Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (36-25) x Portland Trail Blazers (33-28)

Invictos há três jogos. Donos dos melhores técnicos de fevereiro na NBA. Equipes em plena ascensão nas suas respectivas conferências. Com muitos pontos em comum, Boston Celtics e Portland Trail Blazers se enfrentam na noite desta quarta-feira (2), no TD Garden, dispostos a manter o excelente momento na temporada 2015/2016 da NBA, em um jogo que promete muitas emoções e muitos pontos, já que as duas franquias se destacam pela excelente produção de seus ataques.

Em sua quarta partida consecutiva como mandante, o Boston Celtics aposta justamente na força de sua torcida e no caldeirão do TD Garden para bater o embalado Portland Trail Blazers. Afinal de contas, o Alviverde venceu as últimas 11 partidas que disputou em casa, com direito a alguns jogos duríssimos, como os disputados recentemente contra Miami Heat e Utah Jazz. A tendência é que o Blazers também dificulte as ações, o que exigirá ainda mais força dos comandados de Brad Stevens e mais incentivo dos torcedores.

Para o duelo contra o Portland Trail Blazers, o Boston Celtics não deve ter mudanças no quinteto titular e continuará com a rotação reduzida, já que Kelly Olynyk, que ainda se recupera de uma lesão no ombro, segue como desfalque. Apesar da disposição em manter a base dos últimos jogos, Brad Stevens deve escalar o ala-pivô Jordan Mickey por alguns minutos: destaque na Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League), o camisa 55 teve uma breve oportunidade contra o Utah Jazz e deixou uma boa impressão.

O Portland Trail Blazers, assim como o Celtics, é uma das surpresas positivas da temporada: mesmo depois de perder quatro dos cinco titulares da equipe em 2014/2015, a franquia de Oregon não diminuiu o ritmo e está na briga pela classificação para os playoffs da Conferência Oeste, com direito a resultados expressivos, como a vitória indiscutível sobre a forte equipe do Golden State Warriors. Mesmo vindo de um back-to-back, o Blazers está animado e quer manter a sua série invicta, diante de um forte e embalado oponente.

Sem desfalques, o técnico Terry Stotts não fará alterações na equipe e não esconde que boa parte das jogadas de ataque estarão concentradas nas mãos do armador Damian Lillard, único titular a permanecer em Portland, e do ala-armador C. J. McCollum, favorito ao prêmio de Most Improved Player (MIP) da temporada. O garrafão, por sua vez, é formado pelos jovens Noah Vonleh e Mason Plumlee.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 21h30

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Jae Crowder, Amir Johnson e Jared Sullinger. T: Brad Stevens

PORTLAND TRAIL BLAZERS: Damian Lillard, C. J. McCollum, Al-Farouq Aminu, Noah Vonleh e Mason Plumlee. T: Terry Stotts

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

37 comentários

  1. Christian Evandro Bays

    Celtics 112 X 106 Blazers

  2. Como bem disse o Gustavo, a vitória dos Blazers sobre o Warriors foi incontestável.O jogo não vai ser fácil, mas o Celtics vem em boa fase, não foi à toa que o Stevens foi o melhor técnico do Leste em fevereiro. Não dá pra apostar contra o Boston. Celtics 105 x 93 Blazers.

  3. Celtics 115 x 108 Blazers.
    Problemas no garrafão hj novament.

    []s vers

  4. Caracoles esqueci de colocar os times…mais claro vitoria do Celtics… 103 x 94

  5. Patrick Tavares Gomes

    Celtics 111 X 103 Blazers

  6. Rafael Vinicius

    Celtics 107 x 105 Blazzers

  7. Caio Feitosa

    Celtics 98 X 94 Blazers

  8. José Eduardo Teixeira Martins

    Celtics 120 x 112

  9. Carlos Eduardo

    Celtics 112 x 106 Blazers

  10. David Pessoa

    Celtics 112 x 109 Blazers

    David Pimentel de Paula Pessoa

  11. Adilson

    Celtão 113 X 107 blazers

  12. Leonardo Gonçalves

    Celtics 106 x 103 Blazers

  13. Fabrìcio Silva Zanateli

    Celtics 117 x 110 Blazers

  14. Marcelo Santos Matheus

    Celtics 109 x 100 Blazers

  15. The Real Jay

    CELTICS 102 X 95 BLAZERS

    JOÃO PAULO SOUZA

    JOGO DIFICIL PRA CARAMBA! BLAZERS TA SURPRESA DEMAIS!

  16. Jefferson Pires

    Blazers 112 x 118 Celtics

  17. Shandyego Nunes

    Celtics 103 x 97 Blazers

  18. Jesse S Jr

    Cs 115 x 107 Blazers lilard

  19. drakes

    Celtics 111 x 102 Blazzers

  20. Maurício Green

    Celtics 107 X 101 Blazzers

  21. Felipe Cabral

    Celtics 101×91 Blazers

  22. Daniel Di Domenico

    Celtics 108 x 101 Blazers

  23. PHABIO SANTOS PASSOS

    CELTICS 110 X 100 PORTLAND,
    POXA SAO DOIS TIME MAIS GOSTO DA NBA
    90% CELTICS E 10%PORTLAND…

  24. Gustavo Arruda

    Celtics 114 x 109 Blazers

  25. Allan

    Celtics 101 X 89 portland

  26. Fernando C. da Silva

    Cetics 113xPortland 111

  27. Willian Stanley

    Celtics 109 x 101 Blazers

  28. Eu sei que não vale mas só para tirar de cabeça.
    Celtics 97 x 98 Blazers

  29. Lucas Oliveira

    Ótimo começo de jogo para Thomas e Smart

  30. Lucas Oliveira

    Minha nossa, isso foi de um jogo difícil para um atropelo, muito rápido!
    Nossa defesa vem destruindo o espírito do Blazers. E grande partida do Sulli também.

  31. Willian Stanley

    Que jogo do Sully até agora, mano ele deu uma enterrada no 2º quarto que nem ninguém esperava.

  32. Willian Stanley

    Jogo tranquilo pra gente e com liderança com mais de 20 pontos, isso já no 3º quarto. Achei que o Stevens demorou pra colocar o RJ e Mickey na rotação, o jogo não oferecia perigo e o Blazers já tinham colocado os titulares no banco. Mickey de novo com 3 minutos e com toco.

  33. Maurício Green

    No fim foi fácil. Não dava p caras continuarem com mais de 70% de aproveitamento de arremesso….. Pesou também o cansaço deles, quando a defesa entrou no segundo quarto e com o começo avassalador do 3 quarto os caras se entregaram.

    Belo jogo, me divirto muito com esse time!!!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.