Paul Pierce descarta dividir atenções com Isaiah Thomas: “11 de Fevereiro será o meu dia”

Mesmo não sendo mais um jogador do Boston Celtics há meses, Isaiah Thomas ainda gera repercussão no estado de Massachusetts.

A última polêmica nasceu no momento em que o armador solicitara ao Celtics para adiar a exibição de um vídeo em homenagem à sua passagem pelo maior campeão da NBA. Como seu pedido foi atendido pela direção da franquia, Thomas espera que o tributo seja feito no dia 11.02.2018, quando o Celtics voltará a duelar com o Cavaliers, em Boston.

Ocorre que esse dia já está batizado como “Dia do Paul Pierce”, já que será nessa partida em que ocorrerá a cerimônia de aposentadoria da camisa do eterno 34 de Boston. E, se depender da vontade do ex-jogador que dedicou 15 anos de sua carreira ao Celtics, esse dia continuará sendo dele. Tão somente dele.

“Eu não estou dizendo que Isaiah (Thomas) não deva ser homenageado, mas 11 de Fevereiro será o MEU dia, o dia em que terei a minha camisa aposentada. Eu não estou afim de olhar para o telão do TD Garden e assistir aos melhores momentos do Isaiah”, declarou Pierce, fazendo jus ao seu apelido de “The Truth”.

O MVP das Finais de 2008 contou que esteve presente na cerimônia de aposentadoria das camisas de Kobe Bryant, realizada pelo Los Angeles Lakers, e disse que viu algo que gostaria que o Celtics reproduzisse no dia dedicado a ele:

“Quando o jogo parava, o Lakers, imediatamente, colocava vídeos dedicados ao Kobe no telão. Eu gostei bastante da ideia e ficaria muito feliz se o Celtics fizesse o mesmo por mim. É meu dia”, cobrou o ídolo celta.

Thomas argumentou que solicitara o adiamento, a fim de que pudesse trazer a sua família para assistir à homenagem consigo, além do fato de que queria estar em quadra no dia que o vídeo fosse exibido.

Tais motivos, contudo, não amoleceram o posicionamento de Pierce, que foi recrutado pelo Celtics com a décima escolha-geral do 1998 NBA Draft:

“Isaiah, quarta-feira (03.01.2018) foi a sua noite. Quando 11 de Fevereiro chegar, será a minha. Você, talvez, precise esperar mais um ano”.

No fim, bem-humorado, o segundo maior cestinha da história do Celtics sugeriu o que a franquia poderia fazer com o vídeo dedicado a Thomas:

“Coloquem-no no perfil oficial do Celtics no Instagram”.

Publicidade

Rômulo Portugal
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

8 Comentários

  1. Publicidade

  2. R Tsunami Green disse:

    Kkkkkk!
    A Verdade!

    4

    0
  3. Teobaldo disse:

    Posso até ser criticado aqui no blog, mas meu pensamento, para esse caso, é o seguinte: “Thomas, tchau e obrigado!”.

    6

    0
  4. Olha IT muito obrigado, vc fez coisas incríveis, jogou quando sua irmã morreu, chegou a perder os dentes por nós. Muito obrigado. Agora concordo com o The Truth, é a noite dele! Camisa 34 pendurada no teto do lendário TD Garden!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    4

    0
  5. JailtonSV disse:

    Para mim a camisa 34 deveria ser aposentada contra o Lakers.

    Em circunstâncias normais, acredito que Thomas deveria ser homenageado neste dia. Afinal, a direção Celta atendeu o pedido do anão, seria deselegante voltar atrás. Se o Pierce quisesse um dia só para ele, poderia ser outro mais grandioso (uma semi final ou final de conferência). Thomas teve uma passagem muito recente e homenagea-lo teria de ser algo imediato, enquanto o Pierce já é parte da história do Celtics, ao meu ver, pelo que representa para o Celtics poderia aposentar a sua camisa em qualquer outro momento (por mais paradoxal que este raciocínio pareça)

    A questão é que muito provavelmente fãs esperam está data a um tempo, ingressos já comprados, pessoas que viajarão só para este evento… Sob essas circunstâncias, acho mais válido a direção ser deselegante com o anão.

    9

    0
  6. Chiovato disse:

    Concordo e sou a favor da homenagem contra o Lakers…. a história e sabor pro Celtics, Pierce seria especial pela memória!

    Outro ponto, acho que seria justo, digno e honrado uma homenagem ao Thomas dia 11!! Não pelo sentido de ídolo pelo basquete apresentado em Boston, MAS principalmente pelo bom senso e RESPEITO à um ser humano que foi muito honesto e simplesmente fez coisas que pessoas singulares fariam… homenageá-lo seria lindo da parte do Celtics, com uma pessoa que jogou no dia seguinte ao peso da morte de sua irmã… dedicar um vídeo de 2 min antes do início do jogo e homenagens ao Pierce, seria simplesmente ser Celta e ser uma instituição de respeito ao ser humano, algo muito maior do que apenas ídolos!

    Apoio homenageá-lo antes de todos, e depois que siga a festa! Isso não diminui Pierce, Celtics, Boston ou a festa em nada! Mas tornam todos mais humanos! É o que penso e adoraria ver!

    2

    1
  7. Rodrigo disse:

    Se o Pierce disse, ta dito. Com todo respeito ao Thomas, ele não é NADA para o Celtics comparado ao The Truth.

    Alguns aqui começaram a ver o Celtics nos últimos tempos. Só quem assistiu desde o fim dos anos 90, sabe o quanto foi duro. E o Pierce segurou o rojão por anos, sozinho. Podia até ter saído, mas ficou. Esse sim é O cara.

    Fica pra próxima, Thomas. Lamento.

    1

    0
    • cavassin disse:

      Concordo. Acompanho o Celtics desde 1986 e só o Larry Bird é maior do que o Pierce nos últimos 30 anos. E depois dele ainda vem o Garnet etc.

      1

      0
  8. cavassin disse:

    O Paul Pierce é que escolhe o dia. O IT não jogou 10% do que o cara e ponto final!!!!!

    1

    0

Deixe um comentário