Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Semifinais do Leste – Toronto Raptors (2-2) x Boston Celtics (2-2)

Pressionado após duas derrotas consecutivas nas semifinais da Conferência Leste da temporada 2019/2020 da NBA, o Boston Celtics entra em quadra para o quinto jogo da série contra o Toronto Raptors na noite desta segunda-feira (7), a partir das 19h30 (horário de Brasília), no HP Field House, no Walt Disney World Resort. Para o time verde e branco de Massachusetts, é praticamente um duelo de vida ou morte: uma vitória recoloca a equipe celta em vantagem na série e encaminha a classificação para a terceira final do Leste em cinco anos, mas um novo tropeço diante da franquia canadense coloca a franquia de Boston em uma situação delicada na competição. O quinto jogo entre Raptors e Celtics terá transmissão ao vivo da ESPN para todo o Brasil.

Depois de um início de altíssimo nível nos playoffs, com uma “varrida” no primeiro round contra o Philadelphia 76ers e duas vitórias seguidas diante do Toronto Raptors, o Boston Celtics ganhou confiança e passou a sonhar acordado com a final da Conferência Leste, mas a derrota para o Raptors no terceiro duelo, com direito a um arremesso decisivo de OG Anunoby a 0.5 segundo do fim, minou o otimismo da equipe celta, que visivelmente sentiu a pressão psicológica e, desconcentrada, sofreu mais uma derrota para a franquia canadense no Jogo 4. Agora, o Celtics tenta juntar os cacos e se reorganizar, mentalmente e taticamente, para recuperar a vantagem nas semifinais e mostrar que ainda tem força para brigar pelo título da NBA.

Mesmo depois de dois tropeços, o técnico Brad Stevens não sinalizou mudanças radicais no quinteto titular do Boston Celtics, que deve continuar com o combo guard Marcus Smart na vaga do ala Gordon Hayward, ainda em recuperação de uma entorse no tornozelo direito. Na rotação, o time verde e branco de Massachusetts não poderá contar com o ala Javonte Green, que foi submetido a uma cirurgia no joelho direito, e o pivô francês Vincent Poirier, liberado para deixar a bolha da NBA e acompanhar o nascimento do filho.

Enquanto o Boston Celtics vive uma pressão gigantesca e tenta encontrar respostas, o Toronto Raptors está com a moral elevada e disposto a continuar escrevendo a sua bela história nos playoffs. Atual campeão da NBA, o Raptors ganhou vida nova com a improvável vitória no terceiro jogo diante do Celtics e quer confirmar uma classificação histórica para manter vivo o sonho do bicampeonato da NBA. Para vencer mais uma vez, Toronto não aposta apenas no equilíbrio mental, mas também na experiência de seu elenco.

Para o quinto jogo das semifinais, o técnico Nick Nurse deve manter o Toronto Raptors com o quinteto titular dos últimos duelos e apostar mais uma vez em um longo tempo de quadra dos destaques Kyle Lowry, Fred VanVleet e Pascal Siakam. Na rotação, apenas Norman Powell e Serge Ibaka, que entrou bem nos últimos confrontos, devem ganhar minutos significativos. A única baixa do Raptors é o ala-armador Patrick McCaw, que se recupera de lesão no joelho esquerdo.

FICHA TÉCNICA

Local: HP Field House (Walt Disney World Resort, Lake Buena Vista, FL)

Horário (de Brasília): 19h30

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

TORONTO RAPTORS: Kyle Lowry, Fred VanVleet, OG Anunoby, Pascal Siakam e Marc Gasol. Treinador: Nick Nurse

BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Marcus Smart, Jaylen Brown, Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

31 comentários

  1. L.Gabriel

    Vantagem que hoje o jogo eh transmitido na ESPN, são mais imparciais.
    Pessoal fica azarando o celtics parece. “Toronto tem que acertar essas bolas.” “Siakam tem que entrar na série.”
    Mais alguém nota isso, ou estou cético por torcer?
    Hahahaha

    ESPN, hoje tô confiante na Vitória

  2. Marcos

    50% hj é emocional.

    Abs verdes

  3. Vitor

    Até agora um excelente primeiro quarto, principalmente na defesa. Não estão deixando eles chutarem livre e boa marcação.
    Os erros são que o Grant Williams tá sendo inútil ofensivamente e tá comprometendo na defesa. Robert W. tem dificuldade de marcar no perímetro e o Ibaka tá aproveitando isso. Boa partida do Theis, Smart e do Wana. Normalmente o Celtics vai bem no primeiro tempo, meu medo é esse terceiro quarto…

  4. tomas parolin

    Jaylen mostrou personalidade hoje, veio pro jogo.wanamaker tem jogado bem essa série, boas decisões. Hoje pelo jeito já tá resolvido, agora é encerrar no jogo 6.

  5. Lucas Soares Jardim

    Ficou claro que somos muito mais time que o Raptors, ganharam uma vez com uma jogada que dá certo 1 de 10 e na outra que foi um dos piores jogos ofensivos do nosso time na temporada.

    Se a defesa estiver focada e o ataque jogar razoavelmente bem, fechamos na quarta.

  6. Marcos

    Ufa, confesso que estava com medo.
    Agora é evitar o jogo 7.
    Manter emocional equilibrado, não sei se time está pronto para um jogo 7.

    Abs verdes,

    • Marco Antônio de Paula

      Isso é muito importante mesmo. Manter o foco e a defesa. Nosso time tecnicamente é melhor. Os Raptors não tem jogadores diferenciados. Com marcação forte, eles não conseguem jogar e nosso jogo ofensivo flui melhor

  7. Marco Antônio de Paula

    Excelente jogo defensivo dos Celtics. Atropelamos os dinos. Time focado em quadra, muita intensidade, brigando por todas as bolas. Como havia falado antes. Técnicamente nosso time é melhor. Precisava de um melhor esquema tático. No momento que acertamos nossa defesa, eles não viram a cor da bola.

    Brown muito bem hoje, se redimindo do ultimo jogo ruin. Kemba tambem jogou bem. Tatum mesmo marcado contribuiu, mas pode contribuir mais. Smart o Leão de sempre. Theis um gladiador no garrafão. Até Wanamaker jogou bem hoje.

    Fazendo alguns ajustes, podemos definir a série já no próximo jogo. Tem que entrar com a mesma vontade e defender bem. O Time deles é muito dependente do Lowry. SE conseguirmos limitar esse cara , estaremos muito próximo da vitória.

    Agora é partir pra cima no proximo jogo, e conseguir fechar a série

  8. Agnello Castilho

    Queria entender como um técnico tão incompetente,segundo alguns aqui,armou este Time que aniquilou o Raptors e ganhou de forma tão incontestável este jogo 5 e como um gerente tão ruim como o Ainge montou este time só com drafts que pode chegar a final de Conferência e pode ir à final?

    • Marco Antônio de Paula

      Stevens é um Técnico focado em defesa. E nisso ele é bom. Realmente nossa defesa aniquilou os Raptors nesse jogo. Mas não podemos ainda cantar vitória antes do tempo. Ainda temos mais um jogo pela frente. Quanto aos Raptors, eu sempre disse aqui que nosso time era mais forte. Time de Toronto tem bons jogadores e é muito bem treinado, mas não tem nenhum jogador diferencial. Nós temos.

      Então o Celtics vencer o Toronto é muito bom mas não é nada de outro mundo. È o atual campeão? Sim, Mas Kawhi faz muita falta nesse time. Seria Campeão da Temporada passada sem o Kawhi? Com certeza não. Seria Campeão contra um GSW completo e sem contusões? Acho muito difícil. Trata-se de um bom time? Sim. Mas o Celtic tem mais talentos.

      Quanto ao Ainge. O Grande Feito dele foi ter draftado Brown e Tatum. O Ultimo Draft dele foi horrivel. Chegar até a final da Conferência com esse time não é nada de assombroso. Ganhar a Conferência sim, será um grande feito, pois eu acho que o Heat tem um time melhor que o nosso e tem um grande técnico .

      Quero ser campeão? Com certeza .Mas já vou Aplaudir esse time sendo campeão da conferência, o que ainda não aconteceu com o Stevens, mesmo em outras temporadas quando o lado leste estava mais fraco.

      • Rafael Hitlodeu

        O Grande Feito de Ainge foi ter draftado Brown e Tatum?
        Como Kemba Walker veio parar nesse time?
        O Draft desse ano foi ruim? O que falar de Grant Williams? Um calouro que tem potencial defensivo suficiente para ter uma média de 10 minutos por jogo em playoff, podendo marcar todas as posições, draftado na 22ª posição e mostrando uma leve evolução nos arremessos de três pontos durante o ano.
        Stevens o péssimo treinador que só sabe montar defesa, mas consegue deixar Wanamaker por 28 min em quadra sem comprometer em nada. Não precisou deixar nenhum dos titulares por 40 min em quadra, como muitos aqui acham que é a solução. E ainda deixou Nick Nurse, um ótimo treinador, totalmente sem resposta nesse jogo 5, fora que fomos melhores em todos os jogos exceto no quarto, que, de fato, Toronto foi melhor. Perdemos o jogo 3 por detalhe, não por erro do Stevens e, sim, do Theis, que falhou em deixar sua zona para acompanhar o Van Vleet, mas isso não diminui o grande jogador que se tornou.
        E fando em Theis, o que dizer? Qual grande GM da liga foi capaz de ver em um jogador europeu a possibilidade de evolução que tinha o EspeTheiscular? A grande sacada de Ainge e Stevens é justamente o Theis, enquanto muitos acreditavam que tínhamos que trazer um novo pivô, nossa comissão sabia que a solução já estava em Boston, um pivô com velocidade lateral suficiente para ser capaz de marcar, também, o perímetro. Como é possível acompanhar nesse vídeo: https://youtu.be/5UeetJNDntA?t=1691

        Temos um baita time, um ótimo treinador e grandes chances de chegar às finais e levar o caneco. Eu confio no elenco e no Stevens pra isso. Spoelstra é um grante treinador, quiçá o maior da liga, mas nosso time é melhor que o do Heat, e nosso treinador melhor que Mike Budenholzer, que mostrou, mais uma vez, que não consegue ajustar um time em playoffs, coisa que Brad Stevens já se provou capaz.

        Bom é isso, tem muita gente que reclama de barriga cheia e tá sempre achando que a grama do vizinho é mais verde, mas verde somos nozes.

    • Teobaldo

      Que loucura é essa Agnello Castilho? Frequento esse blog desde os primórdio e, como testemunha ocular, posso jurar que nunca li, vi ou ouvi nenhuma crítica ao Stevens nesse espaço! Go, Celtics!!!

    • Marcos Pastich

      Penso a mesma coisa!

  9. Cássio Varjão

    No penúltimo post, quando a série ficou empatada, tivemos 33 comentários. Alguns deles dizendo que perdemos a série. Hoje uma vitória equilibrada, com o espírito celta, grande atuação na defesa e pontuação bem distribuída, só tivemos até agora 12 comentários.
    Importante deixar claro que somos torcedores e gostaríamos de ganhar todos os jogos, mas os caras são profissionais. A instituição Celtics, dá prejuízo ? Não ! O que foi planejado para a temporada foi alcançado ? Sim ! Mas parece que alguns frequentadores do site ou não entendem isso ou fizeram algum investimento na franquia e estão tendo prejuízos.
    Amigos, quem já circulou por aqueles corredores do Boston Garden, hoje TD Garden, sabe o tamanho do fanatismo do torcedor celta. A cobrança é pesada, mas nada de invasão de CT ou de pichações, isso é coisa nossa.

  10. Marcos Pastich

    É como eu disse em comentário anterior! Ainda acredito num Celtics em 4×2! Só fico um pouco triste em ver que na derrota temos mais de 30 comentários enquanto na vitória não chegamos em 20… precisamos nós todos fazermos uma autocrítica indicidual pra entender porque há tanto ódio na internet de maneira geral! Tenho certeza que aqui somos todos torcedores do Celtics e, cada um à sua maneira, queremos o melhor para a franquia.

    • drakes

      Não vou dizer que acreditava que o celtics tinha chances de chegar as finais, mas está a um passo, como torcedor estou contente, ontem foi um jogo de defesas, raptors quando Fred VanVleet tomou a terceira, boston encontrou uma fraqueza e puniu, agora é torcer que algum detalhe nos ajude e depoi teremoos uma serie contra heat.

      • Marco Antônio de Paula

        Eu acho que nossa vitória não se deu em razão de um fato isolado. Acho que o celtics jogou bem. Van Fleet pendurado ajudou? sim. Mas acho que o time fez uma excelente defesa e nenhum jogador dos Raptors conseguiu sobressair. Acho que um dos pontos chaves desse jogo, foi ter limitado o Lowry. Lowry é o diferencial do time deles.

  11. R2

    gostei demais do jogo do Kemba e do Brown, Tatum tem sido sufocado e ainda não achou caminhos para pontuar com maior assertividade, mas mesmo assim continua deixando seus quase 20 pts o que é maravilhoso, principalmente por liberar os companheiros.
    Tenho gostado do RW III e do Wanamaker nessa série (nunca pensei em falar bem desse cara), tem colaborado de forma regular.
    Queria ver o Kanter com alguns minutos, até pq nossos novatos Grant W. e Romeo ainda estão com medo do jogo e acabam sendo nulos no ataque… espero que evoluam para a próxima temporada.

    No fim das contas, foi um jogo de defesa, muito forte e nos impusemos como em poucos momentos na temporada… se jogarmos assim e com a volta de GH, acho que tempos chance de jogar de igual para igual com o Heats.

    • Marco Antônio de Paula

      Concordo com quase tudo que o amigo falou. Belas observações. Mas não quero o Kanter não. Kanter não consegue defender. E tudo que os Raptors desejam nesse momento é uma brecha em nossa defesa. A chave da vitória está na nossa defesa. Raptors não consegue evoluir contra defesas bem postadas

  12. Marcelo Gouveia

    No jogo dessa série, Tatum foi muito eficiente na marcação ao Lowry. No jogo 4, os bloqueios do Gasol ajudaram o Lowry a ter matchups mais favoráveis. Até aqui, nessa série, foi um grandes momentos dos Raptors, em termos ofensivos. Num jogo 6, com as costas contra a parede, Nurse vai recorrer ao que deu certo.

    No jogo, o próprio Kemba taxou de inaceitável sua performance, de 9 arremessos em todo o jogo. Felizmente, ele e Brown tiveram já no jogo 5 uma atuação de devolver a confiança.

    Achei Brown muito focado já nas entrevistas pós-jogo. E com pés no chão.

    Foco. Confiança. Pés no chão.

  13. Marcelo Gouveia

    * corrigindo o início…

    ” no 1o jogo dessa série…”

  14. Marcos Pastich

    Quem vocês preferiam encontrar na final da conferência? Miami (beeem mais provável) ou o Bucks? Eu não sou um especialista, mas acho que o Miami é mais casca grossa e mais difícil pro nosso encaixe… nem falo pelos jogos contra os Bucks mas por tudo que eles tem feito nessa retomada…

    • Marcos

      Deu Heat. Melhor matchup para nós.
      Serão dois times defensivos, vai ser uma segunda série contra um Toronto melhorado.

      Spo aprendeu mt com os canecos e com Pat Riley.
      Miami tem melhor sistema (papéis e minutos claros – titulares e banco), porém temos os melhores jogadores.
      Olho em Jimmy e Iguodala que podem marcar Brown e Tatum de igual para igual (diferente dos pequenos de Toronto).

      Mas, primeiro precisamos ganhar amanhã.

      Abs verdes

    • Marcos Pastich

      Ainda bem que a maioria prefere o Heat mesmo… então foi melhor pra gente. Agora é fazer a nossa parte e ver no que vai dar… simbora!

  15. r2

    Eu ainda prefiro o heat, pois sofremos muito contra o garrafão do Bucks por conta do grego…acabamos dando espaço no perímetro e deixamos o outro all star brilhar

    • Marcelo Gouveia

      Penso como o r2.

      E vejo também muito mérito do Heat em fazer a final de conferência esse ano.

    • Fernando Silva

      Sobre a série contra os Raptors:

      1. Ainda não acabou.

      2. Precisamos manter o foco e não ficar pensando no Heat

      3. Sinto que ganhamos bem os jogos 1 e 2, principalmente o 1 e, por isso, relaxamos um pouco no jogo 3.

      4. Por isso demos munição ao adversário que nos venceu no jogo 4.

      5. Voltamos ao foco e seriedade e demonstramos assim a superioridade da equipe.

      6. Se bobearmos novamente, o que duvido que ocorra, podemos levar a série ao jogo 7 (espero que não).

      7. Amanhã temos que entrar dispostos a encerrar a série e depois pensamos no Heat.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.