Cestinha do Boston Celtics, Kyrie Irving fará mais uma cirurgia e está fora dos playoffs

Publicidade

Na expectativa pelo início dos playoffs da Conferência Leste, os torcedores do Boston Celtics tiveram que lidar com uma notícia devastadora na tarde desta quinta-feira (5): em nota divulgada através de seu site oficial, a franquia verde e branca de Massachusetts informou que o armador Kyrie Irving não defenderá mais a equipe nesta temporada, já que será submetido a mais um procedimento cirúrgico no joelho esquerdo e só deve estar totalmente recuperado em quatro ou cinco meses.

Em cirurgia realizada no dia 24 de março, para remover um fio de tensão articulatório do joelho esquerdo de Kyrie Irving, os médicos do Boston Celtics descobriram uma infecção bacteriana na patela, causada pela presença de dois parafusos que foram colocados após uma fratura sofrida pelo atleta nas Finais da NBA de 2015, quando ainda defendia o Cleveland Cavaliers. Para garantir que nenhuma infecção permaneça no joelho, informou o Celtics, os parafusos serão retirados. A franquia de Massachusetts explica ainda que a fratura está completamente cicatrizada e o joelho de Irving está estruturalmente sólido.

Contratado em agosto de 2017 pelo Boston Celtics, que abriu mão de Isaiah Thomas, Jae Crowder, Ante Zizic e duas escolhas de Draft em uma megatroca com o Cleveland Cavaliers, Kyrie Irving disputou 60 jogos pelo Alviverde na temporada 2017/2018 da NBA, todos eles como titular, registrando médias de 24,4 pontos, 5,1 assistências e 3,8 rebotes em 32,2 minutos. Pelo seu desempenho em Boston, o armador foi selecionado para o All-Star Game da NBA, realizado em Los Angeles.

Através de seu perfil no Instagram, Kyrie Irving lamentou a nova lesão em seu joelho esquerdo, mas disse que não deixará se abater por esse problema e deixou claro que voltará totalmente recuperado na próxima temporada da NBA. Além disso, o armador pediu o apoio da torcida do Boston Celtics durante os playoffs da Conferência Leste.

“A coisa mais difícil de fazer, às vezes, é aceitar as coisas incontroláveis que a vida lhe lança. Você tenta aprender, crescer e se preparar todos os dias, pensando em equipar sua mente, corpo e espírito com ferramentas para lidar com algumas dessas coisas, mas eu sinto que, quando esses momentos surgem, tudo isso lhe dá uma sensação de insatisfação, simplesmente porque parte de sua jornada profissional e objetivos são colocados em uma breve espera. Nesse caso, descobrir que tenho uma infecção no joelho é definitivamente um momento que agora aceito e passo adiante sem me agarrar a tudo o que acontece (…) Essa temporada foi apenas uma prévia do que está por vir de mim. Confie em mim. Fãs do Celtics, estou ansioso para ouvir o quão alto o TD Garden fica durante os playoffs, sentir o quão intenso o ambiente fica. Obrigado a todos!”, afirmou Irving.

The hardest thing to do sometimes is accept the uncontrollable things life throws at you. You try consistently to learn, grow, and prepare everyday to equip your mind, body, and spirit with tools to deal with some of those things, but I feel when those moments arise they all give you a sense of unfulfillment, simply because it puts some of your professional journey and goals on a brief hold. It’s simply a test of your perseverance and Will, to be present, even in the wake of what’s going on. In this case, finding out I have an infection in my knee is definitely a moment that I now accept and move past without holding on to the all the what ifs, proving the nay-Sayers completely f***ing wrong, and accomplishing the goals I’ve set out for the team and myself. This season was only a snapshot of what’s to come from me. Trust Me. “The journey back to the top of Mt. Everest continues.” #StandingRockSiouxTribe Let’s go Celtics!! Celtics fans, I look forward to hearing how loud it gets in the TD Garden during the playoffs and experiencing how intense the environment gets. Thank you all!

Uma publicação compartilhada por Kyrie Irving (@kyrieirving) em

Kyrie Irving é o terceiro atleta que o Boston Celtics perde por lesão para o restante da temporada 2017/2018 da NBA. No primeiro jogo da temporada, contra o Cleveland Cavaliers, no dia 17 de outubro, o ala Gordon Hayward sofreu uma grave fratura no tornozelo esquerdo, enquanto o ala-pivô alemão Daniel Theis machucou o menisco do joelho esquerdo no dia 11 de março, em duelo diante do Indiana Pacers.

Sem Kyrie Irving, o Boston Celtics aposta todas as suas fichas em Terry Rozier, de 24 anos, que está em sua terceira temporada como profissional, e no reserva Shane Larkin. Entretanto, os dois armadores estão passando pelo Departamento Médico celta com frequência nas últimas semanas, forçando o técnico Brad Stevens a utilizar o calouro Kadeem Allen na equipe.

Em meio a essa triste notícia sobre Kyrie Irving, a equipe do Boston Celtics está se preparando para enfrentar o Chicago Bulls, em partida que será disputada nesta sexta-feira (6), às 20h30 (horário de Brasília), no TD Garden. O Alviverde é o vice-líder da Conferência Leste, com 53 vitórias em 78 partidas e 67,9% de aproveitamento.

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

10 Comentários

  1. Publicidade

  2. É pessoal. Sinceramente acho que já Elvis.

    4

    2
  3. Quincy Adams disse:

    Famosa merda. Agora é só reclinar a poltrona e torcer pra molecada ganhar uma boa minutagem nos offs.

    4

    0
  4. Rafael disse:

    Contrato dele vai até quando?

    Corremos o risco dele não renovar?

    0

    0
    • Marco Ferreira disse:

      Se não me engano o contrato dele vai até o final da temporada que vem, depois ele tem direito de de escolha se continua mais um ano ou não…

      Confesso que Boston é sim uma franquia apaixonante, mas ainda não vi esse amor nos olhos do Kyrie, não sei se ele aceitaria mais um ano ou se tentaria o máximo logo de cara!

      De qualquer jeito, a ideia da formação desse time era para o ano que vem, quando trocamos Morris por Bradley estava escrito que era para a próxima temporada, essa era para entrosar a equipe. A diferença é que estávamos tão bem nesta temporada que sonhamos em título agora, mas esta tudo conforme planejado.

      Vamos torcer para irmos o mais longe possível nesta temporada para dar muita minutagem aos nossos atletas com menos tempo de quadra, assim formamos uma base incrível para a próxima temporada…

      A chances de título ficaram remotas, mas ainda existem… Não duvido do Stevens e nem desse time!

      Let’s Go Celtics…

      6

      0
  5. Fernando Silva disse:

    Ainda dá para trazer o IT? Risos

    Então, os Cavs fizeram uma série de objeções ao IT por problema físico, mas fizeram m. no joelho de KI.

    0

    0
  6. Tiago disse:

    Como pode acontecer isso, é muita falta de sorte gente, mas muita mesmo, ano de varias contusoes, e nos off sem os dois melhores jogadores Irving e Hayward, fico muito triste pois esse ano era de muita esperança de batermos o leste e fazermos as finais, que raaaaaaiva. As chances agora são bem menores, e na atual tabela ja estamos enfrentando os Wizards de cara. Mas bora torcer torcer e torcer um pouco mais.

    3

    0
  7. Fabrício Destro disse:

    É complicado, acho que esse ano se passarmos da primeira rodada já vai ter sido uma bela campanha… Mas acredito que a melhor notícia que poderíamos ter nesse momento é que não há dano estrutural no joelho do KI. Caso contrário, a recuperação seria ainda mais demorada e ele provavelmente teria que lidar com o problema pelo resto da vida. Então acho que agora o melhor é deixá-lo se recuperar, pra que ele, Hayward e Theis possam voltar voando na próxima temporada.

    3

    0
  8. cavassin disse:

    Sem lamentações que a molecada tá voando e vai dar trabalho…

    2

    0

Deixe um comentário