Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics decidido a subir sua escolha no 2015 NBA Draft

O Boston Celtics está decidido a subir sua escolha no 2015 NBA Draft, que ocorrerá no dia 25/06/2015. No entanto, para que satisfaça sua vontade, necessitará de um acordo com outra franquia. E esse acordo é o que representa o grande obstáculo para o maior campeão da NBA.

A equipe de Boston detém a 16ª escolha-geral, mas já deixou cientes, as demais franquias da NBA, que deseja possuir uma escolha de loteria (assim chamadas as 14 primeiras escolhas do recrutamento).

No entanto, há múltiplos desafios e dúvidas que permeiam as cabeças dos dirigentes celtas, que buscam concretizar esse desejo.

Para início de conversa, o Celtics precisa decidir com qual jogador sonha ver vestir o manto verde a partir da próxima temporada. Posteriormente, os dirigentes celtas necessitam sondar e/ou descobrir por volta de qual escolha esse jogador será selecionado. Só assim, o maior campeão da NBA poderá saber com quais times deve abrir negociações.

Danny Ainge, GM celta, confirmou que o Celtics tem interesse em subir no NBA Draft, mas alertou que ainda não há um jogador certo com o qual o Celtics esteja buscando.

“Há alguns jogadores com os quais eu gostaria de contar a partir de 2015/2016”, declarou Ainge.

Caso os dirigentes celtas consigam chegar a um consenso sobre qual jogador buscar no recrutamento, bem como ter uma noção de qual escolha ele será chamado, virá o terceiro (e mais difícil) passo: convencer esse time a ceder o jogador almejado.

“Esse terceiro passo é, com toda certeza, o mais, mais e mais difícil”, enfatizou um dirigente na NBA. “Escolhas de loteria são como bilhetes premiados. Você não vai entregá-los de mão beijada. Ainge é um cara inteligente e ele tem consciência disso. Contudo, o Celtics possui muitos atrativos para conseguir realizar suas vontades. Porém, o que todos querem saber é: o quão disposto está o Celtics para satisfazer suas vontades? O quanto está disposto a pagar para subir no NBA Draft? Há algum jogador, nesse recrutamento, que valha tanto a pena? São sobre essas perguntas que Ainge e sua comissão precisam refletir”.

O filho do GM celta, Austin Ainge, tem dedicado boa parte de seus dias para entrar em contato com os agentes dos prospectos do próximo recrutamento, bem como tem buscado conversar com alguns dirigentes da NBA.

“É difícil subir no Draft ou pedir para que um time desça, enquanto não sabemos quais jogadores os interessam”, declarou Ainge.

Destarte, o Celtics continuará entrevistando jogadores que são esperados para ser recrutados em escolhas próximas às que detém (16ª, 28ª, 33ª e 45ª), enquanto mantém esperanças de convencer jogadores, que sairão em escolhas de loteria, para vir a Boston serem entrevistados.

Enquanto o fato de ter 4 escolhas, no próximo recrutamento, tem ajudado o Celtics a agendar entrevistas, convencer os agentes dos principais prospectos a enviarem seus jogadores para Boston, a fim de serem analisados, não tem sido tarefa fácil.

“Quando eu ligo para um agente e digo que gostaríamos de entrevistar tal jogador, eu recebo como resposta que o Celtics não detém escolha próxima à área na qual esse atleta será recrutado. Em seguida, eu respondo que nós vamos subir no Draft, eu digo a todos que nós vamos subir nossa escolha”, disse o cansado Austin Ainge. “Esses agentes são experientes, já cansaram de ouvir essas promessas de que algum time vai subir no Draft. Todavia, creio que tenhamos alguma credibilidade, já que possuímos 4 escolhas”.

Especula-se que, dentre os jogadores esperados para sair em escolhas de loteria, o Celtics manifestou interesse no pivô Willie Cauley-Stein (Kentucky), no ala Stanley Johnson (Arizona), no ala Kelly Oubre Jr. (Kansas), no pivô Myles Turner (Texas) e em um dos jogadores que mais sobe nas análises, o ala-armador Devin Booker (Kentucky).

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

45 comentários

  1. Stanley Johnson esse seria meu favorito

  2. Renato

    Subir no Draft é fácil, mas o custo/benefício é que tem que ser avaliado.

    Diria que dá 4ª escolha até a 14ª escolha o Celtics pode pegar.

    A imprensa americana cita 2 possíveis acordos reais para o Celtics.

    13ª escolha SUNS – Celtics 16 + 33 + 45

    08ª escolha PISTONS – Celtics 16 + 33 + 45 + Olynyk

    Ambos os acordos me agradam.

    Com a 13ª escolha pode vir para gente o Turner.

    Com a 8ª escolha Stein, Hezonja ou Jhonson

    Nossa escolha será o Hezonja

    • drakes

      O problema seria o custo/benefício mesmo, se o Chad Ford estiver certo no seu 5,0, as opções de 16 a 20 são tão boas, quanto vários a frente, tirando que não teria um pivo.

      Kelly Oubre, Ford coloca como 18…

    • Leo Grochoski

      Hezonja? com a defesa fraca dele? ele é um prospecto super talentoso, acompanho bastante a euro liga mas não acho que o Celtics busque um Hezonja, ala com defesa é nossa prioridade, Winslow tem muito Hype devido a atuação na final da NCAA, Jhonson é um monstro defensivo e foi mais consistente, iria nele, Stein é excelente defensor, mas não confio que ele conseguira evoluir seu ataque, também não vejo ele dominando jogadores tão físicos quanto Howard ou Jordan, ou marcando um tecnico pivô como Marc Gasol, Stanley é minha aposta, mas quem sou eu perto do Ainge.

      • drakes

        Eu não acompanho a Europa, mas Kentucky sim, e tenho algumas dúvidas se algum jogador desse draft ala é melhor que o James Young em termos de técnica ofensiva, acho que existe melhores defensores e atletas (Oubre, Rondae Hollis-Jefferson e Winlow, provavelmente Hezonja).

        E provavelmente se o Celtics optar por um ala será esquema James Young desse ano, pouco tempo em quadra e liga de desenvolvimento, ninguém vai arriscar vitórias para desenvolver um jogador nessa posição.

        Eu só vejo o Towns como jogador que daria um impacto forte no Celtics, talvez futuramente teria muitos desse draft inclusive o Aleksandar Vezenkov que nunca vi jogando por clube.

  3. Alex Shima

    Rômulo, o que vc tá achando desse boato de que o Dwayne Wade vai virar free agent e pode vir pra Bean Town?

    • Rômulo Portugal

      Fala aí, Alex.

      Não consigo imaginar o Wade em Boston. Além da idade relativamente avançada, os joelhos dele são um grande problema.

      Wade está em crise com o Heat, justamente porque quer uma renovação por 3 ou mais anos, enquanto o Miami não oferece porque teme quanto a sua longevidade.

      Acho que vai acabar ficando em South Beach mesmo, mas caso saia, Ainge não irá procurá-lo. Ele é o oposto do que procuramos.

  4. The Real Jay

    Rapaz, eu tenho certeza que vão draftar o Stanley Johnson!

  5. Fernando C S

    Só nos resta confiar no DA. Somente ele tem os detalhes de cada negociação e sabe a “temperatura” de cada acordo. Que faça um novo ótimo trabalho e nos traga e pivô que precisamos. Tem meu voto de confiança.

  6. Matheus

    Eu gostaria de algum dos prospectos internacionais bem cotados, o Hezonja ou o Porzingis, o primeiro por ser um ala pontuador e o segundo por ser um big explosivo e com arremesso de fora, e para selecionar qualquer um deles acho que se conseguirmos trocar com a escolha do Pistons já será possível, e se o Pistons realmente solicitar o que foi dito pelo Renato, que me parece razoável, de quebra o Olynyk iria embora hehehe

  7. Sander

    Stanley Johnson seria uma boa, pois um ala que defende muito bem e pode crescer ofensivamente.
    Agora alguém pode me responder sobre como conseguir um Big Man: Quem poderia ser o nosso C, como conseguiríamos ?

  8. Jota

    Subir no draft parece que está cada vez mais certo, é o talento do Ainge (Pelo menos demonstrou isso nos últimos drafts). Mas resta saber quem draftaremos, porque ao que parece esse ano muitos times estarão dispostos a trocar suas escolhas, em especial os Kings, Nuggets e Pistons.

    Com a escolha se subirmos (Ou mesmo se ficarmos com a 16):

    Winslow>Johnson>Henzonja>Turner> Portis>Cauley-Stein>Dekker, em ordem de importância pra mim, dos quais eu gostaria que vestisse a nossa camisa.

    Descartaria o Oubre (Melhor desenvolver o Young, que são bem parecidos) e também descartaria o Booker (Fala sério, galera. Bust escrito na testa). Descartaria o “Olynysky” eternamente soft. Payne parece interessante, mas não precisamos no momento.

    Acredito que trocaremos com os Nuggets, que serão fortemente assaltados na offseason, perdendo o Lawson, Chandler e provavelmente o Faried. Temos que trocar a escolha 16ª, claro, mas temos que manter a 28 pelo menos. Então uma troca com 16ª + 33ª + Olynyk + Nets ou Dallas deve funcionar para subirmos com qualquer um dos três, provavelmente. Mas o mais desesperado, ao que parece, será os Nuggets mesmo. Mas pode rolar com Kings ou Pistons.

    Não acho que o Ainge vá trocar as 4 para subir nesse draft, mas provavelmente ele vai envolver uma das escolhas dos Nets ou a própria do Dallas para facilitar.

    Com a escolha 28ª:

    Rorbert Upshaw >Jarell Martin>Christian Wood>Montrezl Harrell

    Qualquer um desses supriria nossas necessidades.

    • Luiz eduardo

      Eu pegaria o winslow, tbm, mas acho difícil os magic o deixarem, a não ser que confiem, mesmo, no harris. Quanto ao que vamos usar pra fazer isso, não envolveria uma pick do nets nem a pau, e ainge não vai fazer isso, ele sabe que são muito importantes pra gastar num prospecto que nem é top-5

  9. Vittos

    Pra usar a escolha dos Nets é melhor usar a 28 mesmo.
    Vai ser meio complicado subir nesse draft, Olynyk vai ter que rodar, ou Young, ou os dois.
    Ficaria com Herzonja se Porzingis não for escolhido antes da 8 (considero q prgarenos a do Pistons).
    Subir de leve a 28 pra pegar RJ Hunter me agrada também.

  10. Digor33

    Aí aí aí, se tivéssemos optado pelo tank teríamos uma boa escolha de loteria de graça e manteríamos as nossas escolhas para outros negócios….. Acho que o Ainge também queria isso.

  11. Alefe Miranda

    ai galera temos que trazer winslow ou johnson são prioridade; os dois são monstros defensivos e tem potencial all star, em uma das areas mais carente do nosso elenco; afinal na free agency tem muitos rim protectors, e tambem com uma escolha em final de round poderiamos muito bem pegar o upshaw…

  12. Renato

    Digor 33,

    Ir aos playoffs foi MUITO IMPORTANTE, em termos de atraçao de FA, alem do que mesmo se tivessemos na loteria Ainge teria que subir no Draft ou usar as escolhas para trade com outras equipes, pq nao temos espaço no Roster para tanta gente.

    Sem grande esforço a gente entra no TOP 10 desse draft, basta abrir mao do Olynyk ou Sullinger, e no caso do Olynyk faria isso para ontem.

    • Digor33

      Beleza Renato, espero que dê tudo certo no final.

      Mas com o tank poderíamos ter uma escolha top 5 e pegar as outras escolhas para subir e adquirir outra de loteria também, ou seja, teríamos 2 roster fortes e promissores para o futuro da franquia, sem falar no Smart e no Yong.

      Ao contrário da maioria sou pessimista…..kkkkkk

  13. Bom, acredito que vamos subir a nossa pick entre o top 5 e 8, nessa faixa do draft vamos ter o Winslow, Johnson e Stein. Acredito que estes seriam os jogadores que vamos tentar draftar.

    A minha ordem de preferência é a mesma a qual cotei os jogadores, Winslow em primeiro por ser ótimo nos dois lados da quadra, apesar de ter um tanto de hype em cima dele neste draft, ainda o considero o melhor. Johnson tem uma defesa muito boa, seriamos uma defesa muito forte e como Bill Russel ensinou, defesas ganham campeonatos.

    Por último coloco o Stein, apesar de este ser o setor mais carente da equipe, WCS é um dos jogadores com menos potencial apontado nos mocks e não deve evoluir muito mais no ataque, acredito que será um DJ mais inteligente.

    Eu não draftaria o Oubre, de repente ele vire um bom jogador, mas não o vejo como futuro AllStar, além de ser 20 kg mais leve que Stanley Johnson, isto é bastante coisa.

    Ando dando uma olhada nas ideias de trades para subirmos no draft do pessoal no Celticsblog, uma troca envolvendo a nossa pick 16 mais o KO com o Kings é o mais comentado, visto que o George Karl gosta de ter atiradores em torno do seu Center. De repente eles exijam mais um pick nossa, poderíamos dar as 2 seconds que temos.

  14. Sander

    Imaginam uma defesa de perímetro com o Smart, Bradley e Winslow???

  15. Sander

    Imaginem****

    Pensar em um time mais modesto que poderíamos ter : Smart, Bradley, Winslow/Johnson Love e Upshaw
    Thomaz, Young, Crowder, Sully e Zeller

    Agora um mais encorpado e sonho de consumo: Smart, Bradley, Winslow/Johnson Love e Smart, Bradley, Winslow/Johnson Love e Gasol.
    Thomaz, Young, Crowder, Sully Upshaw.

  16. contera

    mas com love a gasol continuariamos teriamos problemas para pontuar no perimetro pois bradley smart e turner sao fracos ofensivamente e provavelmente ambos pediriao o maximo entao o cap ficaria inchado para buscar um scorer confiavel

    • Luiz eduardo

      Love é o sxorer confiável, e gasol também faz seus pontos, então meio que compensaria a falta de pontos do perímetro, mas ainda tem o Thomas, né

  17. Sander

    Turner deve rodar. Ele se valorizou bastante nesta temporada, o Ainge com certeza irá aproveitar e trocar ele em algo na noite do draft.

  18. Renato

    Ri muito agora no site do jumper brasil, os caras fizeram um topicos sobre as necessidades de cada equipe para escolha no Draft, olha como ficou o Lakers:

    NECESSIDADES:

    PG, SG, SF, PF e C

    • drakes

      O que é uma realidade a analise aí, só que seria ruim para eles pegaram um PF, já que tem para testar (e desenvolver) o Randle, sendo que não dá para ficar empilhando calouro na mesma posição e deixar eles lutando por tempo…por isso, para draft seria C, SF, SG, PG.

  19. Danilo Jeolás

    Mexer nas picks oriundas do Nets, só por uma escolha Top 5.

    Não é um recrutamento tão emblemático para queimarmos ativos desse nível.

  20. Eduardo Rocha

    Pra mim a pick do Nets é inegociável! Eles vão ser alvos fáceis nessa temporada, e vão nos garantir pick de loteria no draft 2016.

  21. Victor

    Vcs acham que um time com: Smart, Ellis, Crowder, Love e Hilbert, seria possível ? Penso que se esse fosse nosso time na próxima temporada, seria time pra brigar pelo título da NBA fácil… Ainda mais contando com um banco com Thomas, Bradley, Turner, Sully e Upshaw

  22. Luiz eduardo

    Danilo e Eduardo, é exatamente isso ! Essas picks vão ser bem valiosas, seja para usá-las de fato, já que certamente serão de loteria, ou fazer um troca melhor, invés de trocar por um top-5…

  23. Jota

    Particularmente não sou tão otimistas com as picks dos Nets. podem ser muito boas, mas podem ser também péssimas.

    Nessa temporada com o time horrível que tinham chegaram aos playoffs. Eles têm mercado, provavelmente trocarão o Lopez e o Williams, além do Johnson, claro, e provavelmente vão conseguir criar um time arrumadinho e com nenhuma pretensão ou ordem de jogarem mal para subirem nos mocks. Logo, se forem escolhas top 12 em diante, por exemplo, serão escolhas altas e terão que ser trocadas por melhores posições nos respectivos drafts, então acaba dando no mesmo se trocarmos hoje.

    Se conseguirmos trocar 1 escolha por vez combinado com escolhas de 2º Round ou jogadores por escolhas de loteria desse ano, ou por jogadores já consagrados na liga eu não vejo nenhum absurdo, já que escolhas do draft nos garantia somente novatos, por assim dizer.

    Por Ex:

    Celics 33# 2015 + Nets 2018 por Draymond Green restrito, por exemplo, acaba sendo muito mais vantajoso para nós do que viver na expectativa dos Nets estarem ruins em 2018 (Até lá MUITA coisa pode acontecer). E também viver a expectativa do jogador draftado dar certo.

    ————–
    Por outro lado, é claro, como não se trata de uma escolha do Celtics, os deuses do basquete podem mexer os pauzinhos e sortear uma escolha top 3 para nós. Mas quais são as chances realmente disso acontecer?

    De 2015 até 2018, acredito que os times que estão ruins hoje e brigam todo ano no top do draft estarão melhores: Wolves, Bucks, Knicks, Lakers, Celtics, Jazz e Magic. Esses times montarão uma base até 2018 e provavelmente não brigarão tanto pela loteria (A não ser os Knicks, que não levo fé nenhuma, nunca levei).

    Times que brigarão pela loteria lá em cima a partir de 2015: Nets, Pistons, Hornets, Heat (Se o Wade sair ou posentar, ou viver de lesão então, vão pra top 3), Nuggets, Trail Blazers (Se sair o Aldrige e Matthews vão para top 3) e Kings. Em 2016, 2017 e 2018 esses times brigarão pela loteria e top 5, podem me cobrar.

    Nenhum desses times, aparentemente, tem capacidade para ficar tão ruins quanto o Brooklyn Nets, teoricamente. Se eles perderem o Lopez, Williams e o Johnson, não sobrarão nada. Mas por outro lado, eles não terão nenhuma propensão para brigar pela loteria ou top 3, logo farão de tudo para melhorar. Ao contrario dos outros times que brigarão pelo top 3.

    No momento, o CAP dos Nets está em $86,507,757, com o Johnson recebendo $24 (Último ano de contrato), Williams $21 ( 2 anos de contrato, mas ainda tem algum tipo de mercado) e Lopez $16 (Player Option. Vai sair, com certeza). O 4 salário mais absurdo é de $ milhões, e também é um player option do Taddeus Young. Se trocarem os 3, terão em torno de $26 milhões comprometidos apenas, o que dá uma margem absurda para montagem de elenco. E, lembrem-se, eles estão em Nova York, o mercado é grande por lá.

    Até acho que na próxima temporada (2015/16) terão uma pick de loteria, provavelmente. Já em 2016/17 eles terão, como eu disse, $25 milhões apenas comprometidos apenas. Quem garante para nós que não montarão um time competitivo para as temporadas de 2017 e 2018? Não é tão garantido assim na loteria, não. Por isso que se surgir a oportunidade de trocar as picks por um top 5 esse ano ou no próximo, ou por jogador consagrado eu acho que devem fazer sim.

    É um caminho bastante tortuoso, mas se nosso time ficar realmente bom como achamos, acredito que o Ainge vá sim ter que trocar as escolhas dos Nets, porque o valor dela é imenso, mas as chances de não darem nada também.

    Digitei demais, mas essa é a minha opinião quanto às escolhas dos Nets.

    • luiz eduardo

      Com certeza a pick de 2017 e 2018 pode não ser muito boa, mas a do nao que vem não pode ser trocada, essa sem dúvida vai ser no boa.

      • Jota

        Exatamente. Mas há uma GRANDE vírgula.

        Em 2015/2016 o Johnson estará em seu último ano de contrato, terá que jogar o fino para conseguir um novo contrato, seja nos Nets ou em outro time.

        Williams terá mais um ano, mas ele voltou a jogar bem no final da temporada, terá que mostrar mais também.

        Lopez tem um Player option já nesta temporada, e provavelmente vai se mudar de lá, mas se ficar, vai continuar em alto nível.

        E como eu disse, eles não terão ordem NENHUMA de tankar ou perder, e estão no leste. Se os 3 continuarem, as chances de conseguirem uma vaga nos playoffs e essa escolha de 2016 ser alta são muitos grandes também.

        Mas se temos uma grande chance de conseguir uma escolha de loteria com elas com certeza é com a escolha doe 2016, as próximas eu acredito que serão altas (10~17)

  24. Robson

    Concordo Jota. Acho que estrategicamente não devemos nos desfazer da pick Nets 2016. Se conseguirmos evoluir a equipe como acredito que podemos, possivelmente estaremos nesta época do ano que vem analisando o recrutamento em busca da cereja do bolo, ou seja, sabendo exatamente do que precisamos para formar um time campeão. Esse seria o melhor dos mundos: um time de forte conjunto, com boas individualidades, jovem, com espaço para crescimento e escolhas de loteria para suprir eventuais carências ou até mesmo para buscar um futuro FP (why not?).
    Já as escolhas de 2017 e 2018 podem perfeitamente ser usadas de imediato para conseguirmos adicionar bons nomes que encorpem a equipe e ajudem a formar a base do contender que todos esperamos ser. Cravar que os Nets serão saco de pancada em 2015/16 é bastante lógico, mas para as temporadas seguintes não pasaa de exercício de futurologia, pois muita coisa pode acontecer e, as vezes, uma movimentação no mercado pode mudar o rumo de uma franquia no campeonato (vide Isaiah Thomas esse ano).
    Creio que o Ainge não poupará esforços nem recursos para montar a melhor equipe possível para a próxima temporada e depois tratará de apenas fazer a sintonia fina com peças pontuais e bem definidas.

    Go Celtics!!

    • Jota

      Qual time realmente forte tem infinitas escolhas no draft? Além das suas as de outras equipes? Eu não lembro de nenhum.

      Pensando nisso, não montaremos um time forte via draft para as próximas temporadas, teremos que ir no mercado. Picks do draft são mais valiosas que jogadores (Que a maioria), como o próprio Ainge já profetizou outro dia. Então trocá-las por jogadores que possam fazer nossa espinha não vai ser mal negócio e nenhum absurdo, muito pelo contrário.

      Então não podemos esperar pousar Monroe’s, Green’s, Butler’s e o resto sem gastarmos escolhas do draft futuras, porque elas sempre compuseram e sempre vão compor as trades na NBA. Se por menos são sempre usadas, imaginem para jogadores desse calibre.

      A ideia é o Ainge conseguir manter pelo menos 1 ou 2 escolhas de 1º Round para os próximos anos. Ano que vem, por exemplo, teremos 3, TRÊS, escolhas de 1º Round (A nossa, dos Nets e dos Mavericks, se não me engano). Os caminhos para trades são muitos, já que não poderemos draftar todo mundo. Igualmente esse ano, que temos 4 escolhas e não draftaremos todo mundo, provavelmente trocaremos.

      Resta esperar para ver o que o Ainge fará.

    • Luiz eduardo

      Próximo ano temos 8 escolhas, 4 em cada round, e tem o ben Simmons, seria um sonho(impossível) ele aqui, mas mesmo assim, podemos subir bastante.

  25. Renato

    Jota,

    Via de regra concordo com suas opinioes, mas nesse caso terei que discordar.

    TODAS as picks do Nets sao muito valiosas 2016, 2017 e 2018.

    Pick 2016 – Extremamente valiosa pq como vc falou e bem capaz do NETS perder Lopez e negociar D Will e JJ, logo acredito que sera uma pick de loteria entre a decima a decima segunda colocaçao.

    Pick 2017 e 2018 – Ja ouvi dizer que o NETS pensa em economizar, mesmo com o risco de ficar na loteria, e se isso for uma tendencia, nao vao montar times tao promissores por alguns anos, ate para nao correr risco de novo fracasso.

    Outro fato e que apesar de NY ser atraente a gestao da equipe esta bem desgastada pela montagem equivocada deste elenco, logo jogadores TOP dificilmente irao querer jogar no NETS.

    Nao direi que nao podemos usa-las em negocios por jogadores de alto nivel como voce citou no caso do Green, mas para subir no draft nao faria com certeza ate pq temos outras escolhas futuras menos valiosas, mas que podem ser suficientes junto com outras de segundo round.

    • Jota

      Eu concordo.

      A pick de 2016 será a mais valiosa, porque provavelmente os 3 vão sair (Johnson e Lopez considero como certo, já). E eles não montarão um time melhor tão rápido, mas a de 2017 e 2018 são icógnitas, não dá para sabermos. Eles jogam no Leste e montar um time competitivo para ficar acima do top 10 não é tão difícil.

      Agora pensa comigo: manter uma escolha 11#, por exemplo ou juntá-la com escolhas de 2º Round + Jogadores para subir no draft de 2015 ou 2016?! Não daria no mesmo?!

      Tirando as chances de loteria, que pode melhorar essas escolhas, eu não vejo muita diferença em manter uma escolha 11# de juntá-la com escolhas de segundo Round para subir em algum draft ou trocar por um jogador já consolidado na liga (O que é muito mais vantagem).

      Mas foi como eu falei: teoricamente parece um absurdo de bom, mas na prática não é tanto, uma vez que só vai prolongar nosso processo de reconstrução de se dependermos dessas escolhas. Ou acha mesmo que temos grandes chances de convencer times e jogadores trocando apenas exceções ou com a promessa de que temos um bom técnico ou nossa camisa pesa?

      • Eduardo Rocha

        J …

        Na minha opinião, o Nets não vai pros playoffs nessa próxima temporada, e o que mais me justifica isso é a classificação da temporada atual

        Atlanta
        Cleveland
        Chicago
        Toronto
        Washington
        Milwaukee
        Boston
        Brooklyn
        Indiana
        Miami
        Charlote

        Lembremos que os últimos 5 dessa tabela lutaram praticamente até a ultima rodada pelos playoffs, muitos com suas estrelas lesionadas ( George, Bosh e Walker) Se olharmos de cima pra baixo, acho que com certeza alguns times perderão rendimento, Chicago, Atlanta, Toronto e Washington provavelmente não se manterão tão vem quanto nessa temporada, mas ainda assim serão franquias competitivas, se pensarmos que o Bucks evoluiu muito nessa temporada e sem o Parker, creio que vão pras cabeças nesse ano, Indiana com o retorno do George tbm será uma ameaça, acho que pode ser que o Charlote reaja um pouco tbm, e o Nets está com uma evidente debandada.
        Concordo que eles podem ter cap caso troquem seus atletas, mas começar um time do zero, sem nenhum pilar é complicado, falta de entrosamento, vestiário, será arriscado pra eles, temos uma conferencia fraca em comparação com a Wild West, mas não será tão fraca como nesse ano.
        Nos resta aguardar, mas eu acredito que essa pick de 2016 continuará em nossa.

  26. […] nos quais o maior campeão da NBA foi envolvido. Vimos o GM Danny Ainge expressar, publicamente, seu desejo em obter uma escolha melhor no recrutamento de logo mais. Assistimos a Isaiah Thomas abraçar o papel de recrutador de grandes […]

  27. […] de quatro escolhas no Draft, sendo duas delas de primeiro round, o Celtics não esconde que pretende subir no projeto e que selecionar um pivô é a prioridade. Inicialmente, o alvo seria Willie Cauley-Stein, de […]

  28. […] Ainge reconhece que decepcionou os torcedores do Boston Celtics, após criar expectativas de que o maior campeão da NBA tentaria subir sua escolha no 2015 NBA Draft. Ao final do recrutamento, Ainge tentou consolar a torcida, durante sua coletiva, ao proferir […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.