Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Richardson pode fazer parte de algo maior?

Após uma troca a três da qual comentamos no artigo anterior, Brad Stevens continuou a fazer movimentações e, com os 11 milhões restantes da TPE gerada na troca de Hayward, adquiriu Josh Richardson junto ao Dallas Mavericks.

Em meados do mês passado, esse comentarista que lhes escreve havia escrito um artigo intitulado “GM por um dia”, em que eu fantasiosamente assumia o papel de Stevens e realizava algumas trocas para reforçar o elenco.

Esse artigo em questão nunca viu a luz do dia, pois, no dia seguinte, quando eu o revisaria para postá-lo, Stevens realizou a troca de Kemba Walker e meio que destruiu metade das minhas ideias, que então foram parar na lixeira do meu computador.

Mas porque eu estou citando esse arquivo? Porque entre as trocas que eu colocava lá, uma delas era a chegada de Josh Richardson a Boston, para cobrir a lacuna defensiva e versatilidade deixada por Marcus Smart, o qual naquele mundo de fantasia, teria sido trocado momentos antes.

A chegada de Richardson nessa sexta feira, assim como Dunn e Fernando, me abrem a seguinte pergunta, então:

– Seria esse um movimento inicial de um plano maior?

– Estaria Smart com seus planos contados em Boston?

Quem é Richardson?

Richardson iniciou sua carreira no Miami Heat de forma extremamente promissora.

Um carrapato na defesa, com velocidade, altura e envergadura para defender 3 posições, foi conquistando cada vez mais espaço na equipe e, embora seja um SG / SF de origem, foi jogando como armador que teve seus dias mais brilhantes na NBA.

Com Dragic se lesionando logo no início da temporada 2018/19, Richardson foi deslocado para a função de principal condutor de bola da equipe, quando mostrou toda sua versatilidade e rendeu acima do esperado. Foram 16,6 pontos de média (maior pontuador da franquia na temporada), 4,4 assistências, e algumas menções para o time de defesa da liga.

Muito valorizado no mercado, Heat utilizou o contrato de Richardson para conseguir atrair Jimmy Butler para a equipe em uma troca que envolveu quatro franquias.

As coisas então começaram a dar errado para Richardson. Em uma franquia extremamente desorganizada, viu seu rendimento (assim como o do recém-chegado Horford) despencar em Philadelphia.

Sem a possibilidade de conduzir a bola como fazia no Heat, e atuando em uma formação que insistia em jogar com dois Bigs fechados e um armador que não arremessa, o agora ala celta passou a ter seu papel muito reduzido.

Embora sua passagem pelo Sixers não tenha sido tão ruim como a de Horford, ele acabou por ser negociado ao fim da season e foi parar em Dallas, onde mais uma vez encontrou um armador que lidava com a bola o tempo todo e que, ao contrário de Simmons, deixava rombos enormes na defesa para Richardson lidar, frustrando mais uma vez a evolução que vinha demonstrando em Miami.

Porque a história pode ser diferente em Boston?

Boston, ao contrário de Sixers e Mavs, não tem nenhum armador que concentre todo o jogo em si (Na verdade, sequer temos um armador titular, até o momento).

Nossos dois principais atletas não iniciam jogadas e carecem de alguém que faça isso com qualidade por eles, o que traz à tona novamente o fundamento do qual Richardson se viu impedido de executar nos últimos anos.

Vamos lembrar que Fournier foi contratado exatamente para ajudar nas criações de jogadas, e a chegada de Josh significa um aumento imediato de qualidade nesse fundamento.

Seu arremesso de longa distância teve uma eficiência de 36% ao longo da sua carreira, o que não é espetacular, mas podemos dizer que é bom, enquanto sua defesa é versátil e bastante acima da média, podendo defender armadores e alas com a mesma eficiência.

Isso significa que Smart ou Fournier estão nos deixando?

Olha, só Deus pode saber o que se passa na cabeça de Stevens nesse momento, mas alguns sinais ficaram bem claros em relação a todas as trocas realizadas até o momento.

Dunn, Fernando e Richardson são todos contratos expirantes, o que deixa claro que Stevens não quer comprometer a folha salarial na temporada 2022-23, que é vista como uma das melhores agências livres dos últimos anos.

Se eu fosse apostar, diria que a meta de Stevens é buscar um jogador de elite na próxima agência livre e, se esse for realmente o caso, tanto Smart quanto Fournier podem estar com seus dias contados.

Smart estará nessa temporada em seu último ano de contrato e segundo informações veiculadas nos jornais norte-americanos, vem despertando interesse de muitas equipes.

Isso significa que o valor pedido em um novo contrato pode estar acima do que o Celtics estará disposto a pagar, o que geraria a necessidade de trocar o atleta agora, para não o perder de graça ao fim da temporada.

Richardson, portanto, assumiria o papel de Smart na equipe, algo que eu julgo que ele possa fazer com tranquilidade.

Já Fournier, vem se valorizando muito com seu desempenho nas olimpíadas.

Muitos jornais especulam que, com a cirurgia de Leonard, que praticamente sacramenta sua permanência em LA, Fournier vem se tornando a segunda principal opção na agência livre para equipes que necessitam de um ala, estando atrás apenas de DeMar DeRozan.

Especula-se, inclusive, que o Knicks poderia oferecer um salário superior a 20 milhões a Fournier, o que talvez esteja acima do que o Celtics pretende oferecer pela renovação.

Richardson então seria uma apólice de seguro para caso o Celtics não consiga renovar com o francês.

Existe uma outra possibilidade além das levantadas?

Sim, existe, e se for o caso, devemos ficar sabendo sobre o seu desfecho logo nos próximos dias, visto a velocidade com que Stevens está realizando as alterações no elenco.

Nos últimos dias, muito tem se noticiado sobre o interesse do Celtics em Lonzo Ball, Beal, John Collins, e vários outros nomes dos quais sempre o nome de Smart teria de ser envolvido para que o salário fosse batido.

Isso acontece porque a equipe de Boston tem uma folha salarial um pouco desequilibrada com alguns poucos atletas ganhando muito e outros diversos ganhando muito pouco. Smart com seu salário de 14 milhões é o único com ganhos em um patamar médio, que possibilitaria várias das trocas sugeridas.

Bom, pelo menos era, pois não é mais.

A aquisição de Richardson, Dunn e Fernando deu ao Celtics a oportunidade de montar um pacote de 18,3 milhões em uma troca.

Sendo assim, todos os atletas adquiridos nessa sexta podem acabar por nem jogar em Boston, sendo apenas peças de um movimento ainda não finalizado.

E vocês, o que acharam da aquisição de Richardson? Acham que ele pode ajudar o Celtics, ou prefeririam que ele fosse colocado em algum pacote de trocas?

Deixe sua opinião nos comentários.

Author avatar
Daniel Emiliano
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics. Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

40 comentários

  1. Bruno Araujo

    Gostei muito da chegada dele. Em Dallas, ele não teve oportunidade de aparecer para o jogo e parece que o clima lá não estava muito bom, a saída do técnico e a tentativa de trocar o Porzings mostram isso. Aqui ele terá mais oportunidades de jogar, já que o elenco ainda é muito limitado. Mesmo que ele não tenha tanta oportunidade ofensiva, defesa sempre é bem-vinda.

  2. Fernando Henrique

    Parece que o Moses Brown foi mesmo pra Dallas nessa troca!

    Mas respondendo a pergunta, acredito que sim, tudo isso pode fazer parte de uma movimentação maior. Os 18M citados na matéria podem ser suficientes pra trazer o Lonzo, que pessoalmente acredito que possa mudar o nosso time de patamar. Essa semana vai ser movimentada!

  3. Marcos

    Mas e o banco?
    Vamos ter Ojeleye e Gordo Williams de novo?

    Eu não sei se o Brad consegue jogar de PG, talvez nesse caso.
    Preferiria manter Dunn, Josh e Smart do que trocar tudo por um Lonzo Ball medíocre da vida.

    Olho nos FAs que jogam na 4 e esquece Fournier pequenino.

    Abs verdes,

    • Marcos

      *Beal de PG.
      Mas improvisação nunca funciona.

      Abs verdes

    • L.Gabriel

      Acredito muito em uma sign trade de founier + smart por algo grande, tj maconel + miles turner seria perfeito, não compromete o cap para a próxima temporada, vem um pivo e armador promissor, além de fazer muito sentido pro time do pacers…
      O beal é um jogador muito intenso, mas nao consigo ver o encaixe dele no time com brown e tatum. Preferiria o lilard ou ainda liberaria espaço e tentaria o curry na próxima F.A.
      Outro fato que devido o contrato do horford, não faz sentido brigar por um final essa temporada, ou seja, ou ele é colocado em alguma trade ou todas as fichas são apostadas na temporada 22-23.
      Já gostava do Richardson desde o heat a achava um bom role player.
      Kris dunn pode vingar ainda, bom foi uma pick #6.
      Até mesmo Jabari Parker pode se desenvolver, de nada duvido ele sendo um MIP da temporada.
      Enfim, vejo 2 opções nessa temporada.
      Trade envolvendo Smart AH e Sg&T founier e vamos brigar lá em cima
      Desenvolvemos nossa base e nos preparamos para a f.a 22.

      Por fim, imensamente feliz de poder discutir aqui denovo no blog, tive o prazer de conhecer o Daniel no evento em SP 2019, todo sucesso para ti…

  4. Queria Moses no time, achava bom prospecto e Williams vive machucado… pena sair!

    Acho os movimentos muito bons, seja por criar por volta de 18M nesses 3 atletas, seja por separar Richardson como alternativa pra Smart ou Fournier ou os dois!! Isso mesmo, tentaria manter Fournier pra futura trade ou negociaria uma sign and trade… porque não?!

    O ponto é que manteria Richardson e focaria numa troca maior pra ter um jogador que eleve o time já nessa temporada e dê tempo de pensar noutra FA! Dá pra ter Smart, picks, Dunn, Langford ou Nesmith num pacote muito bom e suficiente pra um Beal que certamente sairá do Wizards!

    Assim teríamos:
    Pg, Beal, Brown, Tatum e Horford.
    Pritchard, Richardson, Langford ou Nesmith, Williams… faltando mais uns 2 veteranos por pouco salário. (Opção mais forte e acho desequilibrada)

    Ou, o que eu faria em duas hipóteses:
    1- trabalharia pra ter PG estilo Lonzo, apesar de não ver time com cara de campeão com ele, mas daria pra manter o time melhor que na última temporada… mas sem chances de título. Até Brodgon, porque não?

    2- trade Brown por Lillard e trabalharia pra adicionar Collins envolvendo Smart entre outros numa sign and trade caso Collins queira sair. (Prefiro opção de ter Collins e Lillard).

    Obs: pressão de Tatum em relação ao Beal fará diferença, problema é que ele só, não resolve problema na armação. Já perder Brown, mas adicionar Lillard e ao invés da troca por Beal ter Collins seria fantástico e mais barato.

  5. Felipe

    Se os Celtics fizer esse pacote (smart, picks, Dunn, Langford ou Nesmith) e adicionar o Beal, poderiam tentar uma trocar pelo Sharife Cooper que provavelmente sairia barato.

  6. Celso Cachali Jr

    Preciso repetir…. o quão estou feliz por termos um site de nivel altissimo. As analises estão excelentes.
    Desta troca só não gostei pq enviamos o Moses Brown. Mas Josh pode ser um jogador importante para nós… Stevens esta com sangue nos olhos…. isso é bom.

  7. Fernando Silva

    A perda de Moses não me soa estranha, embora não agrade, claro.

    O setor, na cabeça de Stevens, estava repleto de opções, o que não é exatamente correto pois já negociamos TT, AH vai produzir mas não sabemos quantos minutos serão consistentes, e, RobWill tem seus problemas físicos.

    No momento temos os dois atletas que podem ocupar a posição. Um veterano e um jovem com problemas físicos.

    Por enquanto a posição 1 da formação inicial seria ocupada por Dunn. Talvez com Smart e Richardson em ocasiões específicas.

    Smart e AH podem ser parte de um novo movimento. Talvez inclua

  8. Fernando Silva

    Talvez inclua outro jogador.

    Pode ser.

    Mas identifico em Dunn, Smart, Brown, Tatum e RobWill uma equipe muito forte.

    A formação inicial briga.

    Mas e o banco?

    Temos Richardson que pode assumir as posições 1, 2 e 3 ocupando o posto daquele 6° homem de minutagem elevada.

    AH, a depender do físico, joga de titular ou supre lacuna na 4 e na 5.

    Ainda precisamos de mais um jogador para este banco, pelo menos.

    Ou Stevens acredita na evolução de alguém.

    Payton vai ter seus minutos, Langford idem.

    No mais, raspa da raspa.

    Por mim, um pote de amendoim sem amendoim por Semi e Grant.

    A paciência já deu com players que se limitam a defender e fazer faltas. Fossem elite de defesa vá lá. Mas não é exatamente o caso.

  9. Marcos

    Acho que a única coisa atrapalhando o Smart de ser o armador titular hj são esses rumores de ele querer forçar renovação por salário de Curry.

    Gostei das aquisições, reforçaram o banco.
    Falta o treinador de bigs e ver a identidade que o Udoka quer (precisa resgatar a essência defensiva e fronteira celta).

    Eu gostaria de mais chances para o Jabari Parker que foi bem decente contra o Nets e tem buscado o arremesso de fora.
    Mas devemos focar em buscar um PF nessa FA a todo custo.

    Pra fechar, dispensar os jogadores de beisebol que nem falta sabem fazer (não atléticos, sempre levam and one) e trazer o Thomas pelo mínimo.

    Abs verdes,

  10. R2

    Bem é oficial, não teremos nem Fournier, nem Lonzo, nem Jeff Green, nem Devonte Graham que já assinaram com outras franquias.
    Eu particularmente ainda espero a chegada de alguém, um prêmio de consolação seria a vinda do Mills… e um jogador para a 4 que entregue defesa.
    Li muitos torcedores especulando Olinyk, mas o cara espera ganhar 20mi/ano, não acho que seria interessante… a não ser que saia por no máximo 12mi/ano.

  11. Marcos Pastich

    Se conseguirmos trazer Olinyk e Avery Bradley de volta com contratos de 1 ano, acho que já teremos uma segunda unidade muito forte. Por onde anda Rondo?

    • R2

      Olinyk não rolou, Bradley ainda não tem definição, sobrando agora: Mills, Bradley, M. Monk e Collins ainda não há nada oficial sobre ele, mas não acho que seja alvo do celtics.

    • Marcos

      Bate na Madeira 500 vezes.
      Boneco de posto (KO) e Smart piorado, nanico e fominha (AB).

      É time de basquete.
      Precisamos de atletas.
      Urgência na posição de PF.

      Abs verdes

      • Marcos Pastich

        Pois é xará… infelizmente Michael Jordan e Larry Bird já se aposentaram. A sua seleção não vai mais ser possível. Então temos que ver quais as possibilidades reais e não imaginárias!

        • Marcos

          Claro, mas muito ajuda quem não atrapalha.
          KO e AB é igual a queimar dinheiro e minutos.
          O KO, particularmente, eu não traria nem pro meu time do NBB.

          Melhor deixar os garotos jogarem no lugar desses dois aí.

          Falta um PF. Mt jogador europeu querendo vir e a galera da G-League.
          Cadê os olheiros do Celtics para buscar o novo Theis, etc?
          A posição está carentissíma tem três anos!

          Abs verdes

      • Marcos Pastich

        Esse ano não teremos grandes expectativas. Estamos num processo de reformulação para o ano que vem. Infelizmente não somos o Lakers, onde todo mundo aceita jogar de graça. Temos que trabalhar muito ora montar um time competitivo. Pelo visto, via free agency não vai chegar ninguém relevante esse ano. Só jogadores pra compor no máximo o terceiro time e olhe lá.

  12. Claudio Almeida

    Alguém sabe informar se a troca TT por Kriss Dunn ocorreu???

  13. R2

    Ainda acredito que o celtics pode tentar alguma movimentação com o pacers, talvez mandando Smart e um dos garotos, mas acho improvável… pelo que tudo indica, nosso time será esse que está posto aí.

  14. Fernando Henrique

    Ainda acredito que possa chegar o Patty Mills, ou que a troca do TT (que ainda não foi fechada e os times estão explorando maneiras de expandir o negócio) possa gerar um armador levemente melhor do que o Kris Dunn. Gosto do time, mesmo que não tenha nível pra brigar por título como favorito. Quem sabe não tem uma evolução boa de Langford e Nesmith, seria ótimo pra equipe

  15. R2

    Paul Milsap ainda está na pista, mesmo improvável, ele e Mills trariam uma profundidade muito bacana ao time!

  16. Se Orlando, Rockets e OKC fizeram bom draft,
    o Bulls foi o time que saiu maior nessa FA!! Adicionar DeRozan e Lonzo num elenco com LaVine e Vucevic deixa o time do Bulls tão bom quanto o nosso mesmo que não tenham um Tatum!
    Celtics precisava adicionar um armador pra titular e um PF/C que contribua no quinteto ou vindo do banco, tive esperança em vão no Dinwiddie… agora é paciência!! Um armador decente põe esse time numa semifinal.

  17. R2

    Knicks fechou com Kemba, NY, Bull e Lakers se reforçaram muito bem nessa FA. Nets trouxe algumas peças, mas perder jeff green não foi legal para eles.
    Quanto ao celtics ainda estou na expectativa de ver algo acontecer, mas com o cerco fechando tenho a impressão de que o time será esse. Para mim Com o saldão do Pacers eles deveria ser o nosso alvo!

  18. Heitor

    Kanter de volta.
    Gosto dele, sempre trás seus pontos.

  19. Fernando Silva

    Dunn, Smart, Brown, Tatum e RobWill

    Payton, Richardson, Jabari, AH, Kanter

    Boa equipe.

    Eu tentaria mexer algumas peças para equilibrar as formações.

    Payton, Smart, Brown, Tatum e AH

    Dunn, Richardson, Richardson, Jabari e Kanter.

    O resto garbage time.

    Se este time resolver brigar e quiser defender…

    Lembremo-nos que não há nenhum bicho papão no leste (os Nets?).

    O que está equipe deve ao atual campeão?

    • Este Celtics não deve nada aos Bucks, mas é inferior! Equilibramos garrafão com Horford, temos Tatum que é o cara do time, mas se comparar a Giannis, Holiday e Chris… estamos atrás! Taj sair, pra mim, enfraquece os Bucks, mas o time ainda sim é melhor que o nosso… Brown não é suficiente pra ajudar Tatum.

      Falta um bom armador, se tivéssemos um com estilo e números do Kemba, por ter adicionado Horford, Kanter e Richardson, teríamos time pra bater de frente com qualquer outro… mas hoje não temos!!

      Eu faria um combo com picks, Smart, Grant e Langford ou Nesmith pra tentar um armador nota 7… caso contrário será um ano sem muita ambição e outro ano perdido com Tatum.

  20. Fernando Silva

    Langford vai ter seus minutinhos na 3, mas acho que nas partidas que interessam Richardson assume a 2 e a 3 do bench.

  21. Claudio Almeida

    Acho que Richardson e Smart ficarão responsáveis pela armação e torcer para o israelense traga esperança e se transforme no maior roubo na história do celtics de segundo turno

  22. Celtics trazendo Schroeder pela exception… hummm… melhor que nada… 1+1 player option… vejamos se isso confirmará.

    Se não for s&t envolvendo Smart, ok… dá pra fazer um combo com Smart por outro!

    Schroeder pela condições do parágrafo 1, compensaria!

  23. Oberdan Gonzalez

    Estou lendo por aí que é Schroeder pelo Smart!!! Daí não! Melhor perder o Smart de graça no final do ano.
    Tô errado?

    • Celtics não querem S&T envolvendo Smart, na verdade tentam extensão de 4 anos por 17M ou algo maior envolvendo Hawks e Kings juntos!
      Surgiu o rumor sim de S&T, mas só rumor… Celtics não tem interesse e com razão!

      Schroeder tem interesse de muito dinheiro ou contrato longo, já Celtics quer algo curto! Mas interesse de negócio é mútuo!

  24. Marcos Pastich

    Eu não faria mais nenhuma movimentação grande essa temporada. Traria apenas peças para compor elenco. E no meio da temporada, tentaria a troca de Smart + Horford + algumas picks por Beal! Fazendo isso, Ainda teríamos CAP limpo para trazer maia um All Star ou 3 peças de valor próximo á 15M pra termos profundidade no elenco! Já pensou se conseguimos um Lillard? Com Tatum, Brown e Beal, É uma possibilidade… Não sei como ficaria esse encaixe. Acho que eu optaria por uma profundidade maior no elenco.

  25. phabio santos passos

    POXA ESSE PESSOAL DO CELTICS PRECISAM TER AULAS DE GESTAO E DE ORGANIZAÇAO COM OS PATRIOTS E BOSTON RED COX,TODA CONTRATAÇAO E NEGOCIAÇAO CO NOS E UMA NOVELA E UMA TRAMA MEXICANA, EXEMPPLO DEIXARAM UM TPE VENCER,QUANDO FOI FAZER NEGOCIOS COM HANKS E KINS ESTA TRAVADA, O JOGADOR QUE VINHA PARA NEM PODE NEM VIM POR ISSO,
    E NESSA TEMPORADA VAMOS TER VER O EDWARDS E GRANT JOGANDO NO CELTICS, USAMOS NOSSAS EQUPE PARA TRAZER ISSSO, NAO SABEMOS DFRATAR MESMO….
    ATE QUANDO VAI SER ESSA NOVELA MEXICANA…

  26. Daniel

    Poxa o Celtics está esperando o que , tem um armador louco para trocar de equipe e uma equipe louca para se desfazer dele , vai atrás do Ben Simmons , um excelente armador , seria um encaixe excelente com o Tatum e Brown , oferece o Smart + 2 garotos + pick de 1° rodada , com o Simmons a equipe se eleva ao nível de Bucks e Nets e ainda na final damos uma surra na velharada do Lakers , acorda Stevens

    • Fernando Silva

      O problema do Simmons é sentir o peso dos offs,.o que já ocorrer em Phyla.

      Imagine jogando com a camisa mais vencedora do planeta?

      Ok. Grande jogador, eu faria tal proposta (não vi salários, etc).

      Porém de imediato começaria a trabalhar a cabeça dele para render nos grandes jogos.

  27. Fernando Silva

    Parece que Smart vai prolongar seu vínculo.

    Assim, ao alemão caberá ceder e ter um ano de trabalho para apostar em si mesmo na próxima off season, ou, tirar um ano sabático.

  28. phabio santos passos

    OLA, QUE BOM A NOVELA DA TROCA THOMPSOM ACABOU,
    ESPERANDO SE O AGENTE SMART ACEITA A PROPOSTA, SE ELES NAO ACEITA?? E COMO FICA??/
    E ESPERANDO DECISAO SHOREDOER SE ACEITA PROPOSTA DO CELTICS
    E SERA QUE A CONSEGUIMOS TROCA EDWARDS E GRANT WILLIAWS E TPE DE THEIS ANTES PECA O PRAZO PRA TRAZER MAIS ALGUEM…

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *