Contratado por 10 dias, o pivô Greg Monroe deve estar disponível no banco de reservas.

Com apenas quatro vitórias nos últimos 15 jogos, o Charlotte Hornets está em situação delicada na briga pelos playoffs. Décimo colocado da Conferência Leste, com 45,1% de aproveitamento, o Hornets está a três jogos de distância do Miami Heat, equipe de pior campanha na zona de classificação. A franquia de Charlotte, entretanto, chega ao jogo contra o Celtics com o astral renovado por uma vitória sobre o Minnesota Timberwolves e conta com o apoio da torcida no Spectrum Center. O Hornets sabe que a missão é difícil, mas, mesmo com todos os problemas, a equipe promete dificultar a vida do Celtics.

Diante do Boston Celtics, o técnico James Borrego deve escalar o Charlotte Hornets com Dwayne Bacon formando dupla de perímetro com Kemba Walker, enquanto Bismack Biyombo assume a responsabilidade do garrafão. Dessa forma, o ala francês Nicolas Batum e o pivô espanhol Willy Hernangomez lideram a rotação da franquia de Charlotte. Os desfalques são o ala Michael Kidd-Gilchrist, que está no protocolo de concussão da NBA, e o pivô Cody Zeller, em recuperação de uma lesão no joelho esquerdo.

FICHA TÉCNICA

Local: Spectrum Center (Charlotte, NC)

Horário (de Brasília): 19h

Transmissão: NBA League Pass

CHARLOTTE HORNETS: Kemba Walker, Dwayne Bacon, Miles Bridges, Marvin Williams e Bismack Biyombo. Treinador: James Borrego

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Marcus Smart, Jayson Tatum, Marcus Morris e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

9 Comentários

  1. Publicidade

  2. Marcelo disse:

    que time cagão!

    1

    0
  3. Marcos disse:

    Mais um grande trabalho do treinador tomando essa run.
    Rozier jogando e wannamaker não continua um mistério.

    Nem nas oitavas vamos ter vantagem de jogar em casa.

    Abs verdes,

    1

    0
    • Marco Antônio de Paula disse:

      O Zé Chiclete insiste na quadra com um cara de 480 KGs, que mal consegue pular para pegar rebotes. Só em caminhar o Yabubaleia faz falta com o traseiro gordo. E tem gente que acha que esse técnico é diferenciado. Ele conseguiu perder o jogo, para apenas um jogador adversário. Vai ser incompetente assim lá em Boston.

      7

      1
  4. Marco Antônio de Paula disse:

    Mais uma derrota anunciada do time do treineiro mastigador de chiclete. Um time tolamente desorganizado, um técnico que aceita as derotas calado. Kemba Walker, vale mais que todo o time dos Celtics. Enquanto isso Ainge continua apostando nos garotos fracassados. Tatum muito mal, sem personalidade. Brown joga poucos minutos bem, Rozier inconstante. Smart voltou a ser o que era, um cara louco e forçante, fazendo falta desnecessária até no gandula. Mas para os Playoffs esse time promete, afinal de contas Tio Ainge trouxe de volta o grande Monroe. Tem que ser muito iludido para achar que esse time vai brigar por finais. Um cara sozinho consegue destruir esse time. Kemba Walker hoje, deitou e rolou. Kayrie já deve estar de saco cheio, aprontando as malas. Afinal de contas, com esse time fraco e sem vontade, impossível, conseguir algo de bom.

    1

    4
  5. Fernando Silva disse:

    Sem palavras

    0

    0
  6. Lucas disse:

    Cara quando eu parei de acompanhar o jogo o ultimo quarto tava 14 x 8 pros celtics e o quarto acabou 35 x 19 pra eles , depois que parei de acompanhar os celtics fizeram cinco pontos , CINCO PONTOS e os caras 27 , VINTE E SETE PONTOS

    Terminei o epi da serie , fui ver o time tinha perdido o jogo , cara nao da pra acreditar …

    Frustrante…

    2

    0
  7. Tom disse:

    Moral lá embaixo
    Difícil acreditar que tudo vá mudar nos poffs
    Queque foi aquele chute do rozier…lamentável

    2

    0
  8. Lucas disse:

    Não assisti ao jogo mas dada a famigerada vontade de entregar desse time e a inconstância. Fica bem difícil acreditar que esse time passa dos Pacers na primeira rodada, seja com a vantagem do mando de quadra ou não, pq desse jeito que o time joga não faz a menor diferença.

    0

    1

Deixe um comentário