Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Panathinaikos 73 X 71 CSKA

Em uma das finais mais emocionantes da história da competição, o Panathinaikos venceu os atuais campeões do CSKA Moscou por 73 a 71 nesse domingo, conseguindo seu quinto título da Euroleague. O treinador Zeljko Obradovic ratificou-se como o treinador mais vitorioso do continente, faturando sua sétima taça. Os gregos venciam a partida por 72 a 71 a 5.8 segundos do fim quando Sarunas Jasikevicius sofreu falta, mas o jogador nº 1 em aproveitamento da história da competição converteu apenas um arremesso. Ramunas Siskauskas teve a chance de fazer a cesta da vitória, porém desperdiçou um arremesso de 3 pontos no estouro do cronômetro.

 http://www.youtube.com/watch?v=ynknNyat0gUVassilis Spanoulis marcou 13 pontos e foi eleito o MVP do Final Four. Antonis Fotsis também marcou 13 pontos, além de capturar 8 rebotes. Dimitris Diamantidis, mas uma vez eleito como melhor defensor da competição, somou 10 pontos, 4 rebotes e 3 assistências. Sarunas Jasikevicius contribuiu com 10 pontos, 4 rebotes e 4 assistências, tornando-se o único jogador a conquistar a competição por 3 times diferentes.

“Minha primeira impressão é que merecemos vencer a partida mais cedo do que na última posse de bola. Mas isso é basquete e acontece, pois é a final da Euroleague e o oponente foi a final pela quarta vez seguida. No intervalo, disse a meus jogadores que o CSKA é um ótimo time e que eles mudariam seu jogo sendo mais agressivos e eles fizeram isso”, explicou Obradrovic, que viu sua equipe quase perder a partida depois de ir para os vestiários 20 pontos na frente (48 a 28).

Pelo CSKA Moscou, o armador J.R. Holden marcou 14 pontos e deu 4 assistências.  Siskauskas anotou 13 pontos. Trajan Langdon adicionou 13 pontos e 4 rebotes. A defesa russa forçou 14 desperdícios de bola do rival, mas as 13 cestas de longa distância convertidas pelos greens foram decisivas no resultado.

A equipe russa já havia perdido para o Panathinaikos a final de 2007 da Euroleague.

Fonte: www.basketbrasil.com.br

Por: Flávio Catandi

Author avatar
Flávio Catandi
Jornalista e Radialista apaixonado por basquete. Participa do Celtics Brasil desde 2008. Já foi redator, colunista e hoje é editor do site. Nas horas vagas gosta de escrever roteiros e gravar curtas e documentários. Pode ser encontrado na cidade de São Paulo com uma camiseta Celta.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.