O dia da caça chegou?

Se você é um humano, e está lendo esse texto, com certeza já ouviu, em algum momento de sua vida, o provérbio “um dia é da caça, outro do caçador”. E tal dito nada mais é do que um lembrete de que não é possível ganhar sempre.

Danny Ainge fez seu nome como um dos melhores executivos da liga, sendo, nos últimos anos, um caçador nato e acumulando negociações favoráveis, uma atrás da outra. Entretanto, será que o dia da caça chegou e Ainge finalmente saiu perdendo em um negócio?

Bom, antes de responder isso, vamos deixar claro que esse é um artigo contendo minha (Daniel Emiliano) opinião sobre o assunto, mas que alguns companheiros do Celtics Brasil podem discordar e estão livres para escrever suas opiniões, se assim o quiserem.

Lobos não se importam com a opinião de ovelhas

Já que comecei o texto com um provérbio, vou deixar outro que se enquadra muito bem no que tem sido Danny Ainge em seu trabalho no Celtics. No caso, Ainge é o lobo e nós, torcedores e jogadores, somos as ovelhas.

Nunca, na história da NBA, um dirigente foi tão frio e realizou movimentações tão grandes como Ainge, sem se importar com o que a opinião publica diria. E isso resultou na troca de simplesmente todos os ídolos recentes da torcida celta. Primeiro, foram Pierce e Garnett, seguidos por Rondo e, nessa temporada, Bradley e Thomas.

Para felicidade do torcedor, o histórico sempre foi de desaprovação inicial, mas de reconhecimento posterior. Será que esse filme vai se repetir? Anda não sabemos.

O que Ainge pretende com a renovação do elenco?

O Celtics terminou a última temporada com a melhor campanha do Leste, chegando até a final da conferência. O que se esperava, portanto, era apenas a adição de um jogador com contrato máximo ou uma negociação envolvendo picks por um estrela da liga. Mas Ainge foi totalmente contra isso, ao renovar quase toda a equipe, de forma que Horford foi o único titular a permanecer no elenco, juntamente com outros 3 reservas (Smart, Rozier e Brown). Os demais jogadores foram todos trocados ou dispensados, em uma renovação quase que total do plantel.

A intenção parece bastante clara quando observamos a idade dos jogadores do elenco. Apenas Horford e Baynes tem mais de 27 anos e, tirando o último citado, todos os jogadores podem atuar em duas ou mais posições.

O Celtics, portanto, encerra seu processo de rebuilding, montando uma equipe dinâmica e jovem, que pode atuar junta, com alguns ajustes, por uma década toda.

Mas trocar Thomas e os demais foi correto?

Na minha opinião, não! Nem vou abordar o fato sentimental, que levaria em conta lealdade e todos os sacrifícios que Thomas fez pela equipe no último ano, como jogar lesionado e de luto. Vou falar da parte técnica da negociação.

Muita gente pode não concordar com minha pessoa, mas eu, honestamente, acho que Thomas é, HOJE, mais jogador que Irving.

Irving, sempre que precisou liderar sua equipe sem Lebron por perto, foi um fracasso notável. Seus dois primeiros anos em Cleveland, como franchise player, foram um desastre, com a equipe terminando com a first pick em dois recrutamentos consecutivos.

Muitos, porém, vão defendê-lo, dizendo que ele era muito jovem – mesmo ele tendo chegado à NBA com status de “pronto” e sendo um All-Star -, mas o fato é que, nos últimos 17 jogos em que Cleveland não teve LeBron em quadra, Irving só conquistou 4 vitórias (aproveitamento de 23%), mesmo tendo um elenco altamente qualificado à sua volta.

Thomas, por outro lado, chegou em Boston no meio de uma temporada bagunçada, onde a equipe tinha acabado de trocar seus dois melhores jogadores (Rondo e Green) e possuía a quinta pior campanha da NBA, com um quinteto titular que contava com jogadores como Turner, Bass e Zeller. Isso não o impediu de tornar-se, rapidamente, o destaque máximo da equipe e conduzí-la aos playoffs com a sétima melhor campanha do Leste.

Posteriormente, Thomas seguiu sua crescente em Boston, virou líder, atraiu agentes livres de renome e tornou-se All-Star nos dois anos seguintes, inclusive figurando no top 10 da corrida pelo MVP nos dois anos (8º em 2016 e 5º em 2017).

Defensivamente, Irving e Thomas se equivalem (negativamente) e isso as estatísticas avançadas deixam bem claro. Ofensivamente são muito semelhantes, mesmo que não tenhamos visto eles atuarem em condições parecidas, já que cada um teve seu pró e contra nos últimos anos. Irving tinha que dividir pontuação com Lebron e Love, mas por outro lado tinha jogadores bem mais qualificados para passar a bola e também gozava de uma certa liberdade de jogo proveniente do fato de Lebron ser sempre o foco principal da marcação adversária. Já Thomas não tinha ninguém com quem compartilhar pontuação, mas era foco principal de qualquer defesa que o enfrentasse, tendo que lidar com marcação dupla a quase todo momento.

Mas se ambos tem qualidade de defesa e ataque muito semelhantes, é no extra quadra que Thomas toma a frente. O baixinho se tornou um líder em Boston, ajudou a melhorar seus companheiros dentro de quadra e foi declaradamente um dos motivos pelos quais tanto Horford, quanto Hayward, decidiram se unir a equipe.

Aliás, vale lembrar que Horford e Hayward citaram Thomas e a pick do Nets como motivos em suas decisões de irem a Boston, e Ainge, ousadamente, trocou os dois de uma vez só. Isso pode causar um mal-estar interno? Não sabemos, mas é algo a se preocupar.

Mas retomando o assunto Thomas, a troca se tornou plausível no momento em que Ainge informou que Thomas ainda está lesionado e deverá perder jogos na temporada (sem especificar quanto tempo).

Ok, isso é uma notícia que não tínhamos antes, e que deixaria a troca menos dolorida. Não seria a primeira vez que o Celtics trocaria um astro lesionado, por achar que ele não teria uma recuperação satisfatória. Isso aconteceu com Rondo há pouco tempo, e ele de fato não voltou a ser o jogador de outrora.

O problema, no entanto, é que não foi uma troca simples de um por outro. O Celtics enviou também Jae Crowder, Ante Zizic e a pick do Nets sem proteção. E é aí, meus amigos, nesse exato ponto, que o negócio, no meu ponto de vista, tende a pender em muito a favor do Cavaliers.

Crowder é um jogador de papel, todos nós sabemos disso, mas é um jogador de papel com um dos melhores contratos da NBA!

Zizic ainda nem pisou nas quadras da NBA para ser avaliado, mas é inegável que ele tinha potencial para ser, no futuro, o pivô defensivo que o Celtics procura desde a saída de Perkins, muitos anos atrás.

E a pick do Nets? Ah, a pick do Nets! Que mesmo com a melhora da franquia de Brooklyn, continua sendo muito valiosa e poderia, com sorte na loteria, trazer futuras estrelas como Michael Porter, Marvin Bagley, DeAndre Ayton, Luka Doncic, entre outros!

No fim das contas, o Celtics ganhou um jogador de qualidade semelhante e da mesma posição do que enviou, e perdeu peças importantes da sua estrutura e a chance de adquirir uma futura, barata e jovem estrela.

O tempo pode mostrar que estou errado. Não seria a primeira vez em relação a criticas perante a movimentações de Danny Ainge, mas por ora, jamais concordarei com aqueles que disserem que a troca foi boa para o Celtics. Espero estar errado, aliás, torço muito para estar errado, e aguardo ansiosamente por pessoas “upando” esse artigo no futuro para esfregar na minha cara.

Por fim, como comecei esse texto com frases famosas, vou terminar com outra famosa frase dita pelo personagem Harvey Dent (Duas Caras) para o Batman:

“Ou você morre herói ou vive o suficiente para se tornar vilão.”

Será que seu dia chegou, Danny Ainge? Só o tempo dirá!

Daniel Emiliano
Daniel Emiliano

Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP.
Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics.

Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

70 Comentários

  1. Krishnamurti Severo disse:

    Cara, com todo respeito, estou ciente que você acompanha o Boston ha mais tempo que eu, porém, sua balança está muito pesada! Tire o lado fan do artigo e o releia apenas de forma critica. A troca foi boa para ambos, coloque na nossa balança o contrato do IT na próxima temporada, a incerteza sobre a sua lesão, e a capacidade do nosso treinador, ai a balança pode se igualar. E não, o IT não é mais jogador que o Kyrie, e pelo jeito, todos na adm do Celtics estão cientes disso.

    27

    7
    • Marcio Shimabukuro disse:

      Desculpa meu caro, mas você foi mauzão no comentário.
      Achei os argumentos do Daniel bem técnicos, de forma que ele mesmo citou ali em um ponto que não ia fazer argumentos sobre lealdade, e tal, que aí sim levariam o lado torcedor. Aliás, se ele tivesse levando o texto pro lado torcedor, estaria elogiando o Danny, fazendo parecer que foi tudo ótimo pro Celtics e tal, o que não foi o caso.

      É evidente que perdemos muito com essa troca, principalmente por conta da pick do Nets.
      Também considero o Thomas hoje mais jogador que o Irving, mas alimento esperançar de que isso possa se inverter ao comando do Stevens.

      2

      25
      • Krishnamurti Severo disse:

        Entendo que seja o meu ponto de vista como foi o dele. Quando citei a palavra “Fan” eu me referi justamente ao IT e não ao Boston.
        E como ja havia dito, deveria colocar o peso no outro lado da balança, o contrato máximo do IT não foi abordado. Mas como todos aqui, eu torço muito pra dar certo e espero grandes jogos esse ano. Abraço

        8

        2
        • O contrato máximo do IT só vem daqui uma temporada.
          O do KI vem daqui duas e vai ser maior que o dele. Não vejo muita diferença.
          Os argumentos que passei do Thomas ser mais jogador, são plenamente plausíveis.

          Não acho que o salário seja o motivo da troca e sim a idade e saúde do Thomas, que foram dois fatores que foram abordados no texto.

          5

          4
          • digor33 disse:

            Bem, temos que concordar em uma coisa, depois de várias janelas sem movimentações e contratações esta última foi do borogodó (como minha avó fala)…….rs

            Não podemos reclamar por falta de emoção, finalmente chegou a nossa ora de arriscar…rs

            1

            0
  2. jean lucas dos reis brazuna reis ana maria felix dos reis disse:

    Acho que não, mas entendo os argumentos, só discordo que Thomas seja mais jogador que Irving, creio que analisar o impacto que Brad teve na subida de produção de Thomas, é inegável, Irving jogava em um time que já sabia que ia ganhar o Leste, e nos Playoffs, que é onde se separa as crianças dos homens, Irving foi bem demais…teve média de 29.4 contra o GSW, foi o melhor do time na série contra o Celtics para mim, em especial naquele jogo 4 em Cleveland, é mais novo e tem um teto de subida de crescimento muito forte, pode dar muito errado, mas também pode dar muito certo, e acho sinceramente que dará certo.

    22

    0
  3. João Gabriel disse:

    E eu aqui gostando de ver o Irving em Boston. Infelizmente não dá pra discordar do Daniel. Boston se lascou.

    4

    16
  4. Sander disse:

    I. Thomas e Crowder devem 70% do sucesso deles ao Stevens. Nós Cavs o Thomas não vai ter jogada para ele, o LeBron vai ficar com a bola 90% do tempo e o treinador dos Cavs é fraco demais.
    Imagina o Irving e Hayward nas mãos do Stevens???

    21

    0
  5. drakes disse:

    Concordo com o Daniel, e ainda vou mais longe o time do cavs prometia ser uma bagunça esse ano com poucas chances de ser campeão da nba e o celtics era favorito antes de ser o melhor time da regular, podia quem sabe vencer a diferença já não era grande se havia, com a derrota provavelmente lebron sairia e o time do cavs iria virar destroços.
    Nós demos a chance deles reconstruírem, simples assim com a pick do nets que mesmo com top 10 seria muito boa, além zizic e crowder.

    4

    6
    • Marcio Shimabukuro disse:

      Pois é.
      O Cavaliers estava morrendo aos poucos.
      Lebron planejava sair, Irving tornando o vestiário pesado e ninguém oferecendo muita coisa por ele.
      Agora eles tem um banco reforçado, um armador tão bom quanto, um prospecto de garrafão que pode vir a ser muito útil e uma pick que pode lhes render uma estrela.
      Não a toa logo após o anuncio da troca, já começou a brotar o papo de Wade em Cleveland. O futuro da franquia deles ganhou um belo fôlego com essa troca!

      1

      6
  6. Cleyton disse:

    Loucura ler os comentários da galera rasgando a própria opinião por causa do Daniel. Kkk mas falei no bom sentido, pela qualidade imensa do mesmo. Muitas das cosias que eu aprendi (e que preciso aprender mais) foi em razão dos posts do Emiliano ao longos dos muitos anos que eu acompanho a página. Enfim, também tive uma sensação estranha em discordar e até repensei a minha opinião com mais atenção,mas mantenho o que achei. Por tais motivos :

    1- Crowder é um ótimo custo benefício e o sonho de qualquer franquia. Mas falando de quadra, pegue os melhores times (postulantes ao título) e me digam se ele cabe no lineup starting. Pois é. Ele é um ótimo jogador vindo do banco. Tanto é que, seja de lá que ele venha no cavs. Dentro dessa mesma problemática, imagine o crowder no banco? Tatum e jaylen perderiam MUITOS minutos na rotação. E o que fazer? Reduzir os minutos do crowder /deixar no fundo da rotação? Acho que não. Temos ótimos jovens jogadores que precisam de tempo. Acredito que, sem o crowder, isso irá acontecer (obs:sei que jaylen tem jogado na 02,mas penso exatamente como foi descrito, “muitos jogadores em múltiplas posições)

    2- Zizic tem potencial, mas assim como foi para gente um tiro no escuro, também será pra o cavs. Afinal, NUNCA vimos ele jogar uma partida oficial. Não há como se lamentar a ida dele a ponto de se revoltar. Até mesmo na SL ele contrastou péssimos jogos com jogos bons (mais para o final).

    3 – Eu amo o baixinho, mas convenhamos, o Ainge eliminou possível dor de cabeça em ter que renovar um contrato perto do máximo com um jogador que teve uma lesão no quadril com seus quase 30 anos pedindo o máximo (ou próximo disso) Até dói a alma escrever isso, mas “business is business”.

    4- quanto a pick do Brooklyn, foi, sinceramente, a que mais me fez pensar na troca. Se colocassem a pick do lakers, eu colocaria o nome do meu filho de Ainge(sim,Ainge Silva Kkkkk). A questão é que, até aqui, seria uma clara vantagem celta. A pick teria que ir pra equilibrar a troca a ponto de balançar o cavs (embora eu ache que o Ainge deveria chorar mais um pouco). Entretanto, mesmo que seja um pick alta, como já dito no texto, há times que podem ser piores ou tão ruim quanto que o nets(bulls, hawks, pacers e cia). Ou seja, RISCO. Quanto a isso, eu prefiro confiar no Ainge, em questões de draft ele tem o feeling da coisa (e bem dado certo até aqui).

    RESUMO

    hoje temos uma equipe com um arsenal ofensivo muito bom, onde, pelo menos, dois jogadores tranquilamente podem fazer +20/+30 PPG, e, como dito, mantendo por uma década,tendo alguns ajustes como : arremessadores de 3pts em torno do quinteto titular, um 04 e um reboteiro (se tiver os dois em um, ótimo!).

    Espero que a minha opinião não tenha sido extensa e cansativa, mas preferi discriminar bastante tudo prs ficar claro.
    Grande abraço a todos.

    22

    1
    • Pitol disse:

      Concordo bastante contigo, e por consequência, discordo do autor do texto, rs. Na questão de Thomas e Crowder, nada a acresecentar. Quanto ao Zizic, também queria mantê-lo. Sim, é uma incógnita como quase qualquer calouro, mas é um jovem talentoso numa posição carente. Tentaria não envolvê-lo na negociação(fico com uma impressão de que ele agradou o front office e comissão técnica menos do que se supunha, mas enfim. PS: penso que botam muita fé no Yabusele também, pela versatilidade que se alarda. Aguardemos.) Quanto à escolha do Nets: não acredito que ela ou a outra proveniente da troca com o 76ers não entraria na roda. Kyrie é um astro estabelecido, campeão da NBA. Era o preço a se pagar. È torcer para o Nets(que fez bons movimentos nessa offseason feder menos) e pro Lakers não alcançar sucesso além do esperado(acho que eles fizeram um bom draft. Sim, Lonzo é bom pra caralho sim e pode ser uma estrela. Mas a conferência deles é feroz e ainda está mais fortalecida. É torcer pro vem ni nóis pick-2-5!, rs).

      1

      0
  7. Vittos disse:

    Confesso que não li tudo, só o início e as comparações entre os 2 armadores e seus desempenhos com os respectivos times, mas comparar dessa maneira é no mínimo amador, sem considerar treinador e tipo de jogo.

    Kyrie destrói e continuará destruindo, o jogo do Cavs era pro LeBron, o do Celtics era pro IT4.

    E mais, não sabemos se ele volta bem da lesão, seria perda de tempo dar o máximo pra um cara pequeno e com 30 anos, a pick dos Nets não será nem top 6 e tenho certeza disso, Morris é mais jogador do que Crowder, queria ver Zizic no Celtics.

    No fim das contas valeu muito a pena, e devido a troca da pick 1 pela 3 mais a do Lakers, pudemos trocar a do NETS e ainda assim ficar com uma top 5 em 2018.

    Parabéns Ainge, cara pica!!!

    9

    3
  8. Tem mais coisas que eu gostaria de colocar nesse texto
    Uma avaliação baseada em estatísticas cairia bem, e até a parte “sentimental” da troca, que não quis colocar, poderia ser avaliada, mas daí o texto ia ficar grande de mais e resolvi dar uma boa enxugada só pra passar uma opinião geral, mesmo.
    Qualquer coisa, com mais tempo, eu deixo mais infos aqui. Agora ta foda…muito trabalho…rs

    2

    2
  9. Neto Cavaliers disse:

    Obrigado celtinhas
    Fiquem aí com esse traidor vagabundo, que a gente fica com meio time vocês!
    Capeta em forma de gurí e James vão trucidar geral, e ainda temos o melhor banco da NBA agora.
    Se cuida Modinhas do Golden State!
    Valeu Ange!

    1

    21
  10. Julio Risoto disse:

    Não leu tudo e chama a análise de amadora
    hahahahahah; Cada 1!
    Cara… NUNCA que o Morris é mais jogador que o Crowder, mas nunca mesmo!
    Crowder é top 15 SF da liga…quem sabe até top 10, Morris não é ninguém!
    E saiba que a pick do Lakers é protegida.só é do celtão se ficar entre 2 e 5. tirando isso vamos chupar dedo sem pick boa

    1

    11
    • Vittos Gomes disse:

      Tirando a proteção do Lakers vamos ficar com a do Kings de 2019, desprotegida se não me engano, que vai ser boa também, apesar de um draft fraco.
      Espera o Morris jogando com Stevens e verá, Crowder não era ninguém antes do Stevens, e não será ninguém no Cavs.
      Time tá muito mais forte agora, indiscutível. E acredito que 2018/2019 seremos finalistas.
      O Zizic sim, vai fazer falta, a não ser que Baynes jogue o que jogou nas olimpíadas, foi um monstro.

      6

      1
  11. LUIZ disse:

    TODO MUNDO FALANDO DE THOMAS CRAWDER E ESCOLHA DO NETS, E EU AQUI, VENDO NOSSO GARRAFÃO SEM ESPERANÇAS NOVAMENTE COM A SAIDA DO ZIZIC.
    THOMAS POR IRVING EU ATÉ PENSARIAM EM APROVAR, MAS ESSE PACOTE FOI GRANDE DE MAIS

    1

    4
    • Pra que pegar rebote né? Meu time não erra! Bulls Pegar mais rebote ofensivo que os nossos defensivos foi pouco.

      0

      0
    • Oberdan Gonzalez disse:

      “THOMAS POR IRVING EU ATÉ PENSARIAM EM APROVAR” ???
      Tudo bem que opinião é opinião. Eu vou respeitar a sua, mas vc por favor também respeite a minha. Pra mim, tu não entende de basquete.
      o Irving é um jogador mais completo que o IT. Botando tudo na balança (histórico, idolatria, altura, contratos) eles se equivalem, mas pra mim no basketeball, não dá pra comparar, o Irving é melhor.

      Abs, Luiz

      Ps – Porém eu concordo que o pacote foi grande demais(pra mim poderia ser IT, Crowder, talvez Ojeleye e a pick do Celtics(tipo 27 pick).

      2

      0
  12. Matheuzão disse:

    Se o Emiliano falou, quem sou eu pra discordar.
    Sigo com o relator 😀

    Alias…brincadeira piá achar Irving melhor que Thomas. cada uma…

    1

    8
  13. Kobe da MASSA disse:

    Hahaha….Celtolandia em pânico!
    Perderam um backourt com Thomas e Bradley, pra ficar com Kyrie e Brown!
    Adeus qualquer chance que tinham!

    0

    4
  14. Rafael disse:

    Sinceramente foi uma troca difícil, mas o IT, tem 1,75. Por mais que ele seja ótimo atacando, não dá para esquecer o desequilíbrio que ele nos custa na defesa, todos reclamavam do Ainge em temporadas passadas, ele mesmo disse que não poderia perder a oportunidade de contratar o Kyrie, deixando claro o quanto foi difícil para ele, agora o tempo se encaminhará de mostrar se ele errou ou acertou, pelo menos assumiu a responsabilidade de arriscar e isso é ótimo.

    2

    0
  15. Elizeu Dias disse:

    Não sou torcedor do Boston, mas sou fã de NBA no geral e costumo acompanhar esse blog e sempre achei os textos do Daniel, do Gustavo e de um outro que não lembro o nome, muito bons, lúcidos e sem clubismo aparente. Acho que eles merecem mais respeito do que o rapaz do primeiro post demonstrou em seu comentário.

    Na minha opinião, clubismo é a mania que muitos aqui no comentário tem de achar que tudo do Celtics é melhor e que o Ainge é o melhor homem do mundo e que tudo que ele faz é certo.

    Não tenho opinião formada sobre essa troca. Vou aguardar pra ver, mas achei a opinião do Daniel bastante valida e temos que respeita-la.
    Um forte abraço ao pessoal do Celtics Brasil. Belo trabalho.

    5

    1
    • Vittos disse:

      Não é questão de falta de respeito, eu acompanho o site deve ter uns 5 anos, realmente não lembro, mas faz tempo, e se eu venho ler as notícias todos os dias é porque gosto de acompanhar os posts e consequentemente respeito, leio também o celticsblog, e apesar de algumas postagens serem muito parecidas, também vejo outras com posicionamentos diferentes e acho muito legal, por isso leio ambos.

      Sendo o Daniel, o Romulo, ou qualquer outro, eu vou argumentar quando discordar sim, e por isso temos a área de comentários, para debater.

      E novamente aproveito para dizer que a troca foi boa, principalmente pelo fato de não ser favorável a dar um contrato máximo para um cara de 30 anos, que não foi no mínimo 5x All-Star e pelas condições clínicas do IT4 que são duvidosas.

      5

      1
  16. Ranieri disse:

    Bom galera antes de mais nada queria deixar claro que li todo o texto do Daniel e cada um dos comentários feitos até o momento que comecei a escrever o meu, primeiro gostaria de elogiar o Daniel embora não concorde com algumas opiniões a respeito da troca o texto ficou ótimo, parabéns mesmo cara.

    Vamos lá irei avaliar todos os envolvidos nessa troca
    1.IT
    Thomas até chegar no Boston mas especificamente nas mãos do Stevens era apenas a 60ª escolha do draft que já tinha passado por alguns times e em nenhum deles não chegou nem perto de brilhar como em Boston, aquele jogador subestimado. Com o Stevens primeiramente el foi usado como sexto homem por um bom tempo o que mostra que era esse papel que o Ainge viu nele quando o trouxe, ele teve bons números no sistema do Celtics na sua menos que meio primeira temporada, no seu segundo ano ele continuaria sendo o sexto homem porém uma contusão se não me engano do Smart fez com que ele virasse titular e ai ele começou a aparecer e foi o que nós vimos, todos o jogo do IT era muito favorecido pelo esquema do Brad, no ataque tinhas os bloqueios e movimentação que abriam um espaço enorme pra e acho q nem preciso falar do sistema defensivo montado pelo Stevens que é otimo e minimizava as deficiências defensivas que o IT tem, nessa ultima temporada o time jogava em função do IT pra abrir espaço pra ele é logico que ele teria numeros melhores que Irving, qual outro jogador do time teve media maior que 20 ponto, no cavs tem 2 além de Irving. Claro que doeu perder IT dps da saída do Pierce ele foi quem mais sangrou verde em Boston, mas não podemos nunca dizer que IT é melhor que Irving

    2Jae Crowder
    o Jae é um ótimo role player mas provavelmente nunca será uma estrela e acho que todos nos sabemos que ele estaria envolvido em alguma negociação, muita gente aqui pedindo Anthony Davis como vcs acham que isso poderia acontecer sem colocar o Jae na negociação não tem como, minha unica duvida nisso é o impacto defensivo que isso terá na equipe afina AB e Jae de uma vez só

    3 Zizic
    Ante é um jogador de um potencial incrível fez muito na Europa e a evolução que ele mostrou na Summer league é de surpreender tendo em vista que ele fiz durante a competição e ela sendo tão curta, mas não se enganem achando que ele era a solução para o nosso garrafão pq não era ele provavelmente não teria tantos minutos para ter esse impacto pelo menos não nessa primeira temporada. E quem acompanhou nas redes sociais o que falavam é que os cavs queriam o Tatum o que me leva a crer que o Ainge ou teria que desistir do Tatum ou teria que desistir da pick do Nets e ele fez a escolha pela pick, o que pra mim foi um acerto e uma grande jogada manter o Jayson fora da conversa

    4 Pick dos Nets
    Como eu disse anteriormente penso que Danny teve que escolher entre a pick e o Tatum mas pensando bem por outro ponto de vista talvez a pick do Lakers seja mais valiosa do que a dos Nets tendo em vista que os Nets melhoraram bem o seu time, tem muito time do leste que deve tankar nessa temporada (Pacers, Bulls, Knicks, Atlanta) enquanto que o lakers irão continuar numa conferência fortíssima e que ele ainda estão no processo de rebuild e não fizeram tantas mudança pra concorrer na conferência, sinceramente acho que no mínimo os dois times terão campanhas semelhantes

    5 Kyrie Irving

    Pra finalizar meu comentário que já está muito grande falar do Irving. O cara tem 25 anos vai pra o All Star desde os 21 se não me engano antes do Lebron chegar, ainda não tá no seu teto, tinha que dividir o protagonismo com Lebrom e Love o que me leva crer ser natural ter números menores que o IT, ele jogava no time sem treinador, que pela qualidade dos jogadores se sobresaia, vamos lembrar que Lebrom tem esse efeito nos times, Spoelstra não era ngm antes do Lebrom , se vcs recordarem todo mundo falava que ele não treinava Miami, ate que me surpreendeu o quanto ele melhorou nessa ultima temporada, mas voltando que acompanhou a atual temporada vai lembra que o cavs teve uma sequência longa, se não me engano 10 jogos, sem ganhar em que a defesa foi muito criticada, ou seja, Irving jogava num sistema defensivo mal treinado, tendo em vista a forma que GSW ganhou as finais e tbm o jogo que o celtics ganhou sem o IT podemos concluir que pq de tanta dificuldade. Não estou dizendo que Irving é um ótimo defensor estou dizendo que ele pode evoluir nesse quesito se bem treinado, e bem sabemos que temos um dos melhores, não é a toa que Irving pensou nos Celtics e nos Spurs né

    14

    1
  17. Robson disse:

    Eu, que não gostava muito do Danny Ainge, concordei com todos os movimentos dele nesta offseason. Inclusive na ocasião da saída do Bradley. Na época, não tinha como prever a disponibilidade do Irving, então achei correta sua opção pelo Thomas.
    Não há dúvida de que saiu cara essa contratação, assim como são caros os contratos de Horford e Hayward. Mas é o que se tem que pagar por caras deste calibre. Foi por isso que Boston acumulou tantos ativos, para poder gastá-los quando aparecesse a oportunidade. Não dá pra deixar passar caras como Kyrie. São raras oportunidades como essa. O fato de ter falhado nas tentativas com George e Butler talvez tenha pressionado Ainge a finalmente aceitar envolver nossa derradeira pick do Nets.
    O negócio ter sido bom para o Cavs não quer dizer que tenha sido ruim pro Celtics. Analisando o contexto, vejo que foi bom pra todos. Não tenho dúvida que melhoramos nosso time. O Cavs decresceu, mas conseguiu mais do que se esperava que fosse conseguir.
    A perda do Crowder é lamentada por ter um contrato barato e não por sua contribuição ao time. Fez playoffs muito fracos. É um jogador muito voluntarioso, porém limitado.
    Gostaria de ficar com Zizic, mas não deixaria de fechar negócio por causa dele.

    Enfim, basta olhar pro nosso roster de dois anos atrás e pro atual que fica escancarada a nossa evolução. Melhoramos time e banco. O trio Irving-Hayward-Horford possui um QI de basquete altíssimo. Não tem como não entrosar. É só lhes dar o tempo necessário. O material humano está aí. Agora é trabalhar pra encaixar as peças e formar uma equipe. Confio demais na capacidade do Stevens em liderar esse processo. Vejo um belo futuro verde.

    13

    0
    • Pitol disse:

      Uma questão que gostaria de levantar é a seguinte: nossa reconstrução deu certo muito mais rápido que o comum. Pra ficar só no exemplo individual de nosso último craque: Isaiah Thomas era um jogador habilidoso, porém sem um impacto maior além disso, muito menos liderar um time cheio de jogadores “comuns” rumo a uma campanha de playoffs(2015/16). E depois a coisa só melhorou! O anão fez a temporada da vida, foi um dos jogadores mais empolgantes da temporada, fez chover, ganhou jogos sozinho. Isso, além de toda o desenvolvimento do jogo da equipe como um todo.

      Ficou mais “fácil” reconstruir em um time que percebeu que não ia jogar para perder, muito pelo contrário. Quem diria que das trevas da temporada 2014/15 em tão pouco tempo atrairíamos agentes livres como Horford, Hayward e a cereja do bolo Kyrie Irving(ainda que esse em uma ocasião oportuna por uma questão de sua ex-equipe, mas enfim, agarramos).

      Palmas para nossa direção e comissão técnica(ave, Brad Stevens!), é o que penso. Vamo, Celtics.

      0

      0
  18. Fernando C Silva disse:

    Daniel, assino embaixo com uma observação: entre KI e IT eu ainda acho KI mais jogador mas por pequeníssima margem.

    Ainda estou engasgado com, salvo engano, o jogo 3 das finais. Não fosse KI e teríamos empatado a série mesmo sem IT.

    Achei impagável “Se você é um humano e está lendo esse texto”.

    Que foi salgado, foi, e muito.

    Nos resta torcer para DA estar certo.

    1

    0
  19. Concordo bastante com o texto e até agora estou sem entender tantos assets pelo Irving. No geral, até considero Kyrie um jogador melhor que Thomas até por ser um defensor menos ruim, mas incluir Crowder (3D com ótimo contrato pré-inflação do CAP) e a pick Nets (certamente Top 8, com chances reais de Top 5 ou até 3) foi bastante exagerado.

    1

    2
  20. Rodrigo Ribeiro disse:

    Kyrie monstro, vai doutrinar, temporada de MVP então todos ficarão satisfeitos!

    4

    1
  21. Marcos disse:

    Acho que deve ter rolado uma conversa direta entre Ainge e Irving no sentido de renovar no futuro.
    Essa, para mim, é o calcanhar de Aquiles da trade, se fosse sign&trade estaria 100% satisfeito.
    E antes de qq coisa sou fã do Thomas na quadra e no caráter.

    Algumas coisas:

    1) No ano passado pode até ter sido o Thomas pouco superior ou comparável ao Irving.
    Se você pegar a carreira a diferença é bem grande.
    Uma coisa que ninguém nota é que o time é “virjão” (incluindo treinador) de finais de offs em uma conferência patética e o Kyrie vai adicionar uma senhora experiência nesse quesito.
    Deve ser o capitão do time e líder vocal disparado, podem marcar aí.

    2) Você investe pesado e traz o melhor UFA disponível: Hayward.
    Se livra da falta de atleticismo do time (Sully, KO, Amir, Jbko).
    Aí olha para o banco e vê que ainda falta altura no time.

    3) A pick, endeusada por muitos, tem chance de virar um Lonzo Ball/Fultz que são bons já para venderem desodorante em propaganda de supermercado, mas na quadra mesmo só renderão em 5/6 anos com uma senhora marca de interrogação aí.
    Você conseguiu trazer o Tatum, que vai entrar no auge físico quando os alas top da Liga estiverem saindo do pico, e tem a possibilidade de trazer o armador top-2 da Liga com APENAS 25 anos por uma aposta duvidosa de um asset que pode não ser nem top-5?

    Foi um negócio aceitável.
    Se a pick fosse protected 1-3 seria um bom negócio.

    Roster Celtics:
    Irving-Smart-Hayward-Morris-Horford

    Roster Cavs:
    Thomas (Rose)-JR-LBJ-Love-Thompson

    Considerando que temos técnico e o Cavs não, sobram:

    Matchups def
    Thomas-Irving/Smart
    JR-Smart/Irving
    LBJ-Morris/Hayward
    Love-Hayward/Morris
    Thompson-Horford

    Matchups off
    Irving-LBJ/JR
    Smart-Thomas
    Hayward-JR/LBJ
    Morris-Love
    Horford-Thompson

    Sem lesões graves, já me preparo para ver os C’s nas finais em 2 temporadas seguidas.
    Se isso não vale 1st pick, não sei o que vale.
    Várias franquias da Liga nunca tiveram um roster com tanto potencial em toda a sua existência.

    []s verdes

    14

    -1
  22. Celso Cachali Jr disse:

    Antes de tudo, deixar claro que opniões tem que ser respeitadas e que todos aqui somos torcedores da mesma franquia e graças a este Blog que temos este espaço para conversarmos e colocar as nossas opniões. Todas as materias aqui são postadas de uma inteligencia incrivel por isso que tem ate torcida de outras franquias aqui palpitando.

    Sobre a troca:

    No meu ver foi mais do que acertada, infelizmente foi com um concorrente. Mas o Ainge foi frio e muito inteligente.

    Thomas: Nosso idolo maior apos o Pierce, ele sangrou verde e honrou o manto sagrado ate mais que jogadores como Rondo, Walker e Allen.
    Vamos para os contra: Lesão (Nao é certo que ele vai voltar 100%) Contrato (Ultimo ano de contrato e ja deixou bem claro que vai querer o maximo e chegou ate comentar que na nba são negocios) Altura (Ele é o nosso calcanhar de aquiles, nas trocas de marcação é uma baba, lembro de um jogo super acirrado com o Toronto Raptors ganhavamos por 10 ou mais pontos de diferença nos ultimos 3 minutos, foi então que em seguidos ataques eles faziam a troca de marcação e Thomas ficou marcando o DeRozan. Resultado Rozan engoliu o Thomas e marcou 12 pontos seguidos em cima do Thomas e tomamos a virada) Renovação (ele nao vai aceitar menos do que 30 MIlhas)

    Crowder: Obrigado Crowder por tudo mas vai com deus. Cara chato, reclama de tudo discuti com nossa torcida as vezes com razão outras nao. Hoje ele se acha titular em qualquer equipe subiu para cabeça do rapaz que é um top Player, lembrando que ele não foi o mesmo jogador da temporada passada na parte defensiva tambem. Alem de que ficou bravinho quando a torcida Aplaudiu Hayward, nao ia demorar muito para ele começar a criar um clima ruim no vestiario alem de que com a saida dele quem ganha são nossos futuros Meninos com muito mais potencial que ele BROWN e TATUM.
    E ao meu ver o unico ponto positivo dele era o seu contrato.

    ZIZIC: Promessa, acompanhei ele muito na europa e o via como uma grande solução para o nossos problemas principalmente nos rebotes, SL não mostrou muitas coisas. Mas é um estilo de basquete diferente da europa ainda precisa se adaptar quando estiver mais adaptado acredito que vai ser muito util para os CAVS.

    Agora vamos Falar do Irving

    Nao da para falar deste Garoto, Gente comparar o Irving que joga com o melhor jogador do planeta + o Love. Me desculpe amigos mas não ha como comparar por mais que ele seja outra baba na marcação coisa que ele tendo uma altura e porte para evoluir e lembrando q so tem 25 anos. Ele ja foi melhor jogador de Mundial pelo EUA, MVP do ALL Star, inumeras conquistas pelas seleções, a habilidade e controle de bola que ele possui é tao acima da media que muitos falam que é melhor que o Curry. Eu sou um que no controle de bola acho que é melhor que o Curry.
    Comparar THomas que joga num esquema totalmente para ele é um absurdo.

    Voces se esquecem de que muitas das vezes Thomas pegava o rebote saia correndo no contra ataque parava na linha de 3 e chutava, sem ao menos pensar em alguma jogada trabalhar o ataque, cansei de ver isso acontecer.

    Bom é isso.

    Ainge parabens, voce mitou de novo. chega de apostas.

    Escolhas Nets: nos deu ROZIER, BROWN, TATUM E IRVING. ta ruim?

    14

    0
  23. Renato disse:

    Como dito aqui Emiliano merece todo respeito pq conhece muito de NBA e principalmente do Celtics, mas nesse caso vou discordar.

    O preco de uma negociação por um cara de 25 anos com talento e que ja ganhou tudo dentro do basquete e esse mesmo.

    Thomas não da metade do talento do Irving, sempre jogou muito pela dedicação e força de vontade, mas Irving e talento puro, não atoa um foi a escolha 1 e o outro a 60.

    Não bastasse isso, são 4 anos a menos, ou seja, isso garante um núcleo brigando por títulos por 10 anos.

    Essa trade empurra um baita problema pro Cavs, ja que tera 2 All Star expirantes tendo que dar o máximo.

    Vamos enaltecer que pegamos o jogador mais habilidoso da liga, sem ceder Brown ou Tatum, e ainda temos uma vaga no elenco para contrato mínimo.

    As pessoas deveriam dar mais credito ao Ainge, ele ja provou que enxerga muito a frente da média.

    9

    0
  24. Bruno Ferronato disse:

    Texto bastante coerente, mas sou contrário. Eu sempre fui meio pé atrás com a sede do Ainge por trocas, inclusive sendo crítico em muitas delas. Porém, desta vez estou aceitando de uma maneira até bem tranquila.
    Eu entendo perfeitamente quem esteja chateado ou revoltado com a troca, porém me apego a uma aposta minha de que com o tempo Irving se mostrará um investimento dos melhores possíveis. Por mais que gostasse de Thomas não consigo achá-lo superior ao Irving, e algo que também coloco na conta é que não via o Cavs bem treinado e consequentemente com padrão de jogo. Em muitos momentos o que se via eram jogadores decidindo no talento, ou então na base do festival de bolas de 3.
    Devido a isso, estou com o Ainge, e apostando que o auge de Irving será com o Celtics.
    No mais concordo que ele tenha uma defesa ruim, mas ele compensa com sobras no ataque, e caso necessite acredito que Smart ou Brown poderão cobrí-lo na defesa, da mesma maneira que Bradley fazia com Thomas, sendo que desta vez quem o fizer poderá fazer melhor ainda por não ter a obrigação de pontuar que Bradley tinha.
    Outro fato que me deixa otimista é que já temos um big 3 e Brown e Tatum poderão explodir a qualquer hora. Se tudo der certo, em pouco tempo seremos um time com muito poder de fogo, a nível Warriors atual ou até melhor.
    E quanto ao Cavs fizeram a coisa certa ao qualificar o elenco, mas vamos esperar pra ver, pois isso pode não ser garantia de nada. Lue pode por tudo a perder, e também com o excesso de jogadores não tem como dar muitos minutos para todos. Ainda continuaram com uma folha altíssima e terão decisões a tomar em curto prazo.
    E o engraçado é que comigo em relação ao Ainge tem sido o contrário da colocação do Daniel que citou ” – Ou você morre herói ou vive suficiente se tornar vilão”. Como disse no começo sempre fui crítico do Ainge, desde a troca do Perkins lá atrás e que durou até as trocas de Pierce e Garnett. Porém tiro o chapéu pela reconstrução que ele tem feito, com destaque pelas contratações de Horford e Hayward (lembrando que Durant quase veio também). Então pra mim é como se Ainge fosse um vilão que tem se tornado herói. Que o futuro confirme isso.

    6

    0
  25. Celtics recifr disse:

    Não adianta se lamentar já foi . Alguém pode informar o time titular ?

    0

    0
  26. Celtics recife disse:

    ?

    0

    0
  27. Roberto Rossini disse:

    Odiei a troca, por diversos fatores já ditos por vários ai, preferia o Thomas por vários motivos, mas um dos motivos que não acho valido e o poder ofensivo de cada um, Irving enxergo com um poder ofensivo sem duvida maior, mesmo quando ele não levou o Cavs a boas temporadas (sem lebron), jogou extraordinariamente, sem contar que é um cara novo que esta se desafiando e buscando evolução este lado pra mim é primordial na analise geral.

    0

    1
  28. Agnello Castilho disse:

    Acho que Ainge tem boa possibilidade de acertar nesta troca pq IT tem uma perspectiva de declinar daqui prá frente.Lembremos da contusão do Guga que nunca mais voltou a ser o mesmo e eu temo que a contusão de Thomas possa ser parecida.
    Sentimos falta de suas análises Daniel.
    Escreva mais!

    1

    0
  29. JailtonSV disse:

    Concordo com os argumentos. Só uma observação, no tópico do Crowder você diz que ele é um jogador de papel, acredito que você queria escrever plantel (posso estar enganado também) E no final está escrito “bartman”. Naturalmente, não estou criticando, o texto está ótimo e os argumentos totalmente compreensíveis.

    Como já comentei sobre a trade queria comentar sobre algumas partes de comentários dos colegas.

    Sobre Thomas por vezes iniciar o ataque chegar na linha de 3 e simplesmente chutar, um colega diz que cansou de ver isso. Eu também, e cansei de ver esta bola caindo na cesta.

    “O sistema do Celtics girava em torno do Thomas (e é verdade), tanto que no Celtics ninguém tinha média de mais de 20 pts, e no Cleveland tinha Irving e mais 2. ”

    Bem, O Celtics não tinha outros com médias altas em pontuação pq NINGUÉM tinha o perfil de pontuador. Horford manteve as médias da carreira, Bradley desenvolveu arremesso consistente, mas não tem um bom jogo 1×1, Crowder tem muita limitação ofensiva, é o Amir era um caso a parte. Logo o argumento em que a baixa média de pontos dos outros atletas era produto de uma centralização das jogadas ofensivas no Thomas, ao meu ver, não se sustenta.

    “Irving só tem 25 anos!!!”

    De fato, isso indica uma propensão a evolução maior do que a do Thomas. Mas, isso só será de fato relevante se o Celtics renovar com ele.

    “Thomas tinha destaque por motivos de o Celtics girar em torno dele, enquanto no Cleveland, Irving tinha que dividir a atenção com Love e James.”

    Aqui, eu gostaria de inverter o argumento.
    Assim, como Thomas ser treinado pelo Stevens é um fator de potencialização do seu jogo, ter companheiros excepcionais também é um fator positivo. Se alguém pensa que Thomas se destacava pela falta de brilho dos companheiros, convido a repensar. Fisicamente, uma brilho ganhará sim destaque nas sombras. Entretanto, no basquete o que impede o brilho (destaque) não são os companheiros e sim os adversários. Pierce não perdeu destaque com a presença de Allen e KG, perdeu?

    “IT só foi bem no Celtics”.

    Posso dizer que Irving só foi bem no Cleveland? Até poderia, mas seria muita desonestidade em meu argumento. Irving de fato chegou exibindo talento nas quadras de basquete.

    Thomas pode ter evoluído tardiamente, mas ainda sim é uma evolução. Hayward e Milsap também não se destacaram logo de início, mas isso não diminui o impacto que ambos possuem em quadra atualmente.

    OBS: O que está entre aspas é aproximadamente o raciocínio dos outros comentários, seria trabalhoso copia-los.

    0

    0
    • O Termo é “jogador de papel” mesmo, Jailton.
      Esse termo é usado para definir jogadores que tem um papel limitado e específico na equipe.
      Aquele cara que está ali pra fazer uma determinada coisa, mas que jamais terá um destaque maior na equipe, o famoso “role player”

      3

      0
  30. Agnello Castilho disse:

    O Ainge deve ter indormaçoes de prognóstico clínico do IT.O Danny Ainge já se desfez de grandes ídolos nossos mas sempre em declínio.

    1

    0
  31. Obrigado a galera pelos elogios, criticas e opiniões.
    Teve até gente defendendo minha honra aí..hahahah… massa. rs 😀

    Pois é… ninguém precisa concordar com minha opinião. Dentro da própria equipe do Celtics Brasil o sentimento está bem dividido, metade concorda comigo, metade não, o que mostra o quanto Ainge foi saco roxo e polêmico nessa Off Season.

    Mas voltando pro assunto do tópico, tem algo que eu iria colocar nesse texto inicialmente e acabei me esquecendo.
    Em 6 anos de NBA e 1 ano de universitário, o Irving JAMAIS conseguiu terminar uma temporada se quer sem ter uma lesão que o tirasse de jogos.
    Se existe uma preocupação com a lesão do Thomas, também temos que ter essa preocupação com o Irving, já que ele é um legítimo injury prone.

    Vejo também pessoas escrevendo que Irving pode se tornar um bom defensor só por ter Stevens ao lado, como se Young, Jerebko, Olynyk, Zeller, Turner, e companhia tivessem se tornado bons defensores por jogarem com o Stevens.
    Defesa não é algo que basta querer ter, e ter um treinador bom. Defesa passa muito pelo instinto, vontade e até mesmo habilidade e não se aprende da noite para o dia.

    Existe a possibilidade de Irving melhorar na defesa? Existe, mas não é muito provável, então não se iludam com isso. O foco na evolução dele tem que ser em cima de seu passe e jogo coletivo, que é algo que o Celtics precisa muito em seu esquema e que ele era um pouco abaixo do Thomas, mas isso eu acredito muito mais em uma melhora dele com o Stevens do que a defesa.

    5

    1
  32. Cristiano Melo disse:

    Tem uma matéria que saiu agora no CSNNE.com, do DJ BEAN, explicando que essa troca do Irving/Thomas só foi possível por causa da pick que os Celtics ganharam dos Sixers na trade das picks 1 e 3. Não houvesse essa trade das picks nós não teríamos aceito enviar a dos Nets ou o Tatum pelo Irving. O Paulo Antunes, da ESPN, no Ganhador, do You Tube, e o Basquete Cascavel, acho que mataram a charada da trade. Ela não foi por quesito técnico, e sim por idade e projeto. Os Celtics não quiseram apostar um contrato máximo com o Thomas pela idade dele e talvez por sua saúde, preferiram investir no Irving, que quando o Brown e o Tatum estiverem prontos, vai estar estar no ápice dele. É um cara que já ganhou um título, tem o currículo que tem pelo Cleveland e pela seleção, e queria mostrar serviço longe do rei. Tá claro que estamos apostando pra frente, por que hoje a diferença técnica entre eles não é grande, mas e no futuro? E ainda temos a pick dos Lakers, jogando numa Conferência insana. Acho que essa escolha será melhor que a dos Nets. Pensando por esse lado faz sentido sim a trade. Eu gostei. Dois anos de Irving é melhor do que um de Thomas, e os Celtics não quiseram apostar num contrato máximo com ele. E ainda temos a pick dos Sixers/Lakers/Kings.

    5

    0
    • Marcos disse:

      Cristiano, o Fakers ainda está em uma divisão contra GSW e LAC (04 jogos contra cada um desses) jogando no Oeste.
      O Nets se reforça melhor para essa temporada jogando no Leste em uma divisão que vai ter Knicks/Toronto e 76ers.
      Vou torcer para que façam offs.

      []s verdes

      4

      0
  33. digor33 disse:

    Respeito a opinião de todos, afinal, opinião é pessoal e temos que aceitar e debater amigavelmente. Sem certo ou errado, mas opiniões opostas.

    Na MINHA OPINIÃO o que mais ficou evidente na temporada passada fora a marcação sobre o IT nos playoffs. Se o CAVS não estruturar bem o time pode apostar que terão problemas, mesmo sendo o Lebron o grande carregador da bola, aspecto este que poderá gerar atrito entre os egos.

    No final das contas surgiu mais forte ainda a rivalidade entre as franquias após esta troca, vai ser legal ver o confronto deles.

    4

    0
  34. Gustavo Rangel disse:

    Sem tocar no lado sentimental, a troca foi boa e faz sentido. Irving ainda não está no seu auge, e agora vai ter a chance de colocar a bola no braço e resolver sem a sombra de ninguém. Ele ainda tem muito a evoluir. Só lamento muito pela pick Nets, um dos principais ativos que o Ainge tinha. Perdê-la junto ao Crowder não estava nas projeções. Mas, ainda assim, melhor a pick ir embora do que o Tatum, que seria 1° pick fácil no draft do ano que vem. Eu prefiro o Irving destruindo no Celtics do que em algum outro rival de conferência. Esse time do Cavaliers tem um prazo de validade decretado, enquanto seremos uma equipe de ponta por muito mais tempo.

    3

    0
  35. Cristiano Melo disse:

    O Milwaukee ofereceu Brogdon, Midddleton, e pick pelo Irving Era de se esperar que teríamos de abrir mão de alguma pick. Vou secar os Lakers muito mais do que o normal, por que o Draft do ano que vem já se diz que será ótimo. E o Pelicans também, mas por motivos outros, ehehehe.. Sonhar não custa nada..

    0

    0
  36. Deram muita coisa em um jogador semelhante ao Isaiah

    Kyrie e ele tem um jogo parecido e pontos fortes e fracos parecidos tbm
    Na verdade, reforçamos o nosso maior rival atual, eles trocaram um jogador insatisfeito e mantiveram o alto nivel, conseguiram um otimo role player no Crowder, imagina o tanto que ele vai ajudar a rotaçao? lembram como o cavs sofreu na final por ter q usar tanto tempo o Richard Jefferson? é um upgrade

    Zizic é um bom prospect e pra piorar ainda receberam uma pick top 5. Eles podem até usa-la junto com o Love numa troca. Enfim, trocaram o maior asset que era essa pick e nao evoluiram o time, ao contrario, reforçaram o Cavs

    e antes que falam da idade do Isaiah ou ele ser FA, o Horford é mais velho, tem um historico grande de lesoes e ta recebendo 30M. E o Isaiah tinha MUITO interesse em renovar com o Celtics, era só pagar o que ele merecia.

    Pessoal pede tanto pra jogador ser leal a sua franquia e critica quando sai (igual Durant) mas só de lembrar que ele jogou pelo time 1 dia dps da morte da irma e como recompensa ganhou o que? ser trocado

    offseason bem mediana, de positivo só o Hayward chegando, nao gostei da troca do Bradley e nem dessa.

    2

    0
  37. Guilherme disse:

    Cara, como todo o respeito, alguém acha que com Thomas, Bradley, Hayward, Crowder e Al Horford teríamos alguma chance nessa temporada de fazer algo diferente do que fizemos na anterior? O máximo que ia acontecer seria levarmos a final da conferência pra 6 jogos, e olhe lá. A troca acabou saindo de bom tamanho pros dois, o Cavs pega um excelente defensor, uma pick promissora, um armador top da liga pra subsistiri bem o Irving e ainda um pivo que pode dar certo(ou não). Olhando pro lado dos Celtics, que é o que interessa: Irving é e sempre vai ser mais jogador que Thomas, defende ligeiramente melhor, arremesa melhor, é clutch assim como o Thomas(até um pouco mais) e a habilidade dele pra infiltrar é algo fora do normal. Na liga, talvez só ele é o Curry tenham essa capacidade de, em uma passada, desmontar todo o plano de defesa adversária e fazer a cesta. Fora a vontade dele de provar que pode sim ser um FP e não um coadjuvante de luxo, como era em Cleveland. O time com Kyrie e Hayward, + Horford, Smart, Morris(Não é um Bradley, mas acho que vai agregar) e com mais minutos pra Jaylen Brown e Tatum é muito mais forte que o do ano passado. Se vai ganhar de Cleveland é outra conversa. Um time com LBJ continua sendo favorito contra quase todos os time da liga. Mas finalmente acredito que teremos um CONFRONTO de fato, e não a surra que levamos no ano passado. O Celtics, por sua tradição e história, não pode pensar nunca em entrar na temporada pensando em menos do que ser CAMPEÃO. Por mais difícil que isso seja, essa camisa tem poder.

    Outra coisa: Sobre Thomas, serei eternamente grato por tudo que ele fez por essa franquia, jogar depois de um momento trágico pra ele foi uma prova de quão grande(desculpem) esse cara é. Desejo o melhor daqui pra frente em sua carreira.
    Saudações

    8

    2
  38. Guilherme disse:

    E só mais um comentário: temos, se não o melhor, um dos melhores treinadores da NBA. Stevens sabe o que faz. Confiem nele pra fazer o time voar nessa temporada.

    4

    0
    • jean lucas dos reis brazuna reis ana maria felix dos reis disse:

      Acho que Popovic e Rick Carslile, creio que estão a frente…por história e tudo mais, principalmente o Popovic, porém creio que o Stevens, fecha essa trinca ai dos melhores técnicos, e é o futuro melhor técnico da NBA, acho ele superior ao Steven Kerr, antes que perguntem.

      2

      0
      • Guilherme disse:

        São dois técnicos campeões, Pop campeoníssimo, aliás. Existe vários bons treinadores mas creio que temos, no mínimo, um dos 5 melhores da liga. Os trabalhos dele falam por si.

        2

        0
  39. Netto Santos disse:

    Comecei a acompanhar a NBA de verdade só essa última temporada, assistia aos jogos sem torcer pra nenhum time específico e um dos principais responsáveis por eu me tornar um Celta, foram as atuações incríveis do IT. Assisti jogos do LeBron, Durant, Harden, Leonard, mas ninguém me fez vibrar mais com suas jogadas do que o baixinho, por isso essa troca foi bem dolorida, principalmente para mim, que tive no Thomas o meu primeiro ídolo no esporte. Mas apesar disso tudo, torço por um time e não por um jogador, sou muito grato ao IT por ter me aberto as postas, de certa forma, para a grandiosa história do Celtics, porém, hoje estamos em outra fase, terei o privilégio de assistir outros dois grandes jogadores atuando pelo nosso Celtão, que são Hayward e Irving, vejo inclusive essa dupla boa dando muitas alegrias ainda.

    PS.: Dito isso, tenho uma forte sensação(ou medo) de que Isaiah Thomas, junto do LeBron, vai infernizar nossa vida esse ano, começando pelo primeiro jogo da temporada, espero estar errado e que seja o contrário, Irving destruindo o Cavaliers.

    1

    0
  40. Agora uma pergunta.
    Alguém tem dúvidas de que tanto Pacers quando Bulls aceitariam uma troca por PG ou Butler se chegássemos oferecendo Bradley + Crowder + Zizic + Pick do Nets ?????
    Eu não tenho dúvida nenhuma de que aceitariam.

    Então teríamos um time com QUATRO ALL STARS !
    Thomas, Hayward, PG e Horford !

    E Brown e Tatum ainda estariam aqui pra garantir o futuro.

    Seria muitooooooo mais negócio, ao meu ver.

    5

    0
    • Fernando C Silva disse:

      E com este time bateríamos os Cavs e tentaríamos a sorte contra GSW.

      LEITE DERRAMADO.

      Foi caro mas só resta torcer pela escolha do DA.

      1

      1
    • Rafael disse:

      Infelizmente não podemos pelas datas que foram trocados PG e Butler pelo espaço no cap para assinar com Hayward, se o Bulls e indiana tivessem aguardado creio que esse era o plano 1 do Ainge

      0

      0
  41. Sander disse:

    Galera, estava vendo uns vídeos dos nossos calouros: Nader, Yabusele e Ojeleye. Vocês acham que algum ou alguns podem surpreender???

    2

    0
    • David Pessoa disse:

      Todos 3 me agradam e tem potencial pra nos surpreender.

      Nader: calouro do ano da d-league, jogou muito bem na summer league vindo do banco e acredito que possa se tornar um bom reserva futuramente.

      Yabusele: teve uma temporada muito boa na china e os torcedores mais otimistas o comparam com draymond green, pela versatilidade e condição física. Porém, me decepcionou na summer league de 2016 e não sei muito o que esperar dele nessa temporada, apesar de reconhecer o seu potencial.

      Ojeleye: jogou de ala-armador durante a summer league e não entendi o motivo, já que o garoto jogou na posição 4 durante sua campanha universitária. Sinceramente, acho esse moleque muito foda, foi mvp de sua divisão e era conhecido como exterminador e não a toa, pois é extremamente atlético, bom defensor e melhorou o seu arremesso. Acho que podemos esperar muito dele, talvez o suficiente pra se tornar titular em um futuro não tão distante.

      3

      0
  42. Cristiano Melo disse:

    Eu não tenho certeza, Mestre, de que o PG aceitaria prolongar o contrato conosco, parece que não, ele queria o Lakers. O Butler, sorry Boss, mas sou mais o Irving. A verdade é que nosso Staff e nossa comissão técnica preteriu o baixinho. Isso não parece coisa que o Ainge faria sem a concordância do Brad Stevens.. De qualquer forma ficou claro que os Celtics não queriam construir a franquia em torno do Thomas, por isso não deram extensão contratual, ele queria o valor máximo, acho que deve ter mais coisas, talvez nunca saibamos. Mas eu penso que o rebuild ainda não acabou, pela pick que os Celtics insistem em ter; ou pra draftar ou pra trocar em algum all star mais decisivo que o Horford. essas movimentações foram pra deixar o time mais jovem, acho que ele vai rodar mais os jovens, e nesses dois anos ver qual é do Hayward e do Irving, Não creio que o Horford dure mais do que uma temporada conosco. Eu prefiro acreditar que existe um GM e uma comissão técnica competente, e que existe um planejamento por trás disso tudo, não se faz os movimentos que foram feitos nesse ano sem planejamento, não se abre mão do Thomas sem um motivo. Lá não, até hoje tudo foi planejado e foi coerente. É que o Thomas é querido por tudo que jogou e passou. Mas não deve ter sido uma decisão apenas do GM, o Stevens deve ter opinado. Ainda não somos os Knicks ou o Sacramento.. Ainda..

    2

    0
  43. Walisson Fernandes disse:

    Eu acho que o Ainge deu a corda para o Cavs se enforcar no fim desta próxima temporada…

    2

    0
  44. Jailson disse:

    A primeiro momento também pensei que o custo para ter um jogador que é coadjuvante no rival foi enorme, não por IT e Jae, mas por Zizic e a pick dos Nets. Agora está feito e temos que torcer para que Brad consiga encaixar todas as peças e transformar essas estrelas num time vencedor. Talvez, nesse ano não chegaremos a ter a melhor campanha, a custo do entrosamento, mas com certeza estaremos no pós session.

    Particularmente, não gostava de IT, o potencial do cara e a superação de suas limitações são gigantescas, mas acho que na temporada 2015/16 ele foi o cara que perdeu o time, com sua declaração egoísta e ignorante, o time deixou de jogar pra ele e ficamos a pé em Atlanta. Nesse ano, o cara mudou de postura e não posso negar: foi o melhor e um capitão de confiança, orgulho celta. Foi uma pena perdê-lo, pois ainda está em ascensão (mas não vai subir muito mais que isso).

    Agora, sobre Kyrie, o cara é muito bom, 2~3 anos mais novo que IT, é decisivo e já está mais maduro de quando iniciou a carreira. Teve a cara de pau de sair do segundo melhor time da NBA (até ano passado, hehehe), isso demonstra personalidade. Mesmo, estando constante, coadjuvante, ele quer melhorar e liderar um time, para ser um IT, quem sabe nesse ano. Acredito que o Kyrie é mais fácil de ser comandado por Brad, ele tem disciplina técnica, é um cara aparentemente mais calmo nas horas decisivas, coisa que IT não foi contra os Wizards e quase perdemos, é mais alto (16 cm), tem melhor aproveitamento de 3pts, é mais forte e também acredito que seu jogo possa crescer muito, por mais 5 anos, no mínimo.

    Na atual situação, acredito mais no Kyrie em Boston que IT em Cleveland (Rose, IT, Lebron vai sair faísca). E tenho apenas que torcer.
    A grana os caras (Ainge) têm. O orçamento das próximas 2 temporadas estão equilibrados. Ainda temos picks futuras (76ers desse draft p.e.). O preço foi pago, temos que fazer valer o que gastamos e torcer para que Jaylen, Tatum e acredito muito no Ala Alemão (vi uns videos do cara) para recuperarmos alguns investimentos. Flw Celtaida!!!

    0

    0

Deixe um comentário