Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Draft 2017 – De’Aaron Fox

Na terceira matéria especial do Celtics Brasil sobre os principais atletas inscritos no 2017 NBA Draft, falamos sobre o armador De’Aaron Fox, de 19 anos, que defendeu o Kentucky Wildcats em sua única temporada no basquete universitário. Habilidoso e veloz, Fox foi o destaque de sua equipe no March Madness e cavou o seu espaço entre as cinco primeiras escolhas do recrutamento. Confira a nossa análise sobre o jovem armador.

Leia mais:
Mock Draft 2017 Celtics Brasil 2.0
Draft 2017 – Lonzo Ball
Draft 2017 – Jayson Tatum

Informações do atleta:

PosiçãoArmador (PG)
Experiência19 Anos | Freshman (1 ano universitário)
Altura1,93 metro (6’4”)
Envergadura1,98 metro (6’6”)
Peso77,5 quilos (171 lbs)

Prós:

Canhoto e com um tamanho muito bom para a posição de armador, De’Aaron Fox une atleticismo e habilidade com maestria. Jogador rápido, com ótimo tempo de reação, Fox faz um excelente trabalho na transição da defesa para o ataque e aproveita o mínimo espaço para causar danos aos adversários. O armador de Kentucky conduz a bola como veterano e passa pelos adversários com uma assombrosa facilidade.

Além da habilidade de infiltração e drible, De’Aaron Fox é um passador de alto nível, com boa visão de quadra. Astuto, criativo e com um excelente controle do corpo, mesmo sendo muito veloz, o armador quebra a defesa adversária com facilidade, seja com passes ou dribles.

Outro ponto forte de Fox é a defesa. Além de ter ferramentas físicas excelentes para contribuir no setor, o atleta de Kentucky tem bons instintos, não dá espaço para os armadores rivais e se movimenta bem, arrancando algumas roubadas de bola em situações inesperadas.

Contras:

Mesmo sendo um jogador muito veloz e habilidoso, com capacidade de quebrar qualquer defesa, Fox é um arremessador muito irregular. Seu aproveitamento nas jogadas de longa distância é muito baixo, e o atleta ainda apresenta desconforto em situações de catch and shoot. Em dias de marcação fechada no garrafão ou em duelos contra armadores especialistas na defesa, Fox vai ter que se virar do perímetro. Isso terá que ser lapidado.

Apesar de ser um passador de alto nível, De’Aaron Fox precisa cadenciar o jogo em alguns momentos. O armador de Kentucky tem a afobação de querer resolver tudo, e o que é pior, resolver sozinho: Fox ainda prioriza mais a conclusão da jogada do que envolver os companheiros de equipe. Esse comportamento é natural para um jovem atleta, mas também precisa de correção para a NBA.

A defesa de Fox é muito boa, mas o jovem atleta ainda apresenta dificuldades contra alas-armadores e atletas mais fortes. Sua aplicação defensiva também precisa de uma regularidade maior, pois o camisa 0 de Kentucky ainda alterna momentos de pressão sobre os rivais com apagões inexplicáveis. Fox também precisa ficar mais forte para aguentar o tranco da NBA, por mais que tenha evoluído nesse aspecto em sua única temporada universitária.

Resumo:

De’Aaron Fox é um dos jogadores mais intrigantes desse 2017 NBA Draft. É um atleta habilidoso, praticamente imparável quando ataca a cesta e capaz de distribuir bem o jogo, mas tem um arremesso desastroso, que pode custar o seu futuro em uma liga que valoriza cada dia mais as jogadas de média e longa distância. Por não apresentar fragilidades na pontuação e na defesa, Fox deve ter uma boa carreira na NBA, mas o passo adiante depende e muito de sua evolução, não só nos arremessos, mas física. Bom nome, mas é uma aposta arriscada.

Médias em 2016-2017 (em 36 jogos):

MinutosPtsRebAstStlBlkFG3PtsFT
29,6 min16,73,94,61,50,247,8%24,6%73,9%

Cotações para o Draft:

NBA Draft – www.nbadraft.net4ª Escolha
Draft Express – www.draftexpress.com4ª Escolha

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

5 comentários

  1. Paulo Sérgio

    Meu jogador favorito do draft. Muito explosivo e habilidoso. Se o Fultz não fosse uma futura lenda, eu iria no Fox sem nem pensar. O que ele jogou em Kentucky foi brincadeira.

    É destruiu o Lonzo Ball também, então já é ídolo de metade dos fans de basquete hehehe

  2. Marco Ferreira

    Acabei de ler que o Fultz está fazendo treinamentos individuais no Kings, será mesmo que essa troca pode ser real?

    Confio muito no trabalho do Ainge, ele faz muitas maluquices que depois com o tempo começamos a entender, mas confesso que essa, se for realmente verdade, não me agrada muito não.

    Dizem que o Tatum é o novo Paul Pierce, será que é nisso que o Ainge está trabalhando?

    Imaginando essa troca com o Kings, qual seria as duas escolhas Celtas?
    Lembrando que são as escolhas 5 e 10.

  3. Cristian Mauro Soldano

    Uma pergunta galera….vcs acham que o Nader terá lugar na equipe ano que vem??? Ele foi destaque esse ano.

  4. Guilherme

    Rajon Rondo menos loco da cabeça!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.