Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics vence seu primeiro jogo treino na temporada

Em um jogo movimentado e decidido nos segundos finais, a equipe de Boston foi até Toronto e venceu o Raptors em seu primeiro jogo treino para a temporada 2011-2012.

Não contando com Paul Pierce que não viajou com dores no tornozelo e com Sasha que também sentiu dores na mão direita, a equipe de Boston foi a quadra com Rondo, Ray Allen, Marquis Daniels, Garnett e Jermaine O’Neal.

Após um inicio equilibrado, a equipe de Boston pouco a pouco foi abrindo vantagem no placar tendo como principais forças ofensivas as bolas de 3 pontos de Ray Allen e as infiltrações de Marquis Daniels.

Contratados para reforçar o garrafão celta, Brandon Bass e Wilcox também entraram muito bem, fazendo uma rotação eficiente no garrafão com Jermaine e Garnett.

Sem se esforçar muito, a equipe de Boston mantinha uma vantagem sempre acima dos 10 pontos e levou este placar até o ultimo quarto.

E foi no ultimo quarto que as coisas ficaram realmente interessantes!

Satisfeito com o que viu de sua equipe, Doc River resolveu colocar a “garotada” para jogar enquanto o treinador do Raptors manteve por todo o tempo seus titulares em quadra. Era o primeiro time do Raptors contra o terceiro do Celtics, formado por E’Twaun Moore, Every Bradley, Gilbert Brown, JaJuan Johnson e Greg Stiemsma.

Em menos de um minuto, a equipe de Toronto virou a partida e colocou pressão sobre os novatos de Boston.

Doc Rivers que não estava interessado no resultado e sim em fazer testes, deixou o barco correr e manteve os garotos em quadra, passando a eles a responsabilidade de vencer a partida.

Dessa forma foi possível observar um pouco do que os garotos podem oferecer em jogos reais da NBA, já que a equipe de Toronto claramente jogava pra vencer a partida.

Neste momento o destaque maior ficou para E’Twaun Moore. O jovem Armador que já vinha se destacando nos treinamentos em Boston, voltou a mostrar personalidade de veterano e chamou o jogo para sí. Faltando menos de 1 minuto para o fim da partida, Moore acertou dois ótimos arremessos e manteve o Celtics na partida.

Faltando 12 segundos, com o Celtics 1 ponto atrás no placar, o atleta não se intimidou novamente e partiu para mais um arremesso que dessa vez não foi convertido. Porém em baixo do garrafão estava Greg Stiemsma. O pivô conseguiu um rebote ofensivo e após 3 duas tentativas em baixo da cesta, conseguiu converter a cesta que colocava o Celtics na liderança do placar.

No entanto o Raptors ainda tinha a posse de bola e 12 segundos no relógio.

Porém os garotos de Boston mostraram que já estão inclusos na filosofia defensiva celta, e com muita competência impediram o Raptors de converter a cesta, garantindo a vitória suada da partida pelo placar de 76 x 75.

Abaixo, alguns destaques positivos na partida:

– Jermaine Oneal mostrou estar com a saúde em dia. O atleta fez boa apresentação e foi referencia ofensiva em alguns momentos que esteve em quadra.

– Marquis Daniels foi o segundo cestinha da partida, atrás apenas de Ray Allen, e mostrou que pode ajudar no que seria a função de Jeff Green. Trazer pontos do banco.

– Bass, Wilcox, KG e Jermaine revezaram na posição de Pivô e em momento algum a equipe mostrou fragilidade no setor. Não sabemos se na temporada regular, o desempenho será o mesmo, mas o jogo de hoje já deixou bons indícios.

– E’Twaun Moore vem arrancando muitos elogios de Doc Rivers nos treinamentos. Segundo Doc, o atleta ainda não perdeu nenhum jogo nos treinamentos, e vem sempre liderando sua equipe com maturidade de veterano. No jogo de hoje não foi diferente. Moore mostrou novamente ousadia e maturidade e pouco a pouco vai deixando Averry Bradley para trás em busca de minutos na temporada.

Author avatar
Daniel Emiliano
https://danielemiliano.com.br
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics.Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

20 comentários

  1. PHABIO PASSOS

    BEM O JOGO SERVIU BOTAR EM PRATICA OS TREINAMENTO QUE HOUVE DURANTE A SEMANA,SERVIRA PRA CORRIGIR ALGUNS ERROS E ACERTO DO TIME, EQUIPE JOGOU DESFALCA DE PIERCE, PAVOLOVIC E PRINCIPALMENTE SEM GREEN COM PROBLEMA DE SAUDE GRAVE. BEM VAMOS VER SE AINDA PODEMOS TRAZER ALGUM JOGADOR DE ATAQUE PRA ENTRAR NA VAGA GREEN. QUARTA JOGARES DE NOVO, ESPERO COM MAIS ENTROSAMENTO E CONSERTA OS ERROS..
    VALEU..

  2. Jonas D'angelo

    Ótimo presente pra mim hoje 18/12 meu niver \o/

  3. Eric

    O jogo foi mto apertado,mas gostei de ver o Celtics hoje em quadra.

  4. Carlos Gadelha

    Daniel, com a saído da Green abriu algum espaço no nosso CAP para contratarmos outro jogador?

  5. Sérgio

    Grata surpresa o E’Twaun Moore. Chamando a responsabilidade como um veterano, e o Ray Allen na forma de sempre, o cara parece que não tira férias nunca.
    Vi num site americano que uma das opções para substituir o Green é o Al Thornton. Alguém conhece o basquete dele?

    • Em relação a custo benefício, é a melhor opção que tem no mercado.
      Mas mesmo assim, pra fechar com o Celtics, ele tem que reduzir o salário em mais de 1 milhão, pra poder ser contratado pelo mínimo, coisa que eu não sei se vai acontecer, não

    • Ah..mas pesa contra ele o fato de viver se machucando

    • Fábio Malet

      Olha, o Cap tá estourado e a temporada começa em menos de uma semana. Sinto que o time que jogará na temporada será esse que jogou hoje. Hoje o Celtics tinha 14 jogadores, sendo que o Sweetney não foi utilizado. Creio que os 13 utilizados mais Pierce e Sasha sejam os 15 jogadores que formarão o nosso roster nessa temporada.

  6. Sérgio

    Grata surpresa o E’Twaun Moore. Chamando a responsabilidade como um veterano, e o Ray Allen na forma de sempre, o cara parece que não tira férias nunca.
    Vi num site americano que uma das opções para substituir o Green é o Al Thornton. Alguém conhece o basquete dele?

  7. Gean

    Moore é mto melhor q o Bradley ,pode ajudar bastante na rotação.
    Bradley é mto ruim ofensivamente ,pqp.
    A rotação no garrafão foi boa ,gostei do Wilcox e Bass.

  8. Plácido Alexandre

    O Moore me fez lembrar o Paul Pierce quando o jogo acaba (Se vc tem a ultima bola do jogo valendo sua vida o jogo 100-99 se o cara erra vc morre se acerta vc vive,podendo escolher o jogador que vai arremessar a ultima bola concerteza de 100 pessoas 85 escolheriam o Paul Pierce),no ultimo quarto o celtics so jogou com os reservas,quando jogou com os titulares abriu mas de 10 pontos,incrivel a defesa do Celtics mesmo sendo o banco marcou muito na ultima bola apesar de ter um pouco de sorte que o cara errou uma bandeja facil.

    Eu passei o jogo todo olhando quem o Daniels marcava o cara naum acerto 2 arremessos.
    O big Babby ontem no jogo do orlando tava com 2pts e 3faltas kkkkkkkkk,sem Rondo ele vai sofrer

  9. Carlos Henrique

    Excelente texto!
    Chegou a passar muita confiança.

    Como eu gosto desse time viu!
    LET’S GO CEL……………..TICS!

  10. rforner

    Murphy foi pro Lakers ?

  11. joao salomao

    DANIEL? O Celtics tem chances ainda de trace o Samuel Dalanbert , ou o james posey
    FREGUENTO O CELTICS BRASIL A MAIS DE UM ANO , SITE ESPETACULAR

  12. joao salomao

    so queria sabe parceiro , pq eu axo q o boston pod sim contratar um veterano

  13. Davi Ghidetti

    Acho que vai vir alguém pra posição 1, 2 ou para a 5 para reforçar o banco, no máximo. As nossas opções estão limitadas. No momento, ainda somos title contenders, mas acho que falta alguém para vir ainda para suprir a ausência de Green, ainda que minimamente.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.