Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

CSKA 82 X 78 Barcelona

O CSKA Moscou está na sua quarta final seguida da Euroleague, depois de vencer nessa sexta o Barcelona por 82 a 78, na primeira partida do Final Four. A equipe catalã liderou o placar por quase toda a partida, com grande atuação de David Andersen, mas no final a experiência do MVP da temporada regular do ano passado, Ramunas Siskauskas, foi decisiva.

http://www.youtube.com/watch?v=hqoeZ2pQBek

O treinador espanhol Xavi Pascual optou em começar a partida com um quinteto inicial experiente em quadra: Jaka Lakovic (31), Juan Carlos Navarro (29), Gianluca Basile (34), David Andersen (29) e Daniel Santiago (33), deixando Victor Sada (25), Ersan Ilyasova (22) e Fran Vásquez (26) no banco. O Barça abriu vantagem no início do jogo com bolas de 3 pontos de Jaka Lakovic, Navarro e Andersen abrindo 14 a 4 o que obrigou Ettore Messina a solicitar o primeiro tempo do jogo. Os russos voltaram a quadra com o ala Ramunas Siskauskas, mas a equipe catalã continuou melhor e fechou o período em 21 a 12.

O CSKA voltou com uma defesa mais agressiva, encostando em 21 a 18 em pouco mais de 1 minuto de jogo, sendo a vez de Pascual pedir tempo para quebrar o ritmo do rival. Navarro se complicou com as faltas, cometendo sua 3a infração falatando 5 minutos para o término do primeiro tempo, assim como o capitão Roger Grimau. O armador JR Holden empatou o jogo em 30 pontos em um arremesso de 3 pontos. Siskauskas falhou um tiro de 3 pontos, deixando de virar o placar no último ataque do CSKA e Andersen fechou o primeiro tempo com uma cesta depois de um rebote ofensivo no estouro do cronômetro, com o Barça indo para os vestiários vencendo por 36 a 32.

O segundo tempo começou com Navarro no banco e David Andersen convertendo um tiro de 3 pontos. Lakovic protagonizou um lance inusitado, ao tentar uma ponte aérea para Vásquez, mas acabou fazendo a cesta. Os russos equilabraram a partida, acabando o terceiro quarto perdendo por apenas 2 pontos: 56 a 54.

Andersen continuou carregando os espanhóis no último quarto, mas uma cesta de 3 de Siskaukas colocou o CSKA pela primeira vez na frente do marcador: 62 a 61. O lituano continuou com tudo, convertendo 2 lances livres e outro tiro de 3, abrindo 6 pontos de vantagem para os atuais campeões da Euroleague. Khryapa conseguiu duas grandes jogadas na sequência, ao finalizar uma infiltração com a melhor enterrada da partida e dar um toco em Basile vindo nas costas do escolta italiano. Navarro errou tiro de 3 pontos e na sequência Andersen nao conseguiur segurar o rebote, decretando a derrota espanhola.

Siskauskas acabou como o cestinha do jogo com 29 pontos ao acertar 8 de 14 arremessos de quadra e 9 de 10 lances livres, conseguindo 18 pontos no último quarto. O ala-armador norte-americano Trajon Langdon adicionou 15 pontos e 7 rebotes, muitos deles se aproveitando da fragilidade defensiva de Navarro. Khryapa beirou um duplo-duplo com 9 pontos e 10 rebotes. Messina tenta seu quinto título da Euroleague, o que o colocaria como o segundo treinador mais vencedor da história, arás apenas de Zeljco Obradovic.

Andersen anotou 24 pontos pelo Barça ao acertar seus 6 arremessos de 2 pontos, 3 de 6 tiros de longa distância e 3 lances livres. O esloveno Lakovic contribuiu com 13 pontos e 5 assistências. Navarro com os problemas de faltas acabou atuando comente 22 minutos, conseguindo 13 pontos.

Fonte: www.basketbrasil.com.br

Por: Flávio Catandi

Author avatar
Flávio Catandi
Jornalista e Radialista apaixonado por basquete. Participa do Celtics Brasil desde 2008. Já foi redator, colunista e hoje é editor do site. Nas horas vagas gosta de escrever roteiros e gravar curtas e documentários. Pode ser encontrado na cidade de São Paulo com uma camiseta Celta.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.