Celtics 104×115 Rockets

Na noite do último domingo, 3 de março, o Boston Celtics não foi páreo para o Houston Rockets. Liderado pelo candidatíssimo a MVP James Harden, que anotou 42 pontos na partida, o Rockets saiu de quadra vencedor pelo placar de 115 a 104. Este foi o quinto revés do Celtics em seus últimos seis compromissos, ampliando a crise sem precedentes que assola o elenco do maior campeão da NBA.

Era a terceira partida consecutiva de Boston em seu ginásio, o TD Garden. E embora a situação de grande tensão no elenco ainda gerasse preocupações, a equipe de Boston havia estancado um pouco a sua crise com uma vitória na partida anterior, ante o Wizards, quando pôs fim a uma sequência de quatro derrotas consecutivas.

Mas o adversário da noite, o Houston Rockets, vinha embaladíssimo por uma sequência de quatro vitórias consecutivas, uma delas contra o temido Golden State Warriors, em Oakland. E mesmo que ainda ocupe apenas a quinta colocação da conferência Oeste, após já ter até visitado a penúltima posição da tabela, o Rockets possui, sem dúvidas, uma das melhores equipes da liga na atualidade.

Com amplo domínio das ações desde o começo, o Rockets não demorou a abrir uma larga diferença no placar da partida, que chegou a passar dos 30 pontos no princípio do terceiro quarto. O Celtics ainda esboçou uma reação no começo do último período, liderado por Jaylen Brown e com o All-Star da equipe, Kyrie Irving, no banco de reservas. Assim, a diferença chegou a cair para apenas oito pontos.

Nos momentos derradeiros, o Celtics teve boas oportunidades de empatar e até virar o placar, sobretudo após a saída de James Harden, principal astro da equipe texana, que cometeu sua sexta falta com ainda dois minutos para serem jogados na partida.

No entanto, Boston pecou bastante nos rebotes defensivos (com o brasileiro Nenê Hilário e o valente ala PJ Tucker coletando rebotes ofensivos derradeiros), concentrou suas jogadas ofensivas em situações de isolação, completamente sem criatividade e inspiração, de Jayson Tatum e, principalmente, Kyrie Irving, e acabou vendo a equipe de Houston confirmar a vitória em um roubo de bola crucial nos segundos finais.

 

Destaques da Partida

Boston Celtics

Kyrie Irving: 24 pontos, 9 rebotes e 6 assistências
Jaylen Brown: 15 pontos, 6 rebotes
Al Horford: 19 pontos, 6 rebotes
Marcus Smart: 18 pontos, 6 assistências

Houston Rockets

James Harden: 42 pontos, 7 rebotes
Eric Gordon: 32 pontos
Chris Paul: 15 pontos, 12 assistências

 

Estatísticas da Partida

Boston Celtics (38-26)

Houston Rockets (38-25)

 

Melhores Momentos

Publicidade

Fábio Malet
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e analista de sistemas. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby, e, pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Green Bay Packers, e por conta da afinidade com Boston, tornou-se fã de Bruins e Red Sox.

Deixe um comentário