Draft 2017 – Markelle Fultz

Atleta mais badalado da classe do 2017 NBA Draft, Markelle Fultz possui um jogo tão completo e desenvolvido que impressiona para alguém de apenas 19 anos. Com potencial para tornar-se uma superestrela da liga no futuro e já podendo auxiliar a equipe que selecioná-lo imediatamente, Fultz é o grande sonho de inúmeras franquias da NBA, tornando a primeira escolha do próximo recrutamento alvo de cobiça de todas elas. Confira a análise detalhada da jovem estrela de Washington Huskies.

 

Leia mais

Mock Draft 2017 Celtics Brasil 2.0

Markelle Fultz não esconde de ninguém: ele quer ser um celta

Boston Celtics e Markelle Fultz selam data oficial para entrevista

Em entrevista à rádio americana, Jaylen Brown fala sobre Markelle Fultz

Comida grátis pelo resto da vida? Fultz e Ainge só precisam cumprir uma condição

Informações do atleta

PosiçãoArmador/Ala-Armador (PG/SG)
Experiência19 Anos | Freshman (1 ano universitário)
Altura1,93 m (6’4″)
Envergadura2,08 m (6’9.75″)
Peso88 kg (195 lbs)

Prós

Atributos físico-atléticos: Markelle Fultz é um atleta privilegiado no aspecto físico. Dotado de impressionantes envergadura (2,08m), velocidade e atleticismo, Fultz é praticamente imparável quando parte em direção à cesta. Até por isso, é muitas vezes comparado ao candidato à MVP da última temporada da NBA, Russell Westbrook. Fultz também possui mãos grandes e fortes e pés firmes e ágeis, o que lhe garantem bastante segurança para agarrar e conduzir a bola e agilidade para infiltrar no garrafão, principalmente por conta de seu primeiro passo longilíneo.

Força: Fultz apresenta bastante tenacidade nos enfrentamentos corporais, surpreendente para alguém com sua altura e peso. Com sua força e ótimo controle do corpo, Fultz consegue jogar também dentro do garrafão adversário, podendo executar várias jogadas de costas para a cesta. Sua altura e envergadura também o ajudam nestas situações de low post, principalmente quando marcado pelo armador adversário. Além disso, Fultz consegue absorver muito bem o contato de seu marcador quando parte em direção à cesta, tornando-o um ótimo finalizador de jogadas próximas ao aro.

Arsenal ofensivo: Fultz é um jogador praticamente completo do ponto de vista ofensivo e técnico. A qualidade de seu jogo ofensivo e sua técnica são tão desenvolvidas que fazem inveja em muitos jogadores profissionais. Fultz é um scorer nato, do tipo que faz de tudo para colocar pontos no placar de sua equipe. E ele o faz de maneira bastante inteligente e instintiva, sem forçar muitas jogadas, fazendo leituras da defesa adversária e envolvendo seus companheiros da maneira correta. Ele usa muito bem os bloqueios de seus companheiros, em situações de pick-and-roll, para se aproveitar de matchups mais lentos e conseguir cestas mais fáceis, tanto em infiltrações quanto em arremessos.

Criação de jogadas: Seu grande entendimento do jogo, alto QI de basquete, e excelente leitura do adversário o tornam letal na quadra ofensiva. Mesmo em uma equipe mais fraca e com companheiros de mais baixo nível, terminou a temporada como um dos melhores passadores da NCAA, com 35,7% em assistências e 13,3% em desperdícios de bola – ambos os números melhores que os de Lonzo Ball, tido como o melhor criador de jogadas da classe, e um dos melhores armadores pass first da história recente dos recrutamentos da NBA.

Arremesso: Fultz é um dos melhores arremessadores da classe. Sua mecânica de arremesso aperfeiçoou-se bastante durante o tempo e tornou-se concisa e correta. Seu aproveitamento em arremessos de três pontos foi altíssimo, registrando 41,3% no quesito. Seus arremessos de dois pontos, seja em situações de catch-and-shoot, saindo do bloqueio ou após o drible, também mostram aproveitamentos altíssimos. No entanto, Fultz terá que trabalhar bastante seu arremesso de lance livre, afinal, 64,5% é um aproveitamento muito abaixo do necessário para um armador profissional.

Defesa: Seus atributos físico-atléticos privilegiados, aliados a sólidos instintos na marcação, o tornam um defensor de grande potencial. Ele pode melhorar um pouco o foco e a intensidade na defesa, mas ele já é um defensor bastante capaz e que pode ajudar a equipe que o selecionar de imediato. É também bastante versátil defensivamente, muito por conta dos atributos físicos supracitados: consegue defender armadores e ala-armadores com bastante eficácia. Suas médias de 1,6 roubos de bola e 1,2 tocos por partida já dão indícios de sua boa capacidade defensiva.

Versatilidade: Fultz é um combo guard nato, que pode ser utilizado tanto como armador principal, quanto como ala-armador e que pode jogar com e sem a bola com a mesma qualidade. Como exposto acima, ele possui todo o ferramental para ser um armador principal, criador de jogadas para sua equipe, bem como tem um ótimo aproveitamento como arremessador, parado ou saindo do bloqueio, o que o torna grande arma também jogando como ala-armador. Ainda, é um defensor bastante versátil, o que corrobora com esta qualidade.

Contras

Foco e intensidade: Markelle Fultz é o completo oposto comportamental do outro grande prospecto deste recrutamento, Lonzo Ball: trata-se de um sujeito tímido, low-profile e que não é muito afeito aos holofotes. E esta personalidade mais introvertida acaba influenciando Fultz na quadra. Falta-lhe intensidade em muitos momentos do jogo, perde o foco e a concentração em determinadas jogadas, desmotiva-se da partida quando fica muito atrás no placar, não esforça-se defensivamente em alguns momentos.

Liderança e falta de mentalidade vencedora: Por conta da personalidade introspectiva citada anteriormente, Fultz não é um bom líder para sua equipe e acaba aceitando derrotas bastante resignado, sem nem ao menos lutar pela vitória. Em situações que o placar da partida aperta e o time precisa de sua liderança, Fultz acaba repassando a responsabilidade para companheiros, tomando decisões equivocadas que ocasionam muitos desperdícios de bola. Mesmo com a baixa qualidade do elenco ao seu redor, esperava-se que pelo menos conseguisse liderar Washington Huskies até a primeira rodada do March Madness da NCAA (que reúne as 68 melhores equipes do basquete universitários norte-americano), mas não conseguiu.

Polimento defensivo: Apesar de ser um bom defensor, Fultz ainda peca, até por sua inexperiência, em diversas situações defensivas. Em alguns casos, sua falta de foco e intensidade também o prejudicam neste aspecto. Fultz é facilmente contido em bloqueios adversários, sem nem esforçar-se para fugir destes bloqueios. Seu posicionamento defensivo também deixa bastante a desejar: toma muitos passes no backdoor que torna a infiltração de seus matchups mais facilitada; deixa o seu lado esquerdo, mais fraco, bastante desprotegido, o que é alvo muito fácil de armadores destros rápidos; demonstra preguiça para efetuar rotações defensivas e para retornar à defesa após turnover.

Consistência nos arremessos e lances livres: Apesar de ser um ótimo arremessador, Fultz tem graves problemas em manter a consistência de seus tiros. Sua mecânica de arremesso muitas vezes é inconsistente, e bastante influenciada por alguns aspectos comuns do jogo como cansaço, pressão e responsabilidade dos tiros. Seu aproveitamento nos lances livres também preocupa, já que registrou apenas 64,9% no quesito em sua única temporada na NCAA.

Problemas contra defensores de elite: Fultz também enfrentou muitos problemas quando enfrentou defesas e principalmente defensores de elite. Por conta da fragilidade de sua equipe, como já citado (várias vezes) neste texto, Fultz enfrentou algumas equipes de mais baixo nível em sua divisão da NCAA e se portou bem. No entanto, quando enfrentou boas defesas, bons defensores (de nível de NBA, em especial) e por ser o melhor jogador de sua equipe, ou seja, bastante visado pelo adversário, Fultz não teve bom desempenho. E por conta disso, seu grande desempenho é colocado em dúvida para quando enfrentar grandes defensores do basquete profissional.

Resumo

Markelle Fultz é um combo guard explosivo e com um jogo técnico bastante desenvolvido. Sua envergadura, velocidade e atleticismo impressionam e fazem-no levar bastante vantagem sobre seus matchups na posição, tornando-o praticamente imparável quando parte em direção à cesta. É um dos melhores arremessadores da classe, registrando médias acima de 40% nas bolas de três pontos. Possui ótima condução de bola, passe e visão da quadra, tornando-o também letal quando bem marcado, achando companheiros melhor colocados com facilidade. Além de tudo isso, é bom defensor das duas posições de armação. Precisa melhorar alguns aspectos de seu jogo como o aproveitamento nos lances livres e a tomada de decisões, mas ele é o pacote completo do jogador moderno da NBA. Seu potencial é ilimitado e chega pronto para ajudar de imediato a equipe que o escolher.

Comparação NBA: Russell Westbrook com maior QI de basquete; James Harden com ótimo atleticismo e defesa.

Médias em 2016-2017

MinPtsRebAstStlBlkFG%3P%FT%TOs
35,723,25,75,91,61,24841,364,93,2

Cotações para o Draft

Draft Express – www.draftexpress.com1ª Escolha
NBA Draft – www.nbadraft.net1ª Escolha

Melhores Momentos em 2016-2017

Fábio Malet
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e analista de sistemas. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby, e, pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Green Bay Packers, e por conta da afinidade com Boston, tornou-se fã de Bruins e Red Sox.

14 Comentários

  1. Rossini disse:

    Ja era pra nós 😟

  2. Paulo Sérgio disse:

    Tô triste 😔

  3. Junior disse:

    Rapaz como dizia um outro ai..nunca na historia desse pais tivemos essa sorte de escolha de draft e de um atleta tão promossor como esses depender apenas de nois então na minha humilde opinião não podemos brincar com a senhora sorte pois não sabemos quando ela irar sorrir de novo para nossa equipe e mais não podemos dar um reforço desses para nenhum adversario temos que sormar talentos para fazermos ainda mais historia na NBA…

  4. Cristian Mauro Soldano disse:

    Com essa troca acabamos de montar uma dinastia para Philadelfia😢😢😢😢

  5. Ranieri disse:

    Então galera pode até ser que eu esteja em negação porém só vou acreditar que essa troca aconteceu quando for confirmada por um dos times, os rumores diziam que a confirmação seria hj então vou esperar, mas estou triste com a possibilidade que aconteça. Mas a minha opinião é que Ainge deixou encaminhada essa troca e tá usando as picks que conseguiria com essa troca pra negociar uma big trade(Anthony Davis), se ele recebe um sim dos Pelicans então ele fecha as duas trocas, caso isso não aconteça ele mantém a escolha 1, eu acho que esse seria o melhor movimento que ele poderia fazer, com as picks q temos hj não conseguimos convencer os Pelicans a negociar Davis porém com mais essas conseguidas com a troca com os Sixers ai a chances aumentam e muito, e nesse caso acho que seria apenas por Anthony Davis o único que seria necessário tanta escolhas, mas nenhum jogador na liga acho que requer isso, nem mesmo Jimmy Butler ou PG13 precisariam, acho que pra esses dois o que temos conseguimos uma trade, e acho tbm que o fato de Ainge não ter demonstrado nenhuma empolgação com o Fultz seja pra mostrar para os outros GM’s que ele tava disposto a uma troca e com isso fazer com que os GM’s viessem até ele e assim ele ficasse no controle da negociação diferente do que aconteceu ano passado em que o Ainge ia atrás dos outros times e eles pediam o olho da cara para trades. Bom acho que é isso que o Ainge tá fazendo, e torço pra que seja isso

  6. Maxwell Eugenio disse:

    Calma galera, se a troca ocorrer, Philadelphia vai selecionar outro Pivô! kkkkk

    • JailtonSV disse:

      Harry Giles é o caminho!!!

      Brincadeira a parte, se algo bizarro acontecer e o Fultz passar, o Lakers pega. Não sei qual dos dois futuros eu prefiro.

  7. Cristian Mauro Soldano disse:

    Tem algum horário ou data limite para essa troca acontecer ??? Já foi confirmada ou como falaram depende se Ainge fecha com Pelicans?

    • Ranieri disse:

      Não Cristian não tem um horário limite para essa troca ocorrer, ela pode ocorrer no momento do draft, como tbm não ocorrer, o fato é que o rumores dão conta que ela será confirmada hj, por isso que ainda deixo em aberto se ela vai ou não acontecer, todos dão como certa até por causa das fontes donde foram tiradas as informações, o repórteres que deram a informação são aqueles mais conceituados no ramo

  8. Bruno Ferronato disse:

    Aparentemente a troca de fato ocorreu. Minha posição é a de aceitar tal fato apenas se vier uma troca posterior.
    Me corrijam se estiver errado, mas é a primeira vez na história que o Celtics é agraciado com a primeira escolha. No mais é quase que consenso Fultz ter o maior teto de crescimento deste draft e ainda o fato do Josh Jacksson ser em certo ponto bastante semelhante ao Jaylen Brown. Devido a tudo isso eu queria o draft do Fultz.
    Também achei que Ainge pegou pouco pela escolha, que ao menos a outra pick não fosse protegida.
    Mas por outro lado, Ainge tem crédito pelo trabalho que vem fazendo. Então, vou esperar pra ver se vem mais por aí. Se vier ficarei contente, do contrário serei crítico à essa decisão.

    • Ranieri disse:

      Otem eu vi uns rumores que agora é possível que iremos de Tatum, eu particularmente prefiro do que o Jackson, mas esses desencontros de rumores e informações concretas que me deixam confuso do que é real e do que é blefe e factoides

    • Fábio Malet disse:

      O Celtics já teve a 1ª escolha do Draft em outras oportunidades. A mais famosa é a do ano de 1980, quando o Celtics também trocou a escolha, pela terceira escolha e por um jogador veterano. A terceira escolha foi Kevin McHale e o jogador veterano, Robert Parish. O resto é história, 3 títulos e 2 camisas aposentadas.

  9. Cristian Mauro Soldano disse:

    Tem algum jogador que vcs acham que encaixaria melhor no esquema do Stevens para nosso Celtics draftar?
    Queria muito ver o Fultz mas agora torcer por ter outro fenômeno nessa 3 pick

    • Ranieri disse:

      Eu gosto muito do Tatum, tem um arsenal grande e em algumas coisas se assemelha ao Paul Pierce, particularmente prefiro ele do que o Jackson, principalmente pq o arremesso que valorizamos tanto, do Tatum é melhor, porem outra coisa que valorizamos bastante o Jackson é superior, na defesa, o cara é muito bom praticamente defende todas as posições

Deixe um comentário