Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 126 x 108 Bulls

Em um jogo de altos e baixos, a equipe de Boston vence sua 25ª partida em 27 disputas nessa temporada, lídera com folga a conferência leste, e vê a marca atual ser melhor que a do Chicago Bulls de 95/96 que, a essa altura, ostentava uma campanha de 24 vitórias e 3 derrotas.

http://www.youtube.com/watch?v=M4kAac_hCeQ

No primeiro quarto o Celtics jogou muito bem, venceu por 31 x 21 e Rajon Rondo, que terminaria o jogo com 15 assistências, além de 4 roubadas de bola,  distribuiu 6 assistências no quarto, o que iguala o recorde pessoal de assistências no primeiro quarto de jogo.

No segundo quarto (26 x 34), alguns reservas entraram em quadra, e viram a diferença despencar para apenas 1 ponto em determinado momento do quarto (41 x 40), o que nessa temporada nao é mais surpresa para o mais do que irregular banco do Celtics.

Apesar disso, o time Green foi para o vestiário com um placar a favor de 57 x 55.

No terceiro quarto, o Celtics mostrou porque é visto por muitos especialistas como o time do “terceiro quarto”, pois em muitas das partidas, é o melhor quarto Green, e venceu por 41 x 27.

Com uma vantagem de 16 pontos, o quarto e ultimo periodo do jogo foi mais uma boa oportunidade para os jogadores do banco Green jogar, e ao final do jogo, tiveram excelentes numeros (37 pontos + 14 rebotes + 9 assistências), tendo como destaque Tony Allen, que anotou 10 pontos, sendo 2 deles em uma enterrada sensacional em contra ataque, e Scalabrine, que fez 5 pontos e pegou 4 rebotes.

Os destaques Green, além da boa pontuação do banco, foram Kevin Garnet (17 pontos + 4 roubadas de bola), Kendrick Perkins ( 25 pontos + 8 rebotes), Paul Pierce ( 16 pontos + 6 assistências) e Ray Allen, que mais uma vez foi o cestinha da equipe, desta vez com 27 pontos, sendo 15 em bolas de três pontos, além claro de Rajon Rondo, que distribuiu 15 assistências, além de ter roubado 4 bolas (é o terceiro maior ladrão de bolas da liga e o sétimo melhor assistente).

Podemos observar também que o Big 3 atuou por “apenas” 84 minutos e o jogadores vindo do banco atuaram por 90 minutos.

O destaque pelo lado do Bulls, que agora tem uma campanha de 12 vitórias contra 14 derrotas foi Deng, com 19 pontos. Volta à quadra contra o Jazz, no sábado.

Já o Celtics voltá a quadra no domingo, contra o Knicks, novamente em Boston, para tentar igualar o recorde de 18 vitórias consecutivas da franquia.

Por: Brenno Bisetto.

Author avatar
Redação Celtics Brasil

5 comentários

  1. Iago

    nem vi o jogo + vi um video no site da nba com uns lances ! chicago jogo bem + Boston em casa ja eraaaa ! Go go go Celtics 18ª vitoria domingoo

  2. Lin

    o Bulls ja teve sua epoca de gloria com o Jordan…
    agora eles nao valem mto nao ;D

  3. Igor Vinícius

    Faltou comentar sobre o show que o Scalabrine deu ontem no Garden.

    Já disse, esse ano é SCAL4MVP!

  4. Guilherme

    Cara a defesa do Celtics acabou com os Bulls, a unica coisa que vale ressaltar é que nos ultimos jogos o Celtics vem muito bem no 1º quarto, no 2º sempre deixa o adversario chegar e depois detona no segundo tempo, mas tem que tomar cuidado porque contra um Lakers, um Spurs que tem muita experiencia isso pode complicar. Mas vamos bater o recorde em cima dos Lakers na Quinta – Natal se nao me engano galera.

  5. 17 e contandoooooooooooooooo !!!!

    PS: Como é ESTRANHO olhar ali do lado no site e ver que 50% das estatísticas são lideradas por PERKINS e SCALABRINE !!!!!!!!!!!!!!!!!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *